Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 23 de Janeiro de 2019. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
27463336


Edicão n° 187 de Janeiro de 2019


Código de ética em pauta
31/07/2018

Em tempos de corrupção e eleições, a ética nunca esteve tão em pauta, seja na boca do
povo, na mídia e, principalmente, nas organizações brasileiras. Instrumento fundamental
para orientar colaboradores, terceiros e parceiros sobre como a empresa conduz os
negócios, o código de ética é um dos elementos mais presentes nas organizações
brasileiras, cerca de 71%, de acordo com a pesquisa sobre **Nível de Maturidade de
Compliance 2018, produzida pela Protiviti Brasil. Embora aparentemente simples, o
material requer a correta compreensão da cultura ética da companhia, talvez, por isso,
ainda existam muitas que não adotaram à prática.

Qual o comportamento esperado dos seus colaboradores? E dos terceiros e
fornecedores? Antes de tudo, uma organização precisa informar o que espera de quem
trabalha para ela, em suas instalações e/ou em seu nome. Ou seja, o código de ética
deve ajudar na orientação de dilemas éticos e explicar quais são os comportamentos
aceitáveis ou não pela empresa em todos os diferentes níveis de relacionamento.
Funciona como um balizador corporativo, que reúne situações de conflito de interesse,
como recebimento e entrega de brindes, presentes e hospitalidade, realização de
doações e patrocínios, contratação de profissionais e de fornecedores, entre outros.

Mas, engana-se quem pensa que a elaboração do material é uma tarefa simples ou
quem o faz apenas para cumprimento de requisitos legais. Considerando que é preciso
conhecer a fundo as regras de negócio e, principalmente, o que realmente será seguido
ou não, redigir o documento é muito mais um exercício de gestão da cultura
organizacional do que uma ação legal ou normativa da organização.

Por isso, é importante seguir três etapas. São elas: (i) Compreensão da cultura ética,
uma vez que quando se entende os principais documentos normativos da empresa,
alinha-se expectativas, pontos de discussão e abordagem com a alta administração; (ii)
Construção do código em si; (iii) Validação pela alta gestão e legal, se necessária.

Primeiramente, é preciso criar regras e diretrizes que orientam as condutas, por meio de
uma linguagem clara, concisa e acessível a todos os stakeholders, sejam eles internos
ou externos, respeitando cada perfil. Nesse sentido, é importante que se escreva
somente aquilo que poderá ser cumprido. Afinal, um código de ética muito exigente ou
em desacordo com a cultura organizacional dificilmente será bem aceito e praticado
pelos colaboradores.

Leve em consideração a realidade, a cultura e os valores da empresa e garanta que a
elaboração do conteúdo será feita de forma coletiva e baseada em princípios. É
interessante buscar inspirações em códigos de outras companhias, mas não caia no
equívoco de fazer cópias. Como diz o velho ditado, nem tudo que é bom para um será
para o outro. De fato, a adequação à realidade e à cultura da organização é um desafio,
mas totalmente passível de ser cumprido com eficiência.

Durante a elaboração, independentemente do porte da organização, é preciso estar
atento a quatro pontos principais: (i) Princípios éticos (como a não discriminação,
cumprimento da legislação e repúdio a mão de obra escrava e infantil); (ii) Princípios de
conduta (sobre, por exemplo, mídias sociais, conflito de interesse, recursos e ativos,
confidencialidade e propriedade intelectual); (iii) Relacionamentos (com colaboradores,
clientes, fornecedores, investidores e acionistas, setor público, sindicatos, mídia etc);
(iiii) Ações institucionais (como doações e patrocínios, meio ambiente, responsabilidade
social e prevenção à lavagem de dinheiro).

O código deve trazer diretrizes gerais e as especificidades devem ser tratadas em
políticas específicas, como as de Compliance, Anticorrupção, Compras e Pagamentos, e
aquelas que mitiguem os riscos críticos já levantados. As normas devem ser revisadas e
compartilhadas periodicamente, de modo a contemplar as mudanças da empresa e do
ambiente no qual ela está inserida.

Também é fundamental dar conhecimento aos colaboradores, terceiros, fornecedores,
parceiros e outros públicos relevantes, bem como disponibilizar canais para sanar as
dúvidas e/ou relatar situações de não conformidade. A realidade das mídias sociais e
suas regras de uso, por exemplo, estão refletidas principalmente nos códigos elaborados
ou revisados recentemente.

Uma boa prática é complementar o material com um guia de perguntas e respostas e
situações do dia a dia da organização. Dessa forma, é possível esclarecer pontos críticos
de forma objetiva, clara e atraente, evitando a incidência de dúvidas e até mesmo
condutas irregulares. O que não faltam hoje em dia são exemplos na mídia de atos que
não devem ser praticados.

Por Jefferson Kiyohara e Yaniv Chor **

*Jefferson Kiyoharaé líder da prática de riscos & compliance da Protiviti, em São Paulo.

