Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 19 de Outubro de 2019. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30380122


Edicão n° 192 de Junho 2019


GERAL

Vice-governador apresenta políticas públicas do Estado para o enfrentamento à violência contra a mulher


Com o objetivo de contribuir na criação e no aprimoramento de políticas públicas em
defesa das mulheres, o vice-governador e secretário da Segurança Pública do Rio
Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, participou nesta terça-feira (25/6) de audiência
pública realizada na Câmara dos Deputados pela comissão externa destinada a
acompanhar os casos de violência doméstica contra a mulher e o feminicídio no país.
Com o título “Protocolos de atendimento no combate à violência contra a mulher e
modelos de sucesso nos estados”, a iniciativa da deputada Flávia Arruda busca a troca
de experiências entre os gestores estaduais.

A convite da deputada, Ranolfo abordou inicialmente o Programa RS Seguro como uma
ação que visa tornar o Rio Grande do Sul um local seguro para viver e investir. O
terceiro eixo do RS Seguro trata do atendimento qualificado, no qual se encaixam
diversas ações de combate à violência contra a mulher. “É necessário que as mulheres
denunciem, por isso a importância de se investir no atendimento qualificado, para
possibilitar que a vítima saia do ciclo da violência doméstica”, afirmou.

Ranolfo elogiou a iniciativa apresentada pelo secretário da Segurança Pública do Distrito
Federal, Anderson Gustavo Torres, sobre o decreto que recolhe armas de servidores da
Segurança envolvidos em delitos previstos na Lei Maria da Penha. “Quero saudar essa
troca de experiências, em especial a apresentação do Anderson, e vou levar essa
iniciativa do Distrito Federal para o Rio Grande do Sul para realizar um estudo que
viabilize a aplicação de um decreto similar no meu Estado”, enfatizou.

O vice-governador apresentou algumas iniciativas do Estado, que implementou em 2012
a coordenadoria das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) e,
desde então, evoluíram as práticas de atendimento à mulher vítima. Em 2019, foi criado
o Departamento Estadual de Proteção a Grupos Vulneráveis que, entre outras medidas,
engloba as DEAMs e as políticas de prevenção à violência doméstica.

O Estado também conta desde 2012 com a Patrulha Maria da Penha, iniciativa da
Brigada Militar que realiza visitas regulares para o acolhimento das vítimas de violência
que tenham medidas protetivas vigentes. A Sala Lilás, do Instituto-Geral de Perícias,
desde 2012 faz parte dessa rede de atendimento especializado para vítimas de violência
doméstica. Esse ambiente consiste em um espaço de acolhimento para quem aguarda
laudo pericial.

No dia 3 de junho, a Polícia Civil e o Poder Judiciário gaúchos firmaram um compromisso
para implementar um padrão de avaliação de risco às mulheres vítimas de violência. A
partir do protocolo, as 22 Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs)
no Estado adotaram um questionário com perguntas objetivas, de múltipla escolha, que
permite classificar no momento do registro de uma ocorrência o nível de perigo ao qual
a vítima está exposta.

No segundo semestre deste ano, será implementada a Sala das Margaridas nas
Delegacias de Pronto Atendimento. O projeto prevê um espaço reservado em tempo
integral para o acolhimento de mulheres em situação de violência.

A deputada Flávia reforçou a necessidade de haver políticas de prevenção para a
redução dos feminicídios em todo o país. “A maioria das mulheres mortas em crimes de
feminicídio jamais realizaram denúncias de qualquer tipo. É de extrema importância que
tenhamos políticas que reforcem a necessidade de que mulheres que sofram abusos
denunciem”, afirmou.

Além do vice-governador do Rio Grande do Sul, participaram da audiência os secretários
da Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Gustavo Torres, do Piauí, Fábio
Abreu Costa, e a major Orlinda Cláudia Rosa de Moraes, representando a secretaria de
Polícia Militar do Rio de Janeiro. ...

Coleta Itinerante de Eletrônicos será neste sábado em Porto Alegre


Mais uma edição da Coleta Itinerante de Resíduos Eletrônicos acontecerá neste sábado,
29, no estacionamento do Lindoia Shopping (avenida Assis Brasil, 3522), das 9h às 15h.
Poderão ser descartados eletrônicos diversos, como CPUs, cabos, celulares,
estabilizadores, teclados, rádios e eletrodomésticos que perderam a utilidade.

