Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 17 de Outubro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
26094229


Edicão n° 184 de Outubro 2018


“Fundo partidário é uma violência contra o cidadão”, afirma Mateus Bandeira
28/02/2018

O Tribunal Superior Eleitoral anunciou, há poucos dias, a liberação de dois fundos
públicos para campanhas: o eleitoral e o partidário. São, respectivamente, R$ 1,7 bilhão
e R$ 888 milhões a serem divididos entre as siglas. As seis agremiações que elegeram
mais nomes para a Câmara dos Deputados em 2014 ficarão com 57% do total de R$ 2,6
bilhões, com o restante sendo divido entre os demais partidos. Além desses fundos, o
TSE também divulgou a possibilidade do autofinanciamento de campanha.

Pré-candidato ao Governo do Estado pelo partido Novo, Mateus Bandeira recorda que,
quando os parlamentares defendiam a criação do fundo, eles afirmavam que seriam
retirados recursos da área social. “Foi uma grande mentira. Bilhões de reais estão
deixando de ir para saúde e educação”, critica, apontando a contradição. “É uma
excrescência tirar dinheiro de serviços fundamentais para desperdiçar em palanques e
marqueteiros”, avalia Bandeira, que foi presidente do Banrisul, secretário de
Planejamento do RS e CEO da FALCONI – Consultores de Resultado.

Ele aponta que o atual modelo apresenta outro contrassenso: obriga o cidadão a custear
candidaturas que jamais apoiaria. “É como se o torcedor do Grêmio tivesse de financiar
o Inter, ou o dízimo de um católico ir para uma igreja evangélica. Não faz sentido
algum”, ressalta, acrescentando que o eleitor de Bolsonaro, na prática, custeará a
campanha do candidato do PT, e vice-versa.

Para Bandeira, isso é uma “violência contra as pessoas”. “Não existe nada mais velho do
que usar o dinheiro de impostos para financiar campanhas e partidos. Essas são as
velhas práticas que o cidadão não suporta mais”, afirma.

O Novo é a única sigla não utiliza o fundo partidário. O partido é mantido por
voluntários, com os 15 mil filiados pagando uma mensalidade de R$ 29, e por meio de
palestras, como as do treinador Bernardinho. “É uma forma de sustentar o partido a
partir do próprio simpatizante, sem demandar que todo cidadão pague imposto para
isso”, defende o pré-candidato. “Fazer campanha com contribuições é o novo jeito de
fazer política”.






Edicão n° 184 de Outubro 2018
15/10/2018 - Secretaria da saúde reduz fila nos procedimento e consultas especializadas
15/10/2018 - SMEC divulga datas para matrículas e rematrículas para o ano de 2019
15/10/2018 - Por trás dos genes: entenda o que faz o médico especialista em genética
15/10/2018 - PRF recupera veículo, apreende droga e revólver e prende um homem em Tapes
15/10/2018 - Operação Viagem Segura do feriado fiscaliza mais de 14 mil veículos
15/10/2018 - Leilões do DetranRS ofertam 725 veículos e sucatas em Tramandaí
15/10/2018 - Corsan autoriza obra que vai reforçar abastecimento de Charqueadas e São Jerônimo
04/10/2018 - Operação Desmanche interdita estabelecimento em Montenegro
04/10/2018 - Definido o esquema de segurança para o final de semana das eleições
04/10/2018 - Fase inicia ações de prevenção ao câncer de mama no Outubro Rosa
04/10/2018 - Abertas inscrições para contratação de médicos reguladores
04/10/2018 - RS conquista nove medalhas na etapa regional dos Jogos da Juventude
04/10/2018 - Projeto de robótica beneficia alunos do turno integral da rede pública estadual
04/10/2018 - Hospital de Charqueadas reabre com leitos de saúde prisional, mental e geral
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo
04/10/2018 - Pequenos cuidados ao se barbear ajudam a proteger a pele
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte II
04/10/2018 - DNIT/RS inicia manutenção periódica na BR-116/RS (Vão móvel até Guaíba)
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte I
04/10/2018 - Prefeitura e Corsan regularizam a água de mais quatro comunidades
04/10/2018 - Dois guaibenses voltaram do Chile com troféus e vagas para o mundial de Karatê.
04/10/2018 - Prefeito de Butiá e Secretário de Obras definem ações
01/10/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
01/10/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/10/2018 - Barbearia Roque
01/10/2018 - Serviços de Contabilidade
01/10/2018 - Farmácia no Parque Eldorado



Edição n° 184 - Outubro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 184
  • Edição n° 183
  • Edição n° 182







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821