Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Julho de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
23623160


Edicão n° 181 de Julho 2018


O excesso de confiança dos consumidores contribui para o aumento de crimes virtuais
31/01/2018

Os consumidores acreditam estar seguros e protegidos on-line, porém os hackers tem
provado o contrário, roubando US$ 172 bilhões de 978 milhões de consumidores em 20
países no último ano, de acordo com o Norton Cyber Security Insights Report 2017,
divulgado em 22 de janeiro, pela Norton by Symantec (NASDAQ: SYMC).
Globalmente, as vítimas de crimes virtuais compartilham um perfil muito parecido:
geralmente são consumidores que fazem uso diário de múltiplos dispositivos, seja em
casa ou em movimento, e têm um ponto cego quando se trata de princípios básicos de
segurança cibernética. Este grupo tende a usar a mesma senha em várias contas ou
compartilhá-la com outras pessoas. Igualmente preocupante, 39% das vítimas globais
de crimes virtuais, apesar da sua experiência, ganharam confiança em sua capacidade
de proteger seus dados e informações pessoais de ataques futuros e 33% acreditam que
eles correm baixo risco1 de se tornar uma vítima de crimes virtuais.

No Brasil, 62 milhões de consumidores foram vítimas de crimes virtuais- mais da
metade da população on-line de adultos do Brasil. As perdas totalizaram R$ 22 bilhõese
cada vítima perdeu uma média de (33,9 horas)lidando com as consequências após a
descoberta.

"As atitudes dos consumidores revelaram uma desconexão perigosa: apesar de um fluxo
constante de falhas cibernéticas relatadas pela mídia, muitas pessoas parecem sentirem-
se invencíveis e ignorar o uso de precauções básicas para protegerem-se", disse Fran
Rosch, vice-presidente executivo da unidade de Consumo da Symantec. "Esta
discrepância destaca a necessidade de segurança digital do consumidor e a urgência das
pessoas estarem atentas aos cuidados básicos quando se trata de fazer sua parte para
prevenir de crimes virtuais", completa o executivo.

Brasileiros adquirem medidas de segurança cibernética, mas deixam suas portas virtuais
desbloqueadas
Os consumidores utilizam tecnologias de proteção de dispositivos, como identificação de
impressões digitais, correspondência de padrões e reconhecimento facial: 40% usam
identificação de impressão digital, 25% usam correspondência de padrões, 18% usam
VPN pessoal, 14% utilizam ID de voz, 12% utilizam autenticação de dois fatores e 12%
utilizam reconhecimento facial. Ainda assim, consumidores que adotaram essas
tecnologias foram descuidados com a senha e foram vítimas de crimes virtuais.

Consumidores que demonstraram confiança, são mais propensos a ataques, já que tem
maior número de dispositivos e alguns novos. 44% das vítimas de crimes virtuais no
Brasil possuíam um dispositivo inteligente para transmissão de conteúdo, em
comparação com 41% das não vítimas. Eles também eram três vezes mais propensos a
possuir um dispositivo doméstico conectado.

Apesar de sofrer com crimes virtuais no ano passado, quase 1/4 das vítimas no Brasil
usou a mesma senha on-line em todas as contase 65% compartilham a mesma senha
para pelo menos um dispositivo ou conta com outros, negando os esforços de
segurança. Em comparação, apenas 23% das não vítimas de crimes virtuais reutilizam
senhase 42% compartilham suas senhas com outras pessoas.Além disso, 35% escrevem
suas senhas em um pedaço de papele são quase duas vezes mais propensos a usar
senhas diferentes e salvar sua senha em um arquivo em seu computador/ smartphone
do que não-vítimas.

Diminuindo as fronteiras entre oCrimes virtuais e a "Vida Real"

83% dos consumidores do Brasil acreditam que crimes virtuais devem ser tratados como
um ato criminoso. No entanto, quando pressionados, houve controvérsias, 32% dos
entrevistados creditam que roubar informações on-line não é tão ruim quanto roubar
propriedades na "vida real". Quando apresentados exemplos de crimes virtuais, 44% dos
consumidores responderam acreditar que, eventualmente, seja aceitável certos
comportamentos moralmente questionáveis on-line, como, leitura de e-mails de outra
pessoa (25%), usar um e-mail falso ou o e-mail de outra pessoa para identificar-se on-
line (20%) e até mesmo acessar a conta bancária de alguém sem sua permissão (16%).

O estado de confiança dos consumidores
Apesar dos ataques cibernéticos deste ano, os consumidores geralmente continuam
confiando nas instituições que gerenciam seus dados e informações pessoais. No
entanto, os brasileiros já não estão tão confiantes em algumas instituições e
organizações.

· Os consumidores ganharam ou mantiveram confiança em organizações como bancos e
instituições financeiras (76%) e provedores de serviços de proteção contra roubo de
identidade (70%) apesar dos ataques foram destaques na mídia este ano.

· Alternativamente, mais de metade dos consumidores brasileiros (73%) perderam
confiança no governo para gerenciar seus dados e informações pessoais no ano passado.
35% perderam confiança nas plataformas de redes sociais.

