Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 07 de Dezembro de 2019. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30806930


Edicão n° 198 de Dezembro 2019


Primeiro da América Latina, Hospital Moinhos de Vento adquire nova tecnologia que agiliza tratamento de AVC
21/01/2019

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a segunda causa de morte no mundo e a primeira causa
de incapacidade. Só no Brasil, são 400 mil casos por ano. Sem tratamento, mais de 50% dos
pacientes ficam dependentes de outras pessoas para atividades diárias, e mais de 70% não
voltam a trabalhar. A medicina moderna já possui ferramentas para diminuir índices de
mortalidade e sequelas, mas isso exige que o paciente chegue rápido ao hospital para o
atendimento.

Para aumentar as chances de pacientes com a doença receberem tratamento de urgência, o
Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), será o primeiro da América Latina a adquirir
um software com soluções integradas para automatização da avaliação da circulação cerebral,
angiotomografia etomografia. Utilizando inteligência artificial, o e-STROKE Suite permite
avaliar os casos com maior profundidade, possibilitando que recebam tratamento inclusive
aqueles que acordam com sintomas e, na maioria das vezes, não poderiam ser tratados.

Superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini avalia que os
avanços tecnológicos devem ter sempre como objetivo o compromisso de cuidar de vidas.
“Temos uma preocupação muito grande com a segurança, com a qualidade médico
assistencial, com a inovação e com a experiência do paciente. Esse novo avanço coloca o
Moinhos de Vento mais uma vez na vanguarda”, destaca.

Para a chefe do Serviço de Neurologia e Neurocirurgia do Hospital Moinhos de Vento e vice-
presidente da organização mundial do AVC (World StrokeOrganization), Sheila Martins, trata-
se de um grande avanço no tratamento da doença, com enorme impacto para a população.
“Além de a nova tecnologia aumentar a possibilidade de tratar mais pacientes, diminuindo ou
até evitando as sequelas, ela reduz os custos e o tempo do tratamento. Casos especiais que
necessitariam de ressonância de urgência agora não vão mais precisar”, explica.

Como funciona o software
O AVC isquêmico acontece pela obstrução de um vaso sanguíneo do cérebro, que causa falta
de sangue, oxigênio e nutrientes. A cada minuto que passa sem a abertura do vaso, dois
milhões de neurônios morrem. Portanto, quanto mais rápido o tratamento, maior a chance de
recuperação do paciente.

Atualmente, com a avaliação convencional, o tratamento pode ser realizado até 4,5 horas do
início dos sintomas com uma medicação utilizada na veia chamada trombolítico, que vai pela
circulação até o cérebro e desobstrui o vaso. Em 30% dos casos, quando existe um vaso
cerebral muito grande obstruído, é necessário tratamento por cateterismo (chamado
trombectomia), que pode ser realizado até 8 horas do início dos sintomas.

“Pacientes que chegavam 20 ou 24 horas depois já eram dados como perdidos. Agora são
muitos mais os que conseguimos tratar. É o que vem fazendo toda a diferença no mundo”,
destaca Sheila.

Na chegada do paciente ao hospital, o novo software instalado no Moinhos de Vento permite
que seja avaliada de forma automática, entre outras funções, a circulação cerebral – o que
antes não era possível.

“Com ele, conseguimos detectar a área de cérebro lesada irreversivelmente e a área do
cérebro que está em sofrimento, mas ainda pode ser salva se o vaso for rapidamente aberto.
Isso permite que mais pacientes recebam tratamento e fiquem sem sequelas”, afirma Sheila.

O sistema é capaz de colorir as regiões do cérebro que foram comprometidas em decorrência
do entupimento do vaso sanguíneo. Antes, eram observadas apenas gradações de cinza. O
ponto exato onde ocorreu o AVC também é mostrado.

“O software, o mais moderno em utilização no mundo, avalia exames de imagem do cérebro,
como tomografia, angiotomografia e perfusão por tomografia, em casos de AVC isquêmico,
principalmente”, explica Sheila.

