Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 11 de Dezembro de 2017. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
8845532


Edicão n° 174 de Dezembro 2017


Procedimentos dermatológicos auxiliam no tratamento do câncer de mama
17/10/2017

A cirurgia de reconstrução mamária e a radioterapia, procedimentos do tratamento do
câncer de mama, também exigem cuidados dermatológicos. No primeiro caso, com
relação às cicatrizes resultantes do procedimento cirúrgico e, no segundo, às reações e
desconfortos que a pele pode apresentar devido a radiação. Em ambos os casos, o
acompanhamento de um médico especialista em dermatologia é fundamental para
garantir o bem-estar da paciente.

- É importante que a avaliação do dermatologista ocorra nas primeiras semanas após a
cirurgia, depois da retirada dos pontos. Na consulta, as cicatrizes são examinadas e
classificadas, indicando o tratamento adequado. Já nas pacientes que passaram pela
radioterapia é muito comum a ocorrência de radiodermite, o que torna a pele da mama
mais frágil – explica a vice-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção
RS (SBD-RS), Taciana de Oliveira Dal'Forno Dini.

As novas tecnologias disponíveis para os tratamentos dermatológicos também são
importantes na melhora do aspecto estético das cicatrizes, conforme destaca Taciana. As
mais utilizadas são o laser fracionado ablativo e não ablativo, a luz intensa pulsada e o
microagulhamento. A técnica cirúrgica da Subcision(colocar aqui sobrescrito o R de
marca registrada) também pode ser utilizada para os casos que as cicatrizes possuem
retrações. Os procedimentos ainda melhoram a alteração de cor das cicatrizes, que
podem apresentar-se muito claras, avermelhadas ou muito escuras.

À paciente também cabe seguir as recomendações médicas, como diminuir a tensão nas
cicatrizes, evitando a extensão da pele por até 6 meses, não se expor ao sol para evitar
o surgimento de manchas mais escuras, usar os tratamentos prescritos pelo
dermatologista e realizar os tratamentos propostos, quando possível.

Já a radioterapia é mais tolerada pela paciente, de acordo com Taciana, sendo que em
algumas delas, pode causar vermelhidão e descamação da região nas semanas
seguintes ao tratamento. Para aliviar estes sintomas, hidratantes adequados podem ser
utilizados diariamente.

- Durante o tratamento, com as sucessivas aplicações, as pacientes podem sentir
desconforto cutâneo no campo tratado e também uma descamação maior com formação
de crostas, que dura poucas semanas. Os efeitos tardios, conhecidos como a
radiodermite crônica, geralmente surgem após meses ou anos do tratamento através da
dilatação de vasos, atrofia da pele e alterações na pigmentação – complementa a vice-
presidente da SBD-RS.

Assim como no caso das cicatrizes, o tratamento da radiodermite crônica deve ser
avaliado e planejado individualmente para cada caso. Taciana Dal’Forno Dini destaca,
ainda, que quanto mais cedo a procura pelo médico, melhores são os resultados, tanto
estéticos quanto funcionais.

Em setembro, a SBD-RS, em parceria com a Sociedade Brasileira de Mastologia – RS
(SBM-RS) e a Sociedade Brasileira de Urologia – Secção RS (SBU-RS) lançou a
campanha “Todos Unidos Contra o Câncer”, como forma de apoiar a iniciativa do
Outubro Rosa.






Edicão n° 174 de Dezembro 2017
08/12/2017 - Como a saúde mental afeta o corpo
07/12/2017 - Impactos da gravidez cada vez mais tarde
07/12/2017 - Prefeitura de Guaíba instala Wi-Fi gratuito e qualifica sistema de telefonia em escola no morro Santana
07/12/2017 - Entenda a relação do glúten com a sua saúde
07/12/2017 - Prefeitura dialoga com comunidade sobre escola da vila Primavera
07/12/2017 - Conta da CEEE Distribuição está adequada a Lei Estadual 48.118
07/12/2017 - Projeto “Verão Vivo” iniciou nesta quarta-feira em Butiá
07/12/2017 - Secretaria Municipal de Saúde recebe reforço de novos profissionais
07/12/2017 - Governo prorroga prazo para o MEI se regularizar
07/12/2017 - Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata
07/12/2017 - Tripolina: a cadeira que te acompanha
07/12/2017 - Movimentos entregam petição da transparência para Gilmar Mendes
07/12/2017 - Corsan participa de seminário de saneamento promovido pela Famurs em Guaíba
07/12/2017 - "Imprima o conteúdo"CEEE reforça sistema de energia para qualificar atendimento aos clientes no verão
02/12/2017 - Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) terá salas de videoaudiência
02/12/2017 - Fepam promove operação de fiscalização em empreendimentos da Serra
02/12/2017 - Curso sobre poda de árvores ocorre no Parque de Itapuã
02/12/2017 - Eldorado do Sul fará obra de R$ 2,8 milhões com recursos do Badesul
02/12/2017 - Junta Digital é o foco do 2º Seminário Brasil Mais Simples/RS
02/12/2017 - Daer está distribuindo cartilha sobre conservação ambiental da Rota do Sol nas escolas da região
02/12/2017 - Governo reforça Polícia Civil com mais 112 inspetores e escrivães
02/12/2017 - Parceria entre Saúde e Novartis beneficia mais de 23 mil pacientes
02/12/2017 - Governo do Estado e Famurs discutem repasses para a Saúde
02/12/2017 - Sartori sanciona lei que cria o Polo Carboquímico do RS em evento internacional
02/12/2017 - Operação Blindado combate negociação de armas e drogas pela internet
02/12/2017 - Butiá lança o Programa “Nota Fiscal Legal
02/12/2017 - Secretaria de Agricultura da destinação correta às pilhas, baterias e lâmpadas, em Butiá
02/12/2017 - Dezembro Laranja aborda doenças de pele e comportamento suicida
02/12/2017 - Você sabe o que são doenças oportunistas e porque elas atacam o imunodeprimido?
02/12/2017 - 5 passos para prevenir o Alzheimer
02/12/2017 - Justa reconhecimento à dedicação no trabalho
02/12/2017 - Agricultores dos Assentamentos do Parque Eldorado são auxiliados pela Prefeitura de Eldorado do Sul e Emater
01/12/2017 - Lavagem automotiva
01/12/2017 - Mercado e Açougue
01/12/2017 - Artesanato João das Cuias
01/12/2017 - Farmácia do Noel
01/12/2017 - Estalagem Bom Samaritano
01/12/2017 - Serviços de Contabilidade
01/12/2017 - Playgrounds de madeira
01/12/2017 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/12/2017 - Padaria e Confeitaria
01/12/2017 - Mecânica e Retífica de Motores
01/12/2017 - Barbearia Roque



Edição n° 174 - Dezembro 2017

Selecionar Edição
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173
  • Edição n° 172













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821