Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 17 de Novembro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
26331433


Edicão n° 183 de Setembro 2018


ARTIGO

Estamos preparados para a transformação digital?


Vivemos um período de constantes transformações, e a entrada de novos disruptores digitais
tem causado impactos de grande relevância – não somente no mercado de trabalho, mas no
cotidiano de qualquer pessoa. Avanços tecnológicos estão criando melhores modelos de
negócios, mas será que nós, seres humanos, entendemos o nosso papel nisso tudo? A meu
ver, ainda não.

A tecnologia mudou a nossa forma de consumir conteúdos, serviços, produtos e tudo isso tem
acontecido, de forma irreversível, como um fenômeno global e geracional. Porém, grande
parte da população ainda encara o tema com uma abordagem negativa, pessimista, tendo
como principal motivo a preocupação com o mercado de trabalho e fim de empregos.

De fato, muitas vagas e segmentos serão quase totalmente extintos. Mas, devemos lembrar
que a primeira Revolução Industrial permitiu que as pessoas evoluíssem para outros campos,
afinal, para operar máquinas também era preciso mão de obra. O surgimento da mecanização
naquela época resultou em significativas transformações em quase todos os setores da vida
humana.

Profissões que exigem baixa capacidade intelectual e muita repetição de tarefas serão as mais
afetadas. Contudo, acredito que, o momento que vivemos trará, igualmente, ainda mais
oportunidades. A tecnologia oferecerá experiências incríveis não apenas na venda de
produtos, mas, principalmente, na melhoria de nossas vidas. Teremos uma série de inovações
nos campos da ciência, medicina, educação, entre muitos outros que contribuirão para
aumento de longevidade, ganho de tempo e eficiência, resultando em mais tempo livre, cura
de doenças que hoje são irreversíveis, melhora da aprendizagem e por aí adiante.

Ao invés enxergarmos o que a transformação digital pode destruir, devemos tentar
compreender o que ela vai construir. Acredito que, em apenas algumas décadas, programar
sistemas será uma das primeiras coisas que uma criança aprenderá. Novas oportunidades
para programadores e desenvolvedores surgirão em grande escala. Para isso, devemos mudar
nossa interpretação e encarar que o uso da tecnologia aumentará nos próximos anos. Não
podemos ficar omissos e reativos sob pena de uma profecia autorrealizável à tecnologia
destruidora.

É necessário e mandatório interagir de forma saudável, mesmo que o ser humano seja reativo
e tenha medo de mudanças. Um estudo recente da Wunderman, em parceria com a Penn
Schoen Berland, descobriu que apenas 42% das pessoas dentro das organizações se veem
como transformadoras, o que, em outras palavras, significa que apenas uma parcela menor
se sente à vontade para experimentar coisas novas e assumir riscos. Isso faz com que
desconheçam o que realmente a tecnologia é capaz de fazer, resultado de um aspecto cultural
inerente do ser humano.

A pesquisa revela também que 65% das empresas não são capazes de atender às crescentes
necessidades tecnológicas dos clientes. E mesmo grandes nomes como Google, Adobe,
Microsoft e Salesforce, ainda lutam para unir dados, criatividade e tecnologia.

A transformação digital é muito mais abrangente que o celular e Internet das Coisas. É a
melhoria na qualidade de vida do ser humano, mesmo que haja algumas inevitáveis perdas. É
um desafio e ninguém falou que seria fácil.

*Carlos Eduardo Sedeh é CEO da Megatelecom, empresa que oferece serviços personalizados
na área de telecomunicações. ...

Chegou a hora de eleger!


Sim, chegou a hora de se decidir e não é nada fácil tomar esta decisão, precisa ter
consciência e habilidade suficiente para fazer isso com coerência. Ao iniciar um novo negócio,
uma das etapas mais importantes é eleger o time que irá te acompanhar nessa jornada. É
fundamental um alto padrão de exigência nesse processo, pois certamente é um dos
principais elementos para o sucesso.

O primeiro e importante ponto é avaliar se o potencial integrante para seu time, a ser
contratado, possui características que você acredita e admira. Nessa etapa você precisará
verificar além dos pré-requisitos técnicos, se o potencial futuro integrante de seu time possui
um perfil pessoal e profissional, devidamente alinhado com o seu, e também com a missão e
visão do seu negócio, certificando se o candidato tem condições de atender às suas
expectativas.

O segundo ponto, você deve avaliar se a experiência e capacidade técnica do candidato
efetivamente contribuirão na execução do planejamento do seu negócio, entenda em quais
etapas e atividades serão desenvolvidas pelo mesmo com a eficiência necessária e esperada.
Entenda também que existe um futuro para sua empresa e para seu time e por este motivo
reter talentos é um dos principais desafios que as empresas enfrentam. Com base nisso, a
dica é sempre tentar enxergar o futuro, e assim buscar prever se este candidato no futuro
estará crescendo e contribuindo dentro daquilo que planeja para seu projeto.

