Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 15 de Dezembro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
26732144


Edicão n° 186 de Dezembro 2018


ARTIGO

Melhor matar a morte do que perder a vida


O assunto suicídio ainda é um tabu, embora tema de série na internet. E está cada vez mais
preocupante, em especial entre jovens. Segundo o Mapa da Violência (Sistema de Informação
de Mortalidade do Ministério da Saúde), em dados de 2017, a taxa de suicídios na população
de 15 a 29 anos no Brasil subiu de 5,1 por 100 mil habitantes em 2002 para 5,6 em 2014,
alcançando quase 10% de aumento em 12 anos.

A vida só perde o sentido quando acaba a esperança.

E o que é a esperança? Não é apenas um sentimento, mas, acima de tudo, uma convicção
pessoal, uma certeza de que a vida vale a pena.

Não há esperança sem sonhos, projetos, desejos — motivos para existir.

Viver vale a pena porque você não é dono da vida; porque não foi você que se inventou, criou
e integrou ao planeta. Você não pertence apenas a si mesmo, é também de outras pessoas, do
mundo. Você não sabe o que vai acontecer no futuro; você pode arquitetar o amanhã ao seu
jeito.

Cada pessoa é única. Portanto, valiosa como os diamantes e eterna como eles, porque,
mesmo depois de sua morte, será lembrada pelo que fez e representou. Enfim, porque viveu.
Não porque morreu.

O suicida não é um covarde; é um corajoso desesperançado.

O escritor francês Albert Camus disse que a única questão verdadeiramente séria da filosofia é
o suicídio. A rigor, acho que esse é o mais complexo aspecto do mistério de existir. Morrer por
suicídio é uma escolha, uma questão íntima. Uma atitude diante do sofrimento. Uma opção
definitiva que se contrapõe aos muitos que morrem sem querer, lutando para continuar
vivendo.

Há saída para o suicídio?

Sim, há. E só depende de um olhar duplo e, aparentemente, antagônico. Um olhar fechado no
ponto mais profundo do seu ser e aberto para todos os pontos do universo. Vontade de criar
uma ponte segura entre você e as infinitas possibilidades da vida. Para descobrir sua conexão
com alguma delas. E existem.

Se você acha que não serve para viver, tenha certeza de você é importante para a vida de
alguém ou, até mesmo, de muitas pessoas.

Há crianças que foram muito desejadas por seus pais e que, em razão do destino, nasceram
com sérios problemas físicos e mentais. São seres aparentemente inúteis para a vida, mas,
por outro lado, a razão de ser da existência dos que lhes cuidam com amor e carinho. Há
pessoas que tentaram o suicídio, não morreram e se tornaram brilhantes personalidades,
descobriram curas para doenças, criaram meios para melhorar a vida de todos. Qualquer ser
humano pode ser útil, a si mesmo e ao próximo.

"Viver é perigoso", disse o romancista brasileiro Guimarães Rosa. Por isso mesmo, também é
fascinante, mágico, desafiador. Morrer não oferece oportunidade; viver permite chances de
mudar qualquer cenário.

Experimentamos tempos difíceis. Cada um tem suas dores. Entretanto, devemos ponderar que
é melhor matar a morte do que perder a vida.



*Ricardo Viveiros, 68, é jornalista e escritor. Autor, dentre outros livros, de "A vila que
descobriu o Brasil" (Geração Editorial) e "Justiça seja feita" (Sesi-SP Editora). ...

Plano Nacional Diabólico


Pois, o Plano Nacional de Direitos Humanos -PT, com seis eixos orientadores e 521 propostas a
serem implementadas para todos os brasileiros, engendrado pelo Centro de Estudos e
Pesquisas Sociais da Espanha, pronto para ser aplicado através do Decreto nº 7.037 – de 21
de dezembro de 2009 que iria dar poderes quase absolutos para o Presidente da República,
poderes extraordinários para o “povo organizado” ( objetivamente MST, ONGS, conselhos
populares...) e os Poderes Legislativos e a Justiça, simplesmente passariam a um segundo
plano, tendo em vista que a estrutura dos Poderes passariam a ser como os da Venezuela,
Cuba, Bolívia ….este é o Plano Diabólico do PT que estava em andamento em nosso país
através de Lula, Dilma, Haddad e pelo PT, infiltrado em todas as áreas do Brasil,
principalmente na área da educação.

A base desta ação maléfica são as orientações de Antônio Gramsci, comunista italiano,
que afirmava que “os comunistas deveriam se apresentar como democratas, ganhar o poder
através das eleições, assumir o poder e destruir o poder por dentro, mudando as leis...” É por
acaso que o nosso Brasil está de cabeça-para-baixo, o desemprego assolando as famílias, a
economia brasileira aos frangalhos, os safados rindo à toa …. e o PT afirmando que quer o
“povo feliz de novo”???!!

Esta ação subretícia de transformar o Brasil num país socialista totalitário veio sendo
trabalhada a mais de trinta anos, já na LDB de 1980 introduziram o chamado “construtivismo”
através dos PCNs, portanto, ideologia através da alfabetização / Paulo Freire e sua “teoria da
libertação”. Tudo vinha sendo planejado e posto em prática para que o Brasil fosse um país
comunista. A cabeça da maioria dos que dirigem a educação hoje está “feita” e para mudar
esta realidade será muito complicado, mas precisa mudar, pois transformaram o Brasil num
pais de ignorantes, fáceis de “manobrar”, principalmente os estudantes nas escolas,faculdades
….

