Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 23 de Setembro de 2019. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30163982


Edicão n° 187 de Janeiro de 2019


ESPECIAL

Saúde negociará pagamentos com fabricantes para normalizar estoques na Farmácia do Estado


Para normalizar os estoques da assistência farmacêutica no Estado, a secretária da Saúde, Arita
Bergmann, anunciou nesta quinta-feira (24) que vai abrir negociação com os laboratórios
licitados, mediante o pagamento de metade da dívida com os fabricantes de medicamentos e
imunobiológicos.

A iniciativa visa regularizar o abastecimento na Farmácia do Estado e dos Municípios, que
recebem os itens via Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs). "Temos a previsão de cota
orçamentária para quitar a metade do passivo com os laboratórios. A partir daí, poderemos
negociar a aquisição dos itens de forma mais adequada e efetiva", disse.

A secretária informou ainda sobre a compra emergencial da fórmula Neocate, que está em falta
em alguns municípios. Arita garantiu que o alimento nutricional chegará às CRSs na próxima
semana, para suprir as necessidades de pacientes cadastrados.

As declarações foram dadas na reunião da Comissão de Gestores Bibartite, realizada na capital,
com a presença de secretários municipais de Saúde e coordenadores regionais. ...

Governo concentra esforços para normalizar repasses de saúde aos municípios


As secretarias da Fazenda e da Saúde estão trabalhando juntas para proporcionar o
pagamento em dia das competências mensais do Estado com os municípios. O posicionamento
foi reforçado pelo governador Eduardo Leite nesta quarta-feira (23), durante reunião com o
presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs),
Antônio Cettolin. "O que se quer hoje é previsibilidade", argumentou o governador,
ressaltando que num segundo momento haverá discussões sobre o pagamento do passivo
herdado do governo anterior.

Outro ponto apresentado no encontro é a necessidade, do ponto de vista da Famurs, de uma
alteração no Decreto 54.146/18, que permite aos municípios regularizar pendências com o
Estado em troca do abatimento das dívidas da Saúde. A entidade solicita a participação dos
conselhos de cada cidade nas tomadas de decisões, em vez do Conselho das Secretarias
Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems), como previsto pelo decreto.

A participação de Leite na Assembleia de Verão da Famurs, entre os dias 20 e 22 de fevereiro,
também foi solicitada pelo presidente da entidade. O evento ocorre na Associação dos Amigos
da Praia de Torres, no município litorâneo. A Famurs ofereceu um espaço para que o
governador ou algum representante do Executivo possa discursar. O pagamento da dívida do
Estado com os municípios na área da Saúde é atualmente o tema de maior interesse dos
prefeitos.

Cettolin, acompanhado do coordenador-geral Darci Lauermann, e do superintendente técnico e
de relações institucionais Gustavo de Souza, ainda aproveitou a ocasião para apresentar
sugestões para o pagamento da dívida. As observações serão estudadas pelo governador. ...

Repelente: aplicação correta pode evitar alergias nas crianças


O verão é o período de recesso escolar, no qual as crianças vão às ruas para brincar e se
divertir. Porém, os mosquitos são os companheiros indesejáveis trazidos com o calor da
estação. Por isso, é preciso estar atento aos cuidados e a utilização de repelentes nos
pequenos. O médico pediatra e associado da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul
(SPRS), Érico José Faustini, explica a importância de observar a faixa etária da criança na hora
de adquirir o produto.

- É imprescindível aplicar o repelente de forma correta, respeitando a idade das crianças, para
evitar as picadas. Além do desconforto em crianças com hipersensibilidade, eles podem causar
alergia, infecções secundárias e até uma fileira de lesões seguidas de inflamação. Os produtos
não devem ser aplicados na face e as crianças não devem dormir com o produto aplicado –
orienta o médico.

Além dos repelentes, que já auxiliam no combate aos mosquitos, o médico também destaca
medidas físicas importantes na prevenção.

- A proteção física, como telas em janelas e mosqueteiros, deve ser sempre estimulada. O uso
de roupas claras inibe a aproximação dos mosquitos. Para diminuir a área de exposição do
corpo, devem ser usadas camisetas de mangas longas e calças compridas – sustenta o
médico.

O pediatra também chama atenção para os repelentes eletrônicos, que tem uma eficiência
relativa, mas devem ser colocados próximo as janelas para reduzir a entrada dos mosquitos e
potencializar seus efeitos. No entanto, é preciso cuidado pois eles podem ser contraindicados a
crianças alérgicas a algum composto de sua fórmula.

Fonte: PlayPress ...

Incidência de raios aumenta em 2019. Saiba como proteger equipamentos eletrônicos de raios e quedas de energia


É no período da Primavera-Verão, entre os meses de outubro a março, que os consumidores
devem ficar atentos com a proteção dos equipamentos e dispositivos elétricos e eletrônicos. O
Brasil, devido a sua localização na zona tropical, onde o clima é mais quente, é mais favorável
à formação de tempestades durante essa época, com uma média de 77 milhões de ocorrências
por ano. Só nos 11 primeiros dias de janeiro, mais de 3.000 raios foram registrados na cidade
de Piracicaba, interior de São Paulo.

As previsões de um balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE),
indicam o aumento de incidência de raios por todo o País. A região Sul é a que mais sente a
intensidade dos efeitos do fenômeno climático El Niño, com um aumento de 30% de
ocorrências, seguida pelas regiões Sudeste e Centro-Oeste (20% a 30%). Nos estados do
Mato Grosso e Goiás, a quantidade de raios pode aumentar em 10%. Já as regiões Norte e
Nordeste, por outro lado, devem registrar uma queda de 50%.

Além de provocar a morte de cerca de 100 pessoas por ano, a queda de raios também pode
pesar no bolso do consumidor, ao danificar aparelhos eletroeletrônicos e a rede elétrica.
Segundo estimativa do INPE, divulgada em 2013, essas ocorrências poderiam ser
responsáveis por causar prejuízos de aproximadamente R$ 1 bilhão à economia brasileira.

A intensidade de um raio tem em média de 30 mil ampères e pode afetar a rede elétrica, já
que a descarga chega a percorrer distâncias da ordem de 5km, gerando quedas de energia.
Estas, por sua vez, podem danificar os aparelhos eletrônicos, seja de uso corporativo ou
doméstico, como TVs, Home Theaters, computadores, impressoras, modens, roteadores, entre
outros, caso não estejam protegidos por dispositivos apropriados. “Os investimentos em
produtos de proteção de energia de maneira geral não chegam a 5% do valor dos prejuízos
causados por raios ou surtos de tensão em residências ou comércios”, esclarece o engenheiro
elétrico e CEO da TS Shara, Pedro Al Shara.

O especialista reforça que as variações de tensão na rede elétrica provocam avarias aos
equipamentos e na maior parte dos casos, são imperceptíveis aos usuários imediatamente,
pois os componentes são afetados lentamente, diminuindo sua vida útil.

Confira algumas dicas simples para diminuir prejuízos e evitar que eletrônicos sejam
danificados:

– Em caso de falta de energia, o ideal é desligar todos os equipamentos sensíveis – por
exemplo, computadores, televisores, modems de internet e aparelhos de som da tomada. A
medida também é recomendada em casos de variação da tensão – quando a energia não
chega a cair completamente e oscila entre altas e baixas tensões.

– No caso de descargas elétricas por raios, é recomendável instalar dispositivos de proteção
contra surtos de tensão (DPS). Também existem DPSs que podem ser instalados diretamente
na tomada utilizada por equipamentos sensíveis, como computadores.

– Além deles, há os nobreaks, equipamentos que protegem contra a sobretensão e têm
bateria própria que mantém o computador ligado.

– Os protetores antirraios também protegem de maneira eficiente qualquer aparelho eletrônico
ou de informática a ele ligado, contra descargas atmosféricas (raios), picos de tensão,
sobrecarga e curtos-circuitos. O equipamento também tem a função de proteger os pontos de
energia (tomadas) contra sobrecargas de equipamentos.

– Descargas elétricas naturais também percorrem a rede de telefonia fixa. Por isso é válido
desconectar o modem da linha telefônica durante as quedas de raios, pois como a mesma não
possui qualquer proteção contra raios, tanto seu telefone fixo quanto seu modem podem ficar
vulneráveis.

Com 28 anos de atuação, a TS Shara é uma empresa nacional, fabricante de nobreaks e
estabilizadores de tensão. No segmento de baixa e média potência, é hoje uma das maiores e
mais produtivas empresas no mercado brasileiro de equipamentos de proteção e energia,
oferecendo uma linha completa de produtos que somam mais de 200 itens para atender o
mercado.

Fonte: Capital Informação ...

Parque de Itapuã amplia visitas para cinco dias da semana e oferece trilhas e outras atrações


O Parque Estadual de Itapuã ampliou para cinco os dias da semana em que fica aberto para
visitação pública. A partir de agora abre das quartas aos domingos. O parque, localizado em
Viamão, é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral e abriga uma das últimas
amostras dos ambientes originais da Região Metropolitana. Seu vínculo é com a Secretaria do
Meio Ambiente e Infraestrutura.

Ingressos

Os ingressos podem ser adquiridos diariamente no local, das 9 às 12h e das 13h30 às 17h.
Durante o horário de verão, os visitantes podem permanecer no parque das 9 às 20h. O
pagamento do ingresso é em dinheiro, ao custo de R$ 16,50 por visitante. Crianças até 12
anos, pessoas com idade igual ou superior aos 60 anos e estudantes com carteira nacional
pagam meio ingresso.

A visitação está aberta na Praia das Pombas, que tem capacidade para receber até 350
pessoas por dia.

Opções

O parque oferece infraestrutura com banheiros, vestiários, estacionamento, churrasqueiras e
tem vigilância. É necessário que o visitante leve seu próprio alimento. As churrasqueiras são
disponibilizadas conforme a ordem de chegada. Além disso, é necessário levar o carvão, pois
não é permitido o uso de qualquer tipo de material existente no parque, como lenha e
gravetos.

Trilhas

O Parque Estadual de Itapuã conta com serviço de condutores de trilhas. O passeio é realizado
por guias ambientais autônomos, capacitados para exercer a atividade e responsáveis pela
condução de grupos em segurança nas trilhas de Itapuã.

