Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 06 de Junho de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31256737


Edicão n° 203 de Maio 2020


ESPECIAL

CMPC doa 1 milhão de máscaras ao Rio Grande do Sul


O governo do Estado receberá uma doação de 900 mil máscaras nos próximos três meses.
A CMPC Celulose Rio-Grandense fez, na tarde desta quinta-feira (21/5), uma entrega
simbólica de quatro caixas de máscaras ao governador Eduardo Leite, no Palácio Piratini.
Um primeiro lote de 100 mil máscaras já foi doado para serviços públicos de saúde nas
cidades em que a empresa possui operações no Estado. ...

Consumidor pode conferir evolução diária do preço médio dos combustíveis em cada município gaúcho


O Receita Dados, portal de transparência da Receita Estadual, conta com novos painéis
informativos sobre a evolução do consumo e do preço médio dos combustíveis no Rio
Grande do Sul.

As informações são atualizadas diariamente conforme consultas à base de dados dos
documentos fiscais eletrônicos e aos sistemas de inteligência do fisco, estando
disponíveis para gasolina comum, etanol, óleo diesel S-10 e óleo diesel S-500. Na
análise dos preços, é possível conferir a variação geral no Estado, bem como aplicar
filtros para verificar a evolução por região e por município.

“A ferramenta permite que a sociedade monitore a variação dos preços nas suas
cidades, podendo comparar como está a flutuação em relação a municípios próximos ou
de porte semelhante, por exemplo”, destaca Ricardo Neves Pereira, subsecretário da
Receita Estadual.

Por meio da análise, acrescenta, é possível perceber o comportamento de queda recente
dos preços, sobretudo em função da atual conjuntura internacional do petróleo, embora
nos últimos dias tenha havido um movimento de retomada nos valores cobrados.

A gasolina comum, por exemplo, chegou a atingir R$ 4,79 no final de janeiro, estava em
R$ 4,62 no dia 16 de março e passou ao patamar de R$ 3,81 no dia 6 de maio. No dia
21 de maio, alcançou R$ 3,88.

Além disso, são apresentados painéis com a evolução do volume de vendas dos
combustíveis. Isso permite avaliar, entre outros fatores, como está a movimentação da
economia durante a pandemia, bem como o reflexo das medidas de distanciamento
social.

Novidades no Receita Dados

Os dados sobre combustíveis fazem parte de uma série de novidades que vêm sendo
implementadas pela Receita Estadual no Receita Dados. O objetivo é ampliar, cada vez
mais, a transparência e a disponibilização de informações estratégicas para a tomada de
decisão do governo do Estado.

Um dos exemplos recentes é a divulgação semanal do boletim sobre os impactos da
Covid-19 nas movimentações econômicas dos contribuintes de ICMS. O conjunto de
melhorias, que prevê também a reformulação e a modernização do Portal, está
relacionado a algumas iniciativas da agenda Receita 2030, que consiste em 30 iniciativas
para modernização da administração tributária gaúcha. ...

Vento em Belém Novo causa turbidez da água e desabastecimento


O vento que atingiu Porto Alegre no sábado, 23, causou excesso de turbidez (coloração)
na água captada no Lago Guaíba para o Sistema Belém Novo. O Departamento Municipal
de Água e Esgotos (Dmae) teve que reduzir a produção de água da Estação de
Tratamento de Água (ETA) Belém Novo, o que impactou o fornecimento de água para os
bairros das regiões Extremo Sul e Leste. Com a redução do vento no domingo à noite,
foi possível aumentar a produção da ETA e todos os bombeamentos foram retomados
abastecendo o sistema. Na tarde desta segunda-feira, 25, com o retorno do vento forte
na baía de Belém Novo, foi necessário reduzir a vazão novamente e alguns bairros
podem observar intermitência no abastecimento, como Aberta dos Morros, Belém Novo,
Chapéu do Sol, Hípica, Lageado, Lami, Lomba do Pinheiro, Pitinga, Ponta Grossa e
Restinga.

A previsão é que o vento mude de direção na quarta-feira, 27, e seja possível retomar a
capacidade total da ETA Belém Novo. Eventos como esse ocorrem eventualmente, mas
este ano estão mais frequentes, aliados a níveis excessivamente baixos do Guaíba,
aumentando a agitação do solo de fundo.

Por que ocorreu a turbidez - Os ventos fortes do quadrante oeste (ciclones
extratropicais), associados ao baixo nível do Lago Guaíba em razão da forte estiagem
que assola o Estado, provocaram em alguns períodos de abril e maio um aumento
expressivo na turbidez da baía de Belém Novo, com valores que passaram de menos de
100 para mais de 1.000 NTUs (unidade de turbidez), atingindo em cheio o ponto de
captação e limitando a capacidade de tratamento na ETA Belém Novo.

Por que impacta no tratamento da água - Os eventos climáticos somados ao fato de que
a ETA Belém Novo opera no limite da sua capacidade causam intermitência no
abastecimento porque a produção de água é reduzida pelo excesso de cor na água
captada. Com isso, as estações que bombeiam a água para os locais mais distantes e
altos são impactados e ficam sem nível.

O Dmae não pode distribuir uma água produzida que não atenda aos padrões de
potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde e da Secretária do Estado. A
turbidez é um dos índices que são monitorados, sendo fundamental seu atendimento
dentro dos padrões exigidos.
...

Secretaria da Agricultura faz alerta de golpe para prefeituras e produtores rurais


A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) alerta prefeituras e
produtores rurais para a ação de golpistas que, dizendo-se representantes do Estado,
oferecem diferentes produtos e serviços em troca de depósito de valores, a título de frete.

Programas e políticas públicas são feitos por meio de convênios e termos de cooperação,
cujos depósitos de valores, quando necessários, são feitos em contas do Estado no
Banrisul.

A Seapdr destaca que não existe comercialização de materiais do governo e que qualquer
destinação é feita de acordo com os princípios da administração pública, e não diretamente
com particulares. A secretaria já encaminhou ofício à chefe da Polícia Civil solicitando
providências neste sentido.

Se alguém for contatado nesse sentido, registre boletim de ocorrência na delegacia de
polícia mais próxima. ...

Dermatologista reforça importância da higiene adequada do celular


O aparelho de celular que está constantemente na mão das pessoas é uma fonte relevante
de contaminação por bactérias e vírus. O alerta é para que se mantenha o cuidado de
forma rotineira higienizando o aparelho todos os dias e sempre que chegar da rua. Segundo
o dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS (SBD-RS), Maurício
de Quadros, outra dica é evitar que várias pessoas usem um único celular, pois pode
aumentar o risco de contaminação.

“Para uma adequada higienização do celular, você precisa de álcool 70% ou álcool
isopropílico e pode usar com o auxílio de um pano de flanela ou microfibra. Como quase
todo mundo usa capa para proteção contra quedas e danos ao aparelho, é importante
higienizar a capa também, com água, sabão e depois o álcool”, explica. ...

