Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Fevereiro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30982718


Edicão n° 200 de Fevereiro 2020


Estudantes de Guaíba são selecionados para as Paralimpíadas Escolares
25/10/2019

Ele, que é goleiro do time regular de futsal, defende as duas traves com a sua cadeira de
rodas e foi semifinalista nos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (Jergs). Como se não fosse
suficiente, ainda carrega no peito duas medalhas de ouro conquistadas nas modalidades de
arremesso de peso e atletismo adaptados. Ela, que começou a praticar esporte recentemente,
é tida como uma promessa no basquete.

Os estudantes Thalles Ryan Vieira, 16 anos, do Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim,
e Amanda Pereira, 15 anos, da Escola Estadual Augusto Meyer, foram selecionados para o
time gaúcho de basquete das Paralimpíadas Escolares, evento mundial para crianças e jovens
com deficiência em idade escolar que ocorre entre 18 e 23 de novembro em São Paulo.

O professor de Educação Física de Thalles, Murilo Jardim, explica que o jovem chegou
timidamente na equipe e hoje é um dos goleiros menos vazados do Jergs.

“Quando começamos a colocá-lo nos jogos, os adversários ficavam surpresos, sem saber o
que fazer. Como ele é muito habilidoso e usa muito bem os espaços para fechar o ângulo do
atacante, cada defesa é uma explosão de emoção na torcida. O ginásio vem abaixo com a
gritaria”, conta.

O educador reflete sobre a importância do processo de inclusão do aluno por meio do esporte.
“Nós, professores, geralmente temos uma visão errônea deste trabalho. Incluir não é fazer
com que as coisas girem em torno do estudante, muito menos colocar este jovem com
deficiência em atividades afastadas do grupo. Esta integração só irá ocorrer de forma correta
se ele for visto como mais um. É isso que vai fazer a diferença”, afirma.

Com todo este sucesso, Thalles já faz planos para o futuro:

“Sempre tive o sonho de participar de algo que envolvesse o esporte. Não importa a
modalidade. Estou muito feliz com o meu desempenho no futsal e com a minha convocação
para o time de basquete das Paralimpíadas. Acredito que seja uma excelente oportunidade
para me tornar um para-atleta no futuro”, comemora.

A coordenadora da 12ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Vera Almeida, destaca o
desempenho dos atletas. “Estamos muito orgulhosos deles. A história de vida e superação é
um exemplo para todos. Não há satisfação maior para um professor do que ver seus
estudantes atingindo seus objetivos. É gratificante”, diz.

A assessora do Jergs da 12ª CRE, Marga Fagundes Cardoso, explica que os alunos foram
selecionados para as Paralimpíadas pelo seu potencial a partir da indicação das escolas. “Eles
são muito talentosos e dedicados. Tem tudo para se tornarem atletas qualificados. No caso do
Thalles, por exemplo, já havia uma experiência adquirida em várias modalidades no Jergs”,
conta.

A nova promessa do esporte de Guaíba

Amanda Pereira é a nova promessa do esporte da região de Guaíba. Ela usa muletas, pois não
tem uma das pernas. Incentivada pela família e pelos professores, pratica exercícios desde
criança e é apaixonada por futsal, basquete e ginástica.

A jovem, que foi selecionada para representar o Rio Grande do Sul nas Paralimpíadas
Escolares, se adaptou ao basquete sobre rodas para aprimorar suas habilidades.
Extremamente ágil com a bola, a menina dá um show de talento com a sua técnica apurada.

“No início eu tive muito medo de me machucar ou ferir os outros. Com o tempo, fui ganhando
confiança. Meu professor me disse que se eu quisesse eu podia e não tinha o que me parasse.
Isso foi fundamental para o meu desenvolvimento pessoal e como atleta”, diz.

Amanda festeja a oportunidade de representar o Rio Grande do Sul nas Paralimpíadas: “Estou
muito feliz e grata por esta chance. Agradeço muito a minha mãe e aos meus professores por
terem acreditado em mim e terem dado todo o suporte para que este momento acontecesse”.