Outros países
O software já está sendo utilizado pela Helsinki Stroke Network (Finlândia), Turku University
Hospital (Finlândia), University Hospital Pécs (Hungria) eLecce Stroke Network Ospedale Vito
Fazzi (Itália). Além disso, está em processo de instalação nos hospitais universitários de
Sevilla, Granada e Córdoba (Espanha) e no University Hospital Heidelberg (Alemanha).






Edicão n° 198 de Dezembro 2019
06/12/2019 - Quase 50 mil já utilizam o documento do veículo no celular
06/12/2019 - Estado recebe R$ 213,2 milhões do governo federal para ampliar atendimento na área da saúde
06/12/2019 - MPRS participa da Operação Petrolato, que investiga armazenamento e descarte ilegal de óleo lubrificante em 10 estados
06/12/2019 - Projetos do Hospital Moinhos de Vento buscam aumentar número de médicos de família e comunidade no Brasil
05/12/2019 - DNIT assina contrato para obras de melhoramentos no trecho metropolitano da BR-116/RS
05/12/2019 - Combate à obesidade infantil passa por mudança de hábitos no estilo de vida
05/12/2019 - TJ indefere liminar pleiteada pelo Cpers buscando evitar corte do ponto de grevistas
05/12/2019 - Ato celebra um ano de funcionamento de ambulatório de cirurgia plástica do Centro de Saúde IAPI
05/12/2019 - Ação conjunta contra fraude de ICMS cumpre mandados na região metropolitana
05/12/2019 - Secretaria Municipal da Fazenda promove 1º Seminário de Sensibilização da NFG - Entidades
05/12/2019 - Eldorado do Sul recebe emenda parlamentar para aquisição de ambulância
05/12/2019 - SMAM realiza revitalização da Prainha da Itaí
05/12/2019 - Cultura nos Bairros acontece neste sábado na Praça Central
02/12/2019 - Prédios e locais públicos terão iluminação especial para o Dezembro Laranja
01/12/2019 - Pracinhas de Madeira Tratada a Preço de Fábrica
01/12/2019 - Farmácia do Noel
01/12/2019 - Tintas em Arroio dos Ratos
01/12/2019 - Preserva Rio Grande - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/12/2019 - Detran economizará recursos ao avisar condutores de vencimento da CNH por SMS e e-mail
01/12/2019 - Estudantes do Rio Grande do Sul conquistam 40 medalhas nos Jogos Escolares 2019
01/12/2019 - Consórcio Aegea vence leilão da PPP do saneamento da Corsan
01/12/2019 - Aplicativo do Samu começa a ser utilizado pela população para pedir socorro
01/12/2019 - Sema realiza na terça-feira (3) seminário regional sobre espécies exóticas invasoras
01/12/2019 - Nota Fiscal Gaúcha atinge 1,8 milhão de cidadãos cadastrados
01/12/2019 - Bombeiros divulgam delimitação de áreas para banho em rios e praias do litoral
01/12/2019 - SMTTI realiza ações que proporcionarão maior segurança ao município
01/12/2019 - Projeto de revitalização do Arroio Dilúvio é apresentado em reunião no Ministério Público
01/12/2019 - Reflexões sobre a Saúde: palestras promovidas pela SMS apresentam estratégias para a redução do estresse
01/12/2019 - Eldorado do Sul tem 5 mil títulos de eleitores cancelados
01/12/2019 - Restos de obras, sofás e até máquinas de lavar foram retirados de valo em Guaíba
01/12/2019 - A construção do futuro pela educação
01/12/2019 - Campanha vai examinar gratuitamente pacientes para diagnóstico do câncer de pele no RS
29/11/2019 - Ministério Público cria Rede Ambiental Guaíba
29/11/2019 - Prefeito de Charqueadas protocola projeto de lei para orçamento 2020



Edição n° 198 - Dezembro 2019

Selecionar Edição
  • Edição n° 198
  • Edição n° 197
  • Edição n° 196







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821