A iniciativa ocorre devido à parceria entre o Departamento Municipal de Limpeza Urbana
(DMLU), órgão que integra as secretarias municipais de Serviços Urbanos (SMSUrb) e do
Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), e a empresa Trade Recycle. O serviço
recolheu, na última ação, realizada em março, 568 quilos de resíduos.

Além da Itinerante, Porto Alegre também possui 11 pontos fixos para o recebimento de
materiais eletrônicos, que não são recolhidos pelas coletas seletiva ou domiciliar. Clique
aqui para verificar quais são os locais para esse tipo de descarte. Resíduos não recolhidos
pela coleta itinerante de eletrônicos: toner, CDs, disquetes, fitas cassete, gabinetes de
computadores sem componentes, lâmpadas e pilhas.

“Os eletrônicos estão cada vez mais presentes no cotidiano das famílias e das empresas.
Esta parceria entre a iniciativa privada e a prefeitura possibilita que seja dado o destino
correto a estes resíduos, inclusive com sua possível reutilização pela indústria”, afirma o
secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário. ...

Casamento na Roça e muita diversão no Asilo Padre Cacique


Na Festa Junina do Asilo Padre Cacique o que não faltaram foram risadas e bom humor. O
ápice da festividade, realizada na ensolarada tarde de sábado (22/06), foi o Casamento na
Roça, em uma descontraída encenação do casamento do noivo “Tufão” com a noiva “Maria
Pega-tudo”. As brincadeiras animaram as vovós e vovôs do Asilo Padre Cacique, além de
ajudarem na arrecadação de fundos para a manutenção da casa. As atividades envolveram
os moradores e voluntários, além de crianças.

A noiva foi a voluntária Adelina Maria Ferreira, que durante a brincadeira, chegou a fazer
de conta que desmaiou com tantas notícias ruins a respeito de seu noivo. Primeiro, ele
havia a trocado por um namorado e mais tarde ficou sabendo que ele tinha vários filhos
com outras mulheres. No final, um cão adestrado divertiu a plateia fazendo de conta que
havia colocado o noivo para correr, diante das safadezas do personagem interpretado pelo
diretor de eventos, Alécio Borsoi.

Durante a festa, foi feita rifa de um urso gigante de pelúcia, um edredom feito de retalhos
e um aparelho de GPS. Para as crianças, além das brincadeiras tradicionais de argola e
bola na boca do palhaço, foi instalado um pula-pula.

Fonte: PlayPress ...

Governador anuncia investimentos de mais de R$ 300 milhões em estradas


O governador Eduardo Leite lançou, nesta segunda-feira (17/6), um pacote de
investimentos em estradas, com recursos disponibilizados pelo Estado e pelo Banco
Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Serão R$ 301,4 milhões
aplicados em 2019 para qualificar o sistema rodoviário estadual.

“Temos um orçamento comprimido pelas dificuldades fiscais e, mesmo assim, estamos
trabalhando muito fortemente para darmos respostas à nossa sociedade. Tivemos como
prioridade, nos primeiros meses de governo, aquilo que mais nos toca, que é a saúde.
Agora, depois de assistirmos muitas reclamações das condições das nossas estradas,
vamos priorizar essa área tão sensível e ao mesmo tão importante para o
desenvolvimento do nosso Estado”, destacou o governador.

Após análise por técnicos do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer),
foram priorizados trechos em piores condições, demandas judiciais, pagamento de
dívidas do exercício anterior e a continuidade de obras mais próximas da conclusão.

Mais da metade dos investimentos, cerca de R$ 170 milhões, sendo parte liberado pelo
Tesouro do Estado (R$ 136 milhões) e outra via Contribuição de Intervenção de Domínio
Econômico, a Cide (R$ 34,4 milhões), estão distribuídos entre as 17 superintendências
regionais do Daer.

O montante inclui recuperação e conservação de rodovias estaduais e pontes, acessos
municipais, sinalização, melhorias em vias urbanas por meio de convênios municipais,
fiscalização de obras, equipamentos e veículos para o Comando Rodoviário da Brigada
Militar (CRBM).

“Elencamos prioridades, mas os investimentos não se esgotam nelas. Há recursos nas
superintendências regionais que serão revertidos em conservação, em tapa-buracos,
para dar condições mínimas de logística e transporte”, disse o governador.