*Yaniv Chor é líder da prática de riscos & compliance da Protiviti, no Rio de Janeiro. A
Protiviti é uma consultoria global especializada em Gestão de Riscos, Auditoria Intern






Edicão n° 187 de Janeiro de 2019
21/01/2019 - Segundo período de matrículas começa em 28 de janeiro
21/01/2019 - Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS
21/01/2019 - DNIT/RS realiza serviços de manutenção na BR 116, de segunda-feira a sábado (21/01/19 a 26/01/19).
21/01/2019 - Diagnóstico tardio da hanseníase pode impossibilitar cura da doença
21/01/2019 - Coluna da OAB/RS
21/01/2019 - Primeiro da América Latina, Hospital Moinhos de Vento adquire nova tecnologia que agiliza tratamento de AVC
21/01/2019 - Por que a hanseníase não pode mais ser um tabu
21/01/2019 - Prefeitura recebe os representantes do projeto Mina Guaíba
21/01/2019 - Butiá receberá circuito SESC Lazer
21/01/2019 - Definidos os campeões do torneio de bocha da Ponte de Arame
21/01/2019 - Vem aí o 29° Rodeio Estadual e 14° Internacional de Charqueadas.
21/01/2019 - 7ª Conferência Municipal de Saúde de São Jerônimo
21/01/2019 - Vereador deve responder por cobrar parte de salário de assessora
17/01/2019 - Pracinhas de Madeira Tratada a Preço de Fábrica
17/01/2019 - Eldorado do Sul sedia etapa do Circuito de Verão Sesc
17/01/2019 - CFT do Grêmio em Eldorado do Sul é sede do IberCup Brasil 2019
17/01/2019 - Posto de Saúde recebe nova cadeira odontológica
17/01/2019 - Obra da Rotatória do Parcão em Charqueadas começará em breve.
17/01/2019 - Prefeito de Charqueadas recebe o Presidente da Câmara Municipal
17/01/2019 - Prainha de São Jerônimo recebe campeonato de Motonáutica
17/01/2019 - Inscrições para Torneio Municipal de Futebol Sete de Butiá iniciam nesta quinta-feira (17)
17/01/2019 - Governador recebe prefeito de Guaíba para tratar de possíveis parcerias e investimentos
17/01/2019 - Tropa de elite da Brigada Militar vira Bope para ampliar eficácia no estado
17/01/2019 - Uergs recebe inscrições pelo Sisu de 22 a 25 de janeiro
17/01/2019 - AMRIGS atenta para debate sobre abertura de novos cursos de medicina
17/01/2019 - Curso de Engenharia de Computação da Uergs em Guaíba oferece 40 vagas pelo Sisu
17/01/2019 - Saiba quais os erros mais comuns na aplicação do protetor solar
17/01/2019 - Interdição da freeway com finalidade de lançamento de vigas Gerber, para a construção da Nova Ponte do Guaíba
16/01/2019 - Novos comandantes da BM assumem com meta de ampliar combate ao crime
16/01/2019 - Programa que investe em reformas de escolas da rede pública será intensificado
16/01/2019 - DetranRS inicia reciclagem de 500 sucatas de veículos em Gravataí
16/01/2019 - Cavalgada percorrerá 300 quilômetros de Barra do Ribeiro até Pelotas
16/01/2019 - Secretário Faisal Karam busca cooperação com Conselho de Alimentação Escolar
15/01/2019 - Barbearia Roque
10/01/2019 - Operação Antártica prende três pessoas por tráfico de drogas em Capão da Canoa
10/01/2019 - Balada Segura registra queda no percentual de motoristas alcoolizados
10/01/2019 - Ampliar agilidade em alvarás de incêndio é meta de novo comandante dos Bombeiros
10/01/2019 - Médica explica as diferenças entre intolerância e alergia alimentar
10/01/2019 - Porto Alegre tem recorde de arrecadação antecipada do IPTU e Taxa de Coleta de Lixo (TCL)
08/01/2019 - Site da Educação dispõe de Cardápio de Alimentação Escolar 2019
08/01/2019 - Primeira mulher a assumir Polícia garante integração no combate ao crime
08/01/2019 - Pesquisa registra envelhecimento e redução de crescimento da frota gaúcha
08/01/2019 - Abertas inscrições em programa que busca melhorar eficiência da máquina pública
02/01/2019 - Serviços de Contabilidade
01/01/2019 - Farmácia do Noel
01/01/2019 - CEEE reforça equipes de funcionários para atender demandas da virada do ano
01/01/2019 - Combate à sonegação supera R$ 10 bilhões nos últimos quatro anos
01/01/2019 - Fepam indica 13 pontos impróprios para banho no RS
01/01/2019 - Foi prorrogado prazo de adesão ao Programa de Regularização Ambiental
01/01/2019 - PMs recebem instrução para atuar em Bases Móveis Comunitárias nas praias
01/01/2019 - Empossados novos diretores das escolas estaduais de Porto Alegre
01/01/2019 - Fepam bate novo recorde em arrecadação de multas ambientais
01/01/2019 - Fraude na Saúde de Canoas: MP denuncia oito pessoas por organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro
01/01/2019 - PRF prende homem com motocicleta utilizando placa adulterada em Butiá
01/01/2019 - Coluna da OAB/RS
01/01/2019 - Travessia Urbana de Santa Maria/RS: Viaduto da BR158/Duque de Caxias está com trânsito liberado desde a manhã do dia 27/12
01/01/2019 - A saúde precisa ser prioridade
01/01/2019 - Regularização fundiária: Prefeito entrega 85 títulos de propriedade aos moradores do Loteamento Botafogo
01/01/2019 - Secretaria de Saúde abre UBS Chácara
01/01/2019 - Butiá é o segundo município da Região Carbonífera a gerar mais empregos em 2018
01/01/2019 - Câmara de Vereadores devolve mais de R$ 500 mil à Prefeitura.
01/01/2019 - Município recebe micro-ônibus para as crianças dos CRAS.
30/12/2018 - Nota de esclarecimento Dnit/RS
18/01/2018 - Motoristas de Eldorado do Sul foram os que mais aderiram à CNH Digital
17/01/2018 - Coordenador de esportes entrega doação para Defesa Civil de São Jerônimo



Edição n° 187 - Janeiro de 2019

Selecionar Edição
  • Edição n° 187
  • Edição n° 186
  • Edição n° 185







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821