Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 23 de Julho de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
23630542


Edicão n° 181 de Julho 2018


Quanto custa mudar de país?
05/07/2018

Diferente do que a esmagadora maioria pensa, acredita ou ouve falar não se sabe direito
onde, uma mudança de pais definitivamente não é uma receita pronta onde basta seguir
adicionando alguns elementos para dar certo. E não existe um valor exato e sim
necessário, porque um processo de imigração é traçado estrategicamente conforme as
características de cada solicitante. Mas sim, é preciso ter uma reserva de dinheiro.

Vamos usar os Estados Unidos como exemplo inicial. Se o requerente solicitar o visto
EB-5, além dos 500 mil dólares, é preciso dispor também de uma quantia que deverá
ser paga ao advogado e taxas administrativas, que varia em torno de 50 mil dólares.
Contabilize também o aluguel, outras despesas até efetivamente começar a trabalhar.
Podemos chegar facilmente a casa dos 600 mil.

Já o E2 e o L1, demandam um investimento em torno de 150 mil dólares. Tudo tem um
custo e é muito subjuntivo. Se alguém disser um valor fechado, afirmando que são
necessários exatos 50 mil dólares para se mudar, estará mentindo. Não existe um
numero, porque o lugar escolhido pode ser mais caro ou barato, outro fator que impacta
em todos os outros níveis.

O trabalho neste sentido é algo totalmente individualizado porque varia para cada
situação. Por exemplo, Jose e Manuel irão abrir uma padaria, em locais totalmente
distintos. Um vai solicitar o visto E2, porque é descendente de Italiano. Já o outro vem
de Portugal, que só e possível aplicar o L1. Um tem três filhos e o outro somente um. O
tipo de negocio é o mesmo, mas com vistos diferentes, e endereços comerciais também,
ou seja, são números que mudam muito por isso o certo é pensar de forma macro.

Mesmo citando todos esses cenários, a reunião sempre esbarra na pergunta clássica,
qual o mínimo para se mudar? Essa é sempre a preocupação inicial e, todas às vezes eu
corrijo: "pense no necessário, afinal, você não esta diante de uma feira de barganha e
sim de uma mudança de país e de vida, que envolvem novas atitudes onde
comportamentos antigos devem ser repensados.

Será preciso também se adaptar a uma série de novas regras, aliado a um planejamento
visando estruturar para preservar a família. Por isso, se deu aquela vontade de arrumar
as malas, primeiro converse com as pessoas que você ama, fale sobre os seus planos e
depois procure um especialista que possa oferecer todo o suporte necessário. Só ele vai
te programar para enfrentar uma série de situações.

O passo seguinte é traçar um plano de ação e cumpri-lo, de forma gradativa. Por ter
melhores condições, há quem consiga pular algumas etapas, já outros irão precisar de
mais tempo. Atendi clientes que demoraram três anos ate o dia da mudança definitiva,
conversava com eles a cada seis meses para ajustar algumas coisas e desenhar novas
etapas.

Há clientes que relatam histórias de pessoas que entram com o visto de turismo e
depois de um tempo arrumou emprego, conseguiu abrir empresa e por isso obteve a
permanecia. Ou quem entra no pais com visto de estudante e "foi levando". Isso é
querer acreditar demais em uma situação que fica agradável ao seu ouvido, mas que
esta longe do que é permitido. A realidade afasta do sonho, dá medo, mas ao mesmo
tempo é algo seguro porque faz com que as pessoas coloquem o pé no chão e analisem
a situação friamente.

Com base nos meus mais de dez anos neste mercado, posso afirmar que isso não dá
certo. Quem está se organizando desta forma, convido a pensar antes na família e nos
filhos. Sei que o Brasil está muito péssimo sem expectativas de melhoras, mas pior será
acordar com o DHS batendo a sua porta para prender todo mundo.

E todos esses cuidados servem em caso de mudança não só para os Estados Unidos mas
também para qualquer outra parte do mundo. Se a ideia é ir para Portugal, então
busque um profissional daquele pais que conhece o mercado e as leis. Ele vai orientar
sobre valores, documentações e as devidas inscrições nos órgãos.

Mas antes de qualquer mudança, é preciso entender o que é empreendedorismo, no
sentido de criar algo, do começo ao fim cuidando e revisando todos os detalhes. Em
muitos casos, não temos as melhores opções ou cartas na mão! Mas com estratégia,
orientação seguindo um planejamento de uma forma muito regrada, é possível ganhar o
jogo.

Daniel Toledo*

* Advogado especializado em direito internacional, sócio fundador da Loyalty Miami e
consultor de negócios.






