Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Fevereiro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30982724


Edicão n° 200 de Fevereiro 2020


Especialistas alertam para importância do tratamento bucal no combate à sífilis
28/10/2019

Considerada uma epidemia no Brasil, a sífilis é uma das infecções sexualmente
transmissíveis (IST) mais comuns. O Rio Grande do Sul está em segundo lugar no
ranking nacional e a tendência é de crescimento. Em 2017, a taxa no Estado era de
113,8 por 100 mil habitantes, muito acima da nacional, que está em 58 por 100 mil
habitantes.

A situação é tão preocupante que virou tema central da 18ª Semana Estadual de Saúde
Bucal e foi debatida no Seminário Manifestações bucais das infecções sexualmente
transmissíveis – sífilis e Aids, que ocorreu nesta quinta-feira (24/10), no Centro
Administrativo Fernando Ferrari (Caff), em Porto Alegre.

Conforme Fernanda Carvalho, da Coordenação Estadual de IST/Aids da Secretaria da
Saúde (SES), trata-se de uma doença negligenciada e o “esquecimento” em torno da
prevenção e tratamento “está cobrando seu preço em termos de estratégia de saúde
pública”.

No Rio Grande do Sul, os problemas estão mais concentrados nas regiões Metropolitana,
Missioneira, Norte, Sul e Serra, nesta ordem. Os casos de sífilis congênita (transmitida
ao feto pela placenta) também são considerados altos no Estado, que já é o terceiro no
ranking nacional, com quase dois mil casos este ano.

“Sífilis é uma doença antiga e estigmatizada. A sociedade não quer falar sobre isto, mas
é preciso”, observa Fernanda, acrescentando que há cura com tratamento, que é barato.
O cirurgião dentista e especialista em estomatologia, Matheus Claudy, concorda que é
preciso romper com a cultura de não falar sobre a questão. “Podemos fazer o teste
rapidamente em uma UBS (Unidade Básica de Saúde), mas os pacientes relutam e é
preciso mudar isto”. Segundo ele, o diagnóstico precoce resulta em tratamento mais
rápido e eficaz. “É uma doença fácil de tratar, por isto temos de acabar com o estigma”.

À plateia, formada por cirurgiões-dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal de
municípios gaúchos, ele fez um apelo: “Nós, que atendemos na rede pública, peçamos o
teste, é mais fácil começar por aí”. Fernanda Carvalho apoiou a manifestação e disse
muitos profissionais investigam lesões, mas não costumam pedir testes de sífilis e HIV.

Além deste seminário, promovido pela Coordenação Estadual de Saúde Bucal da SES, a
18ª Semana Estadual de Saúde Bucal é marcada também por um Encontro Regional de
Saúde Bucal, que ocorre nesta sexta-feira (25/10), na Universidade de Santa Cruz do
Sul (Unisc), voltado para cirurgiões- dentistas da rede pública e acadêmicos da
Faculdade de Odontologia.






Edicão n° 200 de Fevereiro 2020
14/02/2020 - Galeria da Penitenciária de Arroio dos Ratos passa por operação de revista
14/02/2020 - Operação afasta prefeito, secretários e vereador por suspeita de crimes licitatórios
14/02/2020 - Ex-presidente de Câmara de Vereadores é condenados a 04 anos de reclusão por fraude em concurso público
14/02/2020 - Acidente com morte na BR 290 próximo ao Posto do Roque
13/02/2020 - Para curtir a praia com as crianças em segurança
13/02/2020 - Saiba o que é preciso observar nas pintas da pele
13/02/2020 - Parque Itapuã inicia última fase do projeto-piloto de reabertura das praias
13/02/2020 - Ações educativas e fiscalização marcam atuação da Balada Segura no Litoral
13/02/2020 - Universidade Estadual recebe inscrições para cursos de especialização
13/02/2020 - Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo já pode ser impresso em casa
13/02/2020 - Calendário Esportivo 2020 é divulgado pela Prefeitura de Butiá
13/02/2020 - Transporte Escolar Consciente. Seminário pioneiro da Prefeitura de Guaíba sobre a segurança das crianças.
13/02/2020 - Nova etapa de vacinação contra o Sarampo
13/02/2020 - Circuito Verão Sesc terá Futevôlei em Guaíba
13/02/2020 - Passe Livre Estudantil
05/02/2020 - Delações Premiadas e prisões preventivas
05/02/2020 - Como diferenciar doenças respiratórias comuns de um eventual caso de gravidade do coronavírus
05/02/2020 - Qualificação com solidariedade em Sapiranga
05/02/2020 - Ajorsul apoia campanha de conscientização contra óculos falsificados
05/02/2020 - Iniciam as obras da Havan em Guaíba
05/02/2020 - Encontro com os coordenadores regionais organiza início do ano letivo de 2020
05/02/2020 - Plano de monitoramento do coronavírus é apresentado aos coordenadores regionais da Saúde
05/02/2020 - Rodeio de Charqueadas está próximo
05/02/2020 - Prefeitura de Charqueadas abre Processo Seletivo Simplificado de Estagiários para Monitoria Educacional e Digital
04/02/2020 - Comprovação do direito da Aposentadoria Especial
04/02/2020 - O que fazer quando acontecem os pequenos ferimentos em crianças
03/02/2020 - Música auxilia no tratamento de pacientes com câncer
03/02/2020 - Dia 5 de maio é último prazo para o recadastramento biométrico para os eleitores de Eldorado do Sul
02/02/2020 - Agentes Comunitários realizam atualização de cadastros
01/02/2020 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/02/2020 - Farmácia do Noel
01/02/2020 - Serviço de Contabilidade
01/02/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
01/02/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos



Edição n° 200 - Fevereiro 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 200
  • Edição n° 199
  • Edição n° 198







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821