As trilhas disponíveis são a da Onça, que sai da Praia das Pombas, costeando o Guaíba pela
mata ciliar, chegando à praia da Onça. Possui nível de dificuldade fácil e extensão de 1,6 km,
com duração aproximada de duas horas e meia.

A trilha da Visão, que sobe o Morro do Campista chegando à Pedra da Visão, oferece vista da
Praia de Fora, Lagoa Negra, Morro da Grota e Lagoa dos Patos. Para participar dessa trilha é
necessário ter a idade mínima de 15 anos. O nível de dificuldade é médio e a extensão é de
1,4 km. Leva duas horas e meia para o percurso ser completado.

A trilha da Fortaleza começa na Praia da Pedreira, com pontos históricos como a Vila dos
Pescadores e as trincheiras da Revolução Farroupilha. Possui nível de dificuldade média,
distância de 6,4 km (circular), com mais 5 km de deslocamento a pé até o início da trilha. A
duração aproximada é de cinco horas.

Todas as trilhas possuem capacidade máxima de 15 pessoas e o uso de calçado fechado é
obrigatório. Para realizar as trilhas é necessário agendar através do e-mail:
condutoresitapua@gmail.com.

Mais informações podem ser adquiridas na sede no parque pelo telefone (51) 3494-8083 ou
pelo e-mail: cv-itapua@sema.rs.gov.br.
...

Fepam atende acidente com vazamento de produto corrosivo


Uma equipe da Divisão de Emergências Ambientais da Fundação Estadual de Proteção Ambiental
(Fepam) foi a São Leopoldo para orientar sobre medidas a serem adotadas após vazamento de
líquido corrosivo em rodovia. O sulfato férrico estava em um caminhão-tanque que transportava
15 mil litros do produto altamente ácido. O veículo envolveu-se em um acidente e acabou
tombado na BR-116, provocando congestionamento no sentido Porto Alegre-interior.

O chefe da Divisão de Emergências, André Milanez, disse que ocorreu um pequeno vazamento do
produto pela tampa do tanque. De qualquer forma, foi necessário realizar o transbordo do sulfato
férrico para outro veículo do mesmo tipo. O produto seguia para a Estação de Tratamento de
Água em São Leopoldo.

O analista da Fepam explica que o produto não é inflamável, mas pode provocar queimadura, por
isso foi necessário manter as pessoas afastadas até o recolhimento do líquido que vazou na
rodovia.
...

Balada Segura já contabiliza 1,7 mil abordagens no Litoral Norte


Desde o início das ações de fiscalização Balada Segura no Litoral Norte, 245 motoristas foram
autuados por embriaguez ao volante ou por recusa ao teste do etilômetro. Esse número
representa 14% do total de 1.743 abordados nas 23 blitze nas praias de Xangri-Lá, Torres,
Tramandaí, Imbé e Capão da Canoa entre os dias 14 de dezembro e 23 de janeiro. Desses,
apenas um foi autuado por crime e 204 por recusa ao etilômetro.

No total, foram feitas 820 autuações. Dessas, 28 foram para motoristas que estavam dirigindo
com a CNH suspensa ou cassada, que é uma infração gravíssima e tem como penalidade multa
de R$ 880,41, além de medida administrativa de recolhimento do documento de habilitação e
retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado.

A Balada Segura segue no Litoral com blitze permanentes durante a Operação Verão, que se
estende até março. ...

A cada 18 horas, uma pessoa morre por causa da asma no Brasil


No Brasil, mais de 26 milhões de pessoas sofrem de asma2,3. Destes, menos de 13%
possuem sua doença controlada. Asma não controlada pode levar a crises e, eventualmente,
pode ser fatal. No Brasil, uma pessoa morre em decorrência da asma a cada 18 horas, de
acordo com dados do Datasus, divulgados em agosto de 2018.

Segundo especialistas, todas estas mortes são evitáveis. Isso porque, com o tratamento
correto, os pacientes de asma não deveriam sofrer com nenhum dos sintomas da doença, que
consistem em: tosse, falta de ar, chiado no peito e despertar noturno. Quando a asma está
controlada, aqueles que a têm conseguem viver uma vida completamente normal, sem que os
sintomas afetem seu dia-a-dia.

Heloísa, 5 anos, integra os 20% da população infantil que tem asma. Mas, para descobrir o
seu diagnóstico, demorou um longo período. Aos 7 meses de vida, ela foi internada com
bronquiolite. Após muitos episódios como este, em que era tratada com aerolim e Predsilona,
em 2018, teve duas longas internações - que duraram sete dias cada - com o diagnóstico de
pneumonia. Na última, teve diagnóstico incerto e dentre as suspeitas, estava o H1N1. Após o
4º dia de tratamento, o exame constou que era uma crise asmática.
Após a descoberta, Heloísa iniciou o acompanhamento com pneumologista e o tratamento
específico para a asma. Com a doença controlada, a menina está conseguindo manter uma
vida saudável sem sintomas como chiado, cansaço e incômodos noturnos.

Daniel Zanotte, 27 anos sempre foi uma criança ativa, mas começou a queixar-se muito cedo
de cansaço extremo e fazia e tudo para fugir das aulas de educação física. Isso porque ele
passava mal ao se exercitar e ficava dias com tosse e ronquidão no peito. "Minha mãe sempre
me levava ao médico, e o diagnóstico desde cedo foi de bronquite, tratei como tal, mas não
melhorava". Ele conta que vivia cansado, mas muitas vezes era interpretado pelos adultos
como preguiça. "Demorou muito para me diagnosticarem corretamente, passei anos com uma
baixa qualidade de vida, mas melhorei tanto com o tratamento que acabei de formando em
educação física", conta animado.

Atualmente com 40 anos, Luciana foi diagnosticada com asma quando ainda era criança e,
nesta época, sofria muito com fortes crises e, consequentemente, inúmeras internações. Os
sintomas persistiram na fase adulta - ela, inclusive, sofreu crises após os dois partos pelos
quais passou, sendo que um deles resultou até mesmo em uma internação. Durante este
período, sempre usou a bombinha.

Há um ano atrás, decidiu começar a praticar corrida (antes, já praticava ciclismo). "Sempre
achei muito bonita a corrida e tinha vontade de praticar, mas não achava que poderia,
justamente por causa da asma". Realmente, Luciana sofreu muito com o processo de
adaptação, no entanto, persistiu e mudou seus hábitos, até que conseguiu correr 25 km (meia
maratona) pela primeira vez e viu que a asma não precisava ser impeditivo na prática de
nenhum esporte. Hoje, Luciana não sofre mais com os sintomas da doença.

Fonte: Economídia ...

Fepam contabiliza mais de 800 fiscalizações em 228 municípios do estado em 2018


O Departamento de Fiscalização da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) realizou
em 2018 mais de 800 fiscalizações ambientais que abrangeram 228 municípios do estado.

O chefe da Divisão de Fiscalização Ambiental, Juarez Löff, explicou que as fiscalizações realizadas
consistiam em ações de controle e vigilância destinadas a impedir danos imediatos ou a
atividades lesivas ao meio ambiente. Löff lembrou que as iniciativas são demandadas a partir de
denúncias ambientais, solicitações de outros órgãos públicos ou ainda por meio do
monitoramento das licenças ambientais emitidas pela Fepam.

A Fepam realizou no mesmo período dez grandes operações de fiscalização ambiental,
abrangendo as regiões de competência dos oito Balcões de Licenciamento Ambiental Unificado da
Sema/Fepam distribuídos no Rio Grande do Sul. Nessas operações foram vistoriados mais de 400
diferentes empreendimentos, que realizavam 78 tipos de atividades diversas, como supressão de
vegetação, conversão de bioma pampa em lavoura, abatedouros e postos de combustíveis.

Qualquer pessoa pode informar um dano ambiental que esteja acontecendo ou que tenha
possibilidade de ocorrer, por meio do canal de atendimento a denúncias ambientais pelo telefone
0800 0312146 ou pelo e-mail denuncia@fepam.rs.gov.br.
...

Governo federal prorroga permanência da Força Nacional de Segurança no Rio Grande do Sul


O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, atendeu ao pedido do governo do
Estado e prorrogou a presença da Força Nacional no Rio Grande do Sul. A medida foi publicada
nesta terça-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU).

A renovação de efetivo é um procedimento padrão da FNSP, uma vez que a tropa é composta
por servidores das forças de Segurança Pública estaduais de todo o Brasil, que atuam por um
período determinado e regressam às suas corporações de origem. Os agentes destacados pela
Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp) permanecerão em Porto Alegre por mais
60 dias – período passível de prorrogação.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, salientou
o apoio dado nos últimos anos pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, que contribuiu
para o combate à violência e à criminalidade. “Um trabalho relevante, principalmente no
momento em que eles vieram prestar auxílio aos órgãos estaduais, em 2016. Atualmente, são
55 policiais militares e nove policiais civis experientes atuando na capital. Iremos, nestes 60
dias, fazer uma avaliação para que se possa definir sobre a necessidade de uma nova
prorrogação”, afirmou.

A Força Nacional de Segurança Pública está presente no RS desde agosto de 2016. Em maio
de 2017, a atuação em Porto Alegre passou a ser desenvolvida de acordo com o planejamento
estratégico do Plano Nacional de Segurança Pública, no qual Porto Alegre, Natal e Aracaju
foram escolhidas como cidades-piloto. Dentro das ações efetuadas, estão operações de
combate a homicídios dolosos, feminicídios e tráfico de drogas, em área pré-estabelecidas pela
SSP e a Senasp. ...

Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS


O número de processos de cassação do direito de dirigir abertos pelo Detran RS em 2018
cresceu 83% em relação ao ano anterior. Foram 21,7 mil processos para motoristas flagrados
dirigindo suspensos ou que foram reincidentes na mesma infração no prazo de 12 meses,
contra 11,8 mil em 2017. O crescimento deve-se à normativa federal (Resolução Contran nº
723/2018) que entrou em vigor em fevereiro de 2018, permitindo a instauração de mais de
um processo de cassação por motorista.

