Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 20 de Fevereiro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
15962572


Edicão n° 176 de Fevereiro 2018


5 dicas para promover a inclusão de pessoas com Síndrome Down
20/10/2017

O mundo inteiro vive um período de maior aceitação às diferenças, sejam raciais, sociais
ou religiosas. Atualmente, as pessoas têm mais facilidade se colocar no lugar do outro e,
consequentemente, respeitá-lo. O mesmo se aplica à Síndrome de Down. Descrita pela
primeira vez em 1866, essa condição genética era vista, inicialmente, como doença e
incapacitante, mas este pensamento foi modificado com o passar dos anos.

Hoje, encontramos pessoas com Síndrome de Down vivendo suas vidas plenamente em
família, no trabalho e relacionamentos afetivos. Estão presentes em grupos de música,
dança, fotografia, e outros. Com essa mudança de pensamento e a inclusão social que
se faz mais do que necessária, os artistas e formadores de opinião vem proporcionando
oportunidades a essas pessoas, além de reacender o debate sobre a inclusão.

Recentemente, a cantora Anitta estimulou essa questão para pessoas com SD, num
projeto especial e até o momento 'secreto', segundo assessoria de imprensa da artista.
Meses atrás a cantora fez a mesma ação com um grupo de dançarinas plus size.

Participar da vida de uma pessoa com SD é muito gratificante, pois eles nos ensinam a
romper preconceitos e barreiras ensinadas ao longo dos séculos. É importante estimular,
independentemente de possuir SD, o respeito, a humanidade e o inconformismo",
destaca a médica e sócia-fundadora do Espaço Elo21, dedicado às pessoas com SD, Dra.
Carla Pinto.

A médica geneticista, Carla Pinto, destaca algumas ações para serem sempre praticadas
a partir do ambiente familiar e além dele, no intuito de promover a inclusão, além do
discurso.



Papel dos pais - O carinho e respeito da família é essencial para o bem-estar dessas
pessoas. É importante que os familiares, principalmente os mais próximos, deixem o
filho participar efetivamente do cotidiano. Os cuidados e atenção não devem ser
superprotetores para que ela possa se desenvolver adequadamente e com maior
segurança e autonomia.

Interação - Independentemente de SD, tendemos a ser afetivos e sociáveis. Porém, eles
podem apresentam uma dificuldade em se expressar, maior do que a de compreender.
Além disso é importante comunicar-se de forma clara, objetiva e concreta. Diante disso,
cabe aos familiares, amigos e professores utilizarem uma linguagem acessível, para que
as crianças fiquem mais à vontade e confortáveis com mudanças, com o aprendizado e
com o expressar-se.

Cuidados - Adaptação do meio. É preciso entender que, assim como todos, quem possui
Síndrome de Down vive e enxerga o mundo a sua maneira.. Por exemplo: quando uma
criança com SD deixa de fazer algo solicitado em sala de aula, não é, necessariamente
porque ela não quer. Existem algumas limitações, que todas as pessoas têm, mas isso
pode ser resolvido e adaptado, sem gerar estresse ou repreensão.

Preconceito - De acordo com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe),
96,5% das pessoas ainda têm algum preconceito com quem apresenta alguma
necessidade específica. Há quem confunda, por exemplo, as deficiências intelectuais
(Síndrome de Down) com as doenças mentais (esquizofrenias e paranoias), em que o
indivíduo tem surtos e ataques. Porém, os indivíduos com Síndrome de Down podem
conviver totalmente incluídos na sociedade. Diante disso, entender exatamente o que é
a Síndrome de Down é o primeiro passo para desenvolver a empatia e a solidariedade.

Brincadeiras - Crianças são crianças, independentemente de suas diferenças e condições
específicas. Encontrar brincadeiras e jogos em que todos possam se divertir é uma
excelente maneira de integração. O brincar é de extrema importância para o
desenvolvimento cognitivo, emocional e físico para todas as crianças, potencializando o
seu desenvolvimento globalmente e muito útil na estimulação daquelas com SD. Brincar
ajuda a desenvolver diversas capacidades, como habilidades motoras, cognitivas,
linguística e raciocínio lógico.