O Decreto acima era um dos últimos passos para estrangular a mídia, colocar nas mãos
de “minorias organizadas” decisões para todos, desestruturar o Poder Legislativo e Judiciário,
as elites petistas/comunistas usufruirem do poder e do dinheiro e o Brasil sob uma ditadura de
fato, com a maioria da população indefinidamente subjugada aos caprichos de ditos
“democratas” totalitários petistas/comunistas.

Sim, os brasileiros “acordaram” e, felizmente, através do voto livre, apoiaram os
candidatos que falaram a verdade/esperança e deram um “chega-para-lá” aos mentirosos
contumases, saqueadores do país, que nos legaram o desemprego, a desgraça na educação,
as lágrimas de dor na saúde e a estagnação econômica.

Contribuamos com o que nos for possível para que o Plano Nacional de Direitos Humanos
– diabólico – do PT seja enterrado para sempre para que os brasileiros possam ter dias
melhores com liberdade, mais fraternidade e mais humanidade.

Agenor Basso
cidadão que acompanhou o nascimento, as lambanças petistas,
que escreveu, que alertou, que foi contestado ...mas nada melhor do
que o tempo, “que é o senhor da razão”, para a verdade aparecer, ...
“o diabo faz a panela, mas não sabe fazer a tampa...!!!”

...

Coluna da OAB/RS


Lamachia recebe Sérgio Moro

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, recebeu o futuro ministro da Justiça, Sérgio
Moro. Segundo Lamachia, na visita de cortesia, foram abordados diversos temas.
“Conversamos muito sobre pontos que preocupam todos nós no Brasil. Especialmente as
questões do crime organizado, da corrupção e das garantias constitucionais. Precisamos
efetivamente ampliar o combate ao crime, mas sempre com a visão de que a Constituição tem
de ser o Norte. Também conversei com ele sobre algo que tem preocupado muito a OAB, que
é a questão carcerária.”, disse o presidente da OAB. “Falamos também sobre defesa de
prerrogativas da advocacia e a importância do Exame de Ordem. Enfim, foi uma conversa
bastante extensa”, acrescentou Lamachia.

Palestra “Ser Mais no Direito” falará sobre o futuro do (a) advogado (a)

“Ser Mais no Direito - Convite para falarmos do futuro que mais importa: o seu” é o tema da
palestra que será ministrada no dia 03/12, no Auditório do OAB/RS Cubo, às 19h. O evento
também estará disponível em formato EaD. As inscrições devem ser realizadas pelo
http://portaldoaluno.oabrs.org.br.

Gratuito: Responsabilidade Civil à Luz da Lei Geral de Proteção de Dados

A Escola Superior de Advocacia da OAB/RS (ESA/RS) realizará, no dia 04 de dezembro, o
Colóquio - Responsabilidade Civil à Luz da Lei Geral de Proteção de Dados. O evento ocorrerá
no Auditório do OAB/RS Cubo, às 19h. O evento é presencial, o investimento é de 1kg de
alimento não perecível, e é necessário fazer a inscrição pelo Portal do Aluno da ESA/RS:
http://portaldoaluno.oabrs.org.br

I Simpósio Direito Processual Civil na Perspectiva dos Direitos Fundamentais

A Escola Superior de Advocacia da OAB/RS (ESA/RS) juntamente com a Escola de Direito da
PUCRS promoverão, nos dias 03 e 04 de dezembro, o I Simpósio Direito Processual Civil na
Perspectiva dos Direitos Fundamentais. O evento ocorrerá no Auditório da OAB/RS, das 09 às
17h. Ele vai reunir especialistas da área do Direito Processual Civil para discutirem os
“Desafios Contemporâneos do Sistema Recursal”. As inscrições são gratuitas e devem ser
realizadas no http://portaldoaluno.oabrs.org.br

Campanha de coleta de resíduos eletrônicos

A OAB/RS, por meio da Comissão de Direito Ambiental e do Departamento de Meio Ambiente,
que é integrante do Grupo Interinstitucional de Gestão Socioambiental (GISA), realizará uma
campanha de coleta de resíduos eletrônicos mais uma vez. A 9ª edição da Campanha de
Coleta de Resíduos Eletrônicos acontecerá entre os dias 03 de dezembro a 6 do mesmo mês.
O local para o descarte está localizado no 12º andar da OAB/RS (Rua Washington Luiz, 1110 –
Porto Alegre). A campanha estará recolhendo e promovendo o descarte de: computadores,
notebooks, HDs, estabilizadores, fax, impressoras, scanners, monitores, periféricos, cabos,
teclados, tablets, smartphones, celulares, MP3 players, entre outros eletrônicos. Os materiais
serão entregues, no dia 7 de dezembro, à Trade Recycle, empresa conveniada com o DMLU, a
qual realizará a reciclagem dos resíduos de forma ambientalmente adequada.

Comunicação Social da OAB/RS ...




Edição n° 186 - Dezembro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 186
  • Edição n° 185
  • Edição n° 184







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821