Apesar do crescimento das cassações, houve uma redução de 35% dos processos de
suspensão do direito de dirigir. Foram 39,2 mil processos em 2018 contra 61,1 mil em 2017. O
tipo de processo que teve a maior redução foi o de suspensão por pontos (somar 20 ou mais
pontos na CNH no período de um ano) – passou de 27,1 mil para 13,7 mil. A suspensão por
infrações também teve redução: caiu 25% o número de processos para quem foi flagrado
dirigindo alcoolizado e para quem ultrapassou a velocidade em mais de 50% da permitida pela
via.

O chefe da Divisão de Suspensão e Cassação de Condutores do Detran RS, Anderson
Barcellos, atribuiu a redução do número de processos de suspensão ao menor número de
infrações, decorrente de uma maior conscientização da sociedade. “A fiscalização está forte, as
operações Viagem Segura e Balada Segura consolidadas e as abordagens continuam
aumentando. O que pode explicar essa redução dos processos de suspensão é mesmo uma
mudança de comportamento.”

Entenda a diferença

A suspensão do direito de dirigir é uma penalidade prevista no Código de Trânsito Brasileiro
(CTB) para quem atinge 20 ou mais pontos na CNH ou é flagrado em algumas infrações
específicas, como dirigir sob o efeito de álcool, ultrapassar a velocidade em mais de 50%,
praticar rachas e outras. Além de cumprir o período determinado pela legislação, que vai de
dois meses a um ano, o motorista suspenso deve fazer o curso de reciclagem de 30h e uma
prova teórica antes de voltar a dirigir.

Já a cassação é a punição administrativa mais grave prevista no CTB. Ela é aplicada em duas
ocasiões: quando o motorista suspenso é flagrado dirigindo ou quando o motorista é
reincidente, dentro do período de 12 meses, em alguma das infrações previstas no CTB, como
dirigir sob o efeito de álcool, praticar racha ou entregar a direção para quem não tem
habilitação. Para voltar a dirigir, o motorista deve cumprir o prazo de dois anos sem CNH, fazer
o curso de reciclagem de 30h e depois realizar todos os requisitos necessários para voltar a se
habilitar – exame de saúde física e mental, provas teórica e prática de direção. A cassação
também pode ser aplicada como medida judicial, podendo ultrapassar dois anos.

...

DNIT/RS realiza serviços de manutenção na BR 116, de segunda-feira a sábado (21/01/19 a 26/01/19).


A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio
Grande do Sul (DNIT/RS) - por meio da Unidade Local de São Leopoldo – informa a realização
serviços de manutenção na BR 116. Os locais contam com sinalização, visando a segurança dos
usuários. Os trabalhos serão executados de segunda-feira a sábado (21/01/19 a 26/01/19), das
8:30hs as 16:30hs. Confira a programação dos trechos com serviços a seguir:

BR-116/RS

- km 276,5 ao km 299,4 (Guaíba/Eldorado do Sul) . Roçada manual e mecânica no sentido
capital/interior e interior/capital.

- km 285,0 ao km 299,4 (Guaíba/Eldorado do Sul) . Fresagem e Recomposição no sentido
capital/interior.

- km 276,5 ao km 299,4 (Guaíba/Eldorado do Sul) . Fresagem e Recomposição no sentido
interior/capital.

...

Primeiro da América Latina, Hospital Moinhos de Vento adquire nova tecnologia que agiliza tratamento de AVC


O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a segunda causa de morte no mundo e a primeira causa
de incapacidade. Só no Brasil, são 400 mil casos por ano. Sem tratamento, mais de 50% dos
pacientes ficam dependentes de outras pessoas para atividades diárias, e mais de 70% não
voltam a trabalhar. A medicina moderna já possui ferramentas para diminuir índices de
mortalidade e sequelas, mas isso exige que o paciente chegue rápido ao hospital para o
atendimento.

Para aumentar as chances de pacientes com a doença receberem tratamento de urgência, o
Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), será o primeiro da América Latina a adquirir
um software com soluções integradas para automatização da avaliação da circulação cerebral,
angiotomografia etomografia. Utilizando inteligência artificial, o e-STROKE Suite permite
avaliar os casos com maior profundidade, possibilitando que recebam tratamento inclusive
aqueles que acordam com sintomas e, na maioria das vezes, não poderiam ser tratados.

Superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini avalia que os
avanços tecnológicos devem ter sempre como objetivo o compromisso de cuidar de vidas.
“Temos uma preocupação muito grande com a segurança, com a qualidade médico
assistencial, com a inovação e com a experiência do paciente. Esse novo avanço coloca o
Moinhos de Vento mais uma vez na vanguarda”, destaca.

Para a chefe do Serviço de Neurologia e Neurocirurgia do Hospital Moinhos de Vento e vice-
presidente da organização mundial do AVC (World StrokeOrganization), Sheila Martins, trata-
se de um grande avanço no tratamento da doença, com enorme impacto para a população.
“Além de a nova tecnologia aumentar a possibilidade de tratar mais pacientes, diminuindo ou
até evitando as sequelas, ela reduz os custos e o tempo do tratamento. Casos especiais que
necessitariam de ressonância de urgência agora não vão mais precisar”, explica.

Como funciona o software
O AVC isquêmico acontece pela obstrução de um vaso sanguíneo do cérebro, que causa falta
de sangue, oxigênio e nutrientes. A cada minuto que passa sem a abertura do vaso, dois
milhões de neurônios morrem. Portanto, quanto mais rápido o tratamento, maior a chance de
recuperação do paciente.

Atualmente, com a avaliação convencional, o tratamento pode ser realizado até 4,5 horas do
início dos sintomas com uma medicação utilizada na veia chamada trombolítico, que vai pela
circulação até o cérebro e desobstrui o vaso. Em 30% dos casos, quando existe um vaso
cerebral muito grande obstruído, é necessário tratamento por cateterismo (chamado
trombectomia), que pode ser realizado até 8 horas do início dos sintomas.

“Pacientes que chegavam 20 ou 24 horas depois já eram dados como perdidos. Agora são
muitos mais os que conseguimos tratar. É o que vem fazendo toda a diferença no mundo”,
destaca Sheila.

Na chegada do paciente ao hospital, o novo software instalado no Moinhos de Vento permite
que seja avaliada de forma automática, entre outras funções, a circulação cerebral – o que
antes não era possível.

“Com ele, conseguimos detectar a área de cérebro lesada irreversivelmente e a área do
cérebro que está em sofrimento, mas ainda pode ser salva se o vaso for rapidamente aberto.
Isso permite que mais pacientes recebam tratamento e fiquem sem sequelas”, afirma Sheila.

O sistema é capaz de colorir as regiões do cérebro que foram comprometidas em decorrência
do entupimento do vaso sanguíneo. Antes, eram observadas apenas gradações de cinza. O
ponto exato onde ocorreu o AVC também é mostrado.

“O software, o mais moderno em utilização no mundo, avalia exames de imagem do cérebro,
como tomografia, angiotomografia e perfusão por tomografia, em casos de AVC isquêmico,
principalmente”, explica Sheila.

Outros países
O software já está sendo utilizado pela Helsinki Stroke Network (Finlândia), Turku University
Hospital (Finlândia), University Hospital Pécs (Hungria) eLecce Stroke Network Ospedale Vito
Fazzi (Itália). Além disso, está em processo de instalação nos hospitais universitários de
Sevilla, Granada e Córdoba (Espanha) e no University Hospital Heidelberg (Alemanha). ...

Eldorado do Sul sedia etapa do Circuito de Verão Sesc


A estação mais quente do ano está a todo vapor. Sol, praia e esportes não podem faltar no
verão, certo? E como de costume, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc realiza anualmente o
Circuito Verão Sesc de Esportes em diversas modalidades. Durante os meses de janeiro e
fevereiro, mais de cem cidades de todo o Rio Grande do Sul, entre elas, Eldorado do Sul,
recebe as fases classificatórias do evento.

No sábado, 09 de fevereiro, haverá as disputas das modalidades de Futebol de Areia e Vôlei
feminino, na Prainha da Sans Souci. Já no dia 10, na Praça Pastor Eurico da Silva, ocorrerá as
disputas de Futebol de Areia, Futvôlei e Vôlei masculino. Os interessados em participar do
Circuito podem realizar as inscrições na Secretaria de Educação (Av. Emancipação, 381,
Centro), no horário das 8h às 14h, ou através do site www.sesc-rs.com.br/circuito/.

Além das competições, serão disponibilizados brinquedos infláveis para a criançada, na Praça
Central e na Prainha da Sans Souci, a partir das 15h.

O Circuito Verão Sesc de Esportes é realizado em parceria com a Prefeitura de Eldorado do Sul
com o objetivo de promover o bem-estar dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e
turismo e da comunidade em geral. A etapa de Eldorado do Sul será realizada nos dias 09 e 10
de fevereiro. Após todas as etapas serem concluídas, os campeões se reúnem na cidade de
Torres para a grande final nos dias 16 e 17 de março.

👉 Acesse o regulamento do Circuito Verão Sesc e fique por dentro de todas as regras:
bit.ly/regulamentocircuito
...

CFT do Grêmio em Eldorado do Sul é sede do IberCup Brasil 2019


O Grêmio iniciou nesta terça-feira, 15, a sua participação em mais uma edição do IberCup,
torneio mundial de futebol infantil e juvenil. Neste ano, a competição ocorre pela primeira vez
no Brasil e o Tricolor é quem será sede, recebendo os jogos que acontecem de 15 a 20 de
janeiro, no Centro de Formação e Treinamento Presidente Helio Dourado, em Eldorado do Sul.

São 17 países participantes, representados pelos tradicionais clubes do futebol mundial, como
Manchester City, Inter de Milão, Peñarol, Independiente, entre outras equipes.

O Grêmio disputará o torneio com cinco categorias: sub-9, sub-10, sub-11, sub-12 e sub-13.
A fase de grupos inicia nesta terça-feira e se estende até sexta. Já os mata-matas ocorrem no
sábado e no domingo, seguido do encerramento da competição.

No último ano, o Tricolor sagrou-se bicampeão do Ibercup Cascais, em Portugal, quando a
categoria sub-13 bateu o Benfica por 4 a 2, nos pênaltis, mantendo o título conquistado em
2017.

