Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 16 de Outubro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
26091877


Edicão n° 184 de Outubro 2018


Ciência de dados pode auxiliar pediatras a diagnosticarem situações de forma mais rápida
18/05/2018

O uso da ciência de dados para auxiliar os médicos na tomada de decisões e a expectativa da circulação do vírus da gripe no Brasil esse ano estão entre os principais debates do primeiro dia do XI Congresso Gaúcho de Atualização em Pediatria. O evento, promovido pela Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), reúne mais de mil especialistas do estado no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre.

Alinhada ao momento tecnológico que a sociedade vive, a SPRS convidou o cientista de dados especialista em business analytics, Ricardo Cappra para falar sobre como o Big Data pode contribuir para as tomadas de decisões dos pediatras.

- A medicina está descobrindo a ciência de dados nesse momento e está fazendo perguntas específicas, que é onde está o valor do banco de dados. Sempre tivemos amostras de pesquisa muito pequenas e limitadas, o que dificultava a abordagem de entendimento de uma situação que se repetia em todo o mundo. A ciência de dados vai, então, organizar as informações e dar subsídios para um diagnóstico com mais velocidade para que o médico possa decidir a partir dos resultados obtidos. A inserção do pediatra nesse universo se dará pela curiosidade, ele tem que perceber que esse novo mundo está aberto, que tem uma nova fonte de informações à disposição. Vão surgir ferramentas de todos os lados e, nesse momento, o médico deve estar disposto a acessá-las - destacou Cappra.

Embora seja difícil antecipar como será a circulação do vírus da influenza no Brasil, em comparação com as ocorrências no hemisfério norte do planeta, o presidente do departamento de infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Marco Aurélio Palazzi Sáfadi, apontou um cenário otimista.

- Nem sempre o que ocorreu lá pode acontecer aqui, pois o vírus tem uma grande capacidade de mutação. Muitas vezes quando chega, ele já sofreu alterações que podem deixá-lo mais agressivo ou ao contrário. Nesse ano, a América do Norte e a Europa tiveram um predomínio do tipo H3N2 e a vacina aplicada lá funcionou de maneira limitada, não exercendo a proteção adequada sobre o vírus. A boa notícia é que aqui fizemos uma adaptação para comportar um H3N2 mais próximo do que está circulando. Ainda não tivemos a oportunidade de avaliar pois com o atraso do frio, ainda há poucas incidências de gripe, mas, de acordo com os dados divulgados recentemente pelo Ministério da Saúde, observamos a circulação de três tipos, H1N1, H3N2 e B, de forma semelhante, ao contrário do que ocorreu no hemisfério norte - explicou Sáfadi.

Para o presidente do XI Congresso Gaúcho de Atualização em Pediatria, Sérgio Amantéa, as apresentações demonstram que a SPRS está alinhada com o que há de mais moderno, como a questão de banco de dados e algoritmos, e com o que seja de interesse coletivo dos especialistas, como a possibilidade de um novo surto de influenza no país.

Respeitar as diferenças entre os profissionais e os pacientes, sugerir dicas sobre prescrições de medicamentos, alergia à proteína do leite e diagnóstico precoce do autismo foram outros temas abordados ao longo do dia. Dois debates entre especialistas com posições opostas sobre as doses da vacina HPV e medicamento para tosse integraram, ainda, a programação. Paralelamente, ocorreram três atividades de "conversa com especialista".

Na sexta-feira (18/05), o Congresso retoma com um painel de dicas práticas sobre indicações dos leites especiais nos primeiros anos de vida do bebê e com uma conferência sobre manejo de reações alérgicas no consultório. Além disso, será apresentado o uso de antimicrobianos em otites e pneumonias e ocorrerá um debate sobre imunoestimulantes na prevenção de infecções respiratórias. O simpósio sobre ômega 3 no desenvolvimento infantil encerra a programação da manhã. O painel sobre os efeitos do uso da maconha na visão do neurologista e psiquiatra dá início às atividades da tarde, seguido pela conferência sobre a febre amarela. Uma palestra motivacional com Karolina Oliani, de São Paulo, também consta na programação. O simpósio sobre alergias alimentares e dicas práticas sobre o teste do pezinho encerram o segundo dia do Congresso.

Fonte: PlayPress






Edicão n° 184 de Outubro 2018
15/10/2018 - Secretaria da saúde reduz fila nos procedimento e consultas especializadas
15/10/2018 - SMEC divulga datas para matrículas e rematrículas para o ano de 2019
15/10/2018 - Por trás dos genes: entenda o que faz o médico especialista em genética
15/10/2018 - PRF recupera veículo, apreende droga e revólver e prende um homem em Tapes
15/10/2018 - Operação Viagem Segura do feriado fiscaliza mais de 14 mil veículos
15/10/2018 - Leilões do DetranRS ofertam 725 veículos e sucatas em Tramandaí
15/10/2018 - Corsan autoriza obra que vai reforçar abastecimento de Charqueadas e São Jerônimo
04/10/2018 - Operação Desmanche interdita estabelecimento em Montenegro
04/10/2018 - Definido o esquema de segurança para o final de semana das eleições
04/10/2018 - Fase inicia ações de prevenção ao câncer de mama no Outubro Rosa
04/10/2018 - Abertas inscrições para contratação de médicos reguladores
04/10/2018 - RS conquista nove medalhas na etapa regional dos Jogos da Juventude
04/10/2018 - Projeto de robótica beneficia alunos do turno integral da rede pública estadual
04/10/2018 - Hospital de Charqueadas reabre com leitos de saúde prisional, mental e geral
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo
04/10/2018 - Pequenos cuidados ao se barbear ajudam a proteger a pele
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte II
04/10/2018 - DNIT/RS inicia manutenção periódica na BR-116/RS (Vão móvel até Guaíba)
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte I
04/10/2018 - Prefeitura e Corsan regularizam a água de mais quatro comunidades
04/10/2018 - Dois guaibenses voltaram do Chile com troféus e vagas para o mundial de Karatê.
04/10/2018 - Prefeito de Butiá e Secretário de Obras definem ações
01/10/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
01/10/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/10/2018 - Barbearia Roque
01/10/2018 - Serviços de Contabilidade
01/10/2018 - Farmácia no Parque Eldorado



Edição n° 184 - Outubro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 184
  • Edição n° 183
  • Edição n° 182







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821