DNIT executa serviços de manutenção nas BRs 290, 116 e 471


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da
Superintendência Regional do Rio Grande do Sul, informa que serão realizados serviços
de manutenção nas rodovias BR-116/RS, BR-290/RS e BR-471/RS a partir desta
segunda-feira (25) até sábado (30), conforme o trecho. ​
Os locais contam com sinalização, visando à segurança e orientação aos usuários. Em
caso de chuva, os serviços de recuperação de pista serão adiados.
Confira abaixo a programação de cada trecho:

BR-116/RS
(de 25 a 30 - das 8h às 18h)

- km 276,5 ao km 400,5 (Porto Alegre a Camaquã) - Serviços de conservação, em
ambos os sentidos;
- km 299,4 ao km 304 (Guaíba a Barra do Ribeiro) - Serviços de restauração do
pavimento do perímetro urbano do município de Guaíba e trevo de acesso à CMPC, em
ambos
os sentidos;
- km 304 ao km 360 (Barra do Ribeiro a Tapes) – Serviço de restauração do pavimento,
em ambos os sentidos. ​

BR-290/RS
(de 25 a 30 - das 7h às 17h)

- km 144 ao km 157 (Eldorado do Sul a Arroio dos Ratos) – Serviço de
microrrevestimento do pavimento, em ambos os sentidos;
- km 152 ao km 112,3 (Arroio dos Ratos a Eldorado do Sul) – Roçada da faixa de
domínio, em ambos os sentidos;
- km 212 ao km 214 (Pantano Grande) - Fresagem e recomposição do pavimento com
Cimento Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ), em ambos os sentidos.

BR-471/RS
(de 25 a 29 - das 8h às 18h)

- km 153 ao km 203 (Santa Cruz do Sul a Pantano Grande) - Serviços de conservação
da rodovia (roçada, capina e limpeza);
- km 175 ao km 176 (Rio Pardo) – Serviço de microrrevestimento.
...

Doação de sangue é fundamental em tempos de pandemia


A doação de sangue é fundamental sempre, mas em tempos de pandemia, torna-se
ainda mais relevante. Um lembrete importante é que a necessidade de sangue é
contínua. Porém, com o distanciamento social as doações diminuíram muito, o que pode
provocar uma baixa nos estoques, prejudicando a população que precisa.

É fundamental salientar que, o ato de doar sangue não aumenta o risco de
contaminação pelo coronavírus e as instituições que recebem os doadores estão
altamente preparadas para tomar todas as medidas preventivas em relação à COVID-19.

Entre as recomendações estão:

1) Agendar a sua doação por telefone ou internet ao invés de procurar o banco de
sangue e doar por ordem de chegada;

2) Procure escolher o banco de sangue mais próximo da sua casa ou que esteja mais
próximo do seu trajeto diário para evitar exposições;

3) Manter as medidas de proteção como o uso de máscaras, mangas longas,
higienização constante das mãos e manter uma distância de no mínimo dois metros das
outras pessoas;

4) Recomenda-se a lavagem das mãos ao entrar e sair do Serviço de Hemoterapia.
Álcool em gel, água e sabão são disponibilizados no local.

O diretor Científico e Cultural da AMRIGS, Marcos Vinícius Ambrosini Mendonça, reforça
que, além das regras usuais solicitadas pelos bancos de sangue conforme o Ministério da
Saúde (1), em tempos de pandemia, o MS, em nota técnica traz as seguintes
contraindicações de doação em relação aos pacientes sintomáticos respiratórios e
COVID-19:

Quem não pode doar:

- Candidatos à doação de sangue que tenham se deslocado ou que sejam procedentes
de países com casos autóctones confirmados de infecções pelo SARS­CoV­2 deverão ser
considerados inaptos por 14 dias após o retorno destes países. Para este critério,
considerar as informações disponibilizadas pelo Ministério da Saúde;

- Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos vírus SARS­CoV­2 após
diagnóstico clínico e/ou laboratorial deverão ser considerados inaptos por um período de
30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que
contraindiquem a doação);

- Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas
que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelo vírus SARS­CoV­2
deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com
essas pessoas;

- Candidatos à doação de sangue que permaneceram em isolamento voluntário ou
indicado por equipe médica devido a sintomas de possível infecção pelo SARS­CoV­2
deverão ser considerados inaptos pelo período que durar o isolamento (no mínimo 14
dias) se estiverem assintomáticos.

Fonte: PlayPress ...

Entrega de 10 novos leitos de UTI em Caxias do Sul reforça enfrentamento à Covid-19 no RS


Graças a um esforço conjunto, foram entregues, neste sábado (16/5), 10 novos leitos de
unidade de terapia intensiva (UTI) no Hospital Geral (HG) de Caxias do Sul, na Serra. A
ampliação da capacidade hospitalar, principalmente de UTIs adulto do Sistema Único de
Saúde (SUS), faz parte do Plano de Contingência elaborado pelo governo do Estado para
enfrentar a pandemia de coronavírus.

"O hospital é do Estado, assim, nós vamos pagar pelos equipamentos fundamentais, o
município está garantindo o pagamento das diárias e, graças a esse esforço conjunto e
coordenado, a população poderá contar com o atendimento de saúde a partir de amanhã
(17/5). Esse é o grande diferencial que viemos testemunhar aqui em Caxias do Sul",
ressaltou o governador Eduardo Leite, após conhecer os novos leitos neste sábado
(16/5).

Os aparelhos que possibilitam a operação foram disponibilizados, desde o início de abril,
pelo governo, que está custeando o aluguel no valor de R$ 180 mil mensais. Os
equipamentos aguardavam apenas a habilitação – liberação de recursos de custeio –
para serem colocados à disposição da sociedade.

Seguindo um apelo feito pelo governador, que autorizou o pagamento de 139 leitos sob
gestão estadual até que o Ministério da Saúde regularize a situação, a prefeitura de
Caxias do Sul vai assumir a diária de R$ 1,6 mil de cada um dos novos leitos, já que o
município tem gestão plena.

Aproveitando a visita, o governador anunciou que o Estado aumentará os repasses ao
Hospital Geral em R$ 400 mil, totalizando aporte de R$ 3,7 milhões mensais para
custeio dos serviços.

“O governo mantém convênio com a Fundação da UCS há mais de 20 anos para gestão
do HG, que é uma referência em saúde para toda a nossa serra gaúcha e temos certeza
que é uma ajuda importante neste momento de pandemia”, ressaltou Leite.

Referência para 49 municípios

Mesmo sendo financiado pelo município, o atendimento nos novos leitos será estendido
a todos os pacientes da região. Atualmente, o HG é referência em saúde para cerca de 1
milhão de habitantes, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de 49 municípios da 5ª
Coordenadoria Regional da Saúde, na Serra.

Os equipamentos foram instalados na Sala de Recuperação do Bloco Cirúrgico do HG e
oferecerão apoio para atendimento de pacientes com síndrome respiratória aguda grave
(SRAG), causada pelo novo coronavírus. Os leitos contam com camas hospitalares,
ventiladores pulmonares, monitores de beira de leito, cama bomba para mediação e
bomba para dieta, entre outros equipamentos fundamentais para tratamento de Covid-
19.

