Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 21 de Outubro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
26117972


Edicão n° 184 de Outubro 2018


O avanço da biometria em condomínios
08/08/2018

Para tentar driblar as tentativas de assalto a condomínios e reforçar a segurança,
algumas tecnologias que antes eram usadas somente em empreendimentos comerciais
começaram a se popularizar nos residenciais, como o controle biométrico. Essa
tecnologia se mostrou mais eficiente, pois, além da segurança, agilizou a entrada e a
saída dos moradores dos condomínios.

O controle de acesso biométrico demanda um estudo prévio e simples do condomínio
para definir quantos equipamentos serão necessários para dar o suporte ao local.
Quando falamos em portaria remota, que utiliza da biometria ela é "salva" dentro de um
sistema central, que permite o registro dos acessos de qualquer pessoa que tenha
entrado ou saído do prédio, inclusive os horários que isso ocorreu. Para o síndico é um
facilitador também na hora de verificar a entrada e a saída dos funcionários do
condomínio e dos prestadores de serviço dos apartamentos ou casas.

A praticidade e a conveniência da biometria fazem dela um item necessário em qualquer
moradia que preze pela segurança nos dias atuais. Quando chega um visitante, ele se
identifica e é autorizado a subir pelo morador ou porteiro, que podem ser facilmente
enganados por assaltantes disfarçados; ou seja, qualquer um pode se passar por uma
pessoa. Para se ter uma ideia da eficácia da biometria, podemos analisar alguns dados
pela minha própria experiência na carreira.

Cerca de 95% dos acessos ao condomínio são realizados eletronicamente, o que diminui
em 22 vezes a probabilidade de a portaria ser enganada por alguém mal-intencionado. É
o mesmo sistema que funciona nos bancos quando para fazer alguma transação ou
saque e é necessária sua biometria; ou seja, somente você pode realizar o
procedimento. Não é à toa que os bancos passaram a utilizar essa tecnologia, já que
minimiza os riscos e as chances de erros humanos.

A portaria remota — e a biometria, por consequência — também acaba por provocar
uma redução dos custos com questões de segurança, pois o sistema integrado dela,
alarmes, câmeras e outros dispositivos, permitem que em qualquer ocorrência de
problemas em equipamentos sejam resolvidos rapidamente, sem a necessidade de
contratar empresas terceirizadas; além, é claro, da manutenção mais em conta por
estarem dentro de um mesmo plano de contrato. Enfim, é necessário conhecer e saber
usar as tecnologias a nosso favor, minimizando falhas e sempre pensando na segurança
em primeiro lugar.

Artigo de:

Walter Uvo, especialista em tecnologia de segurança de condomínios da
MinhaPortaria.com






Edicão n° 184 de Outubro 2018
19/10/2018 - Brigadianos ampliam conhecimentos em ferramentas de análise criminal
19/10/2018 - Governo entrega armas e viaturas para a Brigada Militar na Região Central
19/10/2018 - Seduc inaugura novo espaço para formação e atendimento em educação especial
19/10/2018 - Semana da Alimentação no RS termina neste domingo na Redenção
19/10/2018 - Outubro Rosa na AMRIGS ressalta a importância da mulher conhecer o próprio corpo
19/10/2018 - PRF prende homem e apreende agrotóxico em Eldorado do Sul
15/10/2018 - Secretaria da saúde reduz fila nos procedimento e consultas especializadas
15/10/2018 - SMEC divulga datas para matrículas e rematrículas para o ano de 2019
15/10/2018 - Por trás dos genes: entenda o que faz o médico especialista em genética
15/10/2018 - PRF recupera veículo, apreende droga e revólver e prende um homem em Tapes
15/10/2018 - Operação Viagem Segura do feriado fiscaliza mais de 14 mil veículos
15/10/2018 - Leilões do DetranRS ofertam 725 veículos e sucatas em Tramandaí
15/10/2018 - Corsan autoriza obra que vai reforçar abastecimento de Charqueadas e São Jerônimo
04/10/2018 - Operação Desmanche interdita estabelecimento em Montenegro
04/10/2018 - Definido o esquema de segurança para o final de semana das eleições
04/10/2018 - Fase inicia ações de prevenção ao câncer de mama no Outubro Rosa
04/10/2018 - Abertas inscrições para contratação de médicos reguladores
04/10/2018 - RS conquista nove medalhas na etapa regional dos Jogos da Juventude
04/10/2018 - Projeto de robótica beneficia alunos do turno integral da rede pública estadual
04/10/2018 - Hospital de Charqueadas reabre com leitos de saúde prisional, mental e geral
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo
04/10/2018 - Pequenos cuidados ao se barbear ajudam a proteger a pele
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte II
04/10/2018 - DNIT/RS inicia manutenção periódica na BR-116/RS (Vão móvel até Guaíba)
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte I
04/10/2018 - Prefeitura e Corsan regularizam a água de mais quatro comunidades
04/10/2018 - Dois guaibenses voltaram do Chile com troféus e vagas para o mundial de Karatê.
04/10/2018 - Prefeito de Butiá e Secretário de Obras definem ações
01/10/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
01/10/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/10/2018 - Barbearia Roque
01/10/2018 - Serviços de Contabilidade
01/10/2018 - Farmácia no Parque Eldorado



Edição n° 184 - Outubro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 184
  • Edição n° 183
  • Edição n° 182







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821