Sobre o Espaço Elo21
A atenção ao desenvolvimento integral e o respeito à singularidade das pessoas com
Síndrome de Down e de seus familiares, numa proposta de trabalho interdisciplinar que
une Saúde e Educação, fazem do Elo21 um modelo único. Os atendimentos acontecem
de segunda a sexta, das 6h às 20h. O local abrigará workshops, treinamentos e
vivências, durante os finais de semana. O espaço é aberto para pessoas com SD,
amigos, familiares, profissionais da saúde, educadores e pessoas com alguma
dificuldade física ou intelectual, permanente ou transitória e que deseja construir novos
caminhos através da interdisciplinaridade, que integra a pessoa, a família e os
profissionais simultaneamente.






Edicão n° 176 de Fevereiro 2018
14/02/2018 - Bloqueador de anúncios vai exigir ações de marketing nas empresas
14/02/2018 - Fuja da descamação da pele após exposição ao sol
14/02/2018 - 80 mil veículos devem usar a Free Way rumo ao litoral neste final de semana
14/02/2018 - Nova vacina para HPV amplia para 90% a proteção contra câncer da área genital
14/02/2018 - Balada Segura no Litoral autua 46 motoristas por embriaguez no Carnaval
14/02/2018 - Reativação de lombadas eletrônicas nas rodovias estaduais está em fase final
13/02/2018 - Segundo sorteio da Nota Fiscal Legal de Butiá foi realizado na sexta-feira (9)
13/02/2018 - Brigada Militar é destaque na formação de pilotos e instrutores
13/02/2018 - Brigada Militar executa Operação Avante Rodoviárias em diversas cidades gaúchas
12/02/2018 - Secretaria de Educação de Butiá oferece capacitação às merendeiras da Rede Municipal
09/02/2018 - Praia das mulatas em Barra do Ribeiro está entre os pontos impróprios para banho no RS.
08/02/2018 - Administração Municipal e comunidade escolar trabalham unidas em prol de melhorias de escolas, em Butiá
08/02/2018 - SMEC divulga calendário letivo 2018
08/02/2018 - Eldorado do Sul divulga locais de vacina contra febre amarela
08/02/2018 - Farmácia municipal está com novo horário de funcionamento
07/02/2018 - Marketing digital em 2018: saiba quais são as tendências
07/02/2018 - Teste de intolerância alimentar pode ajudar no emagrecimento
07/02/2018 - Plágio no Enem mostra que precisamos melhorar o ensino da escrita - e a correção da prova
07/02/2018 - OIT pede que governo revise pontos da reforma trabalhista
07/02/2018 - Segundo sorteio da Nota Fiscal Legal de Butiá é nesta sexta-feira, 09
07/02/2018 - Segundo sorteio da Nota Fiscal Legal de Butiá é nesta sexta-feira, 09
07/02/2018 - Pacientes com Mieloma Múltiplo ganham nova opção de tratamento, após oito anos de espera
07/02/2018 - Senac EAD lança pós-graduação Avaliação de Impactos Ambientais e Processos de Licenciamento Ambiental
07/02/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove o curso de Gestão de Pessoas e Relacionamento Interpessoal
07/02/2018 - Região Central vai ganhar unidade exclusiva para reabilitação de pacientes
07/02/2018 - Inscrições para contratação de professores se iniciam nesta quinta-feira
07/02/2018 - Programa de combate à violência escolar recebe prêmio da Alap em setembro
07/02/2018 - Carnaval terá seis dias de fiscalização intensa com a Operação Viagem Segura
06/02/2018 - Mais de R$ 350 mil já foram repassados pela Prefeitura ao Hospital de Butiá
06/02/2018 - Secretaria de Obras do estado recebe demandas do município de Eldorado do Sul
06/02/2018 - Secretaria de Obras está trabalhando na limpeza de ruas e espaços públicos em Butiá
