Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 30 de Maio de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31239220


Edicão n° 203 de Maio 2020


Radares móveis desligados: calamidade à vista
10/09/2019

O primeiro fim de semana com radares móveis desligados nas rodovias federais já deu o tom
de um nada promissor futuro que se avizinha se persistir a decisão da Presidência da
República em mantê-los inativos. Entre o sábado (17/8) e o domingo (18/8), oito pessoas
morreram em estradas federais do RS. Esse foi o maior número de mortes registrado nos fins
de semana deste ano nesse tipo de rodovia. Falamos aqui não de estatísticas, mas de vidas.
De famílias destroçadas.

Esse aumento de mortes, de dor e de sofrimento vem na contramão, e em colisão frontal, com
os aprimoramentos de legislação e com os esforços que as autoridades realizam nos últimos
anos. E, se considerarmos a última década, isso vinha se refletindo em uma clara redução no
número de mortes no trânsito no Rio Grande do Sul.

O semestre passado foi, em nosso Estado, aquele que teve o menor número de mortes
registradas nos últimos 12 anos. E o ano de 2018, aquele com o menor número de vítimas
também considerando-se os últimos 12 anos. Vamos mesmo retroceder? O radar móvel é o
único instrumento capaz de coibir sujeitos que insistem em trafegar em velocidades
altíssimas, incompatíveis com a via, incompatíveis com a vida.

O que um policial rodoviário federal pode fazer se flagrar um rastro de luz a visíveis 180, 200
km/h? O infrator pode, no máximo, ser interpelado, mas já não pode mais ser autuado. É o
triunfo do mau condutor.

Alijar a polícia da prerrogativa de multar – o que exerce, gostemos ou não, finalidade
pedagógica – é proporcionar que as nossas rodovias federais convertam-se em matadouros
que sacrificarão culpados e inocentes porque imprudentes irresponsáveis passaram a ter
salvo-conduto para transgredir.

Evidentemente que todo método de fiscalização pode e deve ser revisto, inclusive alguns
pontos do Código de Trânsito vêm sendo rediscutidos, mas é intolerável que a desativação dos
radares móveis nas rodovias federais prospere.

Não é uma questão ideológica, nem de politicamente correto ou incorreto: é a calamidade
pública desfilando bem diante dos nossos olhos. Tomara que o bom senso ajude a retirar essa
obscura viseira que impede alguns de enxergar a realidade que se avizinha.



Enio Bacci*

*Diretor-geral do DetranRS






Edicão n° 203 de Maio 2020
25/05/2020 - Prefeitura de Eldorado do Sul investe em mais segurança.
25/05/2020 - CMPC doa 1 milhão de máscaras ao Rio Grande do Sul
25/05/2020 - Consumidor pode conferir evolução diária do preço médio dos combustíveis em cada município gaúcho
25/05/2020 - Vento em Belém Novo causa turbidez da água e desabastecimento
25/05/2020 - Secretaria da Agricultura faz alerta de golpe para prefeituras e produtores rurais
25/05/2020 - Pedidos para o Programa Troca-Troca de Sementes começam nesta segunda-feira
25/05/2020 - Dermatologista reforça importância da higiene adequada do celular
25/05/2020 - DNIT executa serviços de manutenção nas BRs 290, 116 e 471
16/05/2020 - Estudos iniciais apontam que o COVID-19 pode provocar também lesões na pele
16/05/2020 - Doação de sangue é fundamental em tempos de pandemia
16/05/2020 - Comunicado
16/05/2020 - Supermercado interditado em Eldorado do Sul
16/05/2020 - Boletim informativo Corona Vírus
16/05/2020 - Boletim Covid 19 em Butiá
16/05/2020 - Prefeitura de Butiá perdeu mais de R$ 600 mil em arrecadação no mês de abril
16/05/2020 - Entrega de 10 novos leitos de UTI em Caxias do Sul reforça enfrentamento à Covid-19 no RS
16/05/2020 - Pré-Enem Seduc RS começa nesta segunda, com exibição diária na TVE
16/05/2020 - É possível agendar por WhatsApp confecção de carteira de identidade na Capital
16/05/2020 - Operação integrada fiscaliza mais de oito mil estabelecimentos na capital
16/05/2020 - Primeiro dia da retomada do atendimento presencial no SINE da capital
12/05/2020 - Município atinge meta histórica de vacinação contra a gripe
11/05/2020 - PRF recupera em Eldorado do Sul veículo roubado e clonado
11/05/2020 - PRF prende três homens com droga em Guaíba
07/05/2020 - Governo lança site com taxa de ocupação de leitos em tempo real
07/05/2020 - Ficar em casa é uma ótima chance para eliminar os focos do mosquito da dengue
07/05/2020 - Estado usará dados de celulares sobre mobilidade da população para combater pandemia
07/05/2020 - Exames de coronavírus comprados pela prefeitura de Porto Alegre vão ampliar teste para todos com sintomas
05/05/2020 - Prefeito reúne representantes dos 16 shoppings de Porto Alegre
05/05/2020 - Estado garante pagamento de diárias de novos leitos de UTIs
01/05/2020 - DNIT libera mais cinco quilômetros de pista duplicada da BR-116/RS
30/04/2020 - Farmácia do Noel
30/04/2020 - A burocracia que pode matar
30/04/2020 - Governador apresenta modelo de distanciamento controlado
30/04/2020 - Bandeiras e protocolos: entenda o modelo de distanciamento controlado
30/04/2020 - Aulas das redes pública estadual e municipal ficam suspensas até junho
30/04/2020 - Controle do coronavírus em Santo Ângelo é tema de videoconferência
30/04/2020 - Secretaria da Saúde prepara portaria para ações de prevenção à Covid-19 em lares de idosos
30/04/2020 - Governo publica decreto em caráter transitório para funcionamento do comércio
30/04/2020 - Novo comandante militar do Sul toma posse
30/04/2020 - Desinfecção de locais públicos segue na Capital
30/04/2020 - Secretaria Municipal de Saúde de Butiá informa
30/04/2020 - Uso de máscara passa a ser obrigatório no município
30/04/2020 - Guaíba conta com 7 ventiladores mecânicos
30/04/2020 - Eldorado do Sul mantém suspensão das aulas
30/04/2020 - Prefeitura incentiva o uso de máscaras



Edição n° 203 - Maio 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 203
  • Edição n° 202
  • Edição n° 201







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821