Edicão n° 181 de Julho 2018
11/08/2018 - Copa Mabilde de Futsal promove integração das escolas das ilhasCopa Mabilde de Futsal promove integração das escolas das ilhas
20/07/2018 - Depósito utilizado para contrabando e tráfico é fechado no interior do estado
19/07/2018 - DNIT desenvolve ações contínuas com escolas próximas à BR-116/RS
19/07/2018 - Sociedade de Pediatria defende direito da criança ser atendida pelo médico pediatra
19/07/2018 - Evento debate reutilização da água e tratamento de esgoto em empreendimentos
19/07/2018 - Por que é tão importante estar atento aos atrasos no desenvolvimento da criança?
19/07/2018 - Coluna da OAB/RS
19/07/2018 - Câmara de vereadores de Butiá homenageia a Escola Estadual de Ensino Médio Visconde de Mauá
19/07/2018 - "Promessas no G1" recebe grandes nomes da cena musical cristã
18/07/2018 - Servidores da Sema recebem habilitação da Marinha para condução de embarcações
16/07/2018 - Prefeitos consideram inviável assumirem a Freeway
16/07/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove curso de Gestão de Pessoas e Relacionamento Interpessoal
16/07/2018 - Em Butiá Nota Fiscal Legal atinge 122 mil cupons trocados em sete meses
16/07/2018 - Ministério Público faz doações de agasalhos para campanha do estado
16/07/2018 - Fepam fiscaliza transporte de produtos perigosos
12/07/2018 - Prefeitura de Butiá cria núcleo para auxiliar entidades do município
12/07/2018 - PRF prendeu um casal de idosos transitando como uma motocicleta roubada em Eldorado do Sul
12/07/2018 - PRF prendeu um homem e aprendeu uma motocicleta que circulava com placa clonada em Butiá
12/07/2018 - Procon RS alerta para novas medidas na área de telefonia móvel
12/07/2018 - Onça parda é flagrada no Parque Itapuã após 16 anos
12/07/2018 - Coluna da OAB/RS
12/07/2018 - DNIT/RS realiza serviços de manutenção na BR 116, sexta, sábado e domingo (13,14,15/07)
12/07/2018 - SBGM defende uso de ácido fólico no primeiro trimestre de gestação
11/07/2018 - Assinado contrato de R$ 50 mil que beneficia produtores da Agricultura Familiar em Butiá
11/07/2018 - Reduzidas tarifas de ônibus que trafegam pela BR-290 e Freeway
11/07/2018 - Mortes por Aids caem no RS, mas autoridades insistem na prevenção
10/07/2018 - PRF prende pela segunda vez um motorista de caminhão por dirigir embriagado
10/07/2018 - Prefeito de Butiá toma posse na diretoria da Famurs
10/07/2018 - Plataforma inteligente monitora segurança e detecta situações de risco
10/07/2018 - Toyota confirma intenção de ampliar investimentos e operações em Guaíba
10/07/2018 - Inscrições para Feira da Agricultura Familiar na Expointer terminam sexta
09/07/2018 - Polícia Rodoviária Federal prende homem transportando carga sem procedência em Guaíba
09/07/2018 - Coordenadoria de Educação qualifica professores em primeiros socorros
09/07/2018 - Hemocentro precisa de doadores de sangue ao longo de todo o ano
09/07/2018 - Ex-prefeito de Bagé deve devolver valor pago para publicação em ranking nacional de melhores cidades
07/07/2018 - Polícia apreende armas de brinquedo e Viagra falsificado em Eldorado do Sul
06/07/2018 - CIB realiza doação de 1.600 peças de roupas a Secretaria Municipal de Assistência Social de Butiá
06/07/2018 - BR-153/RS - Ponte do Fandango é interditada a partir de hoje (06/07), em Cachoeira do Sul
06/07/2018 - Asilo Padre Cacique recebe doação do Ministério do Desenvolvimento Social
06/07/2018 - DNIT libera trecho duplicado da BR-116, em Pelotas/RS
06/07/2018 - Não vacinar é um ato irresponsável
06/07/2018 - Edinho em Guaíba
06/07/2018 - Guaíba implantará sistema de conteinerização de lixo
05/07/2018 - Quanto custa mudar de país?
05/07/2018 - Corsan autoriza início de obras e coloca em operação sistema de esgotos em Guaíba
05/07/2018 - Operação interdita desmanche e apreende 20 toneladas de sucata em Novo Hamburgo
05/07/2018 - Governo do Estado contrata 949 servidores para a Segurança Pública
05/07/2018 - Assinado o edital para Concurso Público da Prefeitura de Eldorado do Sul
05/07/2018 - Firmado protocolo de intenções para combate à discriminação étnico-racial
04/07/2018 - Nota oficial do DNIT referente à BR-290/RS:
03/07/2018 - DNIT/RS restringirá tráfego de caminhões sobre a Ponte do Fandango, em Cachoeira do Sul
03/07/2018 - Parlamento gaúcho reconhece e legitima Programa LIDER
03/07/2018 - Câncer de mama: qual a importância do diagnóstico precoce?
03/07/2018 - A tecnologia na transformação dos motoristas e do trânsito
03/07/2018 - Makro participa de Campanha do Agasalho da Cruz Vermelha
03/07/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove aula experimental do curso de Cuidador de Idosos
03/07/2018 - Como otimizar sua loja virtual no ambiente físico na era das compras sem barreiras
03/07/2018 - Alimentação pode amenizar os efeitos da menopausa
03/07/2018 - Genética cumpre papel importante no diagnóstico do autismo
03/07/2018 - Badesul financia R$ 3,1 milhões para municípios investirem em infraestrutura
03/07/2018 - Operações integradas têm melhores resultados no RS com 97 prisões
03/07/2018 - Eldorado do Sul realiza o II Festival Municipal de Danças
02/07/2018 - Regulamentada a lei que cria política do carvão e polo carboquímico
02/07/2018 - Leilões do DetranRS ofertam mais de 3 mil veículos e sucatas neste mês de julho
02/07/2018 - Estudantes da Fundação Liberato participam de feira no Chile
01/07/2018 - Lavagem automotiva
01/07/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
01/07/2018 - Farmácia do Noel
01/07/2018 - Barbearia Roque
01/07/2018 - Fisioterapia no Parque Eldorado
01/07/2018 - Educadores de Eldorado do Sul recebem treinamento de primeiros socorros
29/06/2018 - Butiá é o segundo município mais desenvolvido da região carbonífera, revela pesquisa
01/06/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/06/2018 - Mecânica e Retífica de Motores
01/06/2018 - Serviços de Contabilidade
07/02/2009 - Homem é preso com 36 kg de drogas e 1,6 mil munições em Alvorada



Edição n° 181 - Julho 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 181
  • Edição n° 180
  • Edição n° 179







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821