As novas unidades se somarão aos 10 leitos permanentes de UTI adulto do HG. A
instituição oferece atendimento universal e gratuito, 100% pelo SUS. ...

Pré-Enem Seduc RS começa nesta segunda, com exibição diária na TVE


Começam nesta segunda-feira (18/5) as Aulas Preparatórias para o Exame Nacional do
Ensino Médio (Pré-Enem Seduc RS). Projeto do governo do Estado, promovido pela
Secretaria da Educação (Seduc), em parceria com a Secretaria de Comunicação
(Secom), irá ao ar pela TVE, de segunda a sexta-feira, das 19h às 23h. Serão 20
horas/aula semanais e 464 horas de preparação para todos os componentes
curriculares.

Os alunos terão ainda acesso às aulas pelo YouTube, por meio do canal TV Seduc RS,
além dos links que ficarão disponíveis no Portal da Educação e no site da Secretaria da
Educação.

O Pré-Enem Seduc RS, que contará com quatro períodos diários de 60 minutos e vai
contemplar 86 horas/aula para cada área do conhecimento, inclui eixos ligados às
seguintes disciplinas:

• Física
• Química
• Biologia
• Matemática
• História
• Geografia
• Filosofia e Sociologia
• Literatura
• Língua Portuguesa
• Artes
• Língua Estrangeira (Inglês e Espanhol)
• Redação

As aulas seguem até 31 de outubro, na semana que antecede ao início das provas. O
secretário da Educação, Faisal Karam, explica que a iniciativa irá beneficiar alunos do 3°
ano do ensino médio e membros da comunidade escolar que desejam prestar o
vestibular ou o Enem. “Após um período de capacitação, que incluiu a roteirização dos
conteúdos, finalização das metodologias e recursos a serem utilizados nos vídeos, os 13
professores da Rede escolhidos para o projeto já estão preparados para garantir a
qualificação necessária dos estudantes para o ingresso no ensino superior”, acrescenta.

Interação em tempo real

Atendendo à Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, foram selecionados
quatro tradutores da Língua Brasileira de Sinais (Libras), que irão auxiliar nas
transmissões das aulas do Pré-Enem Seduc RS.

A carga horária dos componentes curriculares foi definida de acordo com a quantidade
das disciplinas nas questões do Enem. O tempo de aulas será dividido em parte
introdutória de cada eixo, explanação sobre o assunto, problematização em relação aos
acontecimentos atuais e disponibilização de lista de exercícios, ocorrendo, por fim,
interação em tempo real de questões de alunos via chat.

Áreas cobertas pelo sinal da TVE
• Alegrete
• Santa Cruz do Sul
• Erechim
• Carazinho
• Palmeira das Missões
• Frederico Westphalen
• Itaqui
• Santana do Livramento
• Santa Bárbara do Sul
• Santa Rosa
• Santo Ângelo
• São Luiz Gonzaga
• Vacaria
• Região Metropolitana de Porto Alegre ...

É possível agendar por WhatsApp confecção de carteira de identidade na Capital


Cidadãos de Porto Alegre e da Região Metropolitana que se enquadram nas regras
emergenciais para fazer a carteira de identidade poderão usar o aplicativo WhatsApp
para agendar o atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Os números (51)
9841-78646 e 9842-20125 só recebem mensagens de texto. Basta enviar a solicitação
para apenas um deles, a fim de evitar a duplicidade no pedido. O cancelamento de
agendamentos pode ser feito pelos mesmos números. Os telefones (51) 3223-6122 e
3223-2727 seguem atendendo.

Em Porto Alegre, os atendimentos estão concentrados no Departamento de Identificação
do Instituto-Geral de Perícias (IGP), na avenida Azenha, 255. O local está adaptado ao
modelo de Distanciamento Controlado do Estado, com separação entre as estações de
atendimento, uso de álcool gel para desinfecção após cada atendimento, guichê
separado para idosos e outras providências.

Desde o início da pandemia de Covid-19, é necessário agendar, por telefone ou e-mail, a
emissão da carteira de identidade. Somente casos urgentes, como retirar receitas em
farmácias, internações e cirurgias de emergência, casos de roubos e furtos (desde que
outros documentos também tenham sido roubados) e viagens de avião agendadas com
urgência são atendidos. Para isso, é necessário apresentar documentos, como receitas
médicas, boletins hospitalares, boletins de ocorrência e passagens aéreas que
comprovem o relato.

A lista com os telefones dos demais municípios está no site do IGP. ...

Operação integrada fiscaliza mais de oito mil estabelecimentos na capital


A Prefeitura de Porto Alegre já fiscalizou mais de sete mil estabelecimentos para conferir o
cumprimento das normas relacionadas ao coronavírus. Ao todo, foram 7.474 comércios,
indústrias e serviços verificados desde o dia 31 de março com a operação Esforço
Concentrado Covid-19. Coordenada pelo Escritório de Fiscalização, a ação reúne agentes de
oito órgãos municipais, que percorrem a Capital para garantir a efetividade dos decretos de
combate ao coronavírus. Dos locais averiguados até o momento, 169 foram interditados.
Foto: Alex Rocha/PMPA ...

Primeiro dia da retomada do atendimento presencial no SINE da capital


Desde segunda-feira, 11, quando a unidade do Sine Porto Alegre retornou ao atendimento
presencial, até esta sexta-feira, 15, seiscentos e sessenta e quatro trabalhadores
compareceram ao local, na avenida Sepúlveda com Mauá, Centro Histórico, uma média de
133 por dia. Destas, 387 encaminharam o seguro-desemprego, 317 foram em busca de
informações sobre vagas de trabalho e 73 quiseram saber sobre o auxílio emergencial
federal de R$ 600.

“Com todas as medidas de proteção ao coronavírus rigorosamente cumpridas, a prefeitura
consegue atender a necessidade desses trabalhadores, que buscam uma forma de
compensar as perdas desse momento difícil de pandemia que vivemos”, diz o secretário de
Desenvolvimento Social e Esporte, Itacir Flores.
O Sine Municipal atende das 8h às 17h , de segunda a sexta-feira, sem necessidade de
agendamento, mas a orientação é, para aqueles que tiverem condições, fazer os
encaminhamentos por meio do aplicativo Sine Fácil, disponível para download gratuito no
Google Play.

...

PRF recupera em Eldorado do Sul veículo roubado e clonado


A Polícia Rodoviária Federal recuperou um veículo roubado e clonado no início da noite
desta segunda-feira (11) em Eldorado do Sul.

Após receber denúncia, agentes da PRF localizaram o automóvel VW/Nova Saveiro com as
características repassadas seguindo em direção à Capital. O condutor desobedeceu à ordem
de parada, passando a fugir dos policiais. Durante o acompanhamento tático, o carro foi
abandonado às margens da Estrada do Conde. Em seu interior, foram encontrados
binóculo, ferramentas e um bloqueador de celular.

