Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Janeiro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
13659057


Edicão n° 175 de Janeiro 2018


Desmatamento do Pantanal custa mais de R$ 19 milhões ao ano
08/11/2017

O desmatamento do Pantanal tem um preço: mais de R$24 mil por hectare ao ano*.
Considerando que 18% da planície já foi desmatada - por conta da expansão de commodities,
principalmente para produção extensiva de gado - o custo total é de R$19 milhões ao ano.
"Isso é terrível porque estamos reduzindo a quantidade das populações animais e vegetais
podendo haver um sério risco em extinções de espécies, com a perda da biodiversidade e
ainda afetando processos que garantem a disponibilidade de água para as populações ".

A afirmação foi feita por Júlio César Sampaio, coordenador do Programa Cerrado Pantanal do
WWF-Brasil, durante evento organizado pela ONG para comemorar o Dia do Pantanal 2017.
"Nossa intenção foi levar um pouco das principais características do bioma a um público que
ainda desconhece suas riquezas", disse. Durante mais de três horas, especialistas em
conservação ambiental falaram em São Paulo sobre turismo, conservação da fauna e da flora,
economia, cultura pantaneira. O público pôde ouvir canções típicas do Pantanal da voz da
cuiabana Ana Rafaela e ainda saborear comidinhas típicas elaboradas pela chef Ariani Malouf,
de Cuiabá. Mônica Sousa, diretora executiva da Maurício de Sousa Produções, esteve presente
para lançar o gibi inédito "Chico Bento vai ao Pantanal" com o propósito de levar ao leitor um
interação mais divertida porem recheada de informações sobre o Pantanal.

A doutora em Direitos Humanos e Meio Ambiente, Marli Deon Sette, assegurou que devem ser
criados mecanismos para frear o corte de vegetação nativa: "é necessário deter o
desmatamento no Pantanal por meio de mecanismos econômicos que inibam produções não
amigáveis ambientalmente, como por exemplo a monocultura da soja – que degrada as terras
pantaneiras - a construção de hidrelétricas e o uso de agrotóxicos". Para Marli, o Brasil
também precisa criar mecanismos para remunerar os proprietários que preservem as riquezas
naturais: "temos que demonstrar que é economicamente mais vantajoso para os proprietários
das terras manter a mata do que retirá-la. Um desses mecanismos deveria ser o Pagamento
por Serviços Ambientais (PSA), bem como incentivar o uso inteligente do Pantanal com
práticas como a pecuária tradicional, agricultura familiar não mecanizada e o turismo
ecológico e rural".

Para o coordenador do WWF-Brasil, é preciso entender que é mais rentável preservar que
destruir: "o Pantanal fornece aproximadamente R$ 560 bilhões ao ano em serviços
ambientais para todo o planeta. Isso seria o que o bioma provê de água, solos produtivos, ar
de qualidade, diversidade de peixes, regulação do clima para o globo", afirmou. "Esse valor
econômico do Pantanal não é considerado nas análises de viabilidade de grandes projetos de
infra-estrutura, como por exemplo hidrovias e Pequenas Centrais Hidroelétricas (PCHs) que
podem causar impactos ainda não compreendidos a todo o ecossistema".

Segundo a doutora Marli Deon Sette, é urgente que haja uma legislação federal que proteja o
Pantanal. "Hoje temos convenções (RAMSAR), tratados, tratamento constitucional
diferenciado, mas não temos lei nacional específica. O PL750, que tramita no Congresso
desde 2011, ainda precisa de vários ajustes para que finalmente, ao ser aprovado, proteja o
Pantanal. "O PL deve, por exemplo, ser ajustado para conter o uso indiscriminado de
agrotóxicos, a construção de hidrelétricas, conter a monocultura da soja e a falta de proteção
expressa dos corixos, capões e brejos" afirmou Sette.

O professor José Sabino da Universidade Anhanguera de Mato Grosso do Sul (Uniderp) falou
do risco da implantação das PCHs no Pantanal: "Na Bacia do Alto Paraguai há planejamento
de se construir perto de 115 PCHs. Isoladamente elas causam pouco impacto, mas em
conjunto podem criar um impacto sem precedentes à hidrodinâmica do pulso de inundação do
Pantanal, vital para os ciclos naturais da planície pantaneira". Sabino também falou sobre a
importância da construção do aquário do pantanal, cujas obras estão paralisadas desde o
início de 2015. "É uma pena porque seria um equipamento de lazer, turismo, educação e
pesquisa, além de gerar divisas - estimativas chegam a falar de R$ 100 milhões/ano oriundas
de 300 mil visitantes/ano - e ser um efetivo instrumento de divulgação e proteção dos peixes
do Pantanal", disse.

