Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Fevereiro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
16102215


Edicão n° 176 de Fevereiro 2018


Sociedade de Pediatria do RS esclarece dúvidas sobre a febre amarela
23/01/2018

Os casos recentes no Brasil de febre amarela acenderam o sinal de alerta e trazem uma
série de dúvidas na população. O alerta da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul
(SPRS) é de cuidado, especialmente em relação a imunização, necessária como medida
preventiva, mas reforça que não deve haver uma corrida desenfreada em busca de
vacinas.

- A vacina está disponível em todas as unidades de saúde. É de rotina para todas as
crianças que completam 9 meses. Apenas uma dose é necessária para qualquer pessoa,
que assim, estará protegida para toda a vida contra a febre amarela – explica o diretor
da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, Benjamin Roitman.

A vacina fracionada neste momento está sendo utilizada apenas no Sudeste do país e dá
proteção por 8 anos. Aqui no RS é a vacina integral, que dá proteção para toda a vida.
Como é uma vacina de vírus vivo atenuado, deve-se ter precaução na indicação de
vacina. Pessoas de mais de 60 anos só devem receber com indicação médica. Grávidas e
bebês com menos de 9 meses não devem receber a vacina apenas em situações
especiais (vivendo em área de circulação do vírus, por exemplo).

- Como o RS não tem circulação de vírus da febre amarela, não há indicação de vacinar
estes grupos. Mesmo os adultos ou crianças que não receberam vacina, não tem
necessidade de correr para unidades de saúde para se vacinar. Devem procurar a vacina
as crianças que completam 9 meses (rotina) pessoas que necessitam de certificado de
vacinação para alguma viagem ao exterior ou pessoas que viajarão para as áreas de
circulação do vírus (São Paulo, RJ, Minas Gerais, Bahia, no momento). Não podemos
esquecer de recomendar o uso de repelentes às pessoas que viajam a estes lugares,
principalmente àqueles que não se recomenda receber a vacina (como grávidas) –
completa Benjamin.

A febre amarela é uma doença viral grave que pode levar ao óbito (cerca de 30% é
mortalidade). Se reconhecida e tratada precocemente (tratamento basicamente de
suporte) a evolução é melhor. Os sintomas iniciais se parecem com as demais viroses
como febre alta, dor no corpo, mialgias, cefaleia, náuseas e vômitos que podem evoluir
para insuficiência hepática (com icterícia - daí o nome febre amarela), sintomas
hemorrágicos e insuficiência renal.

Um conceito importante é que existem dois tipos de contaminação. A silvestre é
disseminada pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes, circulantes em matas, e não em
cidades. A versão urbana é transmitida pelo Aedes aegypti, o mesmo da dengue, do zika
e da chikungunya. Não há registro de febre amarela urbana no Brasil desde 1942. As
mortes de agora foram causadas pela versão silvestre, unicamente. No entanto, a maior
preocupação das autoridades é com a versão urbana pelo seu potencial de disseminação
já que circularia nas cidades, em meio a um número muito maior de pessoas.

Litoral do RS

Um tema que tem levantado dúvidas diz respeito ao litoral do Rio Grande do Sul. O
estado, não tem circulação de vírus. Segundo o médico, Benjamin Roitman, a extensão
da recomendação de vacinação às pessoas que moram no litoral visa apenas proteger
esta população pelo que ocorre no Brasil, (até então não tinha indicação de se vacinar).
Não é necessário se vacinar por viagem ao litoral. Lembrando que a doença é
transmitida por mosquitos, não passa de pessoa a pessoa nem de macacos a pessoas.
Então, mesmo que eu encontre um paulista no nosso litoral com febre não há como
pegar a doença apenas por estar junto. Cabe salientar que a F.A. é do tipo silvestre, ou
seja, de circulação apenas em áreas de matas, periféricas às grandes cidades. Onde
vivem macacos e mosquitos hemagogos (estes insetos que transmitem a doença). Por
último, protejam os macacos: eles são os sentinelas e "avisam" quando o vírus está
presente em nosso meio e nunca passam a doença para os humanos.