Em fiscalização detalhada, foi possível descobrir que o veículo portava placas de um similar
de Pelotas, porém o chassi comprovou ser de um carro da Barra do Ribeiro roubado no
último mês de março, em Sentinela do Sul. Ele foi recolhido ao depósito credenciado para
finalização dos trâmites. ...

PRF prende três homens com droga em Guaíba


Na tarde desta segunda-feira (11), a Polícia Rodoviária Federal prendeu três homens com
uma pequena quantidade de cocaína. A ação ocorreu na BR 116, em Guaíba.

Durante operação de combate à criminalidade, policiais rodoviários federais abordaram um
GM/Classic com placas de Guaíba/RS. Momentos antes da abordagem, um dos ocupantes
do carro jogou um pacote pela janela.

Os agentes realizaram a busca e encontraram uma sacola com cocaína. Os três ocupantes
do veículo, de 23, 29 e 39 anos foram presos e conduzidos para a área judiciária. Todos já
têm antecedentes criminais por posse de entorpecentes. O veículo envolvido na ocorrência
foi recolhido ao depósito credenciado. ...

Governo lança site com taxa de ocupação de leitos em tempo real


A adesão da população ao novo modelo de distanciamento controlado – que deve entrar
em vigor a partir da próxima segunda-feira (11/5) – vai depender, entre outros fatores,
da compreensão sobre as regras e os números que levam o governo a adotar diferentes
níveis de restrição. Para contribuir com a transparência das informações, o Estado
lançou, nesta quarta-feira (6/5), o Mapa dos Leitos.

“Como um dos principais números utilizados no nosso modelo é o de taxa de ocupação
de leitos, sejam clínicos ou de UTI, nas redes pública e privada, apresento a vocês essa
nova ferramenta, que é o monitoramento da capacidade de atendimento, tanto instalada
quanto em uso”, anunciou o governador Eduardo Leite na transmissão diária pelas redes
sociais desta quarta-feira.

Desenvolvido pela Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE) e Secretaria
da Saúde (SES), com respaldo técnico da Procergs e colaboração da equipe da Digital
Business, o painel (dashboard) – que pode ser consultado nos sites
saude.rs.gov.br/coronavirus, covid.saude.rs.gov.br e rs.gov.br – mostra os dados
registrados por 295 hospitais gaúchos em tempo real sobre leitos, respiradores e
pacientes confirmados ou não com Covid-19, bem como uma visão temporal, com a
evolução da taxa de ocupação por data, desde abril.

Além dos percentuais, o site identifica o nível de ocupação através de cores: verde (até
60% dos leitos ocupados), amarelo (até 80%), vermelho (até 100%), roxo (mais de
100%) e cinza (não informado).

As cores e o respectivo detalhamento de dados podem ser visualizados em três divisões:
a situação geral (média) de todo o do Estado, de cada uma das sete macrorregiões
(Metropolitana, Serra, Vales, Sul, Norte, Missioneira e Centro-Oeste) e das 20 Regiões
da Saúde, subdivisão que será usada no novo modelo de distanciamento.

Secretária adjunta da SGGE, Izabel Matte explicou que essa ferramenta foi solicitada
pela Secretaria da Saúde para que o governo tivesse um sistema de monitoramento de
leitos para controle e adequação das estratégias, bem como envio de recursos e
materiais.

“Desenvolvemos um sistema no qual os hospitais fazem suas atualizações de capacidade
instalada e de ocupações, nós consolidamos e apresentamos, de forma que pode ser
consultado por toda a população”, descreveu Izabel.

Karen Lopes, diretora de Sistemas Transacionais, acumulando a Diretoria de Soluções
Digitais da Procergs, acrescentou durante a transmissão que o sistema é responsivo, ou
seja, se adapta a qualquer tela, seja do celular, tablet ou computador.

“Desde o início desta gestão, viemos tentando gerar um governo digital, com serviços
que estejam na palma de mão de qualquer cidadão. Com isso, já temos 440 serviços
digitais e esse (Mapa dos Leitos) passa a ser mais um serviço digital, muito importante,
porque a população pode ter acesso às informações em tempo real”, afirmou a diretora.

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom ...

Ficar em casa é uma ótima chance para eliminar os focos do mosquito da dengue


Apesar de ser uma preocupação muito mais silenciosa do que a atual pandemia de
COVID-19, a prevenção contra a dengue é algo que não pode, de modo algum, ser
deixada de lado. A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) chama a atenção
para que a população aproveite esse período de confinamento para reforçar todos os
cuidados necessários para eliminação dos focos de proliferação do mosquito. O dado
mais recente mostrou que os casos de dengue mais do que dobraram entre 29 de
dezembro de 2019 (início do calendário epidemiológico) e 21 de março de 2020, em
comparação com igual intervalo do ano passado. O Rio Grande do Sul tem 410 casos da
doença, sendo 340 autóctones, ou seja, contraídos na cidade onde a pessoa reside.
Setenta são importados e outros 479 casos foram notificados e estão sob investigação.

“Como todos sabem, o mosquito precisa de água parada e o isolamento social que
estamos vivendo é uma oportunidade para revisar tudo aquilo que já foi amplamente
divulgado como não deixar reservatórios de água abertos, eliminar entulhos, retirar
vasos debaixo de plantas e virar as garrafas para baixo, a fim de evitar o acúmulo de
água. Devemos lembrar que, se estamos tão preocupados com o coronavírus, é para
que não aconteça uma saturação da capacidade instalada dos serviços médicos e outras
doenças, como a dengue, podem também acarretar no aumento da ocupação de leitos”,
alertou o médico de Família e Comunidade, João Henrique Kolling.

O especialista lembra que o inverno tem sido um fator de proteção para os estados do
Sul. Com o frio, a mobilização do vetor diminui e reduz a eclosão de larvas. Ao mesmo
tempo, a queda nas temperaturas, que é um fator de preocupação para o coronavírus,
funciona no sentido contrário para dengue.

Outro papel importante como cidadão é a notificação a ser feita sempre que houver uma
localização de um possível foco transmissor. A prefeitura de Porto Alegre dispõe da
página e aplicativo para isso http://ondeestaoaedes.com.br/

Fonte: PlayPress ...

Estado usará dados de celulares sobre mobilidade da população para combater pandemia


A mobilização para conter o avanço do novo coronavírus no Rio Grande do Sul ganha um
novo aliado. A partir de uma parceria com as principais empresas de telefonia celular –
Claro, Oi, Tim e Vivo –, o governo do Estado terá acesso a dados agregados e não
individualizados sobre deslocamento populacional, em tempo real, nas diferentes
localidades do Estado. O objetivo é ter insumos para a tomada de decisões estratégicas
no combate à pandemia. O acesso da base de dados das operadoras é limitado a
pessoas específicas e foi liberado nesta quarta-feira (6/5).

As informações, geradas a partir de dados da rede móvel das diferentes operadoras,
permitirão acompanhar a mobilidade populacional e identificar situações de aglomeração
de pessoas que, segundo as autoridades sanitárias, representam os maiores riscos de
contaminação pela Covid-19.

