Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 11 de Abril de 2021. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
32234648


Edicão n° 214 de Abril de 2021


Medicamentos imunobiológicos revolucionam tratamento para doenças dermatológicas
31/12/1969

Considerados o futuro da medicina para o tratamento de pacientes imunodeprimidos,
intolerantes aos medicamentos comuns ou pessoas expostas de forma involuntária a agentes
infecciosos, os imunobiológicos têm oferecido alternativas para diferentes áreas médicas. Na
dermatologia, os remédios mudam radicalmente a forma de tratar a psoríase e também já
têm mostrado resultados efetivos para outras patologias dermatológicas. Este foi o tema
central do 1o Simpósio Gaúcho de Terapêutica Dermatológica, promovido pela Sociedade
Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RS) promoveu, na sexta-feira (17/08), no
campus da Unisinos em Porto Alegre (RS).

- Acreditamos que os imunobiológicos são uma opção excelente para a psoríase, mas também
passam a ser uma opção para outras doenças dermatológicas difíceis de tratar. Este encontro
teve como objetivo esclarecer seus benefícios e incentivar os dermatologistas gaúchos a
estudarem mais ainda este método que veio para ficar – afirmou a presidente da SBD-RS,
Clarissa Prati.

O evento contou com quatro painéis. Ministrada por Anber Tanaka, a primeira palestra
ofereceu uma exposição geral sobre os imunobiológicos na especialidade.

- Essas medicações conseguem agir em órgãos específicos. Também apresentam melhor
eficácia e controle da doença. Têm mostrado dados seguros e sólidos que garantem
tranquilidade no seu manejo – declarou Tanaka.

Ao defender que o dermatologista assuma o papel de tratar cada vez melhor o seu paciente,
Lincoln Fabricio apresentou os tratamentos mais indicados para pacientes com psoríase.

- Pessoas que apresentam uma doença grave de pele também têm um impacto negativo na
sua vida social. Devido ao seu aspecto físico, a psoríase faz com que cada vez mais o paciente
se isole. A pele é o maior órgão de comunicação humana e paciente sofre quando ela é
comprometida – explanou Fabricio.

De acordo com Daniel Nunes, outro palestrante do Simpósio, a psoríase é tratada,
geralmente, com três medicamentos, que apresentam eficácia menor, permitindo até 75% de
melhora. Já os remédios imunobiológicos podem garantir o desaparecimento dos sintomas de
forma integral.

- Infelizmente, ainda usamos inicialmente a opção mais convencional, pois o acesso é
facilitado pela rede pública de saúde. No entanto, é provável que no próximo ano saia o novo
tratamento da psoríase que inclua a medicação imunobiológica. Talvez não contemple todos
os tipos que podem ser utilizados, mas já será um avanço – explicou Nunes.

Devido ao alto custo, os remédios imunobiológicos para uso dermatológico ainda podem ser
adquiridos somente por via judicial ou em casos comprovados de reumatologia. Desta forma,
o tema ainda exige amplo debate dos especialistas. Para André Carvalho, este ser o assunto
central do Simpósio é muito representativo.

- É importante falar sobre estes remédios. Normalmente usamos para psoríase, mas existem
outras doenças como urticária, dermatite atópica, melanoma e doenças inflamatórias –
destacou Carvalho.

O Simpósio ocorre às vésperas da 2a Jornada Multisserviços, também promovida pela SBD-
RS, no sábado (18/08), no Campus da Unisinos em Porto Alegre (Avenida Doutor Nilo
Peçanha, 1600, bairro Bela Vista). A programação inicia às 8h30min e oferece sete blocos
temáticos.






Edicão n° 214 de Abril de 2021
09/04/2021 - Coletiva de imprensa com participação da AMRIGS debate triagem em UTIs no atual momento da pandemia
09/04/2021 - Serviço de Telemedicina do Hospital Moinhos amplia atendimento e oferece consultas no Ambulatório de Nutrição
09/04/2021 - Agentes da Ambiental Metrosul orientam população da RMPA sobre conexão à rede de esgoto
08/04/2021 - No mês da mulher, RS teve queda de 77% em feminicídio
08/04/2021 - Prazos de serviços de trânsito são novamente suspensos no RS por conta da pandemia
08/04/2021 - Nova remessa de vacinas ampliará imunização dos idosos e das forças de segurança
08/04/2021 - Hospitais de todo o Estado utilizam medicamentos do kit intubação enviados pelo Estado e Ministério da Saúde
08/04/2021 - Taxas de serviços de veículos terão reduções de até 87% e isenção para motos
08/04/2021 - Projeto para fortalecer cadeia de frutas nativas e sistemas agroflorestais colhe bons frutos
08/04/2021 - Campanha nacional de vacinação contra a Influenza (gripe) começa na próxima segunda-feira
08/04/2021 - Edital Ações Culturais das Comunidades tem 4.587 contemplados
08/04/2021 - Guaíba aplica todas as doses disponíveis para a primeira dose da vacina
08/04/2021 - Guaíba ganha mais uma escola de educação infantil
08/04/2021 - Operação tapa-buracos está de volta em Charqueadas
08/04/2021 - Boletim Covid 19 em Charqueadas
08/04/2021 - Prefeitura de Butiá oferece cursos profissionalizantes para jovens de 14 a 29 anos
08/04/2021 - Boletim Covid 19 em Butiá
08/04/2021 - Venda da CEEE-D inaugura um novo tempo no RS
08/04/2021 - Autorizados mais de 1,5 mil leitos de UTI Covid-19 para 14 estados
08/04/2021 - Receita Federal apreende 340kg de cocaína dentro de toras de madeira
08/04/2021 - Ministro da Saúde destaca protagonismo de médicos na pandemia em encontro com participação da AMRIGS
07/04/2021 - Município começa a vacinar idosos acima de 64 anos
06/04/2021 - Sáude Mental Eldorado Online
02/04/2021 - Brinquedos de Madeira Parque Eldorado
01/04/2021 - Farmácia do Noel



Edição n° 214 - Abril de 2021

Selecionar Edição
  • Edição n° 214
  • Edição n° 213
  • Edição n° 212





  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821