Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Setembro de 2019. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30152317


Edicão n° 195 de Setembro de 2019


GERAL

Presídio de Palmeira das Missões passa por revista geral


Com o objetivo de promover a manutenção da ordem e da disciplina no ambiente prisional,
agentes penitenciários realizaram revista geral no Presídio de Palmeira das Missões, nesta
quinta-feira (12).
Na ação, que se iniciou às 7h30, foram recolhidos 27 celulares, 26 baterias de celular, 28
buchas de maconha, um tablete de maconha, 12 estoques, 20 carregadores de celular e
três fones de ouvido.
Participaram da operação agentes ligados à 4ª Delegacia Penitenciária Regional, do Grupo
de Ações Especiais da Susepe, da Divisão de Inteligência Penitenciária/Agência de
Inteligência e da casa prisional. ...

IGP realiza trabalho científico de ponta na segurança pública


Pequenos frascos parecidos com miniaturas de tubos de ensaio são manuseados diariamente
pelos servidores do Instituto-Geral de Perícias (IGP). Além da análise de drogas e exames de
DNA, a rotina nos laboratórios envolve a verificação de diversas amostras de urina, sangue e
tecidos humanos. Os resultados são usados como prova material na elucidação de crimes
cometidos no Rio Grande do Sul. Em outras palavras, provas cabais que ajudarão a Justiça na
condenação ou absolvição de réus acusados de roubo, homicídio ou tráfico de drogas entre
outros crimes.

"Eu gosto bastante do meu trabalho. O que descobrimos aqui será algo muito útil para
alguém", conta a perita criminal Fernanda Jardim, que atua há 10 anos no Departamento de
Perícias Laboratoriais (DPL) do IGP, localizado na avenida Ipiranga, em Porto Alegre.

Formada em Farmácia, ela explica o funcionamento do cromatógrafo gasoso, aparelho capaz
de avaliar 50 amostras diferentes de uma só vez. "A gente traz a amostra para este
equipamento. Por que cromatógrafo gasoso? Porque a amostra é volátil, é um gás. Neste
caso, é álcool etílico. Todas essas informações serão observadas em um computador", explica.

Outro equipamento de última geração utilizado no DPL é o cromatógrafo líquido em espectro
de massa. Nome complicado para a execução de uma tarefa de fácil compreensão: identificar
substâncias em material biológico. Por exemplo, veneno. "Identifica quase que a impressão
digital da molécula," conta o diretor do DPL, Daniel Scolmeister. "Nós temos aqui vários
daqueles equipamentos que as pessoas veem nas séries de TV", acrescenta.

O caso do iogurte

O fato é que a tecnologia, aliada ao trabalho desenvolvido pelos 63 funcionários do IGP dentro
dos laboratórios, tem demonstrado a importância da toxicologia e da química forense no
combate à criminalidade. Um caso recente foi o de uma mulher condenada em maio de 2019 a
29 anos e seis meses de prisão por dois homicídios. Os crimes ocorrerem em 2013, no
município de Dom Feliciano, no sul do Estado, e só foram desvendados devido ao trabalho de
duas peritas do IGP.

"O caso foi de uma madrinha que deu iogurte para o afilhado. Por meio de análises
toxicológicas foi identificado um veneno nesse iogurte apreendido pela Polícia Civil. O mesmo
veneno também foi encontrado no material biológico da criança. Como a avó do menino havia
morrido meses antes de maneira semelhante, foi feita a exumação do corpo, onde
encontramos exatamente a mesma substância. A investigação apontou que o veneno havia
sido colocado no chimarrão da idosa", explica Scolmeister.

Para a diretora-geral do IGP, Heloísa Helena Kuser, o diferencial do órgão não é apenas a
qualidade, mas também a agilidade do trabalho dos peritos. "É importante destacar os
profissionais capazes de operar esses equipamentos de última geração. São muitas
investigações. E mais velocidade na apuração significa um melhor atendimento ao cidadão",
relata.