Sem qualquer custo para o Estado, o termo de cooperação técnica com as empresas que
atuarão em parceria foi firmado no final de abril. Ao comentar a cooperação das
operadoras, o governador Eduardo Leite ressaltou, durante transmissão ao vivo pela
internet nesta quarta-feira (6/5), o quanto a disponibilidade de dados a partir das redes
móveis poderá auxiliar nesse momento.

“Certamente teremos um conjunto de informações que serão importantes para respaldar
futuras medidas que precisaremos adotar. Desde o início da nossa mobilização diante da
pandemia, as ações que implementamos sempre se basearam em indicadores, em
evidências científicas, ao que agora se soma o acompanhamento da mobilidade por meio
das antenas de celular”, acentuou Leite.

As informações serão apresentadas em um modelo de “mapa de calor” que indica maior
ou menor concentração populacional por localidade, em diferentes períodos. Os dados
que serão consultados estarão em nuvem pública (Data Lake) e organizados de forma
agregada, estatística e anônima, de acordo com as normas da Lei Geral de Proteção de
Dados (LGPD) e do Marco Civil da Internet.

“Esse é um aspecto que é necessário frisar para a sociedade: o sigilo pessoal estará
assegurado. Não nos interessa saber sobre o comportamento de cada pessoa. O que
precisamos acompanhar é a aglomeração de pessoas, o quanto determinados
comunidades nos municípios ou até em bairros menores deixam suas casas e com qual
frequência”, acrescentou o governador.

Controle aprimorado

Coordenadora do Comitê de Análise de Dados sobre a pandemia, a secretária de
Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), Leany Lemos, lembrou que a solução que
as empresas estão oferecendo será um importante insumo agora que o governo está
migrando para o modelo de distanciamento controlado.

“Respeitar o isolamento social é a solução mais indicada para conter o avanço da
pandemia e não sobrecarregar os serviços de saúde. Quanto mais pudermos aprimorar
esse controle, em especial nas populações de risco e em regiões de maior disseminação
do vírus, mais vidas serão salvas”, destacou Leany.

O Rio Grande do Sul está sob decreto de emergência por conta da doença, e o governo
determinou restrições a diversas atividades, o que inclui a suspensão das aulas em
todas as redes. Na avaliação do secretário de Governança e Gestão Estratégica (SGGE),
Cláudio Gastal, as informações disponibilizadas representam um elemento decisivo,
junto a outros estudos analisados no Comitê de Crise, para que o governo implante
políticas públicas mais eficazes no combate ao coronavírus.

"O celular está junto das pessoas na maioria do tempo. Nesse sentido, os dados
emitidos por ele se tornam confiáveis para visualizar se há aglomerações e onde.
Garantimos respeito à privacidade. Nosso interesse não é o CPF, sequer teremos essa
informação. Queremos visualizar o macro, entender onde e por qual motivo há
aglomerações de pessoas”, observou Gastal. A Procergs também participa da
cooperação.

Atuando em parceria, as principais operadoras de telefonia móvel do Brasil já haviam
disponibilizado a mesma ferramenta ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e
Comunicações. As operadoras desenvolverão ainda aplicativos e casos de uso para
auxiliar os órgãos públicos no mapeamento da evolução da epidemia do novo
coronavírus. ...

Exames de coronavírus comprados pela prefeitura de Porto Alegre vão ampliar teste para todos com sintomas


A Prefeitura de Porto Alegre amplia a testagem para o novo coronavírus na Capital a
partir desta quinta-feira, 7. Depois de aumentar a capacidade para até 580 testes por
dia, número que se espelha no padrão de testagem da Coréia do Sul, referência mundial
de enfrentamento ao coronavírus, o Executivo passa a oferecer análise para toda a
população que apresente sintomas da Covid-19.

Há algum tempo, o prefeito Nelson Marchezan Júnior já havia alertado que há
subnotificações no Brasil e no mundo e que, por isso, o número de casos não era uma
boa referência. Agora, com a ampliação do número de exames, será possível ter mais
precisão na quantidade de casos.

“Passaremos a ser uma referência na testagem da população. Teremos uma base mais
sólida para ampliar a segurança e assertividade das decisões.” - Prefeito Nelson
Marchezan Júnior

No início da pandemia, os testes estavam reservados somente para pessoas
hospitalizadas e profissionais de saúde. Desde a última semana, passaram a ser
aplicados em idosos e profissionais das forças de segurança.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer, a medida consolida a
preparação das estruturas de saúde para o diagnóstico completo. "Essas informações
são determinantes na tomada de decisão para enfrentamento ao coronavírus na rede de
saúde do Município", ressalta.

Para ter acesso aos testes, a população deve procurar os postos de saúde ou as seis
tendas para atendimento a suspeitas de Covid-19. Pacientes com até sete dias do início
dos sintomas serão encaminhados para pesquisa da presença do vírus pelo teste PCR. Já
em pacientes com oito dias do início dos sintomas será feito o teste rápido, que verifica
a presença de anticorpos.

Testes - Entre os 580 exames diários que estão sendo possíveis agora, estão incluídos
os kits comprados pela prefeitura, 300 PCRs/dia fornecidos pelo Peritos Lab, 150 PCRs
por dia fornecidos pelo Grupo Exame e 30 PCRs por dia na Santa Casa, além de 10 mil
testes rápidos do Hilab, dos que foram doados por parceiros (2 mil testes rápidos pelo
grupo Iguatemi), dos distribuídos pelo Ministério da Saúde (2,7 mil testes rápidos) e dos
que serão realizados em parceria com o Hospital Moinhos de Vento (100 PCRs por dia).

Na manhã dessa quarta-feira, 6, Porto Alegre tinha 38 leitos de UTI ocupados por
pacientes testados positivos para coronavírus - cerca de 5% do total de leitos de terapia
intensiva disponíveis na Capital. Este número atingiu o pico de 43 internados há mais de
20 dias.
...

Prefeito reúne representantes dos 16 shoppings de Porto Alegre


Dando continuidade à rodada de videoconferências com setores do comércio, o prefeito
Nelson Marchezan Júnior reuniu os representantes dos shoppings de Porto Alegre na
noite desta segunda-feira, 4. No domingo, 3, Marchezan já havia conversado com
lojistas e donos de bares e restaurantes de shoppings. Os estabelecimentos foram
fechados por decreto, em 17 de março, como medida para conter o avanço do novo
coronavírus na Capital.

O prefeito apresentou aos empresários os motivos de ter iniciado a abertura do comércio
pelos autônomos, profissionais liberais, microempreendedores individuais e
microempresas, a partir desta terça-feira, 5. “Precisamos fazer escolhas, e começamos
pelos menores, que, em geral, trabalham de forma descentralizada, de modo a provocar
menos impacto no transporte coletivo, por exemplo, e mantendo as restrições nos
setores com maior potencial de transmissão do vírus”, explicou Marchezan.

Os autônomos representam 22 mil CPFs e os microempreendedores individuais, 82 mil
CNPJs. As microempresas representam 95 mil registros. Uma parcela significativa deste
número já estava com as atividades liberadas, além dos serviços considerados
essenciais ou que não foram impactados pelas medidas de isolamento implantadas.

