Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 26 de Fevereiro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30995381


Edicão n° 200 de Fevereiro 2020


Queimaduras por águas-vivas assustam veranistas nos primeiros dias de praia do verão
01/01/2020

O verão recém começou e as queimaduras com águas-vivas no litoral encheram os
veranistas de preocupação. De sábado até ontem, 1.401 pessoas sofreram queimaduras
por contato com os animais marinhos no Litoral gaúcho, segundo o Corpo de Bombeiros
Militar do RS (CBMRS).

O alerta da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção Rio Grande do Sul (SBD-RS),
é para que sejam observados cuidados após queimadura por água viva ou mãe d’água.
O contato dos tentáculos das águas-vivas com a pele causa dor e ardência na região
atingida, sendo mais intenso e duradouro conforme a quantidade de tentáculos
envolvidos e a espécie do animal. As águas-vivas que causam sintomas maiores, como
circulatórios e neurológicos, não existem no Brasil.

- Uma recente revisão da literatura médica sobre o assunto mostra que a primeira
medida a ser tomada é a limpeza da região atingida com água do mar, pois a água doce
pode agravar a lesão. A água do mar, quando aplicada sem fricção sobre a pele, ajuda a
não aumentar o dano causado pelo veneno e ainda remove os resíduos dos tentáculos –
explica a presidente da SBD-RS, Taciana Dal'Forno Dini.

Outras medidas a serem tomadas logo após a queimadura objetivam a diminuição dos
sintomas. Várias substâncias já foram estudadas, porém as com maior evidência
científica são a aplicação local de vinagre ou bicarbonato de sódio, que pode ser diluído
em água do mar, e/ou imersão da região corporal afetada em água morna.

Após o alívio dos primeiros sintomas da queimadura, a pessoa atingida pode continuar
apresentando dor, ardência ou coceira leves a moderadas do local. Estes sintomas
podem ser aliviados com o uso oral de analgésicos. Geralmente a pele queimada
permanece vermelha ou rosada por alguns dias, sendo importante a proteção solar
adequada, para não ocorrerem manchas residuais.

Um dermatologista deve ser consultado para esclarecimento e prescrição de terapia
adequada para alívio de sintomas mais intensos ou no caso de complicações.

Fonte: PlayPress






Edicão n° 200 de Fevereiro 2020
14/02/2020 - Galeria da Penitenciária de Arroio dos Ratos passa por operação de revista
14/02/2020 - Operação afasta prefeito, secretários e vereador por suspeita de crimes licitatórios
14/02/2020 - Ex-presidente de Câmara de Vereadores é condenados a 04 anos de reclusão por fraude em concurso público
14/02/2020 - Acidente com morte na BR 290 próximo ao Posto do Roque
13/02/2020 - Para curtir a praia com as crianças em segurança
13/02/2020 - Saiba o que é preciso observar nas pintas da pele
13/02/2020 - Parque Itapuã inicia última fase do projeto-piloto de reabertura das praias
13/02/2020 - Ações educativas e fiscalização marcam atuação da Balada Segura no Litoral
13/02/2020 - Universidade Estadual recebe inscrições para cursos de especialização
13/02/2020 - Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo já pode ser impresso em casa
13/02/2020 - Calendário Esportivo 2020 é divulgado pela Prefeitura de Butiá
13/02/2020 - Transporte Escolar Consciente. Seminário pioneiro da Prefeitura de Guaíba sobre a segurança das crianças.
13/02/2020 - Nova etapa de vacinação contra o Sarampo
13/02/2020 - Circuito Verão Sesc terá Futevôlei em Guaíba
13/02/2020 - Passe Livre Estudantil
05/02/2020 - Delações Premiadas e prisões preventivas
05/02/2020 - Como diferenciar doenças respiratórias comuns de um eventual caso de gravidade do coronavírus
05/02/2020 - Qualificação com solidariedade em Sapiranga
05/02/2020 - Ajorsul apoia campanha de conscientização contra óculos falsificados
05/02/2020 - Iniciam as obras da Havan em Guaíba
05/02/2020 - Encontro com os coordenadores regionais organiza início do ano letivo de 2020
05/02/2020 - Plano de monitoramento do coronavírus é apresentado aos coordenadores regionais da Saúde
05/02/2020 - Rodeio de Charqueadas está próximo
05/02/2020 - Prefeitura de Charqueadas abre Processo Seletivo Simplificado de Estagiários para Monitoria Educacional e Digital
04/02/2020 - Comprovação do direito da Aposentadoria Especial
04/02/2020 - O que fazer quando acontecem os pequenos ferimentos em crianças
03/02/2020 - Música auxilia no tratamento de pacientes com câncer
03/02/2020 - Dia 5 de maio é último prazo para o recadastramento biométrico para os eleitores de Eldorado do Sul
02/02/2020 - Agentes Comunitários realizam atualização de cadastros
01/02/2020 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/02/2020 - Farmácia do Noel
01/02/2020 - Serviço de Contabilidade
01/02/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
01/02/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos



Edição n° 200 - Fevereiro 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 200
  • Edição n° 199
  • Edição n° 198







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821