Basquete sobre rodas

Praticado inicialmente por ex-soldados norte-americanos feridos na 2ª Guerra Mundial, o
basquete em cadeira de rodas fez parte de todas as edições dos Jogos Paraolímpicos. As
mulheres passaram a disputar a modalidade em 1968, nos Jogos de Tel Aviv.

No Brasil, o basquete em cadeira de rodas também tem forte presença na história do
movimento paraolímpico, sendo a primeira modalidade praticada aqui, a partir de 1958,
introduzida por Sérgio Del Grande e Robson Sampaio.

As cadeiras de rodas utilizadas por homens e mulheres são adaptadas e padronizadas pelas
regras da Federação Internacional de Basquete em Cadeira de Rodas (IWBF).

O jogador deve quicar, arremessar ou passar a bola a cada dois toques dados na cadeira. As
dimensões da quadra e a altura da cesta seguem o padrão do basquete olímpico.






Edicão n° 200 de Fevereiro 2020
14/02/2020 - Galeria da Penitenciária de Arroio dos Ratos passa por operação de revista
14/02/2020 - Operação afasta prefeito, secretários e vereador por suspeita de crimes licitatórios
14/02/2020 - Ex-presidente de Câmara de Vereadores é condenados a 04 anos de reclusão por fraude em concurso público
14/02/2020 - Acidente com morte na BR 290 próximo ao Posto do Roque
13/02/2020 - Para curtir a praia com as crianças em segurança
13/02/2020 - Saiba o que é preciso observar nas pintas da pele
13/02/2020 - Parque Itapuã inicia última fase do projeto-piloto de reabertura das praias
13/02/2020 - Ações educativas e fiscalização marcam atuação da Balada Segura no Litoral
13/02/2020 - Universidade Estadual recebe inscrições para cursos de especialização
13/02/2020 - Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo já pode ser impresso em casa
13/02/2020 - Calendário Esportivo 2020 é divulgado pela Prefeitura de Butiá
13/02/2020 - Transporte Escolar Consciente. Seminário pioneiro da Prefeitura de Guaíba sobre a segurança das crianças.
13/02/2020 - Nova etapa de vacinação contra o Sarampo
13/02/2020 - Circuito Verão Sesc terá Futevôlei em Guaíba
13/02/2020 - Passe Livre Estudantil
05/02/2020 - Delações Premiadas e prisões preventivas
05/02/2020 - Como diferenciar doenças respiratórias comuns de um eventual caso de gravidade do coronavírus
05/02/2020 - Qualificação com solidariedade em Sapiranga
05/02/2020 - Ajorsul apoia campanha de conscientização contra óculos falsificados
05/02/2020 - Iniciam as obras da Havan em Guaíba
05/02/2020 - Encontro com os coordenadores regionais organiza início do ano letivo de 2020
05/02/2020 - Plano de monitoramento do coronavírus é apresentado aos coordenadores regionais da Saúde
05/02/2020 - Rodeio de Charqueadas está próximo
05/02/2020 - Prefeitura de Charqueadas abre Processo Seletivo Simplificado de Estagiários para Monitoria Educacional e Digital
04/02/2020 - Comprovação do direito da Aposentadoria Especial
04/02/2020 - O que fazer quando acontecem os pequenos ferimentos em crianças
03/02/2020 - Música auxilia no tratamento de pacientes com câncer
03/02/2020 - Dia 5 de maio é último prazo para o recadastramento biométrico para os eleitores de Eldorado do Sul
02/02/2020 - Agentes Comunitários realizam atualização de cadastros
01/02/2020 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/02/2020 - Farmácia do Noel
01/02/2020 - Serviço de Contabilidade
01/02/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
01/02/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos



Edição n° 200 - Fevereiro 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 200
  • Edição n° 199
  • Edição n° 198







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821