Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 10 de Dezembro de 2017. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
8841965


Edicão n° 174 de Dezembro 2017


Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata
07/12/2017

Após cinco anos de espera, enfim o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos
Deputados. A análise ocorreu na sessão desta quarta-feira (6) após solicitação da
deputada federal Christiane Yared (PR-PR) ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-
RJ). Com a aprovação, o condutor de veículos sob efeito de álcool, que for acusado de
homicídio, permanecerá preso de 5 a 8 anos. A lei vai para a sanção do presidente
Michel Temer.

Até então, os acusados de matar no trânsito poderiam responder por homicídio culposo,
com pena de detenção, de 2 a 4 anos, mesmo que fosse comprovada a embriaguez ao
volante. Pelos direitos atuais, até 4 anos, a lei permite responder pelo crime em
liberdade. Com a mudança para cinco anos da pena mínima, o motorista culpado terá de
responder na cadeia, sem poder converter a quitação do crime para cestas básicas, por
exemplo. Além do mais, isso não impedirá que o infrator vá a júri popular se for
constatado o dolo eventual. Era uma brecha na lei que dependia da interpretação do
delegado ou do Ministério Público no momento do oferecimento da denúncia.

"É um resgate dessa dívida histórica do parlamento com o cidadão de bem. Estamos
reescrevendo a história do nosso país em relação aos crimes de trânsito ", constatou a
deputada Yared, conhecida no Congresso Nacional pela bandeira em defesa do trânsito
seguro.

Mais conhecida como "Não foi acidente", a proposta original foi de autoria popular e
arrecadou mais de um milhão de assinaturas, mas acabou sendo abraçado pela
deputada Keiko Ota (PSB-SP) em 2013. Entre os principais pontos, o projeto endurece
as penalidades em casos de comprovada irresponsabilidade no trânsito. "No homicídio
culposo cometido na direção de veículo automotor, a pena é aumentada de um terço à
metade, se o agente não possuir permissão para dirigir, praticá-lo em faixa de pedestres
ou na calçada e deixar de prestar socorro", diz trecho do texto.

Durante os anos em que o projeto tramitava na Casa o projeto foi encarado como uma
das principais reivindicações de entidades que defendem maior rigor às leis de trânsito.
Para Nilton Gurman, um dos idealizadores do movimento Não Foi Acidente junto com
Ava Gambel, a sociedade não aceita mais esse tipo de conduta. Segundo ele, o
Movimento Não Foi Acidente apresentou esse projeto de lei há cinco anos, que sofreu
alterações, mas foi retomado com a redação original. "Quatro anos de prisão é muito
pouco para quem tira a vida de outra pessoa e acaba com os sonhos de um ser
humano", explicou.

Além dele, Yared tem investido para que o projeto de lei que torna inafiancável o crime
praticado por quem dirigir e estiver sob efeito de álcool. Além de impedir a fiança e a
soltura do acusado, a parlamentar tenta aumentar ainda mais os valores para fiança no
caso de lesões corporais às vítimas. "É preciso mudar. Nossa nação precisa dar uma
chance à vida", finalizou Yared, que teve um filho morto após um acidente causado por
um motorista alcoolizado nas ruas de Curitiba (PR). O responsável pela tragédia aguarda
até hoje hoje,






Edicão n° 174 de Dezembro 2017
08/12/2017 - Como a saúde mental afeta o corpo
07/12/2017 - Impactos da gravidez cada vez mais tarde
07/12/2017 - Prefeitura de Guaíba instala Wi-Fi gratuito e qualifica sistema de telefonia em escola no morro Santana
07/12/2017 - Entenda a relação do glúten com a sua saúde
07/12/2017 - Prefeitura dialoga com comunidade sobre escola da vila Primavera
07/12/2017 - Conta da CEEE Distribuição está adequada a Lei Estadual 48.118
07/12/2017 - Projeto “Verão Vivo” iniciou nesta quarta-feira em Butiá
07/12/2017 - Secretaria Municipal de Saúde recebe reforço de novos profissionais
07/12/2017 - Governo prorroga prazo para o MEI se regularizar
07/12/2017 - Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata
07/12/2017 - Tripolina: a cadeira que te acompanha
07/12/2017 - Movimentos entregam petição da transparência para Gilmar Mendes
07/12/2017 - Corsan participa de seminário de saneamento promovido pela Famurs em Guaíba
07/12/2017 - "Imprima o conteúdo"CEEE reforça sistema de energia para qualificar atendimento aos clientes no verão
02/12/2017 - Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) terá salas de videoaudiência
02/12/2017 - Fepam promove operação de fiscalização em empreendimentos da Serra
02/12/2017 - Curso sobre poda de árvores ocorre no Parque de Itapuã
02/12/2017 - Eldorado do Sul fará obra de R$ 2,8 milhões com recursos do Badesul
02/12/2017 - Junta Digital é o foco do 2º Seminário Brasil Mais Simples/RS
02/12/2017 - Daer está distribuindo cartilha sobre conservação ambiental da Rota do Sol nas escolas da região
02/12/2017 - Governo reforça Polícia Civil com mais 112 inspetores e escrivães
02/12/2017 - Parceria entre Saúde e Novartis beneficia mais de 23 mil pacientes
02/12/2017 - Governo do Estado e Famurs discutem repasses para a Saúde
02/12/2017 - Sartori sanciona lei que cria o Polo Carboquímico do RS em evento internacional
02/12/2017 - Operação Blindado combate negociação de armas e drogas pela internet
02/12/2017 - Butiá lança o Programa “Nota Fiscal Legal
02/12/2017 - Secretaria de Agricultura da destinação correta às pilhas, baterias e lâmpadas, em Butiá
02/12/2017 - Dezembro Laranja aborda doenças de pele e comportamento suicida
02/12/2017 - Você sabe o que são doenças oportunistas e porque elas atacam o imunodeprimido?
02/12/2017 - 5 passos para prevenir o Alzheimer
02/12/2017 - Justa reconhecimento à dedicação no trabalho
02/12/2017 - Agricultores dos Assentamentos do Parque Eldorado são auxiliados pela Prefeitura de Eldorado do Sul e Emater
01/12/2017 - Lavagem automotiva
01/12/2017 - Mercado e Açougue
01/12/2017 - Artesanato João das Cuias
01/12/2017 - Farmácia do Noel
01/12/2017 - Estalagem Bom Samaritano
01/12/2017 - Serviços de Contabilidade
01/12/2017 - Playgrounds de madeira
01/12/2017 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/12/2017 - Padaria e Confeitaria
01/12/2017 - Mecânica e Retífica de Motores
01/12/2017 - Barbearia Roque



Edição n° 174 - Dezembro 2017

Selecionar Edição
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173
  • Edição n° 172













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821