06/02/2018 - 95% das mulheres utilizam a internet como fonte de informação sobre saúde e bem-estar
06/02/2018 - Torneio de Vôlei de Dupla de Butiá será disputado no Balneário Ponte de Arame
06/02/2018 - Os riscos da atual alienação social e política
04/02/2018 - Barbearia Roque
03/02/2018 - Febre Amarela: saiba quem pode e não pode fazer a vacina
03/02/2018 - Equipe está trabalhando na limpeza do Cemitério Municipal de Butiá
03/02/2018 - Ar condicionado e calor: dicas para evitar que a conta de luz aumente muito no verão
03/02/2018 - Fevereiro Roxo: mal de Alzheimer pode ser tratado com Medicina Nuclear
02/02/2018 - Prefeito vistoria obras no Parque Eldorado
02/02/2018 - Charqueadas recebe etapa do Circuito Verão SESC
01/02/2018 - Agropecuária em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Aluguel e Conserto de Ferramentas
01/02/2018 - Escritorio de Advocacia
01/02/2018 - Auto Elétrica em Arroio dos Ratos
01/02/2018 - Serviços de Contabilidade em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Marmores e Granitos em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/02/2018 - Farmácia do Noel
01/02/2018 - Materiais de Construção
01/02/2018 - HV Concretos
01/02/2018 - Informática - Computadores - Acessórios- Serviços
01/02/2018 - Festas - locações
01/02/2018 - Imobiliária em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Moda Masculina e Feminina - Lojas Davi
01/02/2018 - Dentista Urgência e Emergência
01/02/2018 - Produtos gráficos em Eldorado do Sul
01/02/2018 - Quer ter seu próprio negócio?
01/02/2018 - Mecânica e Retífica de Motores
01/02/2018 - A importância da Fisioterapia na sua saúde
01/02/2018 - Autopeças
01/02/2018 - Viagem Segura de Navegantes terá quatro dias de fiscalização intensa
01/02/2018 - Assembleia escreve página triste da história do Rio Grande do Sul, diz Sartori
01/02/2018 - Procedimento inédito e inovador é realizado no Hospital da Brigada Militar
31/01/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
31/01/2018 - Casas de Acolhimento de Guaíba recebem melhorias e ganham novos nomes
31/01/2018 - Quatro hábitos evitáveis que contribuem para o aumento na incidência de câncer entre jovens
31/01/2018 - Percentual de famílias endividadas volta a crescer e atinge 72,2% em janeiro
31/01/2018 - Campanha de Monitoramento da Qualidade da Água no entorno das obras de duplicação da BR-116/RS
31/01/2018 - Ser empresário é arriscar para realizar
31/01/2018 - O excesso de confiança dos consumidores contribui para o aumento de crimes virtuais
31/01/2018 - Soluções online e gratuitas para o MEI
31/01/2018 - SINDIHOSPA alerta para golpe contra familiares de pacientes
31/01/2018 - Eldorado do Sul confirma adesão à PPP do Saneamento
30/01/2018 - Torneio de Canastra foi realizado no Balneário Ponte de Arame
30/01/2018 - Butiá conquista novas viaturas e equipamentos para Brigada Militar e Polícia Civil
30/01/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba promove o curso Preparando-se para o Primeiro Emprego
30/01/2018 - Psicoterapia Breve: a terapia dos tempos contemporâneos
30/01/2018 - Secretaria disponibiliza Cardápio de Alimentação Escolar 2018
11/01/2018 - Parque Eldorado ganha placas indicativas nas ruas
27/12/2017 - Saúde de Eldorado do Sul ganha novas viaturas
01/02/2017 - Lavagem automotiva
01/02/2017 - Estalagem Bom Samaritano



Edição n° 176 - Fevereiro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 176
  • Edição n° 175
  • Edição n° 174













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821