Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 23 de Janeiro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
13861029


Edicão n° 175 de Janeiro 2018


Advogada analisa tópico da Reforma Trabalhista voltado a gestantes e lactantes
10/11/2017

Perto de entrar em vigor (em 11 de novembro), a Reforma Trabalhista (Projeto de Lei
Nº 6.787/2016), traz em seu texto alguns tópicos polêmicos que podem passar a ser
aplicados. Um deles é a questão das condições para o afastamento de grávidas e
lactantes do trabalho, caso o ambiente do mesmo seja considerado insalubre. A redação,
que terá vigência em breve, prevê que as gestantes ou mulheres que amamentam e que
realizam atividades consideradas insalubres em graus médio e baixo, podem continuar o
trabalho, exceto se apresentarem atestado médico recomendando a licença (art. 394).
Por outro lado, pela legislação atual, as trabalhadoras que estiverem em um dos grupos
mencionados não podem cumprir expediente em ambientes insalubres de qualquer tipo.

De acordo com a Dra. Luciana Dessimoni, advogada especializada em Direito Trabalhista
no Nakano Advogados Associados, a norma atual, acrescida à CLT (Consolidação das
Leis de Trabalho – Lei n° 5.452/43) em 11 de maio de 2017, oferece mais segurança às
trabalhadoras que atuam em locais de risco e estão grávidas, ou mesmo às que
pretendem se tornar mães em breve. "Essas mulheres se sentem mais protegidas ao
saberem que há uma lei para ampará-las, assegurando seus honorários e direitos, caso
necessitem se ausentar do emprego", justifica a especialista.

No entanto, a advogada reforça que apesar de válida, se não for conhecida e utilizada
como justificativa pelas trabalhadoras interessadas, a lei não garantirá a isonomia e
integridade dos empregadores nas negociações. "Algumas empresas tentam e
continuarão tentando enganar essas mulheres, questionando se o afastamento é mesmo
necessário ou tentando convencê-las de que não precisam da licença, e até chegam a
reduzir seus honorários. Por isso, é importante que elas conheçam, em primeiro lugar,
suas condições de saúde, junto a um médico, e depois seus direitos, seja pela legislação
atual ou pela reformada", salienta a Dra. Luciana Dessimoni. "Feito isto, caso julguem
necessário e o médico tenha dado aval, elas devem reivindicar o afastamento de forma
administrativa. Se mesmo assim não conseguirem, devem recorrer à Justiça, com a
intervenção de um advogado", recomenda a especialista.

Tanto de acordo com a CLT atual quanto com o tópico correspondente à questão na
Reforma Trabalhista, as grávidas e lactantes não podem realizar trabalho insalubre de
grau máximo. E para atividades de nocividade média e baixa, pelo novo regulamento,
comprovada a impossibilidade de a trabalhadora cumprir o expediente, estará implicado
o afastamento imediato, com garantias de licença-maternidade.

Outra questão relacionada especificamente às lactantes no projeto de lei que entrará em
vigor neste final de semana (art. 396, parágrafo 2º) indica que os horários do descanso
para amamentação previstos na CLT (2 pausas diárias de 30 minutos) deverão ser
definidos em acordo individual entre a mulher e o empregador. Segundo a Dra. Luciana
Dessimoni, a mudança também pode abrir precedentes para a obtenção de vantagens
por parte dos empregadores, no entanto, neste caso, ela lembra a prevalência do
acordado sobre o legislado, também presente no texto da Reforma. "É possível que
algumas empresas tentem sugerir horários mais convenientes para si do que para a
colaboradora. Por isso, essa mulher pode pedir a junção desses dois descansos de meia
hora, de forma que possa ficar ausente do emprego por 1 hora, podendo iniciar ou
terminar o expediente mais cedo", recomenda.

Sobre a Dra. Luciana Dessimoni – Advogada do Nakano Advogados Associados,
especializada em Direito do Trabalho. É pós-graduada em direito internacional do
trabalho pela Faculdade Tancredo Neves e atuante no direito trabalhista, em defesa da
empresa e do profissional de saúde.