Os R$ 131 milhões restantes serão investidos na retomada de uma das obras prioritárias
do Estado: a duplicação da ERS-118. O recurso foi descontingenciado pelo governo junto
ao BNDES graças ao investimento anunciado pelo Estado na conclusão de acessos
municipais.

A rodovia é considerada fundamental para o desenvolvimento econômico do Rio Grande
do Sul e a mobilidade da Região Metropolitana de Porto Alegre. Até agora, já foram
investidos mais de R$ 200 milhões na duplicação e cerca de 70% das obras estão
finalizadas.

“Estamos recém no sexto mês de governo e já estamos agindo. Sabemos que essas
obras não resolvam nossos problemas de infraestrutura rodoviária e há muito por fazer.
Por isso, é fundamental que sigamos encaminhando os projetos de reforma no RS e as
parcerias com o setor privado para que tenhamos condições de encaminhar as soluções
de infraestrutura, com rodovias seguras e eficientes. Aí sim, teremos um Estado à altura
do que nosso povo produz”, disse o governador.

“Os passos futuros na área de infraestrutura de transportes dependem do governo do
Estado, é claro, mas inegavelmente exigem, também, uma forte aliança de toda a
sociedade para que encontremos, juntos, as soluções para o setor”, afirmou o secretário
de Logística e Transportes, Juvir Costella, citando o RS Parcerias, que vai incluir as
estradas atualmente sob gestão da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), e as
concessões em andamento da RSC-287 e da ERS-324.

“São bons exemplos que ilustram o objetivo de sermos mais efetivos e darmos respostas
mais ágeis para a população, sem dependermos tanto das amarras e burocracias que
ainda limitam o poder público”, concluiu Costella.
...

Prefeitura capacita servidores para uso de videomonitoramento


Servidores que atuam em áreas de fiscalização e monitoramento participaram nesta
segunda-feira, 17, de curso sobre Sistemas Corporativos de Videomonitoramento, no
Centro Integrado de Comando e Controle de Porto Alegre (Ceic). A iniciativa, coordenada
pela Escola de Gestão Pública (EGP) da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão
(SMPG), visa capacitar os servidores e potencializar o uso dos recursos existentes no
município.

As aulas vão até 1º de julho, sempre no Ceic. Nesta primeira etapa, serão capacitados
servidores que atuam em órgãos de prestação de serviço e atendimento nas áreas de
segurança, meio ambiente, desenvolvimento econômico, mobilidade, limpeza pública,
habitação e assistência social.

"Este é o primeiro curso com foco na capacitação de servidores que realizam o trabalho
de videomonitoramento da cidade, com aula prática e teórica, para conhecer o sistema
utilizado no centro e seus recursos", explica o coordenador do Ceic, Adriano Bokerskis,
que também ministra o curso.

"O Ceic trabalha para a produção de conhecimento, para o assessoramento e a apoio à
tomada de decisão", explica Borkerski, ao destacar que a programação vai preparar
servidores para atuar em ações integradas da prefeitura, possibilitando o conhecimento
do conceito de integração, seus processos e a metodologia utilizada em um ambiente
tecnológico.

Ao todo, o curso será realizado com uma carga horária de 20h, um total de cinco aulas.
A partir da formação, os servidores estarão habilitados a atuar como multiplicadores e
executores das atividades de videomonitoramento, aperfeiçoando o atendimento e a
operacionalidade dos serviços de monitoramento da cidade.

Programação
17/06 - Introdução à tecnologia da Informação e Comunicações e Sistemas operacionais
(TIC)
Local: Ceic

19/06 – Aula 2
Conteúdo: Inteligência e Segurança Pública
Local: Ceic

24/06 – Aula 3
Conteúdo: Sistema de Videomonitoramento do CEIC
Local: Ceic

26/06 – Aula 4 - Seminário aberto para todos os servidores da prefeitura
Conteúdo: Conhecendo as Operações e Serviços do Ceic
Local: Auditório da Procempa

01/07 – Aula 5
Conteúdo: Sistema de Despacho e Registro de Ocorrências
Encerramento do 1º Módulo
Local: Ceic
...

Debates em todo o Estado buscam enfrentar e prevenir violência contra o idoso


Sucessivas pesquisas e censos demográficos apontam para um significativo crescimento
da população idosa em relação aos demais grupos etários. Dos atuais 11,3 milhões de
habitantes no Rio Grande do Sul, 1,8 milhão está na faixa acima dos 60 anos, o que
representa 16,06% da população total.

