Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 19 de Outubro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
26112048


Edicão n° 184 de Outubro 2018


Vamos falar a verdade sobre o agro?
19/01/2018

O agronegócio é a grande fonte de prosperidade do Brasil. Os números falam por si só:
entre janeiro e setembro do ano passado, foi responsável pela geração de R$ 70 bilhões
de riqueza. Enquanto a indústria e os serviços se retraíram, a agropecuária cresceu
14,5%. Um padrão de crescimento chinês. No mesmo período, as exportações do setor
atingiram US$ 74 bi, ajudando nossa balança comercial a fechar no azul.

Apesar de tudo isso, o agro é alvo de difamação. Tentam, por exemplo, pintar o
produtor como latifundiário e afirmam a existência de monopólios e grandes
concentrações fundiárias. Ora, existem no Brasil mais de 5 milhões de estabelecimentos
agrícolas, e mesmo os maiores agricultores não têm poder de controlar os preços do
mercado. O setor é altamente competitivo e equilibrado.

Também repetem o clichê da “exploração da mão de obra”. Nada mais mentiroso: um
quinto da nossa força de trabalho está relacionada ao agronegócio. São indústrias de
equipamento e maquinário, produtoras de insumos, empresas de logística, consultoria,
geoprocessamento, entre muitas outras. Mesmo quem não participa dessa cadeia é
beneficiado pela eficiência do campo: o preço da cesta básica caiu 50% em valores reais
entre 1975 e 2011.

A principal crítica é a de que o agronegócio destruiria o meio ambiente – quando, na
verdade, o produtor é quem mais cuida da natureza. De acordo com a Embrapa, 38%
das áreas de vegetação nativa preservada estão em propriedades privadas – o que
equivale a mais da metade das terras destinadas à agropecuária. Segundo o Banco
Mundial, 66% do nosso território é preservado, ficando bem à frente da União Europeia
(25%), China (17%) e Estados Unidos (14%). Com tecnologia de ponta, aumentamos a
eficiência muito acima da área cultivada.

A vocação do Brasil é alimentar o mundo. Em uma geração, poderemos fornecer
alimentos para um quarto da população global, usando menos de 1,7% da superfície da
Terra. O primeiro passo para chegarmos lá é refutar as mentiras, estabelecer a verdade
e incentivar quem tem feito o nosso país avançar.



Mateus Bandeira*
*Ex-presidente do Banrisul e ex-secretário de Planejamento do Rio Grande do Sul






Edicão n° 184 de Outubro 2018
19/10/2018 - Brigadianos ampliam conhecimentos em ferramentas de análise criminal
19/10/2018 - Governo entrega armas e viaturas para a Brigada Militar na Região Central
19/10/2018 - Seduc inaugura novo espaço para formação e atendimento em educação especial
19/10/2018 - Semana da Alimentação no RS termina neste domingo na Redenção
19/10/2018 - Outubro Rosa na AMRIGS ressalta a importância da mulher conhecer o próprio corpo
15/10/2018 - Secretaria da saúde reduz fila nos procedimento e consultas especializadas
15/10/2018 - SMEC divulga datas para matrículas e rematrículas para o ano de 2019
15/10/2018 - Por trás dos genes: entenda o que faz o médico especialista em genética
15/10/2018 - PRF recupera veículo, apreende droga e revólver e prende um homem em Tapes
15/10/2018 - Operação Viagem Segura do feriado fiscaliza mais de 14 mil veículos
15/10/2018 - Leilões do DetranRS ofertam 725 veículos e sucatas em Tramandaí
15/10/2018 - Corsan autoriza obra que vai reforçar abastecimento de Charqueadas e São Jerônimo
04/10/2018 - Operação Desmanche interdita estabelecimento em Montenegro
04/10/2018 - Definido o esquema de segurança para o final de semana das eleições
04/10/2018 - Fase inicia ações de prevenção ao câncer de mama no Outubro Rosa
04/10/2018 - Abertas inscrições para contratação de médicos reguladores
04/10/2018 - RS conquista nove medalhas na etapa regional dos Jogos da Juventude
04/10/2018 - Projeto de robótica beneficia alunos do turno integral da rede pública estadual
04/10/2018 - Hospital de Charqueadas reabre com leitos de saúde prisional, mental e geral
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo
04/10/2018 - Pequenos cuidados ao se barbear ajudam a proteger a pele
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte II
04/10/2018 - DNIT/RS inicia manutenção periódica na BR-116/RS (Vão móvel até Guaíba)
04/10/2018 - Urna Eletrônica, Fraude: Bolsonaro tem razâo - Parte I
04/10/2018 - Prefeitura e Corsan regularizam a água de mais quatro comunidades
04/10/2018 - Dois guaibenses voltaram do Chile com troféus e vagas para o mundial de Karatê.
04/10/2018 - Prefeito de Butiá e Secretário de Obras definem ações
01/10/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
01/10/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/10/2018 - Barbearia Roque
01/10/2018 - Serviços de Contabilidade
01/10/2018 - Farmácia no Parque Eldorado



Edição n° 184 - Outubro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 184
  • Edição n° 183
  • Edição n° 182







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821