Sobre o escritório Nakano Advogados Associados – Fundado em 2010 e com escritório
(sede) em Santana, em São Paulo (SP), também mantém escritórios na Avenida Paulista
(São Paulo – SP) e em Alphaville (Barueri – SP). Atua exclusivamente na área da Saúde,
atendendo o paciente, o profissional e as instituições de saúde, com a expertise de
advogados especializados em Direito à Saúde, e abrangendo os âmbitos médico,
hospitalar, odontológico, previdenciário, trabalhista e tributário na Saúde. Sua
experiência e fidelização traduzem seu diferencial e reconhecimento no mercado. Sua
equipe comprometida atende diferentes conflitos com eficiência, segurança,
transparência e humanidade, respeitando a dignidade do ser humano e o direito à vida.






Edicão n° 175 de Janeiro 2018
22/01/2018 - Disque Vigilância 150 esclarece dúvidas sobre a febre amarela
22/01/2018 - Governo reorganiza número de escolas em função da redução na procura por vagas
22/01/2018 - Mais de sete mil motoristas já utilizam a CNH Digital
21/01/2018 - Hospital Regional de Santa Maria terá atendimento 100% SUS
19/01/2018 - Escolha da Corte do Carnaval de Butiá será dia 27 de janeiro
19/01/2018 - BR-290 terá bloqueios para obra da nova ponte do Guaíba
19/01/2018 - Vamos falar a verdade sobre o agro?
19/01/2018 - Águas-vivas no mar: saiba como lidar com as queimaduras na beira da praia
19/01/2018 - Plataforma online conecta médicos e pacientes e barateia serviços de saúde
19/01/2018 - Cáries: precisamos falar dessa questão de saúde pública
19/01/2018 - BM lança operação para reduzir o número de furtos e roubos de veículos em Porto Alegre
19/01/2018 - Susepe desencadeia operação na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas
19/01/2018 - Ação de conscientização alerta para o câncer de pele no litoral norte
19/01/2018 - Banrisul lança maior programa gaúcho de crédito para micro e pequenas empresas
19/01/2018 - Atenção com alimentação e saúde das crianças
19/01/2018 - Assinada a transferência de área para o presídio federal em Charqueadas
18/01/2018 - Nota: Clínicas particulares só receberão vacinas contra febre amarela no final de Fevereiro
17/01/2018 - Nota sobre Projeto Comunidade em Ação
17/01/2018 - Governo do Estado investe em obras emergenciais beneficiando 13 municípios
17/01/2018 - BM não registra ocorrências nos 81 dias de Natal Luz em Gramado
17/01/2018 - Portos gaúchos registram recorde de movimentação em 2017
16/01/2018 - Campanha Nota Fiscal Legal supera expectativas da Prefeitura de Butiá e já tem data de novo sorteio
16/01/2018 - Educação e Polícia Civil ampliam parceria contra violência nas escolas
15/01/2018 - Últimas semanas para parcelar o IPVA 2018 em até três vezes
15/01/2018 - Cadoda Santos será o prefeito em exercício nas próximas duas semanas
15/01/2018 - Construtivismo Lógico na Alfabetização
15/01/2018 - RS fiscaliza 5,2 mil veículos na Mobilização Nacional da Lei Seca
15/01/2018 - Batalhão de Aviação remove criança de Porto Alegre a Uruguaiana
15/01/2018 - RS é o primeiro estado a fornecer medicamento no SUS para prevenção do HIV
13/01/2018 - Acidente na BR 290 mata três pessoas em Eldorado do Sul
12/01/2018 - Esteio é o primeiro município a aderir à PPP do Saneamento proposta pelo Governo do Estado
12/01/2018 - Obras de adaptação para novo aparelho de Raio-X estão em andamento no Hospital de Butiá
12/01/2018 - Ecoponto da Colina registra números positivos após primeiro mês de atividade
12/01/2018 - Autopeças
12/01/2018 - Estalagem Bom Samaritano
12/01/2018 - Materiais de Construção
12/01/2018 - Artesanato João das Cuias
12/01/2018 - Quer melhorar suas vendas ?
12/01/2018 - Farmácia do Noel
12/01/2018 - Lavagem de automóveis