No Brasil, o número de pessoas acima dos 60 anos superou os 30 milhões em 2017.
Essa mudança de perfil social expõe um problema praticamente desconhecido até bem
pouco tempo para a sociedade: a violência contra pessoas na velhice. A Organização
Mundial da Saúde (OMS), tipifica como abuso o financeiro, o físico, o psicológico e o
sexual.

“Esta é uma epidemia silenciosa e que acontece, na maioria das vezes, dentro de casa”,
informa a psicóloga Joana Veras, da Coordenação Estadual da Saúde do Idoso, da
Secretaria da Saúde (SES). Para dar visibilidade ao problema, 15 de junho foi instituído
como o Dia Mundial de Enfrentamento à Violência contra Idosos e diversas ações estão
programadas em todo o Estado durante o mês. Confira algumas delas abaixo.

Dados da Vigilância Epidemiológica da SES, com base no Sistema de Informação de
Agravos de Notificação (Sinan), no RS, em 2018, houve 3.021 casos de agressão sofrida
pelos idosos, a maioria física (1.021, correspondendo a 33,8%). Em seguida, a
psicológica/moral (560, 18,5%). Logo abaixo, negligência ou abandono (528, 17,5%).
Lesões auto-provocadas chegaram a 409 (13,5%), e financeira/econômica a 153
(5,1%). Há também tortura (41, 1,4%) e sexual (40, 1,3%). No quesito “outros” foram
inseridos 269 notificações (8,9%). Apesar de algumas variações, há uma tendência de
manutenção das notificações ao longo da década iniciada em 2010.

A maioria dos agressores é filho(a), correspondendo a 626 notificações (28,23%),
própria pessoa 410 (18,5%), cônjuge/namorado(a) são 228 (10,3%),
amigos/conhecidos 135 (6,1%), cuidador 62 (2,3%), ex-cônjuge/ex-namorado(a)
chegam a 60 (2,3%), irmão(a) são 50, (2,2%), da lei ou patrão 23 (1,3%),
mãe/madrasta/pai/padrasto 19 (0,8%). Outros vínculos 301 (13,6%) e ignorado/branco
150 (6,8%). “Mas nós ainda enfrentamos o problema de subnotificação”, diz Joana, ao
lembrar que muitos casos sequer chegam a ser declarados ao SUS.

Joana Veras destaca que a notificação é uma etapa extremamente importante para o
enfrentamento à violência, pois subsidia o planejamento de ações. “É importante
ressaltar que a notificação de casos de violência através da ficha de registro no Sinan
(que pode manter o anonimato do profissional que a realiza) tem caráter epidemiológico
e não se iguala a uma denúncia acolhida pelo sistema da segurança pública, que envolve
investigação policial”.

O Estatuto do Idoso estabelece que os casos de suspeita ou confirmação de violência
praticada contra as pessoas idosas devem ser notificados não somente à autoridade
sanitária, mas também, obrigatoriamente, à autoridade policial, Ministério Público e às
instâncias de controle social (conselhos de direitos municipais, estaduais ou nacional).

Programação no Estado:

Seminário Estadual de Enfrentamento a Violência Contra as Pessoas Idosas
11/6 , a partir das 8h30min
Local: Auditório do Sesc, na Rua Alberto Bins, 665, em Porto Alegre
Clique aqui para conhecer a programação

II Encontro Regional sobre a Política de Saúde do Idoso
12/6, a partir das 8h
Local: auditório do Colégio Politécnico da UFSM, em Santa Maria
Clique aqui para conhecer a programação

Fórum Temático Enfrentamento a Violência contra a Pessoa Idosa
13/6, a partir das 16h
Local: Centro de eventos da Fenadoce, na Av. Pinheiro Machado, 3.390, em Pelotas

Promoção da Saúde e Prevenção da Violência contra o Idoso
14/6, a partir das 8h30
Local: Auditório do Memorial da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), em Santa
Cruz do Sul
Inscrições pelo e-mail arcenio-fischborn@saude.rs.gov.br

Texto: Ascom/SES ...

Curso Recursos Didáticos em Educação para o Trânsito está com inscrições abertas


A Escola Pública de Trânsito (EPT) do DetranRS abriu as inscrições para o curso Recursos
Didáticos em Educação para o Trânsito. Será realizado dia 25 de junho, das 9h às 17h, na
sala de aula da EPT (Rua Voluntários da Pátria, 1.358 - 7º andar - ala norte, em Porto
Alegre).