A tabela de jogos desta edição já está disponível aqui. Algumas partidas poderão ser
acompanhadas pelo SPORTV PLAY e também pelo site brasil.ibercup.com/pt/home.

Acompanhe as redes sociais da Escola de Futebol do Grêmio, no facebook, instagram e twitter,
que realizará a cobertura da competição.

O IBERCUP

O IberCup é uma competição mundial realizada anualmente e conta com a participação de
cerca de 1800 equipes de aproximadamente 70 países. Os participantes possuem entre 9 e 18
anos, divididos em modalidades masculino e feminino, em várias categorias.

Neste ano, Estados Unidos, Brasil, Portugal, Espanha, Inglaterra e Japão serão sede do
torneio.

Foto: Divulgação / Ibercup ...

Obra da Rotatória do Parcão em Charqueadas começará em breve.


Iniciará nas próximas semanas uma grande obra que solucionará um problema antigo de
mobilidade urbana em Charqueadas. Trata-se da obra da Rotatória do Parcão. A rótula, que
tem o intuito de organizar o trânsito na região e trazer mais segurança para pedestres e
condutores, ficará no entroncamento das Avenidas 1° de Maio com a Getúlio Vargas e com as
ruas Ponche Verde e General Osório.

Os recursos são oriundos do Contrato de Repasse nº 837719/2016/MCIDADES/CAIXA,
Operação 1035366-26 – Proposta SICONV nº 027289/2016, cujo objeto é Implantação e
adequação do trânsito em avenida central do Município com a finalidade de organização do
tráfego urbano, no valor total de R$ 246.096,10, sendo R$ 245.850,00 liberados pela União,
através do Ministério das Cidades, representado pela Caixa Econômica Federal, no âmbito do
Programa Ações Relativas ao Planejamento Urbano, e R$ 246,10, a título de contrapartida, a
ser aportado pelo Município. O presente Contrato resulta de emenda parlamentar do Dep.
Federal Pompeo de Mattos e visa propiciar maior segurança no trânsito, tanto para veículos
quanto para pedestres que circulam nesta importante via pública.

Recentemente, a Prefeitura de Charqueadas, através da Secretaria Municipal de Serviços
Urbanos, e com o apoio da Secretaria de Saúde e Meio Ambiente, removeu algumas árvores
nos passeios públicos na Av. 1º de Maio, nas proximidades do Sindicato dos Mineiros e acesso
à Rua Ponche Verde, a fim de atender exigências do projeto, que prevê o alargamento da via e
execução de calçada de concreto ao longo dos trechos envolvidos.

Foto: Bernardo Souza/ASCOM-PMCH ...

Governador recebe prefeito de Guaíba para tratar de possíveis parcerias e investimentos


O governador Eduardo Leite, junto do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo do
Estado, Dirceu Franciscon, recebeu o prefeito de Guaíba, José Sperotto, na tarde desta quinta-
feira (17), em seu gabinete no Palácio Piratini. Na pauta, demandas da prefeitura e, ainda,
possíveis parcerias do município com o governo do Estado e investidores internacionais.

"Queremos ajudar o Estado a retomar o crescimento e o desenvolvimento", afirmou Sperotto,
citando como áreas fundamentais a infraestrutura, a agricultura e a saúde. O governador
reforçou que o governo está disposto a melhorar questões como licenciamento ambiental,
sistema tributário e logística de escoamento da produção para que o Rio Grande do Sul seja mais
atrativo para investidores. "Queremos ser um estado mais acolhedor para quem está disposto a
investir aqui", pontuou Leite. ...

Interdição da freeway com finalidade de lançamento de vigas Gerber, para a construção da Nova Ponte do Guaíba


A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio
Grande do Sul (DNIT/RS) informa que interditará a freeway com a finalidade de lançamento de
vigas Gerber, conforme datas abaixo. A interdição total da freeway é necessária para o
lançamento das vigas que serão posicionadas sobre a via. Detalhamentos da operação seguem
em anexo.

Período do desvio do trânsito:

Etapa 1:
Data: 08/02 a 10/02/2019
Local: Entre os km 94 e 95 da BR-290/RS, junto as obras da Nova Ponte do Guaíba

Etapa 2:

Data: 15/02 a 17/02/2019
Local: Entre os km 94 e 95 da BR-290/RS, junto as obras da Nova Ponte do Guaíba ...

Novos comandantes da BM assumem com meta de ampliar combate ao crime


O novo subcomandante-geral da Brigada Militar (BM), coronel Carlos Alberto Prado de
Andrade, e o novo chefe do Estado-Maior (EMBM), coronel Marcus Vinicius Sousa Dutra, foram
empossados na tarde desta quarta-feira (16), no Salão Nobre do QG da BM, em Porto Alegre.
O governador Eduardo Leite, o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo
Vieira Júnior, e o comandante-geral da BM, coronel Mário Ikeda, participaram da cerimônia.
Andrade e Dutra assumem nos lugares do coronel Eduardo Biacchi Rodrigues e do coronel Júlio
César Rocha Lopes, que passou a ocupar a chefia da Casa Militar.

Como comandante da Brigada, Ikeda agradeceu a dedicação dos dois colegas que estão
deixando os cargos e desejou sucesso aos recém-empossados na “missão de liderar os
policiais militares e defendê-los para que se sintam fortes e capazes de defender a sociedade.”
E foi além: “Levem à nossa tropa o compromisso que estamos propondo e digam que vamos
lutar com ela e por ela”, destacou o comandante-geral da BM aos coronéis Andrade e Dutra.

Ranolfo Vieira Júnior complementou os cumprimentos e defendeu a integração da BM com os
demais órgãos da segurança pública e o setor de inteligência para vencer a criminalidade.
“Não tenho dúvida de que o sucesso de vocês representará qualidade da vida para todos os
gaúchos”, afirmou o vice-governador e secretário da Segurança.

Eduardo Leite reforçou que a segurança pública é “prioridade absoluta” do novo governo e que
o trabalho a ser feito deverá unir prevenção, repressão e reabilitação. “Vamos trabalhar
conjuntamente para não ficarmos enxugando gelo”, afirmou o governador. Encerrando seu
discurso, o chefe do Executivo citou uma frase que leu em homenagem a um soldado, durante
visita aos Estados Unidos, para se referir ao esforço e a dedicação das brigadianas e
brigadianos, muitas vezes abdicando da própria vida para defender outras vidas: “Todos dão
um pouco, poucos dão tudo”. O governador enalteceu o trabalho da BM. “Estamos diante de
um efetivo que dá tudo por 12 milhões de gaúchos”, elogiou.

Trajetórias

Coronel Carlos Alberto Prado de Andrade, subcomandante-geral da BM

Na corporação desde 1985, o coronel Andrade estava na chefia do Comando Regional de
Policiamento Ostensivo (CRPO) do Vale do Rio do Sinos até aceitar o convite para assumir
como subcomandante-geral da Brigada Militar. Antes ainda, foi chefe do Estado-Maior do
Comando de Policiamento da Capital (CPC) e comandou o 1º Batalhão de Operações Especiais
(BOE) de Porto Alegre. Como membro da Força Nacional de Segurança, comandou também a
Operação Olimpíada Rio 2016.

Coronel Marcus Vinicius Sousa Dutra, chefe do Estado-Maior da BM

Na Brigada Militar desde 1988, o coronel Dutra atuava como comandante do CRPO de Santa
Maria até assumir o cargo de chefe do Estado-Maior da BM. Ao longo da carreira, chefiou o
CRPO do Vale do Caí, foi comandante da Escola de Formação e Especialização de Soldados da
Brigada e do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Montenegro, e também chefiou a terceira
seção (PM3) do Estado-Maior da Brigada Militar ...

Programa que investe em reformas de escolas da rede pública será intensificado


Mais ágil, versátil e com resultados rápidos para doadores e escolas. Assim é a versão 2019 do
programa "Escola Melhor: Sociedade Melhor", que no ano passado garantiu às escolas da rede
pública estadual quase R$ 1,9 milhão em serviços (reformas e construções), equipamentos
(computadores, utensílios de laboratório e outros) e material para obras.

“Temos de criar mecanismos para tornar o programa ainda mais atraente e fácil para os
doadores. É preciso desburocratizar o sistema ao ponto em que realmente pessoas e
empresas participantes tenham a certeza de que, pouco tempo depois de doarem, as escolas
serão beneficiadas”, afirmou o secretário da Educação, Faisal Karam.

A Secretaria da Educação (Seduc) está empenhada em tornar o "Escola Melhor: Sociedade
Melhor" mais fácil aos participantes. O Departamento Jurídico analisa ajustes na portaria do
programa para aumentar o dinamismo na questão de obras. “Isso é imprescindível. O sistema
precisa ser leve e transparente”, completou o secretário.

Histórico

O programa contabilizou no ano passado 352 parcerias – quase metade das 740 firmadas
desde 2015, quando começou a vigorar. Em quatro anos, foram beneficiadas 1.205 escolas de
todas as regiões do estado. “O ano de 2018 foi extraordinário, mas sabemos que podemos
conseguir números ainda mais expressivos em 2019”, observou a coordenadora estadual do
programa, Dinalva Barbosa Mendonça.

Beneficiados

Várias comunidades escolares já usufruem dos benefícios obtidos com o programa. A Escola
Estadual de Ensino Médio Jerônimo Mércio da Silveira, em Candiota, sofria havia anos com
salas de aulas sucateadas e a quadra de esportes em estado precário. Faltava cercamento e
até iluminação ao local.

“Em nossa escola havia três salas de aula interditadas por afundamento de piso e a parte
elétrica apresentava risco, além da ausência de tela de segurança”, lembrou a diretora Dinorah
Amaral Matte. Ao tomar conhecimento do "Escola Melhor: Sociedade Melhor", ela começou a
procurar empresários da cidade dispostos a ajudar. Conheceu representantes da Construtora
Caramuru, que se mostraram sensíveis à situação. Em questão de dias, empresa e escola
assinaram o Termo de Cooperação chancelado pelo programa.

Os serviços, orçados em R$ 130 mil, foram realizados na instituição de ensino vinculada à 13ª
Coordenadoria Regional de Educação (CRE). ...