12/01/2018 - Playgrounds e casinhas
12/01/2018 - Padaria e Confeitaria no Guaíba Country Clube
12/01/2018 - Oficina Mecânica no Parque Eldorado
12/01/2018 - Eldorado do Sul lança projeto que comemora 30 anos do município
11/01/2018 - Triunfo Concepa realiza melhorias no pavimento do trecho concedido
11/01/2018 - Primeiro sorteio do Nota Fiscal Legal de Butiá será nesta sexta-feira (12)
11/01/2018 - Parque Eldorado ganha placas indicativas nas ruas
11/01/2018 - Bairro Picada ganha passeio público
10/01/2018 - Entenda como doenças respiratórias prejudicam a qualidade do sono
10/01/2018 - Gramado do Coelhão recebe reparos
10/01/2018 - Cresce a inadimplência entre as famílias com renda até 10 salários mínimos, apura a Fecomércio-RS
10/01/2018 - MPEs precisam renegociar dívidas junto à Receita Federal
10/01/2018 - Saiba como diagnosticar alergias ao calor e os testes de dermatoses disponíveis
10/01/2018 - Prazo para entrega de projetos e documentação do Auxilio Subvenção termina na sexta-feira (12)
10/01/2018 - A custo zero, Parque da Juventude em Guaíba ganha novas mesas, bancos e brinquedos
10/01/2018 - Prefeito e secretário de Saúde iniciam nova série de visitas aos postos de saúde
08/01/2018 - Como cuidar da psoríase no verão?
08/01/2018 - Tratamento de melanoma é incluído na cobertura mínima dos planos de saúde
08/01/2018 - Checklist do Detran RS ajuda na preparação da viagem de férias
08/01/2018 - Aplicativo informa condições de banho nos balneários gaúchos
06/01/2018 - A importância da Fisioterapia na sua saúde
04/01/2018 - Terra de Ninguém
04/01/2018 - Prefeito de Butiá lança projeto Prefeitura no Bairro
04/01/2018 - Prefeitura de Guaíba economiza quase R$ 8 milhões em licitações em 2017
04/01/2018 - Free Way tem novo recorde de tráfego em um único dia
04/01/2018 - Tratamento contra a celulite inclui hábitos saudáveis de vida
04/01/2018 - Administração Municipal anuncia mudanças no secretariado de Butiá
04/01/2018 - Projeto com aulas de vôlei terá continuação em Butiá
04/01/2018 - Nova empresa está pronta para iniciar atividades em Butiá
02/01/2018 - Contrabando bate recorde
02/01/2018 - Aeroporto Salgado Filho tem nova administração
02/01/2018 - Ação educativa na rodoviária explica uso do cinto em ônibus
01/01/2018 - Restaurante Kolyna
01/01/2018 - Madeira Tratada
01/01/2018 - Pizzaria
30/12/2017 - Novos diretores das escolas municipais de Guaíba tomam posse
30/12/2017 - Jazidas de argila destinadas às obras de duplicação da BR-116/RS são recuperadas
30/12/2017 - Simulador mostra impacto de mudanças no Simples Gaúch
30/12/2017 - A conclusão da Duplicação da BR 116 e a necessidade de unidade regional
30/12/2017 - Estado entrega viaturas para reforçar policiamento no Litoral Norte
30/12/2017 - Contrabando de cigarros paraguaios aumenta e provoca prejuízos para sociedade
30/12/2017 - Pagamento antecipado do IPTU aumenta chances de ganhar prêmios no Notal Fiscal Legal em Butiá
30/12/2017 - Secretaria de Obras está trabalhando nos preparativos de espaço públicos para festividades de Natal
30/12/2017 - 2017: o ano da fibra óptica no Mercado de Provedores de Internet
30/12/2017 - Dicas de hidratação e proteção completa para o verão
27/12/2017 - Novas viaturas fortalecem segurança na Região Metropolitana
27/12/2017 - Escolas estaduais reduzem índices de violência por três semestres seguidos
27/12/2017 - Saúde de Eldorado do Sul ganha novas viaturas
21/01/2017 - Vida Class e Mapfre Seguros criam apólice para internação
02/01/2017 - Renovada permanência da Força Nacional no RS por mais 180 dias



Edição n° 175 - Janeiro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 175
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821