O especialista em mudanças climáticas da Embrapa Pantanal, Iván Bergier, disse que as
chuvas estão ficando cada vez mais extremas no Pantanal. "Chove mais em menos dias desde
pelo menos 1926 até 2016. Isso pode ter relação com o aumento de temperatura do planeta
induzida pela emissão antrópica de gases estufa", afirmou durante o encontro. Segundo
Bergier, chuvas extremas podem acelerar processos naturais de formação de arrombados e
de avulsão, como o do Rio Taquari. Para o pesquisador da Embrapa, há forte relação entre o
desmatamento da Amazônia e a conservação do Pantanal. "Se se o desmatamento da
Amazônia superar um certo nível crítico, é possível que as chuvas de verão no Pantanal se
tornem mais escassas e ao mesmo tempo mais extremas, e isso sim pode acarretar em risco
hídrico para o Pantanal no médio e longo prazos. Portanto a conservação da Amazônia é
fundamental para manter a segurança hídrica do Pantanal, ou seja, a disponibilidade de água
para o Pantanal e, de certa forma, para toda América do Sul".

*Dados de André Steffens Moraes


Sobre o WWF

O WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da
natureza, com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da
biodiversidade e promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de
hoje e das futuras gerações. Criado em 1996, o WWF-Brasil desenvolve projetos em todo o
país e integra a Rede WWF, a maior rede mundial independente de conservação da natureza,
com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo
associados e voluntários.