DetranRS inicia reciclagem de 500 sucatas de veículos em Gravataí


O DetranRS iniciou nessa semana o processo de reciclagem de 500 sucatas de veículos
abandonados no Centro de Remoção e Depósito Help Transportes e Guinchos de Gravataí.
Classificados de material inservível, os veículos estão há mais de um ano em depósito e não
têm condições de circulação.

Serão 495 veículos leves e cinco pesados que deixarão de poluir o solo e ocupar espaço dos
depósitos, ganhando uma nova utilidade como matéria-prima para a indústria. No final do mês
está prevista também a reciclagem de mais de mil sucatas no CRD Step Locações e
Transportes, também em Gravataí.

Processo

A primeira etapa da reciclagem, que é feita no próprio depósito com equipamento
desenvolvido especialmente para esse fim, é a descontaminação, quando são retirados
resíduos poluentes, como óleo de motor, fluido de freio, baterias e extintores. Depois, os
veículos são compactados para facilitar o transporte e enviados à siderúrgica, onde são
triturados para fundição.

Além de poupar o meio ambiente de possíveis contaminações, a medida também libera espaço
nos depósitos onde estão abandonadas as sucatas classificadas como materiais inservíveis. A
reciclagem de material inservível é realizada de forma sistemática no Rio Grande do Sul desde
2010 e já destinou mais de 42 mil sucatas (quase 20 mil toneladas) para reciclagem. ...

Cavalgada percorrerá 300 quilômetros de Barra do Ribeiro até Pelotas


Quinze cavaleiros foram recebidos em frente ao Palácio Piratini, na manhã desta quarta-feira
(16), pelo governador Eduardo Leite. Trata-se da abertura da 20ª edição da Cavalgada
Cultural da Costa Doce. Com o lema 'Caminho Farroupilha – No rastro da história', os
cavaleiros iniciam nesta quinta-feira (17), em Barra do Ribeiro, um percurso de quase 300
quilômetros por fazendas e estradas internas que costeiam a Lagoa dos Patos até Pelotas,
onde chegarão no dia 27.

Presidente da Associação Comercial e Associação dos Cavaleiros da Costa Doce (ACCD) e
coordenador da cavalgada, Carlos Gonçalves, entregou a Leite um chasque, contendo uma
mensagem de apoio ao novo governo e destacando demandas do Sul do estado. “Pedimos
apoio às iniciativas da nossa região em relação ao turismo e à cultura”, destacou Gonçalves.

Conforme o coordenador, a cavalgada deve reunir 150 cavaleiros e mais cerca de 300 pessoas,
entre familiares e apoiadores, durante os 10 dias. “Nosso objetivo, com a cavalgada, é mostrar
para os urbanos um pouco de como é a vida rural”, reforçou Gonçalves.
Dizendo-se honrado em poder receber a comitiva no Palácio Piratini, Leite cumprimentou os
cavaleiros por manterem há duas décadas essa tradição. “Vocês disseminam os valores e a
cultura gaúcha, tornando-a mais visível a nossa identidade”, afirmou o governador ao grupo.

Leite reforçou que, além da recriação da Secretaria da Cultura, a pasta tem uma assessoria
especial para cuidar dos assuntos ligados à tradição gaúcha. “Nosso objetivo é gerar trabalho
e renda a partir da cultura e do turismo regional. Afinal, desde a Revolução Farroupilha nosso
povo trava batalhas, e agora temos mais uma”, acrescentou o governador, se referindo à
retomada do desenvolvimento do Estado.

Participaram ainda da solenidade, o chefe de gabinete, Paulo Morales, o chefe da Casa Militar,
coronel Julio Cesar Rocha Lopes, e a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas. “Desejo coragem
e bravura, que seja uma linda jornada”, disse Paula, afirmando que vai recepcionar os
cavaleiros no ponto final da cavalgada, na Praia do Laranjal.
...

Operação Antártica prende três pessoas por tráfico de drogas em Capão da Canoa


A Polícia Civil, em uma ação da Delegacia de Polícia de Capão da Canoa, com apoio da Brigada
Militar, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em Capão da Canoa na manhã desta
quinta-feira (10). Três pessoas foram presas em flagrante. Também foram apreendidos armas,
drogas, munição, celulares e dinheiro.

O objetivo da Operação Antártica é obter provas que complementem investigação policial de
combate ao tráfico de drogas no município do Litoral Norte, praticado por organização criminosa
que atua principalmente no Parque Antártica.

Segundo a delegada Sabrina Deffente, a investigação que começou há cerca de um mês,
identificou os integrantes da organização envolvidos com tráfico, homicídios, roubo e clonagem
de veículos, além de incêndio criminoso ocorrido em setembro do ano passado.

“Foi possível identificar os integrantes do grupo, bem como alguns dos crimes que eles vinham
praticando. Como forma de ganhar espaço na área, eles atearam fogo em uma residência para
afugentar os moradores. As provas obtidas na ação de hoje consubstanciam as informações que
já havíamos levantado sobre o grupo durante as investigações", esclareceu a delegada. Dois dos
presos têm antecedentes por tráfico de drogas. ...

Balada Segura registra queda no percentual de motoristas alcoolizados


Quando a Balada Segura foi implantada no Rio Grande do Sul, em 2011, o percentual de
motoristas flagrados sob efeito de álcool ou que se recusavam a fazer o teste do etilômetro
era de 12,2% sobre o total de abordados. Até outubro de 2018, o percentual passou para
6,6%. O balanço parcial foi divulgado pelo Detran RS e aponta consistente mudança de
comportamento em relação à bebida e à direção. A variação é de -45,6% no período.

Depois de breve crescimento em 2014 e 2015, quando a Balada Segura se expandia pelo
interior do estado, a queda no percentual de autuados por dirigir sob efeito de álcool
(incluindo recusa ao etilômetro) tem sido sistemática. De 9,2%, em 2015; para 8,4%, em
2016; e 7,4%, em 2017.

“A redução média de 10,4% nos últimos três anos mostra mudança de comportamento em
longo prazo, resultante da consistência do programa de fiscalização”, explicou a diretora
institucional do Detran RS, Juliana Oliveira da Silva.

Crescimento das autuações

A redução percentual não significa números menores de motoristas autuados por beber e
dirigir, já que as abordagens também cresceram. Comparando os dados de janeiro a outubro,
o crescimento médio das autuações por embriaguez foi de 19,6% nos últimos sete anos,
passando de 3.111 autuações em 28.011 abordagens no ano de 2012, para 7.815 autuações
em 118.031 abordagens no ano passado. ...

Ampliar agilidade em alvarás de incêndio é meta de novo comandante dos Bombeiros


O governador Eduardo Leite acompanhou, na tarde desta terça-feira (8), a transmissão do
cargo de comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul ao coronel
César Eduardo Bonfanti. A solenidade ocorreu na sede do Grêmio Náutico União, em Porto
Alegre. Bonfanti assume o cargo no lugar do coronel Cleber Valinodo Pereira. Ele deixa o posto
de subcomandante para se tornar o segundo comandante-geral da corporação.

O coronel pretende dar continuidade ao trabalho feito por Pereira no aperfeiçoamento das
ações de prevenção de incêndios. Para julho, está previsto o lançamento do sistema de
licenciamento online, disponível em todo o Rio Grande do Sul, que trará agilidade à liberação
de alvarás. “A instituição não quer ser vista como empecilho para o crescimento do Estado”,
argumentou o novo comandante-geral. Bonfanti também se comprometeu a auxiliar o governo
a reduzir gastos, e salientou que, em fevereiro deste ano, 150 novos servidores iniciarão o
curso de formação. A previsão é de que a turma se forme no segundo semestre de 2019.

Leite prestigiou não só aqueles que assumirão o comando a partir de agora, como também
quem cumpriu a difícil tarefa de reestruturar o Corpo de Bombeiros depois da desvinculação
da Brigada Militar, em 2017. “A corporação é um exemplo, uma inspiração para crianças, para
jovens e para a sociedade”, afirmou. Para o governador, o desafio do atual comando será o de
conciliar a celeridade do processo de licenciamento com uma economia travada. “Não
queremos dispensar a burocracia colocando a sociedade em risco. Temos de garantir o
trabalho preventivo, ao mesmo tempo em que reconhecemos que a condição de geração de
riquezas vem da iniciativa privada, que precisa de espaço para empreender”, ressaltou.

O governador também garantiu que os decretos anunciados na semana passada, que limitam
as despesas públicas, não servirão para reduzir as condições de prestação de serviços à
população. “Temos de reduzir a máquina pública para repassar esses recursos aos serviços
essenciais. Segurança é uma prioridade”, assegurou.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior reconheceu a
importância do Corpo de Bombeiros. Além da missão essencial de salvamento e de proteção
da população, Ranolfo também destacou a participação da corporação no processo de
retomada do crescimento econômico do Estado.

Mais de 30 anos de experiência

Natural de Três de Maio, no Noroeste do estado, o coronel César Eduardo Bonfanti tem 49
anos e ingressou na corporação em 1987. Bacharel em Ciências Militares, possui
especialização em Bombeiros para Oficiais, Administração Policial Militar, Políticas e Gestão em
Segurança Pública, Prevenção e Controle de Sinistros, Prevenção e Controle de Incêndios,
Legislação de Prevenção de Incêndios, Gestão Estratégica de Resultados na Segurança Pública,
Gestão em Segurança Pública Comunitária e Administração Financeira e Orçamentária. Além
disso, foi diretor do Departamento de Segurança e Proteção contra Incêndio dos Bombeiros.

A carreira do novo comandante-geral foi dedicada quase totalmente à instituição. Bonfanti
comandou batalhões em diversos municípios gaúchos, como Porto Alegre, Passo Fundo e
Santa Cruz do Sul. Na Brigada Militar, foi subdiretor da Penitenciária de Alta Segurança de
Charqueadas e da Penitenciária Estadual do Jacuí. Ao seu lado, assume, como
subcomandante-geral, o coronel Lúcio Alex Ruzicki, natural de Porto Alegre. Ele tem 50 anos e
entrou na corporação também em 1987.

...