· 47 % das vítimas de crimes virtuais no Brasil aumentaram sua confiança em si
mesmos para gerenciar seus dados e informações pessoais.

Para saber mais sobre o impacto real dos crimes virtuais e como os consumidores
podem proteger sua informação digital, acesse aqui para obter mais informações.

Sobre Norton Cyber Security Insights Report

O Norton Cyber Security Insights Report é uma pesquisa on-line, da qual participaram
21,549 pessoas, a partir de 18 anos, em 20 diferentes mercados, encomendado pela
Norton da Symantec e produzido pela empresa de pesquisa Reputation Leaders. A
margem de erro para a amostra é de +/-.7%. A amostra do Brasil reflete a contribuição
de 1,099 brasileiros. Adultos, +18. A margem de erro é de +/- 3.0% para amostra total
do Brasil. Os dados foram coletados entre 5 e 24/outubro de 2017 por Reputation
Leaders.


Como definimos o crime cibernético

A definição de crimes virtuais continua a evoluir, à medida que abre caminho para que
os cybers criminosos visem os consumidores de novas maneiras. A cada ano,
avaliaremos as atuais tendências do crimes virtuais e atualizaremos a metodologia do
relatório, conforme necessário, para garantir que o relatório Norton Cyber Security
Insights forneça uma imagem instantânea precisa sobre o impacto do crimes virtuais
nos dias atuais. No relatório 2017 Norton Cyber Security Insights, um crime cibernético
é definido como, mas não limitado a uma série de ações específicas, incluindo roubo de
identidade, fraude de cartão de crédito ou a senha da sua conta comprometida. Para os
propósitos deste relatório, uma vítima de crimes virtuais é um entrevistado que
confirmou um ou mais desses incidentes ocorreram. Para mais informações, visite
www.symantec.com/content/dam/symantec/docs/about/2017-ncsir-global-results-
en.pdf



Sobre a Symantec

A Symantec Corporation (NASDAQ: SYMC), líder mundial em segurança cibernética,
ajuda organizações, governos e pessoas a protegerem seus dados mais importantes,
onde quer que estejam. Organizações em todo o mundo buscam na Symantec soluções
estratégicas e integradas para se defenderem de ataques sofisticados, seja em
endpoints, na nuvem ou em infraestrutura. Da mesma forma, uma comunidade global
de mais de 50 milhões de pessoas e famílias confia nas suítes de produtos Norton e
LifeLock da Symantec para proteger suas vidas digitais em casa e também em seus
dispositivos. A Symantec opera uma das maiores redes civis de inteligência cibernética
do mundo. Isto permite que a empresa identifique e ofereça proteção contra as ameaças
mais avançadas. Para obter informações adicionais, visite o site www.symantec.com ou
conecte-se conosco no Facebook, Twitter e LinkedIn.

Informações para a Imprensa:

Agência Ideal H+K Strategies – (11) 4873-7900 – www.agenciaideal.com.br
Talita Marcon – talita.marcon@idealhks.com.br – ramal 7919 ou (11) 94272-5887
Fernanda Vigna – fernanda.vigna@idealhks.com – ramal 2918 ou (11) 99649-5997
Tatiana Americano – tatiana.americano@idealhks.com – ramal 7913 (11) 99649.5997






