Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 04 de Junho de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31252003


Edicão n° 204 de Junho 2020


Parklets: Capital tem 12 novos espaços de convívio nas calçadas
19/07/2019

Um local antes destinado ao estacionamento de até dois carros, que se transformam em
pequenos parques para convívio e lazer - lugares para relaxar, recriar, ou envolver-se
na vida pública da cidade - onde chegam a circular 300 pessoas por dia. Em Porto
Alegre, 12 parklets já estão à disposição da população. O prefeito Nelson Marchezan
Júnior formalizou a autorização do uso de 12 parklets na Capital com a publicação de
decretos no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa).

Os parklets promovem o uso democrático e participativo da cidade ao revisar as políticas
de ocupação dos espaços públicos, por meio da melhoria da infraestrutura urbana e
estratégias de atuação que diagnosticam carências e identificam potencialidades, além
de incentivar a vida ao ar livre. Esta nova tendência de reformulação do espaço urbano
torna a cidade mais humana e mais alegre, lembra o prefeito Nelson Marchezan Júnior.
“Os parklets incentivam o convívio social e o embelezamento dos espaços públicos e
levam mais pessoas para a rua, melhorando também a sensação de segurança. Este é
um novo conceito para o município. É a população recuperando o sentimento de
pertencimento da cidade”, destaca Marchezan.

A partir de novembro de 2018, a prefeitura alterou a logística para agilizar a instalação
dos parklets. Não existe mais a necessidade de tramitação por diversos órgãos, a não
ser quando for pertinente. A EPTC é a responsável por receber as solicitações, realizar a
tramitação do processo e proferir a decisão final referente aos projetos. Este ano
também foram oferecidos cursos para qualificar os profissionais da área de arquitetura,
urbanismo e engenharia sobre este equipamento. "Promover o uso do espaço público
pelas pessoas é um dos objetivos para a mobilidade urbana da Capital. Isso é possível
por meio dos parklets, que já foram aprovados pela população de Porto Alegre", destaca
Rodrigo Tortoriello, secretário extraordinário de Mobilidade Urbana.

Origem - O termo “parklet” foi usado pela primeira vez em 2005, em São Francisco, nos
EUA, para representar a transformação de um espaço de estacionamento na via pública
em um miniparque temporário, como parte do evento Park(ing) Day. Em inglês, trata-se
de um jogo de palavras entre os termos parking e park – estacionamento transformado
em parque. A ação tinha como objetivo propiciar o debate sobre o tema da cidade que
prioriza as pessoas, sobre o uso do espaço público e a qualidade de vida. A partir de
2010, São Francisco regulamentou a implantação dessas estruturas e, em 2011, mais de
50 unidades já haviam sido instaladas na cidade.
Em 2012 o conceito foi introduzido em São Paulo, como parte das comemorações do Dia
Mundial Sem Carro. A primeira implantação de um parklet ocorreu em 2013, em caráter
de teste. Isso deu início ao processo de regulamentação que culminou na publicação do
Decreto Municipal n. 55.045, de abril de 2014. Mediante a publicação desse decreto, o
parklet se tornou uma política pública do município paulistano.

Hoje, no Brasil, além de Porto Alegre, já temos parklets em São Paulo, Rio de Janeiro,
Recife, Belo Horizonte, Goiânia, Fortaleza, Rio Branco, Sorocaba, Curitiba e Florianópolis.






Edicão n° 204 de Junho 2020
02/06/2020 - Com avanço da crise, dificuldades em pagar as dívidas se agravam para famílias que ganham menos de dez salários mínimos
02/06/2020 - Estresse na pandemia pode provocar problemas na pele
02/06/2020 - Secretaria de Saúde de Butiá amplia espaço físico para retornar consultas no Posto Central
01/06/2020 - Pracinhas de Madeira Tratada a Preço de Fábrica
01/06/2020 - Farmácia do Noel
01/06/2020 - Diante da pandemia saiba como fugir de crenças limitantes que impedem o sucesso
01/06/2020 - Manejo dos pacientes com câncer hereditário na pandemia da COVID-19 é tema de live
01/06/2020 - CEHM-RS e Sociedades de Especialidades posicionam-se contra redução de honorários na telemedicina
01/06/2020 - Prefeitura de Eldorado do Sul investe em mais segurança.
01/06/2020 - Mapa de contágio do Corona Vírus no município
01/06/2020 - Encaminhamento de carteiras de identidade é retomado no Estado
01/06/2020 - Com adaptações na rotina, equipes de fiscalização mantêm preservação do ambiente durante a pandemia
01/06/2020 - Agências FGTAS/Sine dispõem de mais de 800 vagas de trabalho no RS
01/06/2020 - BM monta esquema especial e garante formatura de 41 novos soldados durante pandemia
01/06/2020 - Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é prorrogada até 30 de junho
01/06/2020 - No Dia Mundial sem Tabaco, um alerta sobre riscos da Covid-19 em fumantes
01/06/2020 - Dados do Covid 19 em Butiá
01/06/2020 - Qualificação para gestores da Rede debate processo educacional pós-pandemia do coronavírus
01/06/2020 - General Mourão rebate ataques contra Bolsonaro: “Deixa o cara governar!”
01/06/2020 - Conheça as intérpretes que traduzem em Libras as aulas do Pré-Enem Seduc RS



Edição n° 204 - Junho 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 204
  • Edição n° 203
  • Edição n° 202







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821