Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 21 de Janeiro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30921128


Edicão n° 199 de Janiero de 2020


União Estável e Pensão por Morte
19/09/2019

Em matéria de pensão por morte, especialmente quando o pedido é baseado no
reconhecimento de união estável, sempre é complexo comprovar o direito ao benefício
junto a Previdência Social. As dificuldades começam para saber quais são os
documentos que comprovam a relação e terminam por entender quais são os períodos
que estes documentos devem corresponder. Outras dificuldades também são
corriqueiras: qual a quantidade de documentos exigidos e se ouvir testemunhas é
necessário.
A pensão por morte é um benefício devido para os dependentes do segurado que
faleceu. A Previdência prevê uma regra própria para o enquadramento como
dependente, por meio de um sistema de classes. No entanto, sempre que se tratar de
um pedido de pensão por morte com necessidade de reconhecimento de união estável,
se estará pressupondo o direito a um companheiro ou companheira; mesmo que numa
relação homoafetiva o INSS reconhecesse a pensão por morte oriunda deste tipo de
relações. Assim, trata-se de um dependente preferencial.
A regra para a comprovação do direito desse dependente exige a apresentação de
três documentos dentre aqueles elencados no regulamento do INSS. São eles: certidão
de nascimento de filho havido em comum; certidão de casamento religioso; declaração
do imposto de renda do segurado, em que conste o interessado como seu dependente;
disposições testamentárias; declaração especial feita perante tabelião; prova de mesmo
domicílio; prova de encargos domésticos evidentes e existência de sociedade ou
comunhão nos atos da vida civil; procuração ou fiança reciprocamente outorgada; conta
bancária conjunta; registro em associação de qualquer natureza, onde conste o
interessado como dependente do segurado, anotação constante de ficha ou livro de
registro de empregados; apólice de seguro da qual conste o segurado como instituidor
do seguro e a pessoa interessada como sua beneficiária; ficha de tratamento em
instituição de assistência médica, da qual conste o segurado como responsável; escritura
de compra e venda de imóvel pelo segurado em nome de dependente; e declaração de
não emancipação do dependente menor de 21 anos ou quaisquer outros que possam
levar à convicção do fato a comprovar.
Os três documentos a serem apresentados podem ser do mesmo tipo ou
diferentes, desde que demonstrem a existência de vínculo ou dependência econômica,
conforme o caso, entre o segurado e o dependente. Então, por exemplo, posso
comprovar a união estável com uma conta bancária conjunta, um comprovante de
dependente em plano de saúde e a certidão de filha havido em comum. Da mesma
maneira, também posso comprovar a união estável com duas certidões de filho havido
em comum e o comprovante da abertura da conta bancária conjunta.
Para os casos em que não for possível obter as três provas que o regulamento
exige, o critério adotado é verificar se ao menos um documento existe. Havendo um
documento daqueles elencados no regulamento, o que a Previdência denominará de
indício de prova documental, será possível ouvir testemunhas para comprovar a união
estável, mesmo não possuindo os três documentos. O procedimento para inquirir as
testemunhas é denominado de justificação administrativa.
A prova documental, portanto, no INSS, é de fundamental importância, e sem ela
não será possível o reconhecimento da pensão. Mais do que isso, ela deverá ser
corresponder ao período de vida em comum. Eis a razão pela qual a sentença que
reconhece a união estável na justiça comum não surte efeitos imediatos junto à
Previdência. Sempre será necessário comprovar a condição de dependente na forma
prevista no regulamento.