Médica explica as diferenças entre intolerância e alergia alimentar


Os termos são, cada vez mais, corriqueiros, mas muitas vezes enchem a cabeça de dúvidas,
principalmente quando se trata de filhos pequenos. Existem duas formas principais de reações
alimentares, segundo a presidente da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, Cristina
Targa Ferreira. Aquelas que acometem as crianças maiores e os adultos (intolerâncias) e as
que aparecem principalmente nos primeiros anos de vida (alergias alimentares) .

- A alergia é uma reação imunológica, na qual a proteína é reconhecida como se fosse
estranha ao organismo e nossas células da defesa fazem um ataque, causando uma reação
inflamatória. A alergia mais frequente nos primeiros anos de vida é a Alergia à proteína do
Leite de Vaca (APLV). Pode ser do tipo imediata, ou seja, a criança toma o leite e nos
primeiros vinte ou trinta minutos, até 2 horas, tem urticária na pele, pode chiar o pulmão, ter
vômito ou diarreia. É a mais perigosa e no pior dos cenários, pode ocorrer o choque anafilático
– explica.

A outra situação é a do tipo gastrointestinal, que é mais tardia. Ela pode se manifestar em 12,
24 ou até 48 horas ou mais. Os sintomas são mais inespecíficos e o diagnóstico é mais difícil,
pois não há exames de laboratório para auxiliar.

- A intolerância é uma predisposição individual. Ela é diferente da alergia. Portanto intolerância
é algo que pode permitir comer o alimento em pequenas quantidades. Existe uma grande
confusão entre alergia à proteína do leite e a intolerância à lactose. A lactose é o açúcar do
leite. Nascemos com uma enzima chamada lactase que desdobra o açúcar do leite. Como
somos mamíferos nascemos com muita lactase. Então as crianças pequenas praticamente não
tem intolerância à lactose. Quem tem são adolescentes e adultos. A diferença é que nos
primeiros anos o mais comum é a alergia a proteína e depois pode vir a intolerância a lactose,
que ocorre quando vamos perdendo essa enzima – explica.

A criança que mama no seio materno, pode ter alergia à proteína do leite de vaca que passa
através do leite da mãe.O leite materno tem muita lactose, portanto o problema nunca é
intolerância à lactose e sim APLV. Quando acontece isso, é preciso mudar a dieta da mãe
retirando leite de vaca e todos os derivados do leite - exclusão da proteína!

A médica também reforça que é preciso cuidado ao retirar o leite da dieta, uma vez que ele
fornece ingredientes importantes do ponto de vista nutricional, como o cálcio, por exemplo.

- Há uma certa contrapropaganda, mas é preciso lembrar que ao não dar leite, seria preciso
compensar com outros alimentos em larga escala como couve ou brócolis e quando se fala em
crianças muito pequenas sabemos que isso não vai ser possível – completa.

Em ambos os casos a orientação é que os pais busquem informações e orientações com o
médico pediatra que vai fazer a correta avaliação.

Fonte: PlayPress ...

Site da Educação dispõe de Cardápio de Alimentação Escolar 2019


A Secretaria da Educação (Seduc) tem disponível em seu site o Cardápio de Alimentação
Escolar 2019. No Rio Grande do Sul, em torno de 900 mil alunos são contemplados com o
Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Foram repassados, mensalmente às
escolas, no ano de 2018, mais de R$ 7 milhões referente à execução do programa. Além
disso, como reforço, foram transferidos R$ 3,9 milhões para a qualificação da alimentação
escolar nas instituições de ensino com até 400 alunos, Escolas em Tempo Integral, Ensino
Médio com base curricular de mil horas, quilombolas e indígenas. Para o repasse de 2019, os
valores serão atualizados conforme Censo de 2018.

De acordo com a responsável técnica da Assessoria de Alimentação Escolar e Nutrição da
Seduc, Luana Petrini, a informação online dos cardápios permite o acesso de todos,
principalmente da comunidade escolar, e auxilia no cumprimento e exigência das legislações
que regem o PNAE. “Tenho certeza que a iniciativa, que já ocorre desde o ano passado, vai
ajudar muito para sanar as principais dúvidas”, explica.

Alimentação Escolar

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) contribui para o crescimento, o
desenvolvimento, a aprendizagem, o rendimento escolar dos estudantes e a formação de
hábitos alimentares saudáveis, por meio da oferta da alimentação escolar e de ações de
educação alimentar e nutricional.

O repasse é feito diretamente aos estados e municípios, com base no Censo Escolar do ano
anterior ao do atendimento. O Programa é acompanhado e fiscalizado diretamente pela
sociedade, por meio dos Conselhos de Alimentação Escolar (CAE), pelo FNDE, pelo Tribunal de
Contas da União (TCU), pela Controladoria Geral da União (CGU) e pelo Ministério Público.

Com a Lei nº 11.947, de 16/6/2009, 30% do valor repassado pelo Programa Nacional de
Alimentação Escolar – PNAE deve ser investido na compra direta de produtos da agricultura
familiar, medida que estimula o desenvolvimento econômico e sustentável das comunidades.

A Secretaria da Educação repassa os valores recebidos do FNDE integralmente às direções de
escola, também em 10 parcelas. Isso ocorre porque, atualmente, 100% dos estabelecimentos
de ensino possuem merenda escolarizada, ou seja, as direções são responsáveis pela compra
dos gêneros alimentícios.
...

Primeira mulher a assumir Polícia garante integração no combate ao crime


Após 177 anos de instituição, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul está sendo comandada pela
primeira vez por uma mulher. Na tarde desta terça-feira (8), a delegada Nadine Farias Anflor
recebeu a transmissão do cargo do delegado Emerson Wendt - que passará a atuar na área de
Inteligência na nova gestão. Na mesma cerimônia, o delegado Fábio Motta Lopes recebeu a
função de subchefe de Polícia do delegado Leonel Fagundes Carivali.
Após assinar o termo de posse, Nadine fez um discurso de empoderamento feminino,
pontuando a história da mulher na Polícia Civil gaúcha, que começou com o ingresso das
primeiras agentes na década de 1970 e chegou à posse das primeiras delegadas há apenas 30
anos. “Se estou aqui hoje rompendo mais um paradigma, é por causa delas”, destacou Nadine.
Prometendo unir esforços para enfrentar as dificuldades financeiras do Estado e melhorar os
índices de criminalidade e dar sensação de segurança à população, garantiu que o "maior
patrimônio do Estado são os servidores" e que graças aos agentes e delegados gaúchos
acredita que a missão será atingida.

O governador Eduardo Leite também destacou os avanços sociais que permitiram a uma
mulher chegar à chefia de Polícia e, numa referência ao hino rio-grandense, disse que essa é
uma “nova façanha, de modelo à toda terra”. Leite ainda fez um adendo ao feito: “A Nadine
não está ocupando a função apenas por ser mulher, mas pela sua capacidade, trabalho e
trajetória”.

O vice-governador e secretário de Segurança Pública e também de Administração
Penitenciária, Ranolfo Vieira Júnior, reforçou que a segurança da população é uma das
prioridades da nova gestão e desejou sucesso à nova gestora. “É hora de botar o pé na
estrada, que a sociedade espera muito de nós”, destacou Ranolfo, que é ex-chefe de Polícia.

Extenso currículo na Polícia

Natural de Getúlio Vargas, no norte do Estado, formada em Ciências Jurídicas e Sociais e pós-
graduada em Direito Público e em Direito Sanitário, Nadine é delegada desde 2004. Seu
primeiro trabalho na Polícia Civil foi no município de Santo Antônio da Patrulha. Após, atuou no
sistema de plantão da corporação por dois anos.

Nadine tem marcado sua carreira pelo pioneirismo. Por mais de seis anos, foi titular da
Delegacia Especializada no Atendimento à mulher (Deam) de Porto Alegre e a primeira
coordenadora dessas especializadas no Estado. Entre 2015 e 2017, também foi a primeira
mulher a presidir a Associação dos Delegados de Polícia do Estado (Asdep).

Aos 42 anos, Nadine atuava como diretora da Divisão de Assessoramento do Departamento de
Polícia Metropolitana até aceitar o convite para assumir a chefia da Polícia do governo de
Eduardo Leite (2019-2022).

Nesta quarta-feira (9), a nova chefe de Polícia empossa os responsáveis pelas subáreas da
Polícia Civil – são 12 no total, metade preenchida por mulheres. ...

Pesquisa registra envelhecimento e redução de crescimento da frota gaúcha


O Rio Grande do Sul ainda não está próximo de um crescimento negativo, capaz de inverter a
curva ascendente da sua frota. No entanto, a série histórica dos últimos 10 anos mostra que a
redução do número de novos veículos é sensível. Seguindo essa tendência, o Detran RS
projeta para fevereiro de 2020 uma frota de sete milhões de veículos. Em dezembro de 2018,
esse número era de 6.772.764 veículos.

Enquanto que de 2009 a 2010 o crescimento médio da frota foi de 6,6%, de 2017 a 2018 o
aumento foi de 3% - menos da metade. A virada se deu de 20012 a 2013, quando o
crescimento médio anual passou de 6,8% para 6,4%, iniciando a curva descendente.

Em 2014, o Detran RS registrou crescimento médio de 5,3%; e, em 2015, de 3,5%. Em 2016
e 2017, houve 2,7% de crescimento, o menor da série. E 2018 apresentou leve crescimento,
com média de 3%. Considerando a divisão da frota por tipo de veículos, cabe analisar se o
decréscimo se dá uniformemente ou se difere de um tipo para o outro.

Quando o crescimento da frota é dividido em tipos de veículos, percebe-se que automóveis e
caminhões sofreram pequena variação quanto ao volume no conjunto dos veículos: em 2009,
os carros representavam 62% da frota e passaram a ser 61% em 2018; os caminhões eram
5% e passaram a 4%.

Já motocicletas sofreram variação maior no período, reduzindo sua participação de 20% para
17%. Em sentido contrário, os utilitários e caminhonetes aumentaram a participação na frota,
passando de 9% para 13% nos últimos 10 anos. Ônibus e micro-ônibus mantiveram-se na
proporção de 1% da frota, e reboques e semirreboques passaram de 3% a 4%.

