Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 15 de Agosto de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
24686693


Edicão n° 182 de Agosto 2018


Meu mundo caiu
11/10/2017

Já não bastasse a batalha perdida dos anúncios publicitários que implicou na redução do
jornal diário, que ficou tão murcho como as redações que tiveram que se adaptar ao
novo modelo de negócio, agora um novo susto fez com que muitos jornalistas caíssem
da cadeira: circula a notícia de que um robô já consegue fazer 30 mil matérias por mês.
Aí já é injustiça demais!

Agora, caro leitor, cabe a você decidir o que estará por trás das notícias que lemos. Em
tempos em que o ofício jornalístico tem sido tão massacrado, afinal, nossos diplomas já
não são exigidos e hoje basta saber escrever o mínimo e manipular ferramentas digitais
para disputar espaço com jornalistas graduados em coletivas e afins, esse texto é um
apelo e, por isso, vou contar o que significa o ato de escrever para os jornalistas.

Sentar-se à frente de um computador (caderno ou máquina de escrever, se você for
mais retrô) é quase sempre um ritual. Não! As palavras não são tiradas de uma gaveta
ou do bolso da calça. Elas são fruto de vivências, conversas, pesquisas e muito faro. É
um processo prazerosamente construído com o intuito de proporcionar a você, caro
leitor, um momento único de absorção de informação.

Conversar com pessoas nos corredores, ouvir, mesmo sem fazer parte da roda, uma
opinião no metrô, ler as sugestões de pautas enviadas pelas assessorias de imprensa e,
claro, contar com o que sempre deu uma forcinha extra: o valioso "feeling". Entender as
entrelinhas é uma arte. É isso que invocamos ao escrever.

Depois de entrevistar especialistas de diversas opiniões, pessoas que viveram ou
presenciaram o fato, ler pesquisas, relatórios e estatísticas para embasar o texto, o
jornalista pode ficar um bom tempo encasquetado com uma palavra que julga não ter
cumprido o papel que gostaria para transmitir a informação. E o título então? A luta
entre o espaço e as palavras é um jogo que se aprende com a prática. Mas a magia está
em pensar de que maneira as palavras podem se unir para formar um texto. O texto,
nosso produto final, que aliás quer dizer arte de tecer, de entrelaçar uma palavra na
outra como um tecido, por isso, têxtil, texto, textual. É um desafio diário e muito, mas
muito emocionante.

Já passamos por muitas transformações na maneira como nos comunicamos. Mas ler o
que um robô escreveu, acho um exagero. Gosto de saber que cada palavra usada ali
tem uma alma, o autor debruçou-se para descobri-las, esforçou-se para consegui-las e
isso agora não tem mais valor? Quem nunca se emocionou com a emoção de um
repórter ao relatar uma tragédia? Com o envolvimento de âncoras narrando fatos
tocantes? Quem nunca invejou um jornalista esportivo em campo acompanhando um
grande campeão? Para mim, nada substituirá o olhar crítico e sensível dos repórteres. Já
leram os artigos? Os editoriais? É preciso bagagem para ter opiniões, é preciso
conhecimento de várias causas para apontar uma direção. Jornalistas são formados para
falar em nome da população; é um papel civil.

E quando os jornalistas fazem perguntas ao entrevistado que eram a vontade de muitos,
inclusive, a sua? E quando eles se aposentam e escrevem livros contando os bastidores
da apuração de grandes acontecimentos? Como fica a história do nosso país sem a
participação da imprensa cumprindo o papel de investigar? Um robô não vai fazer
jornalismo literal, que coloca no texto os acontecimentos ordinários no momento exato
da entrevista como o som do relógio na sala, o tom firme da voz do entrevistado ou a
vista maravilhosa do escritório. Tudo isso faz a sua imaginação voar. Ou melhor, congela
o tempo e faz parecer que você está lá.

Os estudantes de jornalismo são antes de mais nada corajosos, desbravadores. Virão
para o mercado com muitos desafios e com propósitos bem definidos: denunciar,
informar, contar, relatar, emocionar. Lutar contra as injustiças, contra o quase
rebaixamento da classe, comprometer-se com um jornalismo sério e avesso às "fake
news". Mais que isso, fazer com que as palavras ganhem significados e construam
narrativas que serão inseridas nos relatos históricos de uma nação. Fazer com que as
letras ganhem sons, cores, sabores. Que os textos escritos sejam reais, transmitam
emoções e sentimentos.

Eu não sou um robô.