Alexandre S. Triches
astriches@gmail.com
http://www.alexandretriches.com.br/






Edicão n° 199 de Janiero de 2020
19/01/2020 - Paradouro na BR 290 em Eldorado do Sul
17/01/2020 - Seduc planeja ano letivo de 2020 em encontro com coordenadores regionais
17/01/2020 - Chuvas retomam ânimo dos produtores e soja segue em desenvolvimento
17/01/2020 - Abertura de leitos no Hospital Regional é tema de reunião entre Estado e Fundação de Cardiologia
17/01/2020 - Estado divulga rodovias com radares móveis entre 16 e 19/1
17/01/2020 - Polícia Civil lança campanha de prevenção a golpe contra idosos
17/01/2020 - Evidências de um RS Seguro
17/01/2020 - DetranRS propõe que valores não ressarcidos do Dpvat fiquem como crédito para 2021
17/01/2020 - Segunda via do documento do veículo já pode ser solicitada pela internet
17/01/2020 - Contratação de temporários aumento cerca de 33% no ano de 2019
17/01/2020 - Atenção com as crianças na água deve ser permanente
14/01/2020 - RS tem 99 municípios em alerta ou alto risco de transmissão da dengue
14/01/2020 - Investimento de quase R$ 3 milhões garante veículos e equipamentos para Bombeiros
14/01/2020 - Confira como ficam os valores reduzidos do Dpvat para 2020
10/01/2020 - RS poderá ampliar para cinco o número de municípios com escolas cívico-militares
10/01/2020 - Corsan apresenta PPPs ao Fórum Estadual de Coredes
10/01/2020 - RS encerra 2019 com a menor taxa de homicídios da década em proporção à população
10/01/2020 - Estado e prefeitura da capital tratam da transferência de gestão da Farmácia de Medicamentos Especiais
10/01/2020 - Estado começa distribuição de vacinas pentavalente a municípios
10/01/2020 - DetranRS recomenda que motorista aguarde confirmação do novo valor do Dpvat
10/01/2020 - Sete praias estão impróprias para banho no Rio Grande do Sul
10/01/2020 - Governo apresenta proposta para que magistério recupere aulas e finalize greve
10/01/2020 - Arambaré renova contrato com a Corsan
10/01/2020 - Agentes penitenciários realizam revista na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC)
10/01/2020 - Um em cada cinco pacientes avaliados teve câncer de pele diagnosticado
10/01/2020 - Eldorado do Sul recebe emenda parlamentar do Deputado Federal Márcio Biolchi
10/01/2020 - Ministério da Cidadania libera recursos para instalação de academias de ginástica ao ar livre em Eldorado do Sul
10/01/2020 - Inscrições para participar do Programa Terceira Idade com Seriedade já estão abertas.
10/01/2020 - Empossados novos diretores das Escolas Municipais de Ensino Fundamental e de Educação Infantil de Charqueadas
10/01/2020 - Campanha #Charqueadaseuamoesselugar
10/01/2020 - PIM de Charqueadas realiza Festa de Natal para famílias atendidas pelo programa
06/01/2020 - Segundo período de matrículas da rede estadual começa nesta segunda, dia 6
06/01/2020 - Polícia Civil e BM realizam atividades educativas na beira-mar de Capão da Canoa
06/01/2020 - Viagem Segura fiscaliza mais de 34 mil veículos durante o feriadão
03/01/2020 - Eldorado do Sul amplia cobertura de ESF para 100% das Unidades de Saúde
01/01/2020 - Barbearia Roque
01/01/2020 - Quer vender mais?
01/01/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
01/01/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/01/2020 - Balanço de 2019 destaca ajuste fiscal e retorno de investimentos
01/01/2020 - Validação facial aumenta segurança do processo de habilitação de condutores
01/01/2020 - Implantação da Rede de Escolas de Governo avança no Estado
01/01/2020 - Estado formaliza doação da área para CT do Internacional em Guaíba
01/01/2020 - Balada Segura dá a largada em ações educativas e de fiscalização no RS Verão Total
01/01/2020 - Coluna da OAB/RS
01/01/2020 - Queimaduras por águas-vivas assustam veranistas nos primeiros dias de praia do verão
01/01/2020 - Transação Tributária
01/01/2020 - 318 famílias recebem seus títulos de propriedade em Eldorado do Sul
01/01/2020 - SMOV constrói nova ponte no Parque Eldorado
01/01/2020 - Cavalgada do Bem arrecada quase uma tonelada de alimentos em Eldorado do Sul
01/01/2020 - Prefeitura disponibilizará exames de laboratório para todos
01/01/2020 - Prefeitura de Butiá antecipa pagamento dos servidores municipais
01/01/2020 - Sorteio IPTU 2020 em Charqueadas
01/01/2020 - Programa Nota Fiscal Gaúcha em Charqueadas
01/01/2020 - Do pedido de socorro à chegada da ambulância
01/01/2020 - Merenda Escolar receberá investimento de R$ 86 milhões no ano letivo de 2020
01/01/2020 - Neste verão, não dê férias para a vida
01/01/2020 - Radares móveis reforçam fiscalização em rodovias estaduais



Edição n° 199 - Janiero de 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 199
  • Edição n° 198
  • Edição n° 197







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821