Participaram da reunião Glauco Humai, diretor-presidente da Associação Brasileira de
Shopping Centers (Abrasce); Eduardo Oltramari, coordenador regional da Abrasce e
superintendente do Shopping Total; Daniel Rodrigues, coordenador de Relações
Institucionais da Abrasce; Vander Giordano, vice-presidente corporativo da Multiplan
Empreendimentos Imobiliários S/A; Marco Aurélio Jardim Neto, superintendente da
Multiplan Empreendimentos Imobiliários S/A e superintendente do Barra Shopping Sul;
Fábio Arcio Cabral Irigoite, gerente-geral do Lindóia Shopping; Amélio José Tazoniero
Júnior, gerente executivo do Pró Overseas Consultoria Shopping Center e Pontal
Shopping; Marcelo Borba, gerente-geral do Shopping Praia de Belas; Cristiane Carpes
Bernardo, gerente-geral do Shopping João Pessoa; Eduardo Spinelli Vitagliano,
superintendente do Barra Shopping Sul; Claudio Luiz Zaffari, diretor de Expansão da Cia.
Zaffari Comércio e Indústria; Otávio Rodrigues, da Real Empreendimentos S/A; e Naile
Mariano da Rocha Santos, gerente-geral do Shopping Iguatemi. ...

Estado garante pagamento de diárias de novos leitos de UTIs


Parte da estratégia de ampliação da estrutura hospitalar para atendimento de pacientes
com Covid-19, o Rio Grande do Sul criou 286 novos leitos de UTI, que estão prontos
para operar. Como a habilitação – que garante o pagamento dos custos – ainda não foi
feita pelo Ministério da Saúde, o governador Eduardo Leite anunciou nesta segunda-feira
(4/5) que garantirá as diárias dos leitos sob gestão estadual até que os repasses sejam
regularizados pelo governo federal.

“Como houve troca no Ministério da Saúde, a habilitação ainda não aconteceu e, para
que possamos colocá-los imediatamente em operação, estamos encaminhando uma
portaria da Secretaria Estadual da Saúde que vai viabilizar o pagamento das diárias até
que se tenha o recurso específico. É uma decisão muito importante para priorizar o
atendimento à população”, afirmou Leite na transmissão ao vivo diária de atualização
sobre coronavírus no Estado.

Com custo médio diário de R$ 1,6 mil por leito de UTI, o valor mensal a ser investido
pelo governo nos 136 leitos estaduais, distribuídos em 18 hospitais, está estimado em
R$ 6,7 milhões. Há ainda outros 150 novos leitos prontos, em 19 hospitais, que estão
sob gestão dos municípios, a quem o Estado pede que tomem a mesma medida. O
investimento por parte das prefeituras somaria R$ 7,4 milhões por mês.

Segundo a secretária da Saúde, Arita Bergmann, a pasta já está tratando do assunto
com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems). “É uma decisão de suma
importância, porque esses leitos estaduais e municiais estão prontos, com equipe e
equipamentos, e, pela demora da habilitação do Ministério da Saúde, tomamos esta
decisão para que possam entrar em operação de imediato”, afirmou.

Os 286 novos leitos representam uma ampliação de quase 30% na capacidade do RS,
que tinha, no total, 1.001 leitos de UTI adulto com atendimento oferecido pelo SUS.

Novo decreto de distanciamento controlado

O governador aproveitou a transmissão ao vivo para mais uma vez convocar a
população a participar da construção da nova política de distanciamento controlado. Para
isso, o prazo de envio de sugestões, que inicialmente era até sábado (2/5), foi
prorrogado para o final desta segunda-feira (4/5).

“Nesse novo modelo, queremos ouvir a sociedade para construirmos um modelo
inovador, protegendo com prioridade a vida e a saúde dos gaúchos, mas também
equilibrando com as atividades econômicas para preservarmos empregos e rendas. Por
isso, demandamos a participação de todos os setores para podermos estabelecer níveis
de restrições em cada uma das bandeiras”, afirmou Leite.

Conforme o governador, o novo modelo deve ser finalizado até quinta-feira (7/5), para
que até sexta-feira (8/5) o decreto que oficializará as regras seja publicado e o
distanciamento controlado passe a vigorar a partir da próxima semana.

Portaria para lares de idosos

Ainda durante a transmissão, o governador e a secretária Arita Bergmann anunciaram
que até terça-feira (5/5) deve ser publicada uma portaria que regulará ações de
prevenção e combate à Covid-19 nas Instituições de Longa Permanência de Idosos
(ILPIs), desde regras de higiene até visitação de familiares.

De acordo com a secretária, além dos residentes dessas instituições fazerem parte de
grupo de risco para o vírus, os funcionários costumam trabalhar em mais de um local,
aumentando a probabilidade de contágio nessa população. “Estamos disponibilizando o
RT-PCR (teste padrão para Covid-19) para os idosos sintomáticos destas casas e o teste
rápido a todas as pessoas que tiverem contato com eles”, informou Arita.

Hospitais sob gestão estadual aguardando habilitação e número de novos leitos:

• Hospital Nossa Senhora dos Navegantes (Torres): 5
• Hospital de Tramandaí: 6
• Hospital de Viamão: 10
• Hospital Santa Luzia (Capão da Canoa): 1
• Hospital São Luiz (Dom Pedrito): 10
• Santa Casa de Rio Grande: 10
• Santa Casa de Bagé: 14
• Hospital São Vicente de Paulo (Cruz Alta): 10
• Hospital Santo Ângelo: 9
• Santa Casa de Alegrete: 7
• Santa Casa de São Gabriel: 5
• Hospital São Roque (Faxinal do Soturno): 10
• Hospital Regional de Santa Maria: 10
• Hospital São Vicente de Paulo (Passo Fundo): 10
• Hospital Santo Antônio (Tenente Portela): 5
• Hospital Santa Terezinha (Erechim): 5
• Hospital Caridade Frei Clemente (Soledade): 4
• Hospital Sapiranga: 5 ...

DNIT libera mais cinco quilômetros de pista duplicada da BR-116/RS


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT libera nesta quarta-
feira (29) mais cinco quilômetros da duplicação da BR-116/RS no acesso ao município de
Barra do Ribeiro. Com isso, a Autarquia totaliza a entrega de 74 dos 211,2 quilômetros a
serem duplicados entre Guaíba e Pelotas. A expectativa é entregar toda a duplicação até
o final de 2021.

O trecho liberado, localizado no lote 1 das obras de duplicação, compreende do km 314
ao km 319 da BR-116/RS. O segmento recebeu os últimos ajustes de pintura da
sinalização para poder entrar em operação já na manhã desta quarta-feira.

Outros segmentos já em operação – As liberações de trechos duplicados da BR-116/RS
iniciaram em agosto de 2019 com a inauguração pelo Governo Federal de 47
quilômetros nos municípios de Pelotas (19,65 km), São Lourenço do Sul (12,25 km) e
Camaquã (15,1 km). Em março deste ano, foram concluídos mais 22 quilômetros de
pista duplicada em Turuçu (7,7 km), São Lourenço do Sul (5,1 km) e Cristal (9,2 km).