Danielle Mendonça
Comunicação e Conteúdo






Edicão n° 182 de Agosto 2018
14/08/2018 - Operação apura fraudes em contratos de autarquia estadual
13/08/2018 - DNIT/RS alerta para desvio de tráfego para obra na BR-290/RS no entroncamento para Charqueadas
13/08/2018 - Uso do celular e o impacto na fertilidade
13/08/2018 - Fepam abre duas novas turmas para curso do Sinaflor
13/08/2018 - Quase 10 mil veículos foram fiscalizados na Viagem Segura de Dia dos Pais
11/08/2018 - Dinheiro é apenas o Resultado
11/08/2018 - Prefeito é afastado por suspeita de corrupção
09/08/2018 - DNIT/RS realiza manutenção de ponte na BR-290/RS, em Caçapava do Sul
09/08/2018 - Evento na capital destaca gestão da arrecadação tributária na Receita Municipal de Porto Alegre
09/08/2018 - Coluna da OAB/RS
09/08/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba oferece cursos Técnicos EAD
09/08/2018 - Viagem Segura de Dia dos Pais reforça fiscalização de sexta-feira a domingo
09/08/2018 - Etanol a partir de triticale pode trazer autossuficiência do combustível no estado
09/08/2018 - Obras da prefeitura de Eldorado do Sul danificam terreno particular no Parque Eldorado.
08/08/2018 - Grupo de Eldorado do Sul que vem se destacando no cenário musical do Rio Grande do Sul
08/08/2018 - O corpo para verão deve começar a ser construído agora
08/08/2018 - Percentual de endividamento das famílias gaúchas fecha julho em 65,8%
08/08/2018 - Modernização de processos e tecnologias aprimoram arrecadação municipal
08/08/2018 - Rede de clínicas de estética atinge 200 unidades em dois anos
08/08/2018 - O avanço da biometria em condomínios
08/08/2018 - Aposentadoria não é fator impeditivo para reintegração de função trabalhista
08/08/2018 - Lei do abigeato completa dois anos com resultados positivos para os gaúchos
08/08/2018 - Mais de 100 projetos de reformas elétricas em escolas estão aptos à execução
08/08/2018 - Receita Estadual enviará dívidas do IPVA para a Serasa
06/08/2018 - Polícia Rodoviária Federal prende falso agente de trânsito em Porto Alegre
06/08/2018 - Nota de Repúdio : Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS
06/08/2018 - Campanha destaca papel do dermatologista
06/08/2018 - Alimentação saudável e brincar na sujeira podem fazer bem
06/08/2018 - Começa nesta segunda-feira a vacinação contra a pólio e o sarampo no Rio Grande do Sul
03/08/2018 - “Instabilidade institucional compromete desenvolvimento do País”, afirma painelista
03/08/2018 - Dois postos de combustíveis tiveram bombas e tanques lacrados em Tio Hugo e Taquaruçu do Sul
02/08/2018 - Coluna da OAB/RS
02/08/2018 - Profissionais da saúde devem informar anomalias congênitas em registro de nascimento
02/08/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba oferece cursos Técnicos EAD
02/08/2018 - Unidade Sesc/Senac Guaíba oferece curso de Inglês Básico
02/08/2018 - Alfabetização e ideologia
02/08/2018 - BM forma 163 sargentos para atuar no policiamento em diferentes regiões do RS
02/08/2018 - Dia D movimenta escolas de Ensino Médio do Rio Grande do Sul
02/08/2018 - Drone é abatido por agentes penitenciários da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas
01/08/2018 - Lavagem automotiva
01/08/2018 - DNIT/RS libera trecho que estava em meia pista no km 243,77 da BR-290/RS, em Cachoeira do Sul
01/08/2018 - Participação das mulheres e sustentabilidade na construção civil são tema de evento em Porto Alegre
01/08/2018 - Trump na contramão da ciência
01/08/2018 - Sebrae RS propõe criação de comitês de empreendedorismo nos municípios gaúchos
01/08/2018 - DNIT/RS realiza serviços de manutenção nas BRs 290 e 386 de hoje (01/08) a sexta-feira (03/08)
01/08/2018 - Mais de 500 mil crianças devem se vacinar contra a pólio e o sarampo no Rio Grande do Sul
31/07/2018 - Pracinhas de Madeira Tratada
31/07/2018 - Barbearia Roque
31/07/2018 - Serviços de Contabilidade
31/07/2018 - Farmácia no Parque Eldorado
31/07/2018 - Fisioterapia no Parque Eldorado
31/07/2018 - Distrito Parque Eldorado inaugura o Posto da Brigada Militar
31/07/2018 - DNIT/RS lança “Projeto Escola Percepção de Risco no Trânsito”
31/07/2018 - Inovação para fazer compras no supermercado
31/07/2018 - Trabalho autônomo, liberal ou remoto. Qual devo escolher?
31/07/2018 - Código de ética em pauta
31/07/2018 - Alimentação e amamentação são temas de eventos nesta semana
31/07/2018 - Reguladores participam de evento sobre a MP do Saneamento
31/07/2018 - Homem é preso com armas, munição e drogas em Porto Alegre
31/07/2018 - Governo do Estado sanciona a Lei das cantinas escolares
31/07/2018 - Em breve, uma nova adutora irá reforçar o sistema integrado de abastecimento de Eldorado do Sul.
31/07/2018 - Prefeitura aplica multa contra descarte irregular do lixo
31/07/2018 - Prefeitura de Butiá inicia trabalho de recuperação da Rua XV de Novembro
31/07/2018 - Inaugurada a Sala de Fisioterapia na Policlínica em São Jerônimo
31/07/2018 - Lançada campanha contra o assédio sexual no transporte público
31/07/2018 - Pesquisa revela que Prefeitura de São Paulo não sabe informar onde gastou R$ 48 bilhões entre 2014 e 2017
30/07/2018 - Polícia Rodoviária Federal prende criminoso armado entrando em Eldorado do Sul
30/07/2018 - Ministério Público pede interdição de Comunidade Terapêutica
30/07/2018 - Ministério Público impede município de realizar contratações temporárias
03/07/2018 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
11/06/2018 - Eventos de dermatologia debatem uso de imunobiológicos e casos clínicos



Edição n° 182 - Agosto 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 182
  • Edição n° 181
  • Edição n° 180







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821