Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 20 de Janeiro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30918843


Edicão n° 199 de Janiero de 2020


RS ganha novas Patrulhas Maria da Penha para combater a violência contra a mulher
17/10/2019

A Brigada Militar anunciou oficialmente nesta semana a criação de oito Patrulhas Maria
da Penha, reforço importante para o projeto, criado em 2012 para prevenir e combater a
violência contra a mulher. Com as novas patrulhas, todos os 18 municípios que integram
o Programa RS Seguro passam a contar com o serviço, que já atende 40 cidades
gaúchas.

Desenvolvidas pela primeira vez no Rio Grande do Sul e replicadas em outros Estados,
as Patrulhas Maria da Penha já resultaram em 79.370 vítimas cadastradas, 2.033
palestras de prevenção, 107.507 visitas realizadas e 923 prisões por descumprimento de
Medida Protetiva de Urgência (MPU).

A coordenadora estadual das Patrulhas Maria da Penha, major Karine Soares Brum,
explica que as patrulhas prestam um acompanhamento, através de visitas periódicas, às
vítimas de violência doméstica e familiar com MPU deferida pelo Poder Judiciário. Ela
destaca, ainda, a relevância da rede de proteção. “É importante que a mulher conheça
os seus direitos e procure a rede. As maioria dos feminicídios ocorre com vítimas que
nunca procuram ajuda dos órgãos competentes, como delegacias e foros judiciais
especializados. É assim que a gente rompe esse clico de violência”, defende a policial.

O nome das patrulhas é uma alusão à Lei 11.340, de 2006, popularmente conhecida
como Lei Maria da Penha, que tornou mais rigorosa a punição para os agressores,
principalmente quando a violência ocorre no âmbito doméstico e familiar. Foi o que
ocorreu com quem dá nome à lei, a cearense Maria da Penha Maia Fernandes, que, em
1983, ficou paraplégica após sofrer duas tentativas de homicídio pelo próprio marido.

Maria da Penha em seminário da BM

Nesta quarta (16/10), Maria da Penha, ativista símbolo do combate à violência contra a
mulher no país, veio a Porto Alegre como convidada de honra do 3° Seminário Estadual
das Patrulhas Maria da Penha, organizado pela adjuntoria de Polícia Comunitária da BM.

“É emocionante estar aqui. A gente sente que os homens estão do nosso lado. A questão
da violência contra a mulher tem acontecido por causa de uma minoria. A maioria está
envolvida, sabe que a lei é importante para uma sociedade saudável” afirmou ao chegar
no local do evento, no prédio 11 da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS).

Sob o olhar de policiais militares gaúchos, Maria da Penha, 74 anos, disse que a Lei
11.340 “trouxe de volta a dignidade da mulher brasileira”. Ela defendeu políticas
públicas como as patrulhas e a importância da educação no combate a esse tipo de
violência.

“Peço que os gestores públicos se comprometam com essa causa. Precisa-se investir em
educação a partir do ensino fundamental, para que a criança tenha esse conhecimento
já na infância. Assim, ao observar uma violência dentro de casa, ela pode fazer a
diferença e não reproduzir esse comportamento”, disse ela.

No seminário, também foram discutidos temas com a saúde mental da mulher e
algumas das principais políticas públicas implementadas recentemente no Brasil. Um
exemplo é o Questionário de Avaliação de Risco, criado pelo Conselho Nacional de
Justiça (CNJ) em 2018 e oficializado em junho de 2019 no Rio Grande do Sul. São 20
perguntas que servem para auxiliar promotores e juízes na avaliação do grau de risco a
que as vítimas de violência estão submetidas quando procuram a Polícia Civil. Esse
modelo já foi adotado nas 22 delegacias especializadas do Estado.

O enfrentamento à violência contra mulheres é um dos maiores desafios para a
Segurança Pública do RS. Por isso, seguindo as premissas do Programa RS Seguro, as
ações da polícia estão cada vez mais estruturadas na integração de forças, na
inteligência e no investimento qualificado. O resultado desse esforço já se reflete nos
indicadores de criminalidade. Entre janeiro e setembro deste ano, foram 73 feminicídios,
queda de 14,1% diante dos 85 registrados no mesmo período do ano passado.

Houve retração ainda nos outros quatro indicadores acompanhados pela Secretaria da
Segurança Pública. Também na comparação de acumulados, as tentativas de feminicídio
passaram de 275 para 246 (-10,5%), as ameaças foram de 28.040 para 27.653
(-1,4%), as lesões corporais diminuíram de 15.775 para 15.126 (-4,1%), e os estupros
reduziram de 1.384 para 1.172 (-15,3%). São números ainda elevados, mas que
comprovam a tendência de queda verificada ao longo do ano.