Fonte: PlayPress






Edicão n° 176 de Fevereiro 2018
14/02/2018 - Bloqueador de anúncios vai exigir ações de marketing nas empresas
14/02/2018 - Fuja da descamação da pele após exposição ao sol
14/02/2018 - 80 mil veículos devem usar a Free Way rumo ao litoral neste final de semana
14/02/2018 - Nova vacina para HPV amplia para 90% a proteção contra câncer da área genital
14/02/2018 - Balada Segura no Litoral autua 46 motoristas por embriaguez no Carnaval
14/02/2018 - Reativação de lombadas eletrônicas nas rodovias estaduais está em fase final
13/02/2018 - Segundo sorteio da Nota Fiscal Legal de Butiá foi realizado na sexta-feira (9)
13/02/2018 - Brigada Militar é destaque na formação de pilotos e instrutores
13/02/2018 - Brigada Militar executa Operação Avante Rodoviárias em diversas cidades gaúchas
12/02/2018 - Secretaria de Educação de Butiá oferece capacitação às merendeiras da Rede Municipal
09/02/2018 - Praia das mulatas em Barra do Ribeiro está entre os pontos impróprios para banho no RS.
08/02/2018 - Administração Municipal e comunidade escolar trabalham unidas em prol de melhorias de escolas, em Butiá
08/02/2018 - SMEC divulga calendário letivo 2018
08/02/2018 - Eldorado do Sul divulga locais de vacina contra febre amarela
08/02/2018 - Farmácia municipal está com novo horário de funcionamento
07/02/2018 - Marketing digital em 2018: saiba quais são as tendências
07/02/2018 - Teste de intolerância alimentar pode ajudar no emagrecimento
07/02/2018 - Plágio no Enem mostra que precisamos melhorar o ensino da escrita - e a correção da prova
07/02/2018 - OIT pede que governo revise pontos da reforma trabalhista
07/02/2018 - Segundo sorteio da Nota Fiscal Legal de Butiá é nesta sexta-feira, 09
07/02/2018 - Segundo sorteio da Nota Fiscal Legal de Butiá é nesta sexta-feira, 09
07/02/2018 - Pacientes com Mieloma Múltiplo ganham nova opção de tratamento, após oito anos de espera
07/02/2018 - Senac EAD lança pós-graduação Avaliação de Impactos Ambientais e Processos de Licenciamento Ambiental
07/02/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove o curso de Gestão de Pessoas e Relacionamento Interpessoal
07/02/2018 - Região Central vai ganhar unidade exclusiva para reabilitação de pacientes
07/02/2018 - Inscrições para contratação de professores se iniciam nesta quinta-feira
07/02/2018 - Programa de combate à violência escolar recebe prêmio da Alap em setembro
07/02/2018 - Carnaval terá seis dias de fiscalização intensa com a Operação Viagem Segura
06/02/2018 - Mais de R$ 350 mil já foram repassados pela Prefeitura ao Hospital de Butiá
06/02/2018 - Secretaria de Obras do estado recebe demandas do município de Eldorado do Sul
06/02/2018 - Secretaria de Obras está trabalhando na limpeza de ruas e espaços públicos em Butiá
06/02/2018 - 95% das mulheres utilizam a internet como fonte de informação sobre saúde e bem-estar
06/02/2018 - Torneio de Vôlei de Dupla de Butiá será disputado no Balneário Ponte de Arame
06/02/2018 - Os riscos da atual alienação social e política
04/02/2018 - Barbearia Roque
03/02/2018 - Febre Amarela: saiba quem pode e não pode fazer a vacina
03/02/2018 - Equipe está trabalhando na limpeza do Cemitério Municipal de Butiá
03/02/2018 - Ar condicionado e calor: dicas para evitar que a conta de luz aumente muito no verão
03/02/2018 - Fevereiro Roxo: mal de Alzheimer pode ser tratado com Medicina Nuclear
02/02/2018 - Prefeito vistoria obras no Parque Eldorado
02/02/2018 - Charqueadas recebe etapa do Circuito Verão SESC
01/02/2018 - Agropecuária em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Aluguel e Conserto de Ferramentas
01/02/2018 - Escritorio de Advocacia
01/02/2018 - Auto Elétrica em Arroio dos Ratos
01/02/2018 - Serviços de Contabilidade em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Marmores e Granitos em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/02/2018 - Farmácia do Noel
01/02/2018 - Materiais de Construção
01/02/2018 - HV Concretos
01/02/2018 - Informática - Computadores - Acessórios- Serviços
01/02/2018 - Festas - locações
01/02/2018 - Imobiliária em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Moda Masculina e Feminina - Lojas Davi
01/02/2018 - Dentista Urgência e Emergência
01/02/2018 - Produtos gráficos em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Quer ter seu próprio negócio?
01/02/2018 - Mecânica e Retífica de Motores
01/02/2018 - A importância da Fisioterapia na sua saúde
01/02/2018 - Autopeças
01/02/2018 - Viagem Segura de Navegantes terá quatro dias de fiscalização intensa
01/02/2018 - Assembleia escreve página triste da história do Rio Grande do Sul, diz Sartori
01/02/2018 - Procedimento inédito e inovador é realizado no Hospital da Brigada Militar
31/01/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
31/01/2018 - Casas de Acolhimento de Guaíba recebem melhorias e ganham novos nomes
31/01/2018 - Quatro hábitos evitáveis que contribuem para o aumento na incidência de câncer entre jovens
31/01/2018 - Percentual de famílias endividadas volta a crescer e atinge 72,2% em janeiro
31/01/2018 - Campanha de Monitoramento da Qualidade da Água no entorno das obras de duplicação da BR-116/RS
31/01/2018 - Ser empresário é arriscar para realizar
31/01/2018 - O excesso de confiança dos consumidores contribui para o aumento de crimes virtuais
31/01/2018 - Soluções online e gratuitas para o MEI
31/01/2018 - SINDIHOSPA alerta para golpe contra familiares de pacientes
31/01/2018 - Eldorado do Sul confirma adesão à PPP do Saneamento
30/01/2018 - Torneio de Canastra foi realizado no Balneário Ponte de Arame
30/01/2018 - Butiá conquista novas viaturas e equipamentos para Brigada Militar e Polícia Civil
30/01/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove o curso Preparando-se para o Primeiro Emprego
30/01/2018 - Psicoterapia Breve: a terapia dos tempos contemporâneos
30/01/2018 - Secretaria disponibiliza Cardápio de Alimentação Escolar 2018
11/01/2018 - Parque Eldorado ganha placas indicativas nas ruas
27/12/2017 - Saúde de Eldorado do Sul ganha novas viaturas
01/02/2017 - Lavagem automotiva
01/02/2017 - Estalagem Bom Samaritano



Edição n° 176 - Fevereiro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 176
  • Edição n° 175
  • Edição n° 174













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821