Gratuito e aberto ao público em geral, o curso tem a finalidade de subsidiar profissionais
interessados em multiplicar a educação para o trânsito para adultos.

Entre os temas a serem abordados estão conceitos de didática; estratégias de
aprendizagem; andragogia (ensino de adultos); tipos e aplicação de recursos didáticos
(imagens, vídeos, dinâmicas, textos, saída de campo, jogos, rodas de conversa, música e
paródia) e adversidades no planejamento quanto ao uso dos recursos didáticos.

Para inscrever-se, acesse o Portal da Educação do DetransRS ...

Licenciamento ambiental a microcervejarias será desburocratizado em Porto Alegre


O fluxo administrativo para o licenciamento ambiental a microcervejarias ficará mais ágil
e desburocratizado. Nesta sexta-feira, 7, às 15h, serão lançados pela Secretaria
Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) os novos procedimentos
para tramitação eletrônica dos processos, em solenidade na sede da microcervejaria 4
Árvores - na avenida Pará, 970, bairro São Geraldo.

“É muito importante que a prefeitura incentive o crescimento do setor, gerando emprego
e renda, e a melhor forma para isso é a desburocratização”, afirma o secretário Maurício
Fernandes.

O requerente deverá solicitar a licença ambiental de operação para atividade de
microcervejaria pelo e-mail ambiental@portoalegre.rs.gov.br, com a documentação
necessária anexada. A licença estabelece normas sobre poluição atmosférica e hídrica,
resíduos, exposição de veículos de divulgação e emissões sonoras, entre outras
questões.

“O crescimento desse setor promove, além economia, a gastronomia, o entretenimento
e o turismo para nossa cidade. Estamos valorizando quem cumpre as regras ambientais
e punindo quem descumpre”, conclui o secretário Fernandes.

O evento terá a participação da Associação Gaúcha de Microcervejarias e integra a
programação da 35ª Semana do Meio Ambiente.
...

Vice-governador prestigia inauguração de projeto de mão de obra prisional


Em menos de dois minutos, cerca de 1 kg de massa é retirado da misturadora, em quatro
colheradas de espátula, vai para um molde, passa por uma prensa e sai no formato de um
bloco vazado, dividido em duas células. O que seria apenas mais um tijolo é a pedra
fundamental para construção de um caminho de esperança e renovação na vida de detentos
do Presídio Regional de Pelotas, no sul do Estado.

A peça simboliza o início da produção da fábrica de artefatos de concreto dentro da unidade
prisional, inaugurada na quinta-feira (30/5) em cerimônia com a presença do vice-governador
e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e da prefeita do município, Paula
Mascarenhas, entre outras autoridades.

O projeto aplica o aproveitamento da mão de obra prisional em benefício do poder público e
como instrumento de ressocialização. A cada três dias de trabalho, os sete presos – que irão
atuar de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h – reduzirão um dia de suas penas.

"Criamos a Secretaria da Administração Penitenciária com objetivo principal de ampliar o
número de vagas. Mas não adianta criar por criar. É essencial abrir vagas qualificadas, que
permitam devolver à sociedade cidadãos melhores. Esse projeto de Pelotas se alinha
perfeitamente com nosso propósito", afirmou Ranolfo.

A estrutura vai produzir cerca de 200 blocos de concreto por dia, além de tubos para
canalização. Os materiais serão utilizados em obras da cidade, reformas no presídio e na
construção do Centro de Reintegração Social vinculado à Associação de Proteção e Assistência
ao Condenado (Apac).

O galpão da fábrica foi erguido pelos próprios presos após produzirem 5 mil blocos de
concreto durante a fase de preparação do projeto. Em uma parede lateral, foram pintadas
palavras como "presídio", "participação", "perdão", "profissão" e "paz", que trazem na
primeira letra a inspiração para o nome da fábrica: Artecon P.

Universidade parceira

"Este projeto simboliza um farol para a grande transformação que sonhamos: fincar no nosso
território a bandeira da paz. A Artecon P é exemplo de que é possível fazer a diferença, mudar
vidas e lutar por uma sociedade melhor. Essas pessoas têm direito a uma segunda chance, e
o que nós estamos fazendo é abrir portas para que elas sejam acolhidas e possam
recomeçar”, disse a prefeita Paula Mascarenhas, que entregou certidões de honra aos presos
operários.