Os 211,2 quilômetros de obras estão divididos em nove lotes construtivos e beneficiam
diretamente 12 municípios da região Sul do Rio Grande do Sul. Além de uma nova pista,
o projeto inclui melhorias como travessias urbanas, ruas laterais, retornos operacionais,
viadutos, passarelas e pontes. Com todas essas melhorias, a obra trará mais
segurança, conforto e organização ao tráfego das cidades do seu entorno.

É importante salientar que a BR-116/RS é a principal via de acesso ao Sul do Estado e
ao Porto de Rio Grande, sendo considerada corredor de escoamento de produção entre o
Brasil e o Mercosul. ...

Governador apresenta modelo de distanciamento controlado


O governo do Rio Grande do Sul divulgou, nesta quinta-feira (30/4), detalhes do modelo
de distanciamento controlado. No processo, foram levados em conta todos os dados
necessários para a construção de uma política de enfrentamento ao coronavírus baseada
na segmentação regional e setorial. Também se consideraram as restrições
proporcionais ao contágio da doença e à capacidade de atendimento.

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o governador Eduardo Leite explicou os
critérios que embasam o novo formato – que deve entrar em vigor ainda na primeira
quinzena de maio – e que visam equilibrar a prioridade à vida com a retomada
econômica.

“Não é uma flexibilização aleatória, não é para voltarmos ao normal como conhecíamos.
O que vamos estabelecer vai ocorrer a partir de indicadores objetivos em cada uma das
20 regiões definidas para atuarmos no local em que for necessário, no momento em que
for necessário e na proporção que for necessária”, ressaltou Leite.

Serão mensurados 11 indicadores que foram agrupados em dois grandes grupos:
Propagação (velocidade do avanço, estágio da evolução e incidência de novos casos
sobre a população) e Capacidade de atendimento (capacidade e mudança na capacidade
hospitalar).

O novo modelo de distanciamento prevê quatro estágios de controle, traduzidos em
“bandeiras”: amarela, laranja, vermelha e preta – sendo que a amarela indica uma
situação mais amena, com medidas mais flexíveis, e avançando o grau de restrições até
a preta, quando seria necessário maior restrição.

Para definir a cor de cada região, serão levados em conta 11 indicadores que estão
divididos em dois eixos: propagação da Covid-19 (como velocidade, evolução e
incidência de novos casos) e capacidade de atendimento hospitalar.

Além da regionalização, a política prevê a divisão setorial. Educação, comércio, serviços,
indústria, transportes, agricultura, entre outros, terão restrições proporcionais ao nível
de segurança do contágio da Covid-19 e ao respectivo impacto econômico.

De acordo com o índice de cada setor e dependendo da situação da região em que se
encontra, serão determinados protocolos específicos de operação, como horários,
restrições de pessoas e obrigatoriedade de máscaras, entre outras regras.

Esses protocolos ainda não estão finalizados. Como é a marca do governo, o diálogo foi
aberto com as entidades setoriais, a quem o modelo de distanciamento controlado foi
apresentado em reuniões virtuais, e, até sábado (2/5), elas poderão enviar sugestões.

“Queremos construir de forma conjunta para que seja algo que faça sentido para todo
mundo e promover o engajamento de toda a população”, destacou o governador.

De acordo com a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, que
também participou da transmissão, assim que os protocolos estiverem definidos e forem
oficialmente lançados, haverá um site em que qualquer pessoa poderá acessar, escolher
algum setor econômico ou uma região e saber qual bandeira estará em vigor e quais as
regras que devem ser cumpridas.

“Os dados serão atualizados e monitorados diariamente, mas na sexta-feira vamos
consolidar as informações da semana para, no sábado, fazer a atualização do status, da
bandeira e respectivo protocolo que vai vigorar na semana seguinte”, explicou Leany.

Se o modelo estivesse em vigor, as regiões de Lajeado (Vales) e Passo Fundo (Norte)
estariam com bandeiras vermelhas e teriam medidas mais rígidas do que Porto Alegre
(Metropolitana), que, mesmo com mais casos de coronavírus, tem uma maior
capacidade de leitos de UTI.

Além de restrições, essas duas regiões também teriam (e terão) mais atenção do Estado
para o envio de recursos, profissionais, EPIs e políticas públicas.

“Montamos uma fórmula que retira a subjetividade, a ideologia, a opinião, e torna
objetivos os critérios que definirão as regras vigentes. Levaremos em conta a
capacidade e a ocupação hospitalar, além do risco e do impacto de cada setor
econômico, assim, teremos uma fórmula objetiva e não precisaremos ficar discutindo se
o prefeito gosta ou não, se o governador quer ou não, porque, afinal, vamos ter que
conviver com essas restrições por um longo período”, justificou Leite.

Até a finalização e publicação da política de distanciamento controlado, vigorará um
decreto transitório, que mantém a flexibilização quanto ao funcionamento do comércio a
critério das prefeituras, e que será publicado até sexta-feira (1°/5). ...

Bandeiras e protocolos: entenda o modelo de distanciamento controlado


O governador Eduardo Leite apresentou, na tarde desta quinta-feira (30/4), uma
formatação prévia (inicial) do modelo de distanciamento controlado que entrará em
vigor no Rio Grande do Sul ao longo do mês de maio. Antes disso, o Comitê de Dados e
de Saúde, vinculado ao Gabinete de Crise do Estado, receberá sugestões até 2 de maio
e fará eventuais atualizações na estratégia.

MODELO PRÉ-DEFINIDO PELO RS

Segmentação Regional

O Estado é dividido em 30 Regionais de Saúde. Para o acompanhamento dos
indicadores, o governo uniu algumas delas, a partir de critérios como os hospitais de
referência para leitos de UTI, e optou por utilizar 20 regiões no modelo de
distanciamento controlado.

Regiões a partir da cidade mais populosa:

1. Santa Maria (Centro-Oeste)
2. Uruguaiana (Centro-Oeste)
3. Capão da Canoa (Metropolitana)
4. Taquara (Metropolitana)
5. Novo Hamburgo (Metropolitana)
6. Canoas (Metropolitana)
7. Porto Alegre (Metropolitana)
8. Santo Ângelo (Missioneira)
9. Cruz Alta (Missioneira)
10. Ijuí (Missioneira)
11. Santa Rosa (Missioneira)
12. Palmeira das Missões (Norte)
13. Erechim (Norte)
14. Passo Fundo (Norte)
15. Pelotas (Sul)
16. Bagé (Sul)
17. Caxias do Sul (Serra)
18. Cachoeira do Sul (Vales)
19. Santa Cruz do Sul (Vales)
20. Lajeado (Vales)

Segmentação Setorial

Setores como educação, comércio, serviços, indústria, transportes e agricultura, entre
outros, terão restrições proporcionais ao nível de segurança do contágio da Covid-19 e o
respectivo impacto econômico.