Idade da frota

A frota gaúcha está envelhecendo: 21,3% dos veículos têm mais de 30 anos de fabricação. Em
2009, a porcentagem de veículos com mais de 30 anos era de 19%. Quando pensamos em
veículos novos, aqueles com menos de um ano de fabricação são hoje menos da metade do
que eram em 2009: 2,3% da frota em 2018, contra 5% há 10 anos.

Os veículos entre um e cinco anos de fabricação, que em 2009 representavam 20,1% da frota,
em 2018 eram somente 12%. Veículos entre 15 e 20 anos passaram de 10,6% para 12% e
aqueles entre 20 e 30 anos de fabricação, que eram 8,5% em 2009, saltaram para 11,7% no
ano passado. ...

Abertas inscrições em programa que busca melhorar eficiência da máquina pública


Estão abertas as inscrições para participação no programa "101 Dias de Inovação no Setor
Público". O programa é realizado pela WeGov e o governo do Rio Grande do Sul é assinante com
o objetivo de melhorar a eficiência da máquina pública gaúcha. A iniciativa foi tomada pela
Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e traz benefícios para todo o governo
do RS.

O 101 Dias de Inovação é um programa de conteúdo exclusivo que vai ao ar nos 101 primeiros
dias de 2019. Esse conteúdo pode ser em formato de texto, vídeo e podcast. A ação teve início
no dia 1º de janeiro. A partir dessa data, todos os servidores inscritos receberão um conteúdo de
inovação por dia em seu e-mail (exceto domingos).

O programa é direcionado para qualquer servidor público, de qualquer esfera e poder. A inscrição
é gratuita e tem acesso muito simples. Basta acessar o link aqui. Mais informações poderão ser
visualizadas aqui.

A empresa WeGov, startup de Santa Catarina, atua para estimular a inovação no setor público,
com o propósito de promover ações que fomentem a inovação. A WeGov adapta a metodologia
que é utilizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de
maneira que atenda às especificidades da gestão do setor público. ...

CEEE reforça equipes de funcionários para atender demandas da virada do ano


Com o aumento do número de pessoas no Litoral e na Costa Doce, e da consequente demanda
por energia elétrica, a CEEE reforçou seu contingente para o atendimento às necessidades da
prestação do serviço na virada de 2018 para 2019. Durante a noite do dia 31 de dezembro e a
madrugada do dia 1º de janeiro, 250 pessoas estarão mobilizadas para trabalhar na garantia
do fornecimento de energia e, em caso de eventual falha, resolver com agilidade e eficiência
os problemas da população.

As medidas prévias de investimentos em melhorias foram tomadas, como a construção e
ampliação de subestações e linhas de transmissão. Além disso, recursos foram aplicados na
renovação da frota e em tecnologias de telecomando para agilizar a recomposição da rede,
para atender o veraneio e a data de maior movimento – o Ano-Novo.

O planejamento especial inclui a colocação de equipes de emergência e manutenção em
pontos estratégicos do Litoral para que o tempo de deslocamento seja reduzido. Haverá
técnicos de plantão nas agências de Arroio do Sal, Torres, Capão da Canoa, Tramandaí e
Pinhal, a partir das 20h do dia 31. E, para evitar demoras em função de congestionamentos da
noite de Ano-Novo, a concessionária manterá equipes posicionadas para o atendimento em
todos os balneários.

A CEEE contará também com reforços de retaguarda (como teleatendimento, supervisão e
operação), para registrar os chamados dos clientes. E reitera que a opção mais rápida e fácil
de contato com a Companhia é pelo torpedo, enviando, em caso de falta de luz, a palavra LUZ
e o número da Unidade Consumidora, que fica na parte superior direita da conta, numa
caixinha amarela, para o 27307. ...

Combate à sonegação supera R$ 10 bilhões nos últimos quatro anos


O combate à sonegação de impostos bateu recordes no Rio Grande do Sul ao longo dos
últimos quatro anos. No acumulado desde 2015, a constituição de créditos tributários pela
Receita Estadual atingiu um total de R$ 10,7 bilhões. O desempenho positivo na identificação
dos casos de sonegação repercutiu também em um total 1.105 representações encaminhadas
ao Ministério Público, com suspeitas de crimes fiscais envolvendo R$ 2,2 bilhões em ICMS que
não foi recolhido.

Alguns fatores são apontados pelo subsecretário das Receita Estadual, Mário Luis Wunderlich
dos Santos, como determinantes para este crescimento significativo neste período. Um deles
está ligado às nomeações por parte da Secretaria da Fazenda de auditores-fiscais e técnicos
tributários ocorridas em 2016. “Esses servidores somaram esforços às nossas equipes e já
estão amplamente capacitados para executar suas funções, em plena atividade”, afirma.

O uso de novas tecnologias também vem sendo intensificado, sobretudo devido ao
investimento na plataforma digital Big Data, adquirida no final de 2015 com recursos do Banco
Interamericano de Desenvolvimento (BID). O recurso permite cruzar dados das empresas em
busca de indícios de evasão fiscal e vem sendo aprimorado gradualmente, potencializando os
resultados das auditorias e o fechamento do cerco aos devedores.

Além disso, os programas de autorregularização para os contribuintes, as operações
ostensivas de fiscalização, as parcerias com outros órgãos públicos, a revisão dos processos de
trabalho e a facilitação do cumprimento das obrigações tributárias pelos contribuintes também
estão no rol das iniciativas de sucesso. ...

Fepam indica 13 pontos impróprios para banho no RS


Caiu para 13 o números de pontos impróprios para banho no terceiro relatório de qualidade
das águas no RS divulgado nesta sexta-feira (28) pela Fundação Estadual de Proteção
Ambiental (Fepam). Em Pelotas, dos oito pontos impróprios apontados na semana passada,
sete permanecem sem condições de banho na Praia do Laranjal. São eles: Balneário dos
Prazeres, Valverde - Pontal da Barra, Valverde - Trapiche, Valverde - Aki Pizza, Santo Antônio -
Restaurante, Santo Antônio - Rua Bagé e Santo Antônio - Avenida Rio Grande do Sul. A coleta
e monitoramento em Pelotas é de responsabilidade do Serviço Autônomo de Saneamento de
Pelotas (Sanep).

Com relação aos demais pontos indicados na última semana, somente permanece sem
condições de banho a Praia Nova - rio Jacuí, em Cachoeira do Sul. Os cinco novos pontos
impróprios para banho são: Praia Recanto das Mulatas - Lago Guaíba, em Barra do Ribeiro
(FOTO), Lagoa do Peixoto, em Osório, Balneário Passo do Verde - rio Vacacaí, em Santa Maria,
Balneário Fernando Schilling, rio Jaguari, em Jaguari, e Balneário Passo do Umbú - rio Ibicuí,
em São Vicente do Sul.

Neste ano, o projeto Balneabilidade ampliou para 44 o número de municípios monitorados,
com a inclusão dos balneários de Pelotas e Tavares. Ampliou também o número de pontos
monitorados para 94.

Nenhum dos pontos impróprios está localizado no Litoral.

Aplicativo informa condições de banho

Pelo segundo ano consecutivo a Fepam utiliza além do site balneabilidade, o aplicativo com
informações sobre a qualidade das águas em balneários gaúchos. Desenvolvido com o apoio
da Procergs e do Corpo de Bombeiros, o serviço também disponibiliza as condições de
segurança para banho e a previsão do tempo. O objetivo é modernizar e facilitar a
comunicação com os veranistas. Pelo site e pelo aplicativo, é possível visualizar se as águas
estão próprias ou impróprias para banho. Mesmo com a novidade, a Fepam optou por manter
as tradicionais placas informativas nos locais onde as águas estiverem sem condições de
banho.

O serviço pode ser acessado pelo computador ou no modo web app, não sendo necessário
fazer download em lojas de aplicativos. Os web apps têm a vantagem de serem mais leves,
não ocuparem a memória, consumirem menos internet e operarem normalmente mesmo em
lugares com pouco sinal. O serviço funciona nos sistemas Android e iOS. Para ter o aplicativo
no seu celular, basta acessar o site e criar o atalho.

O aplicativo também disponibiliza as condições de segurança para o banho de mar no Litoral
Norte e Sul, nos locais onde é realizado o monitoramento da qualidade da água. Divulgadas
pelos Bombeiros, as informações obedecem ao mesmo critério de cor das bandeiras utilizadas
nas guaritas dos guarda-vidas: verde para banho praticável, amarelo para banho com riscos
relativos e vermelho para banho desaconselhável. O serviço ainda oferecerá informações de
meteorologia, com a previsão do tempo, a temperatura e a velocidade do vento – nos pontos
onde é realizada a balneabilidade.

Relatórios

O Projeto Balneabilidade deste verão terá duração de 16 semanas. O monitoramento está
sendo realizado em 44 municípios do Litoral Norte, Médio e Sul, Lagoa dos Patos e das Regiões
Hidrográficas do Guaíba e do Uruguai. As coletas e análises são feitas pela Fepam, Corsan e
Sanep. Os resultados das análises da qualidade da água serão divulgados sempre às sextas-
feiras, até 1º de março de 2019.

Os boletins são elaborados com base nos resultados das informações obtidas em cinco coletas
realizadas nas semanas anteriores. Para analisar as condições bacteriológicas nas praias e
balneários, são utilizados os parâmetros coliformes termotolerantes e escherichia coli, que
indicam contaminação fecal, além da contagem de cianobactérias, organismos que podem
causar intoxicações.

Os critérios do projeto consideram duas categorias de balneabilidade para águas doces,
salobras e salinas: próprias ou impróprias para banho. São consideradas próprias quando os
resultados de quatro ou mais das últimas cinco amostras coletadas no mesmo local
constatarem quantidade de coliformes termotolerantes igual ou menor de mil ou quantidade
de escherichia coli menor ou igual de 800 por cem mililitros.

São impróprias quando os resultados de uma ou mais das últimas cinco de amostras coletadas
no mesmo local constatar mais de mil coliformes termotolerantes ou mais de 800 escherichia
coli por cem mililitros, ou ainda, quando o valor obtido na última amostra for superior a 2,5
mil coliformes termotolerantes ou 2 mil escherichia coli por cem mililitros. ...