De acordo com Heloísa, um grande avanço será dado em 2020, ano de inauguração do Centro
Regional de Excelência em Perícias Criminais do Sul, conhecido como a nova sede do IGP. O
prédio, que conta com sete andares e fica ao lado da Secretaria de Segurança Pública (SSP),
abrigará o DPL, o departamento de criminalística e a administração central do IGP. "O centro
será referência para toda o sul do país. Se Santa Catarina e Paraná necessitarem de alguma
análise pericial de ponta, daremos apoio", projeta a diretora-geral.

A nova sede do IGP está orçada em R$ 29,2 milhões. Realizada com recursos do governo
federal (R$25,9 milhões) e contrapartida do governo do Estado (R$ 3,3 milhões), a obra está
em estágio avançado, com 88% dos trabalhos concluídos.

...

MP participa de audiência pública sobre eleições para conselheiros tutelares


As eleições unificadas para conselheiros tutelares serão realizadas no dia 6 de outubro, em
todo o país. Diante da importância do tema, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS)
promoveu hoje, 09, uma audiência pública para debater as eleições, de caráter facultativo a
todos os eleitores brasileiros. O evento contou com a participação da promotora de Justiça da
Infância e da Juventude de Porto Alegre, Maria Augusta Menz, que classificou como “espantoso
o fato da grande maioria da população desconhecer a realização do pleito para o órgão que é a
porta de entrada do Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente”.

A promotora destacou as atribuições do Ministério Público de fiscalizar as eleições para
conselheiros tutelares e a própria atuação dos Conselhos. “Em cada Comarca, há pelo menos
um promotor atuando para garantir a lisura do pleito, mas é importante que a comunidade
informe às promotorias ou os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente
sobre qualquer suspeita de irregularidade, como por exemplo, abuso do poder econômico a
partir da compra de votos ou transporte de eleitores”, salientou.

Maria Augusta conclamou instituições e sociedade para que se unam para atuar efetivamente
na divulgação das eleições e no voto consciente para os 526 Conselhos Tutelares do Estado, e
um total de 2,6 mil conselheiros. “O eleitor não deve se preocupar apenas em ir às urnas, mas
também em conhecer os candidatos, verificar sua idoneidade”, afirmou.

...

Programação do Porto Alegre Em Cena abre nesta terça-feira


A programação do 26º Porto Alegre em Cena abre nesta terça-feira, 10, às 21h, com a
montagem ucraniana Dakh Daughters Band – Freak Cabaret, no Theatro São Pedro. O
espetáculo mistura interpretações, músicas e poesia no palco. Entre os temas abordados estão
o amor, a liberdade e a beleza. O musical terá recurso de audiodescrição. Ingressos variam de
R$ 10 (meia-entrada) a R$ 60 (inteira). A duração é de 90 min e a recomendação etária é
para 10 anos.

Composto por sete mulheres que se desdobram tocando vários instrumentos em cena, além
de performar e cantar em diferentes idiomas e dialetos, a banda ucraniana Dakh Daughters
faz a plateia vibrar com sua sonoridade e plasticidade surpreendentes. Com textos de autores
reconhecidos, como Taras Shevchenko, Alexandre Vedensky, William Shakespeare, Iosip
Brodsky e Charles Bukowski, este musical é cheio de fortes emoções, como um concerto punk
em forma de poema.

O grupo já esteve no Brasil em 2016, lançando o seu primeiro disco de estúdio, intitulado "IF".
As artistas fazem uma grande junção de estilos e musicalidades, misturando canções
folclóricas da Ucrânia, rap francês e ritmos orientais.

Ficha técnica
Criação Coletiva e Interpretação: Nina Harenetska, Natalia Halanevych, Tanya Havrylyuk,
Ruslana Khazipova, Solomia Melnyk, Anna Nikitina e Zo / Direção: Vlad Troitskyi / Iluminação:
Mariia Volkova / Sonoplastia: Maksym Taran / Produção: Ira Gorban /

