Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 09 de Julho de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31332636


Edicão n° 205 de JULHO 2020


Ações contribuem para a redução da mortalidade infantil no estado
17/10/2017

Para chegar ao final do ano com um índice histórico de apenas um dígito, ou seja,
aproximadamente 9,5%, os médicos apostam em três fatores preponderantes que
ajudam a reduzir as taxas de mortalidade infantil. Um deles é o combate à doenças
infecto-contagiosas e prevalentes. O incentivo ao aleitamento materno e o
acompanhamento do processo de crescimento e desenvolvimento também integram os
aspectos de decréscimo de óbitos infantis.

- O investimento no pré-natal, principalmente no tratamento das afecções maternas e
assistência adequada durante o trabalho de parto e ao recém-nascido no momento do
nascimento é onde deve estar o foco da redução. Além disso, a instituição do
monitoramento do trabalho de parto junto com a assistência ao recém-nascido no
momento do nascimento colaborou para a redução da anóxia como causa das mortes –
explica o médico associado da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS),
Érico Faustini.

Os três municípios gaúchos com o menor coeficiente de mortalidade infantil (CMI) são
Charqueadas (2,6), Jaguarão (2,9) e Sarandi (3,2). Os dados são do Atlas
Socioeconômico do Rio Grande do Sul e apontam os resultados até 2015.

A preocupação do pediatra deve-se ao fato de que justamente a maioria das mortes
infantis ocorre nos primeiros seis dias de vida e está relacionada com as afecções do
período perinatal, causas associadas a problemas durante a gestação, trabalho de parto
e nascimento.

- As enfermidades maternas podem não estar relacionadas com a gravidez, como a
hipertensão arterial sistêmica ou ser relacionada com a gestação, como ruptura
prematura das membranas e complicações da placenta. Constituem-se em situações
associadas ao nascimento prematuro e aos óbitos por doença da membrana hialina,
infecções ou prematuridade extrema. A assistência deficiente no trabalho de parto
geralmente estão relacionadas às mortes por anóxia – complementa Érico Faustini.

A redução do CMI no estado é reflexo de um pacto firmado em 1990, entre o Brasil e a
Organização das Nações Unidas (ONU), onde o país comprometia-se a reduzir em 2/3 os
óbitos de menores de cinco anos até 2015. O objetivo fazia parte das metas do milênio
como meio de reduzir a pobreza e desigualdade social. Em 2013 o Brasil atingiu o CMI
de 14,4.






Edicão n° 205 de JULHO 2020
08/07/2020 - Rio Grande do Sul recebe 218 mil máscaras e cinco toneladas de produtos de limpeza e higiene
08/07/2020 - Secretaria da Saúde recebe 3,5 mil inscrições de voluntários para reforço no atendimento à Covid-19
08/07/2020 - Secretaria da Saúde apresenta Projeto Testar RS para municípios
06/07/2020 - Incerteza elevada e queda na renda freiam o consumo das famílias, aponta pesquisa da Fecomércio-RS
06/07/2020 - Posso passar álcool gel no rosto?
06/07/2020 - No cenário atual, saiba quais são as competências mais buscadas pelas empresas na hora de contratar
06/07/2020 - Governo recebe 37 recursos na nona rodada do Distanciamento Controlado
04/07/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
04/07/2020 - BSA Pescados
04/07/2020 - Restaurante D'FAZENDA
04/07/2020 - Faculdade Moinhos promove debate sobre farmácia hospitalar em tempos de COVID-19
03/07/2020 - Mecânica e Retífica de Motores
02/07/2020 - Serviços de Contabilidade
01/07/2020 - Farmácia do Noel
01/07/2020 - Fisioterapia no Parque Eldorado
01/07/2020 - Barbearia Roque
01/07/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/07/2020 - Quer vender mais?
01/07/2020 - Centro de enfrentamento ao coronavirus iniciou atendimentos em Butiá
01/07/2020 - Nota Oficial: Supermercado Paulinho
01/07/2020 - Polícia Rodoviária Federal prende traficante com crack na Barra do Ribeiro
01/07/2020 - Temporal provoca danos estruturais em culturas e criações
01/07/2020 - Preço do teste Covid-19 na rede privada pode ser consultado no aplicativo Menor Preço
01/07/2020 - Rio Grande do Sul atinge meta da Campanha de Vacinação Contra a Gripe
01/07/2020 - Estado agiliza ações para liberar rodovias atingidas por temporal
01/07/2020 - Estado tem um infectado a cada 214 habitantes, aponta quinta etapa de pesquisa de prevalência de Covid-19
01/07/2020 - Prefeitos relatam dificuldade para conseguir medicamentos
01/07/2020 - Inscrição para Bolsa Juventude Rural é prorrogada até 24 de julho
01/07/2020 - RS Seguro amplia de 18 para 23 os municípios priorizados no programa
01/07/2020 - Justiça nega liminar que pedia anulação de processo seletivo para Agentes de Saúde
01/07/2020 - Defesa Civil de Butiá atende chamados após fortes chuvas e rajadas de vento
01/07/2020 - Atualização Boletim Covid-19
01/07/2020 - Vacina da Gripe
30/06/2020 - Centro Administrativo do Rio Grande do Sul recebe iluminação arco-íris no dia do Orgulho LGBT
10/06/2020 - Nota Oficial: Supermercado Paulinho
10/06/2020 - Corsan investe R$ 91,5 milhões no esgotamento sanitário de Guaíba
03/09/2019 - Scaranto Autopeças - A sua loja de peças em Guaíba



Edição n° 205 - JULHO 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 205
  • Edição n° 204
  • Edição n° 203







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821