No total, a proposta prevê 12 grupos setoriais e protocolos para 50 atividades, de
acordo com o impacto.

Confira os grupos:

• Agricultura
• Indústria da construção
• Transporte
• Serviços financeiros, imobiliários etc.
• Educação privada
• Indústria de transformação e extrativista
• Comércio
• Alojamento e alimentação
• Administração pública
• Artes, cultura, esporte e lazer
• Serviços domésticos
• Outros serviços


Protocolos

Cada nível de distanciamento controlado conterá protocolos diferentes, que ainda estão
recebendo sugestões.

Eles envolvem as regras que terão de ser adotadas conforme a bandeira da região e o
setor econômico, como, por exemplo, quanto ao funcionamento, se pode ficar aberto ou
não; ao horário, com restrições ou não; à triagem (medição de temperatura) dos
colabores; quais EPIs são obrigatórios no atendimento, como máscaras e luvas; se
devem ter afastamento de grupos de risco, algum tipo de distanciamento mínimo entre
pessoas e limitação de pessoas, entre outros.

Bandeiras

O novo modelo de distanciamento prevê quatro estágios de controle, traduzidos em
“bandeiras”: amarela, laranja, vermelha e preta. A amarela indica uma situação mais
amena, com medidas mais flexíveis, e avançando o grau de restrições até a preta,
quando seria necessário maior restrição.

Para definir a cor da bandeira, foram definidos dois grandes grupos de medidores:
propagação e capacidade de atendimento. Cada um deles tem peso de 50% para a
definição das bandeiras. No total, serão acompanhados 11 indicadores.

A coleta dos dados será diária, mas a atualização das cores de cada região ocorrerá aos
sábados, valendo para a semana seguinte. ...

Secretaria da Saúde prepara portaria para ações de prevenção à Covid-19 em lares de idosos


A Secretaria da Saúde (SES) está produzindo uma nova portaria que regulará ações de
prevenção e combate à Covid-19 nas instituições de longa permanência de idosos
(ILPIs). De acordo com a secretária Arita Bergmann, além dos residentes dessas
instituições fazerem parte do grupo de risco para o vírus, os funcionários costumam
trabalhar em mais de um local, aumentando a probabilidade de contágio nessa
população.

Arita e diretores da SES conversaram nesta quinta-feira (30/4) com representantes do
setor, incluindo sindicatos e proprietários de lares, para ouvir sugestões para a redação
do documento. Assim como foi estabelecido pela portaria que define ações de prevenção
nas indústrias, cada lar de idosos deverá ter seu próprio plano de contingência para
combater possíveis surtos da doença em tempo oportuno e “acima de tudo, proteger
vidas”, frisou a secretária.

Entre as decisões que a nova portaria trará, está o afastamento imediato de funcionários
com sintomas compatíveis com a Covid-19 e inclusão desses profissionais no grupo de
quem pode fazer os exames RT-PCR (de biologia molecular, para um diagnóstico mais
rápido e preciso), além de medidas básicas de higiene e distanciamento social.

A portaria ainda irá prever a vinculação das ações nessas instituições às bandeiras
(amarela, laranja, vermelha ou preta) do distanciamento social controlado, anunciado
pelo governador Eduardo Leite.
...

Novo comandante militar do Sul toma posse


O governador Eduardo Leite participou, na manhã desta quinta-feira (30/4), da posse do
novo comandante militar do sul, general Valério Stumpf Trindade. O militar assume no
lugar do general Geraldo Antonio Miotto, transferido para a reserva do Exército.

Sem a presença de convidados, a cerimônia realizada no Salão de Honra do Comando
Militar do Sul (CMS), em Porto Alegre, contou também com a presença do presidente da
República, Jair Bolsonaro; do vice-presidente Hamilton Mourão; dos ministros da Defesa,
Fernando Azevedo e Silva, da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, do
Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno; e do comandante-geral do
Exército, general Edson Leal Pujol, além de autoridades locais.

Natural de São Gabriel, o general Stumpf entrou para o Exército em 1975, na Escola
Preparatória de Cadetes, e é um dos mais experientes militares brasileiros, com
participação em duas guerras civis. Atualmente, exercia o cargo de secretário de Economia
e Finanças do Exército.

Antes da posse, o governador participou de reunião com Bolsonaro e Mourão, no Centro de
Operações de combate à Covid-19 do Comando Militar do Sul, para atualização das ações
realizadas pelo governo federal junto com o Exército no combate à doença. ...

Guaíba conta com 7 ventiladores mecânicos


A Prefeitura de Guaíba conta com 7 ventiladores mecânicos, chamados também de
respiradores. Os equipamentos são importantes em situações graves, quando o paciente
não consegue respirar por conta própria, e tem sido fundamental em pacientes com
coronavírus, em estado grave.
Dos 7 ventiladores de Guaíba, dois são usados regularmente na sala de emergência do
pronto atendimento para pacientes com outros problemas de saúde, que não seja o covid-
19. Os outros 5 ventiladores estão numa sala reservada exclusivamente para eventuais
pacientes com coronavírus. Por enquanto, não houve a necessidade de uso.
A Prefeitura tinha antes 4 equipamentos, sendo que dois deles estavam desativados. Os
dois foram calibrados e colocados à disposição das equipes médicas. As outras duas, como
dito, estão em uso na emergência do PA. Na semana passada a Prefeitura recebeu de
doação dois ventiladores da CMPC, que foram entregues pelo Instituto Cultural Floresta. E
um outro ventilador, totalizando 7, foi comprado pela Prefeitura. Hoje, por causa da alta
demanda mundial por ventiladores mecânicos, cada um custa, em média, cerca de R$ 120
mil. Isso quando se consegue encontrar disponível no mercado.
...

Eldorado do Sul mantém suspensão das aulas


Decisão foi tomada após a publicação do Decreto Estadual do Governador Eduardo Leite
que determina a paralisação das aulas até o dia 30 de maio.

O Prefeito de Eldorado do Sul, Ernani Gonçalves, a Procuradora Geral, Ângela Junqueira, o
Secretário de Administração e Patrimônio, Rodrigo Silveira e o Secretário de Educação,
Gelson Antunes, estiveram reunidos, por videoconferência, na manhã desta quinta-feira
(30) para decidirem pela manutenção da suspensão das aulas, na rede pública e privada
até o dia 15 de maio. A decisão foi anunciada através da publicação do Decreto Municipal
nº 8220/2020 (disponível na aba LEIS MUNICIPAIS no site da Prefeitura).

O decreto de suspensão das aulas em Eldorado do Sul terminaria no dia 30 de abril, mas
devido ao anúncio realizado pelo Governador Eduardo Leite, na terça (28), da prorrogação
das aulas até o dia 30 de maio, o Comitê de Acompanhamento decidiu como medida
postergar o retorno até a metade do mês. Na segunda-feira, o Comitê de Acompanhamento
deverá definir a reabertura das atividades comerciais, de forma gradual, com a adoção de
diversas medidas de segurança e higiene. ...




Edição n° 203 - Maio 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 204
  • Edição n° 203
  • Edição n° 202







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821