Repertório
Princesse (Poesia de Yuri Andrukhovych)
Paris Libre (Poesia de Maria Vega)
Cuba (Poesia de Bogdan Vesolovskiy)
Sept Verres (Texto de Zo + música francesa)
Prends (Poesia de Sergiy Zhadan)
Humain (Texto de Zo)
Ganousya (Texto de Illya Kalyukine)
Love Must Die (Sonetos de Shakespeare)
Roses (Sonetos de Shakespeare + canções folclóricas ucranianas)
Cigarettes (Música composta a partir de poemas escritos por Mykhayl 'Semenko)
Zozoulitsa (Texto de Illya Kalyukine + música de grupo ucraniano)
Darkside (Poesia de Mykola Vinganovskiy e Heiner Müller)
Oh God (Poesia de Charles Bukowski)
La Mer (Canção do cantor ucraniano Kuz'ma Skriabine)

O 26º Porto Alegre em Cena é apresentado pelo Ministério da Cidadania, através da Secretaria
Especial da Cultura, Prefeitura de Porto Alegre, através da Secretaria Municipal da Cultura,
Braskem e Banco Itaú. Conta com patrocínio de Panvel Farmácias. Tem apoio cultural de Porto
Alegre Airport, administrado pela Fraport Brasil, Theatro São Pedro, Vitlog, PUCRS e Sesc -
Sistema Fecomércio. O apoio institucional é do Grupo RBS e TVE FM Cultura. Primeira Fila
Produções e Leão Produções são as agentes culturais. O projeto é financiado pelo Pró-cultura
RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Espetáculo de abertura do 16º Porto Alegre Em Cena
Dakh Daughters Band – Freak Cabaret
Terça-feira, 10, às 21h
Theatro São Pedro

Ingressos:
Plateia e Camarote Central – R$ 80 (inteira) / R$ 40 (meia-entrada)
Camarote Lateral – R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia-entrada)
Galeria – R$ 20 (inteira)/ R$ 10 (meia-entrada)
...

Hospital Moinhos de Vento ganha prêmio na área de gestão de pessoas


Com novos fluxos e ferramentas otimizadas, o Hospital Moinhos de Vento deu a
superintendentes, gerentes, coordenadores e supervisores o protagonismo em seus processos
de comunicação interna. As mudanças integram o projeto Líder Comunicador, que ofereceu
melhores condições de trabalho e maior engajamento das equipes. Essa iniciativa ganhou o
Prêmio Top Ser Humano 2019 na categoria Cultura Organizacional – Empresa. Considerada
uma das maiores distinções do país na área de gestão de pessoas, a homenagem é concedida
pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) – RS.

Implantado há dois anos, o projeto representou um salto de qualidade na área de recursos
humanos, fazendo com que o Moinhos de Vento alcançasse melhores resultados e maior
valorização como marca empregadora. Para o CEO Mohamed Parrini, o investimento no ser
humano é fundamental para oferecer ao paciente a melhor experiência. “Não há como pensar
na saúde baseada em valor que tanto buscamos se o foco não for esse”, destacou. Segundo
ele, o hospital busca aliar serviço de qualidade com resultado concreto de melhora da saúde à
satisfação do público. “E nós, líderes gestores, somos os responsáveis por engajar as equipes
e promover o melhor ambiente para que eles ofereçam o melhor serviço.”

O Líder Comunicador fez com que as lideranças institucionais passassem a participar
ativamente das rotinas de comunicação. Além dos tradicionais murais, e-mails e intranet,
foram estabelecidas reuniões periódicas e rounds profissionais de trocas de informações e
aprimoramento dos processos. Também foram implantadas ações e reuniões de feedback,
programas de remuneração e reconhecimento por metas alcançadas e eventos de integração.

Katherine Saibel, gerente de Desenvolvimento Humano do Hospital e autora do case, explica
que “os líderes devem ser protagonistas na comunicação, proporcionando o diálogo,
orientando, inspirando e engajando as pessoas da organização”. Com a implantação no novo
planejamento estratégico, que inclui o Líder Comunicador, a receita do hospital aumentou
8,3% em 2018. Ao mesmo tempo, 221 novas contratações foram realizadas, totalizando mais
de 3,7 mil colaboradores.

Empresa Top

Realizado desde 1993, o Prêmio Top Ser Humano foi criado para reconhecer as empresas e
profissionais que apresentam as melhores práticas na área de gestão de pessoas. Em 25 anos,
já foram premiados 484 cases no Rio Grande do Sul. O Hospital Moinhos de Vento recebe a
distinção pela 14ª vez.