PMs recebem instrução para atuar em Bases Móveis Comunitárias nas praias


A presença do motor home da Brigada Militar (BM) na beira-mar das principais praias do Rio
Grande do Sul com foco no policiamento comunitário já se tornou referência de proximidade e
atendimento aos cidadãos durante a Operação Golfinho. As Bases Móveis Comunitárias (BMCs)
retornam ao Litoral Norte e Sul, a partir deste sábado (29), no seu quinto ano de atuação.

Para atender às comunidades locais e aos veranistas, os policiais militares que vão trabalhar
nas BMCs recebem instrução durante esta sexta-feira (28), na sede do Comando Regional de
Polícia Ostensiva do Litoral (CRPO Litoral), em Osório. Eles revisam fundamentos e princípios
do policiamento comunitário para desempenho em BMCs e passam por treinamento de tiro.

Nas Bases Móveis Comunitárias, as pessoas podem registrar ocorrências, solicitar informações
e obter pulseiras de identificação para as crianças, possibilitando a localização dos pais caso
elas se percam. Os brigadianos das BMCs também fazem policiamento ostensivo e visitas ao
comércio e às residências no perímetro de três quilômetros do ponto fixo, buscando a
resolução de questões vinculadas à segurança pública.

Conforme o chefe da Adjuntoria de Polícia Comunitária do Estado-Maior da BM, major Luciano
da Cunha Veríssimo, com as visitas, é possível identificar problemas de falta de iluminação em
vias públicas, de sinalização e de locais de estacionamento, por exemplo. “A partir desse
levantamento, as BMCs fazem o encaminhamento da situação para os órgãos competentes”,
explicou o major Veríssimo.

Na Operação Golfinho 2017/2018 foram realizadas 2.748 visitas a residências, 1.887 em
pontos comerciais e 80 a instituições; foram distribuídas pouco mais de 6 mil pulseiras de
identificação e prestadas em torno de 7,5 mil orientações, além de outros serviços nas seis
BMCs no Litoral Norte e Sul.

Nesta temporada, serão sete Bases Móveis em Torres, Capão da Canoa, Xangri-Lá, Tramandaí,
Cidreira, Cassino e, pela primeira vez, em São Lourenço do Sul. Elas ficam instaladas na beira-
mar. ...

PRF prende homem com motocicleta utilizando placa adulterada em Butiá


A Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem que conduzia uma motocicleta com a placa
adulterada. Ela portava a placa de uma outra motocicleta.

Na tarde deste domingo (30), Policiais Rodoviários Federais que realizavam o policiamento na BR
290, em Butiá, abordaram uma motocicleta. Ao realizar a vistoria do veículo, perceberam,
através dos sinais identificadores, que a placa pertencia a uma outra motocicleta.

O condutor, de 18 anos, já com antecedentes pelo mesmo crime, foi preso por adulteração de
sinal identificador de veículo e conduzido para a área judiciária local. A motocicleta foi recolhida
para o depósito.

...

Nota de esclarecimento Dnit/RS


No dia 26/12 no RBS Notícias foi veiculada a matéria: Rotas do Rio Grande: veja como estão
as rodovias preferidas dos estrangeiros no verão - https://globoplay.globo.com/v/7259112/

Em relação à rota para o litoral catarinense pela BR-285, informamos que NÃO PROCEDE.

Na divisa entre RS e SC acontecem as obras de implantação e pavimentação da BR-
285/RS/SC e como medida de segurança e buscando dar celeridade à conclusão das obras, um
trecho de 13 quilômetros da Serra da Rocinha, em Timbé do Sul (SC), está interditado desde o
dia 15 de dezembro de 2016.

Ou seja, o motorista NÃO consegue trafegar pelo local.

Placas informando essas alterações foram instaladas em pontos estratégicos de acesso à
rodovia em Araranguá/SC, Timbé do Sul/SC, Vacaria/RS e São José dos Ausentes/RS, além de
colocação de cartazes em pontos de comércio nas rotas alternativas.

O trecho interditado integra o Lote 2 do empreendimento, o qual compreende 22 quilômetros
– entre o km 33,8 e o km 55,8. Já o Lote 1, em São José dos Ausentes, na Serra Gaúcha, está
paralisado o trecho de oito quilômetros.

Simultaneamente às obras, a Gestora Ambiental, contratada pelo DNIT por licitação, realiza
ações visando minimizar, prevenir ou compensar os impactos negativos e potencializar os
positivos. São executados 24 Programas Ambientais que incluem cuidados com a fauna, a
flora, o solo, os recursos hídricos, as populações lindeiras, entre outras iniciativas de
preservação ambiental.

Devido às festas de fim de ano, as obras de implantação e pavimentação no Lote 2 da BR-
285/RS/SC, em Timbé do Sul, estão reduzidas entre os dias 20 de dezembro de 2018 e 06 de
janeiro de 2019.

Em caso de dúvidas o órgão disponibiliza o telefone gratuito da ouvidoria: 0800 60 21 285.

Rotas alternativas durante a interdição:

Conforme o DNIT, algumas alternativas aos usuários da Serra da Rocinha são:

• RS-110, que liga os municípios gaúchos de Bom Jesus e Terra de Areia (na BR-101) pela
Rota do Sol;

• RS-020 em direção a Cambará do Sul, cujo acesso pela BR-285 fica a cerca de quatro
quilômetros da divisa entre RS e SC, devendo o motorista seguir pela Serra do Faxinal (RS-
427 e SC-290) até Praia Grande/SC;

• BR-116, de Vacaria/RS a Lages/SC, seguindo pela SC-114 e SC-390 até a BR-101 em
Içara/SC ou Sombrio/SC.

O DNIT informa que cabe aos usuários verificar as condições de tráfego destas rodovias.

Para mais informações segue site da BR-285 - http://br285rs-sc.com.br/

E as matérias que falam sobre a interdição:


http://br285rs-sc.com.br/ver-noticia.php?id=124 (Interdição total da Serra da Rocinha visa
maior segurança e agilidade das obras na BR-285/RS/SC)

http://br285rs-sc.com.br/ver-noticia.php?id=258 (BR-285/RS/SC terá obras reduzidas no
recesso de fim de ano)

Em anexo o cartaz da interdição e o detalhe do mapa das rotas alternativas.


Atenciosamente,


Equipe ASCOM/NCS/DNIT-RS
Núcleo de Comunicação Social ...

Motoristas de Eldorado do Sul foram os que mais aderiram à CNH Digital


O pequeno município de Eldorado do Sul destacou-se em um levantamento feito pelo
DetranRS sobre a adesão à CNH digital. O município da Região Metropolitana possui a maior
proporção de condutores utilizando o recurso, entre os 497 municípios do estado. Enquanto no
RS, o percentual é de 2,6% do total de condutores habilitados, Eldorado do Sul possui 4%.

Com apenas um ano de funcionamento, a CNH Digital fechou 2018 com 128.469 usuários no
estado. Em Eldorado do Sul, entre os 13.296 condutores habilitados 532 possuem o
documento no celular.

Nas posições seguintes, Porto Alegre aparece em segundo lugar, com 26.326 usuários num
universo de 698.842 condutores, o que representa 3,8%; Veranópolis e Novo Hamburgo
empatadas em terceiro, aquela com 485 dos 13.109 habilitados, representando 3,7%, e essa
com 4.453 dos 121.339, também 3,7%; Cachoeirinha em quarto, com 2.129 dos 58.988, que
equivale a 3,6%, e, em quinto lugar, Santa Cruz do Sul, com 2.338 dos 69.150 condutores,
equivalendo a 3,4%. Com relação ao resto do país, o Rio Grande do Sul ocupa a segunda
posição, perdendo apenas para São Paulo.

O documento eletrônico tem a mesma validade jurídica do papel e está disponível offline, ou
seja, sem necessidade de conexão wi-fi ou dados móveis habilitados. Mas é preciso estar
atento para a bateria e o correto funcionamento do aparelho. Para efeitos de fiscalização, se o
equipamento estiver descarregado ou não estiver funcionando, será considerado que o
condutor não está portando o documento.

Ele será autuado com base no artigo 232 (conduzir veículo sem os documentos de porte
obrigatório), uma infração leve que prevê multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção
do veículo até a apresentação do documento.

Sobre a CNH Digital

A CNH-e é uma versão eletrônica da carteira de motorista, podendo o condutor optar por
portar o documento impresso ou não. Para utilizar a CNH-e, o condutor deve ter um
documento no novo modelo, que contem o QR Code (código escaneável em aparelhos
eletrônicos) na parte interna. Todos que tiveram a CNH emitida após 2 de maio já têm esse
modelo. Se o condutor ainda possui o documento antigo, sem o QR Code, pode esperar a
próxima renovação ou pedir uma segunda via do documento em qualquer Centro de Formação
de Condutores.

Embora recente, o formato já conta com uma importante evolução. Se no início era preciso
dirigir-se a um Centro de Formação de Condutores (CFC) para completar seu cadastro, agora o
novo aplicativo se vale do reconhecimento facial para garantir a identidade do condutor que
está solicitando a CNH digital, comparando sua foto com imagens do banco de dados do
Denatran. O Carteira Digital de Trânsito está disponível gratuitamente no Google Play Store e
na App Store. ...

Coordenador de esportes entrega doação para Defesa Civil de São Jerônimo


Nesta segunda-feira (14), o coordenador de esportes Claiton Dornelles, entregou na Defesa Civil,
através da Leni Leal, juntamente com o gabinete da Primeira Dama Jéssica Serpa, a quantia de
25 fardos de leite, referente as inscrições das equipes participantes do Campeonato Praiano.

O coordenador ressaltou que ainda há pendente 3 equipes que entregarão essa semana os
fardos. Além dos alimentos não perecíveis que serão arrecadados durante a competição, onde
atletas punidos com cartões, devem entregar um quilo de alimento por cada advertência. A
intenção é conciliar a prática esportiva com ajuda ao próximo, pois toda arrecadação será
repassada a Defesa Civil, para ajudar nos mantimentos dos munícipes que necessitam desse
apoio. ...




Edição n° 187 - Janeiro de 2019

Selecionar Edição
  • Edição n° 195
  • Edição n° 194
  • Edição n° 193







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821