Busque pessoas disponíveis, que não se limitam a determinadas atribuições e horários,
busque integrantes para o seu time que tenham foco no projeto, que verdadeiramente se
dediquem a cada objetivo que junto a eles compartilhar. Quando uma empresa tem um time
que foca verdadeiramente nos projetos, os resultados têm tudo para a serem concretizados
de forma estável, seja a curto, médio e longo prazo.

Finalmente, nunca coloque alguém em seu time com atribuições que numa eventual ausência
dessa tal pessoa, seu projeto pare, busque delegar e confiar em toda sua equipe, mas evite
se tornar refém de qualquer indivíduo. Estimule um ciclo de atribuições compartilhadas entre
o máximo de integrantes possível, desta forma o projeto será concluído conforme planejado,
ainda que um componente ou outro precise se ausentar de forma temporária ou mesmo
definitiva.

Em resumo, escolha um profissional com as características que deseja e a competência que
precise, que se dedique ao projeto e que você consiga enxergá-lo a longo prazo em sua
empresa, que a contribuição dada por tal profissional em seu negócio vá além da mera
execução, mas inclua também uma boa dose de aprimoramento daquilo que tiver sido
inicialmente previsto. Sobretudo, dispondo de aptidão para ir além do proposto e que se
permita a compartilhar experiências, habilidades e atribuições para que o projeto seja
executado, quer o mesmo esteja ou não presente.

Dante Farias *

* Administrador de empresas, consultor e conselheiro empresarial, tendo atuado fortemente
por mais de quinze anos no segmento industrial Brasileiro e também nas áreas de consultoria
no Brasil e alguns países da América do sul. Possui também pós-graduação em auditoria e
controle gerencial pela Universidade Federal de Goiás, além de diversos cursos pelas mais
renomadas instituições do mundo com foco em auditoria interna operacional e gerenciamento
de riscos empresariais. Atualmente encontra-se mergulhado na cultura dos Estados Unidos,
estudando o mercado e compreendendo aspectos daquele país que dita regras e apresenta as
tendências no mundo dos negócios. Para mais informaçoes, acesse - bp-
businessprojects@outlook.com ...

Observe suas palavras


Sabemos que as redes sociais, aplicativos de comunicação e a própria internet em geral
trouxeram uma tremenda evolução e transformação em nossas conexões e principalmente na
forma de vermos o mundo. Isso é inegável. Porém, também não podemos negar que essas
tecnologias deram voz à milhões de estúpidos e imbecis, que antes só afetavam os que
estavam ao seu redor e, hoje em dia, conseguem espalhar mentiras, tolices e pessimismo à
milhares de pessoas, principalmente porque quem se identifica, curte e compartilha,
potencializando ainda mais essa corrente do mal.

Somando-se a isso tudo temos aqueles que nos bombardeiam, diariamente, com notícias
negativas. Sem contar nos tagarelas falando o tempo inteiro ao nosso redor palavras de
privação, reclamações, historinhas para justificar seus fracassos e muitas vezes estas pessoas
nem se tocam que são viciadas em focar sempre o lado negativo de tudo.

Na Bíblia encontramos "A palavra proferida a seu tempo é como maçãs de ouro em cestos de
prata" (Provérbios 25:11) "Palavras agradáveis são como favos de mel; doces para alma e
saúde para os ossos" (Provérbios 16:24)

Não percebemos e acabamos contagiados com isso tudo e ficando igual, reclamando,
lamentando e focando o lado ruim das circunstâncias de nossa vida.

Te pergunto: observas o que vem falando? São palavras agradáveis de ouvir? As pessoas que
te escutam ficam felizes ao te escutar? Tens mais elogiado ou criticado? Falas e pensamentos
como: “eu não consigo”, “minhas contas estão atrasadas”, “ninguém gosta de mim”, “não
tenho dinheiro”, “está tudo difícil” e “hoje meu dia foi ruim” só prejudicam aos que estão do
seu lado e a você mesmo.

Então monitore o que você diz e pensa e sempre que tentado a proferir palavras negativas
morda a língua e repita para você mesmo em silêncio: a partir deste momento tudo que eu
falar será sempre para estimular, inspirar, agradecer e fortalecer a todos que estão a minha
volta e sobretudo a mim mesmo.

Eduardo Volpato Coach ... ...




Edição n° 183 - Setembro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 185
  • Edição n° 184
  • Edição n° 183







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821