Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 08 de Agosto de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31407288


Edicão n° 206 de Agosto 2020


Ministério Público denuncia ex-vereador por apropriação de valores pagos por mais de 5 mil associados de cooperativas habitacionais
02/08/2019

O Ministério Público denunciou o ex-vereador de Farroupilha Raul Herpich, a esposa dele,
Marilde Puhl Herpich, e os filhos do casal, Bruna e Guilherme Herpich, por formação de
quadrilha e apropriação indébita de valores de mais de cinco mil vítimas. A denúncia foi
apresentada nesta terça-feira, 30, à Justiça de Farroupilha. Conforme a promotora de Justiça
Jeanine Mocellin, que assina a denúncia, Raul (que agora é suplente de vereador) exerceu o
cargo de Presidente das Cooperativas Habitacionais Terra Nossa e Meu Pedaço de Chão desde
a criação delas, em março de 2008, até julho deste ano, quando foi destituído do cargo pelos
associados. Nesse tempo, nenhum terreno foi entregue. Durante este período, ele teria se
apropriado dos valores pagos mensalmente pelos cooperados, cuja soma ultrapassa R$ 1
milhão. A denúncia pede, ainda, fixação de indenização a todas as vítimas. Durante a
instrução do procedimento interrogatório, foram ouvidas mais de 80 pessoas pelo MP.

COMO OCORRERAM OS DESVIOS

Durante os mais de dez anos que permaneceu no exercício do cargo de presidente de ambas
cooperativas habitacionais, Raul Herpich sempre tomou as decisões de ordem econômica e
social de interesse das cooperativas e de seus associados de maneira individual, sem a
participação dos demais membros do Conselho de Administração ou fiscalização pelo Conselho
Fiscal, contrariando as disposições estatutárias. Conforme as investigações do MP, ele
movimentava as 44 contas bancárias das cooperativas e tinha autonomia para baixar os
títulos emitidos pelo Sicredi mesmo que não tivessem sido pagos ao banco.

No controle interno de Herpich, não havia discriminação se os valores (que variavam entre R$
50 e R$ 100, dependendo da cooperativa) tinham sido pagos ao banco ou diretamente a ele.
No dia 19 de junho deste ano, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão,
foram apreendidos milhares de carnês de associados na sede das cooperativas habitacionais.

A análise dos carnês apreendidos possibilitou a conclusão de que o pagamento das parcelas
diretamente a Herpich era prática corriqueira. O dinheiro era depositado diretamente nas
contas de Raul, sua esposa e seus filhos.

PATRIMÔNIO INCOMPATÍVEL COM A RENDA

Marilde Puhl Herpich, Bruna Herpich e Guilherme Herpich não só disponibilizaram as suas
contas bancárias para a realização dos depósitos, como também estavam previamente
acertados com o Raul Herpich quanto à destinação de valores pagos pelos associados para as
contas bancárias pertencentes à família, usufruindo de tais valores em benefício próprio.
Marilde e Bruna, por exemplo, declaram ser isentas de pagamento de imposto de renda, mas
compraram um apartamento no valor de R$ 424 mil – sendo que R$ 270 mil já foram pagos
por elas. Além disso, Bruna postou fotos (inclusive no modo público) no Facebook quando
estava em viagem nos EUA e Jamaica, por exemplo. Na mesma rede social, constam fotos de
sua festa de formatura, de valor econômico evidentemente elevado (à época, a coluna social
do Jornal Pioneiro informou que a festa chegou a ter decoração da premiada FW Flores e
Decorações, de Caxias do Sul).

Por sua vez, Guilherme Herpich, que declarou ganhos mensais de R$ 5,7 mil em 2014, postou
fotos em seu Facebook em viagens por Berlim, Londres, Amsterdã, São Francisco (EUA), Lujan
(Argentina); Cabo Polonio e Punta Del Este (Uruguai), entre outros. Ainda, seu casamento
está marcado para ocorrer durante três dias em Búzios. Em 2014, comprou um apartamento
avaliado em R$ 365 mil, sendo que pagou, com recursos próprios, R$ 245 mil. Por fim, o pai,
Raul Herpich, tinha, como fonte de renda, o salário de vereador e a aposentadoria (R$ 118 mil
em 2016, aproximadamente R$ 11 mil por mês que, se divididos pelos quatro integrantes da
família, seria o equivalente a R$ 2,7 mil por pessoa).






Edicão n° 206 de Agosto 2020
07/08/2020 - Parceria garante postos de testagem e aplicativo para rastreamento de casos de Covid-19
07/08/2020 - DetranRS implementa aplicação remota de exames teóricos
05/08/2020 - Equipes do Samu de Porto Alegre recebem roupas especiais para atendimento
05/08/2020 - Porto Alegre recebe doação de mais 20 ventiladores pulmonares
05/08/2020 - Boletim de Atualização sobre Covid-19 em Eldorado do Sul
05/08/2020 - Prefeitura reforça fiscalização de enfrentamento a Covid 19
05/08/2020 - Semana Mundial da Amamentação
05/08/2020 - Reforma com transparência
05/08/2020 - Na 13ª rodada do Distanciamento Controlado, seis regiões permanecem em bandeira vermelha
02/08/2020 - Serviços de Contabilidade
02/08/2020 - Telefone de contato do Tudo Fácil mudou
02/08/2020 - Geoportal RS disponibiliza painéis com dados da Covid-19 por município
02/08/2020 - Semana Mundial de Aleitamento Materno terá programação on-line em agosto
02/08/2020 - Brasil extingue documento de licenciamento de veículo em papel-moeda
01/08/2020 - Farmácia do Noel
01/08/2020 - Barbearia Roque
01/08/2020 - Restaurante D'FAZENDA
01/08/2020 - 13ª rodada do Distanciamento Controlado recebe 34 pedidos de reconsideração de bandeira
01/08/2020 - Com novas unidades em Camaquã e São Jerônimo, RS alcança ampliação de 90,6% em leitos de UTI
01/08/2020 - Começa contratação dos contemplados no FAC Digital RS
01/08/2020 - Mais duas mortes na BR 290 no entroncamento de Charqueadas
30/07/2020 - Mais uma morte na BR 290 em Eldorado do Sul no trevo de acesso a Charqueadas



Edição n° 206 - Agosto 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 206
  • Edição n° 205
  • Edição n° 204







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821