Edicão n° 199 de Janiero de 2020
19/01/2020 - Paradouro na BR 290 em Eldorado do Sul
17/01/2020 - Seduc planeja ano letivo de 2020 em encontro com coordenadores regionais
17/01/2020 - Chuvas retomam ânimo dos produtores e soja segue em desenvolvimento
17/01/2020 - Abertura de leitos no Hospital Regional é tema de reunião entre Estado e Fundação de Cardiologia
17/01/2020 - Estado divulga rodovias com radares móveis entre 16 e 19/1
17/01/2020 - Polícia Civil lança campanha de prevenção a golpe contra idosos
17/01/2020 - Evidências de um RS Seguro
17/01/2020 - DetranRS propõe que valores não ressarcidos do Dpvat fiquem como crédito para 2021
17/01/2020 - Segunda via do documento do veículo já pode ser solicitada pela internet
17/01/2020 - Contratação de temporários aumento cerca de 33% no ano de 2019
17/01/2020 - Atenção com as crianças na água deve ser permanente
14/01/2020 - RS tem 99 municípios em alerta ou alto risco de transmissão da dengue
14/01/2020 - Investimento de quase R$ 3 milhões garante veículos e equipamentos para Bombeiros
14/01/2020 - Confira como ficam os valores reduzidos do Dpvat para 2020
10/01/2020 - RS poderá ampliar para cinco o número de municípios com escolas cívico-militares
10/01/2020 - Corsan apresenta PPPs ao Fórum Estadual de Coredes
10/01/2020 - RS encerra 2019 com a menor taxa de homicídios da década em proporção à população
10/01/2020 - Estado e prefeitura da capital tratam da transferência de gestão da Farmácia de Medicamentos Especiais
10/01/2020 - Estado começa distribuição de vacinas pentavalente a municípios
10/01/2020 - DetranRS recomenda que motorista aguarde confirmação do novo valor do Dpvat
10/01/2020 - Sete praias estão impróprias para banho no Rio Grande do Sul
10/01/2020 - Governo apresenta proposta para que magistério recupere aulas e finalize greve
10/01/2020 - Arambaré renova contrato com a Corsan
10/01/2020 - Agentes penitenciários realizam revista na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC)
10/01/2020 - Um em cada cinco pacientes avaliados teve câncer de pele diagnosticado
10/01/2020 - Eldorado do Sul recebe emenda parlamentar do Deputado Federal Márcio Biolchi
10/01/2020 - Ministério da Cidadania libera recursos para instalação de academias de ginástica ao ar livre em Eldorado do Sul
10/01/2020 - Inscrições para participar do Programa Terceira Idade com Seriedade já estão abertas.
10/01/2020 - Empossados novos diretores das Escolas Municipais de Ensino Fundamental e de Educação Infantil de Charqueadas
10/01/2020 - Campanha #Charqueadaseuamoesselugar
10/01/2020 - PIM de Charqueadas realiza Festa de Natal para famílias atendidas pelo programa
06/01/2020 - Segundo período de matrículas da rede estadual começa nesta segunda, dia 6
06/01/2020 - Polícia Civil e BM realizam atividades educativas na beira-mar de Capão da Canoa
06/01/2020 - Viagem Segura fiscaliza mais de 34 mil veículos durante o feriadão
03/01/2020 - Eldorado do Sul amplia cobertura de ESF para 100% das Unidades de Saúde
01/01/2020 - Barbearia Roque
01/01/2020 - Quer vender mais?
01/01/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
01/01/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/01/2020 - Balanço de 2019 destaca ajuste fiscal e retorno de investimentos
01/01/2020 - Validação facial aumenta segurança do processo de habilitação de condutores
01/01/2020 - Implantação da Rede de Escolas de Governo avança no Estado
01/01/2020 - Estado formaliza doação da área para CT do Internacional em Guaíba
01/01/2020 - Balada Segura dá a largada em ações educativas e de fiscalização no RS Verão Total
01/01/2020 - Coluna da OAB/RS
01/01/2020 - Queimaduras por águas-vivas assustam veranistas nos primeiros dias de praia do verão
01/01/2020 - Transação Tributária
01/01/2020 - 318 famílias recebem seus títulos de propriedade em Eldorado do Sul
01/01/2020 - SMOV constrói nova ponte no Parque Eldorado
01/01/2020 - Cavalgada do Bem arrecada quase uma tonelada de alimentos em Eldorado do Sul
01/01/2020 - Prefeitura disponibilizará exames de laboratório para todos
01/01/2020 - Prefeitura de Butiá antecipa pagamento dos servidores municipais
01/01/2020 - Sorteio IPTU 2020 em Charqueadas
01/01/2020 - Programa Nota Fiscal Gaúcha em Charqueadas
01/01/2020 - Do pedido de socorro à chegada da ambulância
01/01/2020 - Merenda Escolar receberá investimento de R$ 86 milhões no ano letivo de 2020
01/01/2020 - Neste verão, não dê férias para a vida
01/01/2020 - Radares móveis reforçam fiscalização em rodovias estaduais



Edição n° 199 - Janiero de 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 199
  • Edição n° 198
  • Edição n° 197







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821