"A esperança estava meio longe para nós, e agora a temos. Graças a essas pessoas que
acreditaram em nós, com oportunidade e confiança. Toda a esperança que deram para mim,
vou passar para meus irmãos aqui. Ao sair, pretendo fazer faculdade e continuar colaborando
com eles", agradeceu o detento Jaques da Silva, líder do grupo e que ajudou a recuperar a
maioria do maquinário de trabalho.

A estrutura vai produzir cerca de 200 blocos de concreto por dia, além de tubos para
canalização. Os materiais serão utilizados em obras da cidade, reformas no presídio e na
construção do Centro de Reintegração Social vinculado à Associação de Proteção e Assistência
ao Condenado (Apac).

O galpão da fábrica foi erguido pelos próprios presos após produzirem 5 mil blocos de
concreto durante a fase de preparação do projeto. Em uma parede lateral, foram pintadas
palavras como "presídio", "participação", "perdão", "profissão" e "paz", que trazem na
primeira letra a inspiração para o nome da fábrica: Artecon P.

Universidade parceira

"Este projeto simboliza um farol para a grande transformação que sonhamos: fincar no nosso
território a bandeira da paz. A Artecon P é exemplo de que é possível fazer a diferença, mudar
vidas e lutar por uma sociedade melhor. Essas pessoas têm direito a uma segunda chance, e
o que nós estamos fazendo é abrir portas para que elas sejam acolhidas e possam
recomeçar”, disse a prefeita Paula Mascarenhas, que entregou certidões de honra aos presos
operários.

"A esperança estava meio longe para nós, e agora a temos. Graças a essas pessoas que
acreditaram em nós, com oportunidade e confiança. Toda a esperança que deram para mim,
vou passar para meus irmãos aqui. Ao sair, pretendo fazer faculdade e continuar colaborando
com eles", agradeceu o detento Jaques da Silva, líder do grupo e que ajudou a recuperar a
maioria do maquinário de trabalho. ...

Com apelo poético, Balada Segura dá recado aos jovens sobre preservação da vida


A nova campanha da Balada Segura, programa gaúcho de combate à alcoolemia no trânsito
coordenado pelo DetranRS, vai ao ar nesta sexta-feira (31). Canais de televisão aberta, perfis
em mídias sociais e serviços de áudio via streaming (internet) serão explorados para fazer um
chamamento ao público jovem: viver é a grande balada.

O texto da campanha, narrado de forma revezada por dois jovens, é em poesia rimada do tipo
slam, estilo surgido nos anos 1980 em Chicago, nos Estados Unidos. O apelo poético busca,
principalmente, sensibilizar o público para a importância de se voltar da festa em segurança –
a escolha de um “motorista da rodada” é a alternativa mostrada no vídeo. De forma
complementar, a campanha demonstra a Balada Segura como uma causa social na qual toda
a sociedade deve se engajar.

Para a diretora institucional do DetranRS, Diza Gonzaga, a Balada Segura já se encontra em
um patamar de aceitação social extremamente representativo, “visto que 97% dos motoristas
escolhem soprar o bafômetro e que a imensa maioria deles zera no teste. Contudo, a
alcoolemia no trânsito é um fenômeno cultural que precisa ser desconstruído de forma
sistemática e ampla – daí a importância das campanhas de publicidade educativa para
reforçar a mensagem de preservação e valorização da vida”.

A campanha foi desenvolvida pela agência Matriz, supervisionada pela Assessoria de
Comunicação Social do DetranRS e pela Secretaria Estadual de Comunicação (Secom). ...

BR-116 terá desmonte de rochas


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Unidade Local de
Pelotas, informa que na próxima segunda-feira (03/06), ao longo do dia, haverá desmonte de
rochas para a implantação do sistema de drenagem no km 499 + 300 das obras de duplicação,
em Pelotas.

Por segurança, o local estará sinalizado. Porém, não será necessário o bloqueio da pista, pois
serão utilizados equipamentos de proteção e contenção do material.

Mais informações podem ser obtidas no canal da ouvidoria do empreendimento: 0800 60 11
116. ...




Edição n° 192 - Junho 2019

Selecionar Edição
  • Edição n° 196
  • Edição n° 195
  • Edição n° 194







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821