Edicão n° 181 de Julho 2018
11/08/2018 - Copa Mabilde de Futsal promove integração das escolas das ilhasCopa Mabilde de Futsal promove integração das escolas das ilhas
20/07/2018 - Depósito utilizado para contrabando e tráfico é fechado no interior do estado
19/07/2018 - DNIT desenvolve ações contínuas com escolas próximas à BR-116/RS
19/07/2018 - Sociedade de Pediatria defende direito da criança ser atendida pelo médico pediatra
19/07/2018 - Evento debate reutilização da água e tratamento de esgoto em empreendimentos
19/07/2018 - Por que é tão importante estar atento aos atrasos no desenvolvimento da criança?
19/07/2018 - Coluna da OAB/RS
19/07/2018 - Câmara de vereadores de Butiá homenageia a Escola Estadual de Ensino Médio Visconde de Mauá
19/07/2018 - "Promessas no G1" recebe grandes nomes da cena musical cristã
18/07/2018 - Servidores da Sema recebem habilitação da Marinha para condução de embarcações
16/07/2018 - Prefeitos consideram inviável assumirem a Freeway
16/07/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove curso de Gestão de Pessoas e Relacionamento Interpessoal
16/07/2018 - Em Butiá Nota Fiscal Legal atinge 122 mil cupons trocados em sete meses
16/07/2018 - Ministério Público faz doações de agasalhos para campanha do estado
16/07/2018 - Fepam fiscaliza transporte de produtos perigosos
12/07/2018 - Prefeitura de Butiá cria núcleo para auxiliar entidades do município
12/07/2018 - PRF prendeu um casal de idosos transitando como uma motocicleta roubada em Eldorado do Sul
12/07/2018 - PRF prendeu um homem e aprendeu uma motocicleta que circulava com placa clonada em Butiá
12/07/2018 - Procon RS alerta para novas medidas na área de telefonia móvel
12/07/2018 - Onça parda é flagrada no Parque Itapuã após 16 anos
12/07/2018 - Coluna da OAB/RS
12/07/2018 - DNIT/RS realiza serviços de manutenção na BR 116, sexta, sábado e domingo (13,14,15/07)
12/07/2018 - SBGM defende uso de ácido fólico no primeiro trimestre de gestação
11/07/2018 - Assinado contrato de R$ 50 mil que beneficia produtores da Agricultura Familiar em Butiá
11/07/2018 - Reduzidas tarifas de ônibus que trafegam pela BR-290 e Freeway
11/07/2018 - Mortes por Aids caem no RS, mas autoridades insistem na prevenção
10/07/2018 - PRF prende pela segunda vez um motorista de caminhão por dirigir embriagado
10/07/2018 - Prefeito de Butiá toma posse na diretoria da Famurs
10/07/2018 - Plataforma inteligente monitora segurança e detecta situações de risco
10/07/2018 - Toyota confirma intenção de ampliar investimentos e operações em Guaíba
10/07/2018 - Inscrições para Feira da Agricultura Familiar na Expointer terminam sexta
09/07/2018 - Polícia Rodoviária Federal prende homem transportando carga sem procedência em Guaíba
09/07/2018 - Coordenadoria de Educação qualifica professores em primeiros socorros
09/07/2018 - Hemocentro precisa de doadores de sangue ao longo de todo o ano
09/07/2018 - Ex-prefeito de Bagé deve devolver valor pago para publicação em ranking nacional de melhores cidades
07/07/2018 - Polícia apreende armas de brinquedo e Viagra falsificado em Eldorado do Sul
06/07/2018 - CIB realiza doação de 1.600 peças de roupas a Secretaria Municipal de Assistência Social de Butiá
06/07/2018 - BR-153/RS - Ponte do Fandango é interditada a partir de hoje (06/07), em Cachoeira do Sul
06/07/2018 - Asilo Padre Cacique recebe doação do Ministério do Desenvolvimento Social
06/07/2018 - DNIT libera trecho duplicado da BR-116, em Pelotas/RS
06/07/2018 - Não vacinar é um ato irresponsável
06/07/2018 - Edinho em Guaíba
06/07/2018 - Guaíba implantará sistema de conteinerização de lixo
05/07/2018 - Quanto custa mudar de país?
05/07/2018 - Corsan autoriza início de obras e coloca em operação sistema de esgotos em Guaíba
05/07/2018 - Operação interdita desmanche e apreende 20 toneladas de sucata em Novo Hamburgo
05/07/2018 - Governo do Estado contrata 949 servidores para a Segurança Pública
05/07/2018 - Assinado o edital para Concurso Público da Prefeitura de Eldorado do Sul
05/07/2018 - Firmado protocolo de intenções para combate à discriminação étnico-racial
04/07/2018 - Nota oficial do DNIT referente à BR-290/RS:
03/07/2018 - DNIT/RS restringirá tráfego de caminhões sobre a Ponte do Fandango, em Cachoeira do Sul
03/07/2018 - Parlamento gaúcho reconhece e legitima Programa LIDER
03/07/2018 - Câncer de mama: qual a importância do diagnóstico precoce?
03/07/2018 - A tecnologia na transformação dos motoristas e do trânsito
03/07/2018 - Makro participa de Campanha do Agasalho da Cruz Vermelha
03/07/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove aula experimental do curso de Cuidador de Idosos
03/07/2018 - Como otimizar sua loja virtual no ambiente físico na era das compras sem barreiras
03/07/2018 - Alimentação pode amenizar os efeitos da menopausa
03/07/2018 - Genética cumpre papel importante no diagnóstico do autismo
03/07/2018 - Badesul financia R$ 3,1 milhões para municípios investirem em infraestrutura
03/07/2018 - Operações integradas têm melhores resultados no RS com 97 prisões
03/07/2018 - Eldorado do Sul realiza o II Festival Municipal de Danças
02/07/2018 - Regulamentada a lei que cria política do carvão e polo carboquímico
02/07/2018 - Leilões do DetranRS ofertam mais de 3 mil veículos e sucatas neste mês de julho
02/07/2018 - Estudantes da Fundação Liberato participam de feira no Chile
01/07/2018 - Lavagem automotiva
01/07/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
01/07/2018 - Farmácia do Noel
01/07/2018 - Barbearia Roque
01/07/2018 - Fisioterapia no Parque Eldorado
01/07/2018 - Educadores de Eldorado do Sul recebem treinamento de primeiros socorros
29/06/2018 - Butiá é o segundo município mais desenvolvido da região carbonífera, revela pesquisa
01/06/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/06/2018 - Mecânica e Retífica de Motores
01/06/2018 - Serviços de Contabilidade
07/02/2009 - Homem é preso com 36 kg de drogas e 1,6 mil munições em Alvorada



Edição n° 181 - Julho 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 181
  • Edição n° 180
  • Edição n° 179







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821