A ABRH-RS criou também o prêmio Top Cidadania, em 2001, para premiar ações sociais e de
sustentabilidade realizadas pelas organizações na comunidade gaúcha, contribuindo para o
incentivo dos investimentos sociais nas empresas do Estado. Já foram reconhecidos 179 cases,
sendo 12 do Hospital Moinhos de Vento. ...

Governador recebe da chefe da Polícia Civil a Medalha Tiradentes


Maior honraria concedida pela Polícia Civil gaúcha, a Medalha Tiradentes foi entregue na
tarde desta terça-feira (3/9), no Palácio Piratini, ao governador Eduardo Leite. A
homenagem é feita a pessoas ou entidades que prestaram serviços à causa da
corporação.

“Quero agradecer pela gentileza. Com oito meses de governo recém completos, acho
que já temos alguma parcela de contribuição que pode ser medida nas ações de governo
em prol da segurança, na redução dos indicadores de criminalidade e no respeito às
suas instituições. E considero que esta medalha é conferida, também, na expectativa do
que vem pela frente. Eu quero trabalhar para estar à altura do que a instituição e o povo
gaúcho esperam em relação à segurança pública”, afirmou o governador.

“Sempre tive muito respeito pela Polícia Civil e hoje, como governador, tenho muito
mais do que respeito, tenho uma admiração, porque posso acompanhar o esforço, a
dedicação, a qualidade dos quadros que tem”, completou.

Leite faz parte de um grupo de 16 personalidades, todos nomes aprovados pelo
Conselho de Administração Superior da Polícia Civil, que receberam a medalha no último
dia 30 de abril, ocasião em que o governador não pode comparecer. Por isso, nesta
terça, a chefe de Polícia, delegada Nadine Anflor, fez a entrega simbólica ao governador.

“É um ato informal, mas de muito significado pela parceria e pelo comprometimento do
senhor com a nossa Polícia Civil. Fiz questão de vir e trazer o meu parceiro, subchefe
Fábio Motta Lopes, e boa parte dos nossos diretores, porque nós todos nos sentimos um
pouco Tiradentes, pelos valores éticos e morais que ele teve, e essa honraria é entregue
a pessoas que também são um pouco Tiradentes, que têm os mesmos valores e, mais
do que isso, que batalham e defendem a instituição”, afirmou Nadine ao entregar a
medalha.

O nome da medalha rememora o mártir da Independência e patrono das polícias civis e
militares do Brasil. Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, é reconhecido como
modelo de policial com profundo comprometimento com a causa, hoje convertida na
Segurança Pública através da Polícia Civil.

“Mais do que a figura do governador do Estado, eu tenho certeza que o Eduardo Leite
tem esse carinho pela nossa Polícia Civil”, concluiu a chefe de Polícia.

A lista de homenageados com a Medalha Tiradentes neste ano:

- André Vorraber Costa, juiz corregedor
- Beatriz Araujo, secretária da Cultura
- Carlos André Alcantara Leite, general de Brigada e chefe do Estado-Maior do Comando
Militar do Sul
- Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª
Região (cargo que ocupava na época da entrega da medalha)
- Eduardo Leite, governador do Estado
- José Antônio Aranha Neto, responsável técnico e sócio do Centro de Treinamento
Aranha Training
- Karla Schirmer, procuradora do Estado
- Lasier Martins, senador
- Lessandra Bergamaschi, promotora da 8ª Promotoria de Justiça Criminal
- Luís Augusto Lara, deputado estadual e presidente da Assembleia
- Luiz Carlos Busato, prefeito de Canoas
- Diza Gonzaga, diretora institucional do Detran
- Maria Elizabeth Pereira, diretora do Procon
- Otomar Vivian, chefe da Casa Civil
- Patrícia de Mello Sanfelice, procuradora do Ministério Público do Trabalho
- Solon Ramos Cardoso Filho, delegado da Polícia Federal ...




Edição n° 195 - Setembro de 2019

Selecionar Edição
  • Edição n° 195
  • Edição n° 194
  • Edição n° 193







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821