Edicão n° 175 de Janeiro 2018
21/01/2018 - Hospital Regional de Santa Maria terá atendimento 100% SUS
19/01/2018 - Escolha da Corte do Carnaval de Butiá será dia 27 de janeiro
19/01/2018 - BR-290 terá bloqueios para obra da nova ponte do Guaíba
19/01/2018 - Vamos falar a verdade sobre o agro?
19/01/2018 - Águas-vivas no mar: saiba como lidar com as queimaduras na beira da praia
19/01/2018 - Plataforma online conecta médicos e pacientes e barateia serviços de saúde
19/01/2018 - Cáries: precisamos falar dessa questão de saúde pública
19/01/2018 - BM lança operação para reduzir o número de furtos e roubos de veículos em Porto Alegre
19/01/2018 - Susepe desencadeia operação na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas
19/01/2018 - Ação de conscientização alerta para o câncer de pele no litoral norte
19/01/2018 - Banrisul lança maior programa gaúcho de crédito para micro e pequenas empresas
19/01/2018 - Atenção com alimentação e saúde das crianças
19/01/2018 - Assinada a transferência de área para o presídio federal em Charqueadas
18/01/2018 - Nota: Clínicas particulares só receberão vacinas contra febre amarela no final de Fevereiro
17/01/2018 - Nota sobre Projeto Comunidade em Ação
17/01/2018 - Governo do Estado investe em obras emergenciais beneficiando 13 municípios
17/01/2018 - BM não registra ocorrências nos 81 dias de Natal Luz em Gramado
17/01/2018 - Portos gaúchos registram recorde de movimentação em 2017
16/01/2018 - Campanha Nota Fiscal Legal supera expectativas da Prefeitura de Butiá e já tem data de novo sorteio
16/01/2018 - Educação e Polícia Civil ampliam parceria contra violência nas escolas
15/01/2018 - Últimas semanas para parcelar o IPVA 2018 em até três vezes
15/01/2018 - Cadoda Santos será o prefeito em exercício nas próximas duas semanas
15/01/2018 - Construtivismo Lógico na Alfabetização
15/01/2018 - RS fiscaliza 5,2 mil veículos na Mobilização Nacional da Lei Seca
15/01/2018 - Batalhão de Aviação remove criança de Porto Alegre a Uruguaiana
15/01/2018 - RS é o primeiro estado a fornecer medicamento no SUS para prevenção do HIV
13/01/2018 - Acidente na BR 290 mata três pessoas em Eldorado do Sul
12/01/2018 - Esteio é o primeiro município a aderir à PPP do Saneamento proposta pelo Governo do Estado
12/01/2018 - Obras de adaptação para novo aparelho de Raio-X estão em andamento no Hospital de Butiá
12/01/2018 - Ecoponto da Colina registra números positivos após primeiro mês de atividade
12/01/2018 - Autopeças
12/01/2018 - Estalagem Bom Samaritano
12/01/2018 - Materiais de Construção
12/01/2018 - Artesanato João das Cuias
12/01/2018 - Quer melhorar suas vendas ?
12/01/2018 - Farmácia do Noel
12/01/2018 - Lavagem de automóveis
12/01/2018 - Playgrounds e casinhas
12/01/2018 - Padaria e Confeitaria no Guaíba Country Clube
12/01/2018 - Oficina Mecânica no Parque Eldorado
12/01/2018 - Eldorado do Sul lança projeto que comemora 30 anos do município
11/01/2018 - Triunfo Concepa realiza melhorias no pavimento do trecho concedido
11/01/2018 - Primeiro sorteio do Nota Fiscal Legal de Butiá será nesta sexta-feira (12)
11/01/2018 - Parque Eldorado ganha placas indicativas nas ruas
11/01/2018 - Bairro Picada ganha passeio público
10/01/2018 - Entenda como doenças respiratórias prejudicam a qualidade do sono
10/01/2018 - Gramado do Coelhão recebe reparos
10/01/2018 - Cresce a inadimplência entre as famílias com renda até 10 salários mínimos, apura a Fecomércio-RS
10/01/2018 - MPEs precisam renegociar dívidas junto à Receita Federal
10/01/2018 - Saiba como diagnosticar alergias ao calor e os testes de dermatoses disponíveis
10/01/2018 - Prazo para entrega de projetos e documentação do Auxilio Subvenção termina na sexta-feira (12)
10/01/2018 - A custo zero, Parque da Juventude em Guaíba ganha novas mesas, bancos e brinquedos
10/01/2018 - Prefeito e secretário de Saúde iniciam nova série de visitas aos postos de saúde
08/01/2018 - Como cuidar da psoríase no verão?
08/01/2018 - Tratamento de melanoma é incluído na cobertura mínima dos planos de saúde
08/01/2018 - Checklist do Detran RS ajuda na preparação da viagem de férias
08/01/2018 - Aplicativo informa condições de banho nos balneários gaúchos
06/01/2018 - A importância da Fisioterapia na sua saúde
04/01/2018 - Terra de Ninguém
04/01/2018 - Prefeito de Butiá lança projeto Prefeitura no Bairro
04/01/2018 - Prefeitura de Guaíba economiza quase R$ 8 milhões em licitações em 2017
04/01/2018 - Free Way tem novo recorde de tráfego em um único dia
04/01/2018 - Tratamento contra a celulite inclui hábitos saudáveis de vida
04/01/2018 - Administração Municipal anuncia mudanças no secretariado de Butiá
04/01/2018 - Projeto com aulas de vôlei terá continuação em Butiá
04/01/2018 - Nova empresa está pronta para iniciar atividades em Butiá
02/01/2018 - Contrabando bate recorde
02/01/2018 - Aeroporto Salgado Filho tem nova administração
02/01/2018 - Ação educativa na rodoviária explica uso do cinto em ônibus
01/01/2018 - Restaurante Kolyna
01/01/2018 - Madeira Tratada
01/01/2018 - Pizzaria
30/12/2017 - Novos diretores das escolas municipais de Guaíba tomam posse
30/12/2017 - Jazidas de argila destinadas às obras de duplicação da BR-116/RS são recuperadas
30/12/2017 - Simulador mostra impacto de mudanças no Simples Gaúch
30/12/2017 - A conclusão da Duplicação da BR 116 e a necessidade de unidade regional
30/12/2017 - Estado entrega viaturas para reforçar policiamento no Litoral Norte
30/12/2017 - Contrabando de cigarros paraguaios aumenta e provoca prejuízos para sociedade
30/12/2017 - Pagamento antecipado do IPTU aumenta chances de ganhar prêmios no Notal Fiscal Legal em Butiá
30/12/2017 - Secretaria de Obras está trabalhando nos preparativos de espaço públicos para festividades de Natal
30/12/2017 - 2017: o ano da fibra óptica no Mercado de Provedores de Internet
30/12/2017 - Dicas de hidratação e proteção completa para o verão
27/12/2017 - Novas viaturas fortalecem segurança na Região Metropolitana
27/12/2017 - Escolas estaduais reduzem índices de violência por três semestres seguidos
27/12/2017 - Saúde de Eldorado do Sul ganha novas viaturas
21/01/2017 - Vida Class e Mapfre Seguros criam apólice para internação
02/01/2017 - Renovada permanência da Força Nacional no RS por mais 180 dias



Edição n° 175 - Janeiro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 175
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821