Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 11 de Dezembro de 2017. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
8845438


Edicão n° 174 de Dezembro 2017


Governo mobiliza municípios para aumentar o número de alunos com deficiência nas escolas
06/10/2017

Garantir o acesso e a permanência de crianças e adolescentes com deficiência é o
objetivo do Programa BPC na Escola. O público-alvo tem entre 0 e 18 anos de idade e
recebe algum tipo de benefício de prestação continuada (BPC). O desafio é levar todos
para a sala de aula e, assim, promover o desenvolvimento integral deles.

Nesse sentido, o programa une duas palavras importantes: educação e inclusão.
Funciona desde 2008 em todo país. No Rio Grande do Sul, 367 municípios já aderiram,
porque a prefeitura precisa demonstrar interesse e pedir adesão.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social, Justiça, Trabalho e Direitos Humanos,
Maria Helena Sartori, ainda é preciso conscientizar os outros 130 municípios gaúchos
sobre a importância da iniciativa. Maria Helena participou da abertura do 2º Seminário
de Formação para Gestores Municipais do Programa BPC na Escola, que começou nesta
quarta-feira (4), em Porto Alegre, e vai até sexta-feira (6). O curso, para equipes de
cerca de oitenta municípios, tem o objetivo de ampliar e melhorar o acompanhamento
dos alunos com deficiência.

O programa reúne os governos federal, estadual e municipal. Ao Estado, cabe, por
exemplo, identificar quantos beneficiários com deficiência de até 18 anos estão, de fato,
estudando. No Rio Grande do Sul, dos 25.027 beneficiários, 17.968 frequentam a escola.
"Nosso objetivo é que todos estudem. Porque isso é um direito e uma janela para muitas
oportunidades. Precisamos mobilizar ainda mais os municípios. Por isso, esse seminário
de capacitação e qualificação das equipes municipais é tão importante. Temos que
espalhar essa ideia", afirmou Maria Helena.

Outra tarefa difícil é identificar e derrubar as barreiras que ainda impedem o acesso e a
permanência dos alunos com deficiência na escola, barreiras físicas e até de
comportamento da sociedade. Por isso, segundo Sonia Rosa, diretora pedagógica da
Secretaria da Educação, é tão importante uma visão intersetorial. "Quando as
secretarias unem esforços e alinham as ações, os resultados vêm mais rápido. Aqui, no
caso, temos as secretarias da Educação, da Saúde e de Desenvolvimento Social,
Trabalho, Justiça e Direitos Humanos. Quem ganha é o coletivo", lembrou.






Edicão n° 174 de Dezembro 2017
08/12/2017 - Como a saúde mental afeta o corpo
07/12/2017 - Impactos da gravidez cada vez mais tarde
07/12/2017 - Prefeitura de Guaíba instala Wi-Fi gratuito e qualifica sistema de telefonia em escola no morro Santana
07/12/2017 - Entenda a relação do glúten com a sua saúde
07/12/2017 - Prefeitura dialoga com comunidade sobre escola da vila Primavera
07/12/2017 - Conta da CEEE Distribuição está adequada a Lei Estadual 48.118
07/12/2017 - Projeto “Verão Vivo” iniciou nesta quarta-feira em Butiá
07/12/2017 - Secretaria Municipal de Saúde recebe reforço de novos profissionais
07/12/2017 - Governo prorroga prazo para o MEI se regularizar
07/12/2017 - Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata
07/12/2017 - Tripolina: a cadeira que te acompanha
07/12/2017 - Movimentos entregam petição da transparência para Gilmar Mendes
07/12/2017 - Corsan participa de seminário de saneamento promovido pela Famurs em Guaíba
07/12/2017 - "Imprima o conteúdo"CEEE reforça sistema de energia para qualificar atendimento aos clientes no verão
02/12/2017 - Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) terá salas de videoaudiência
02/12/2017 - Fepam promove operação de fiscalização em empreendimentos da Serra
02/12/2017 - Curso sobre poda de árvores ocorre no Parque de Itapuã
02/12/2017 - Eldorado do Sul fará obra de R$ 2,8 milhões com recursos do Badesul
02/12/2017 - Junta Digital é o foco do 2º Seminário Brasil Mais Simples/RS
02/12/2017 - Daer está distribuindo cartilha sobre conservação ambiental da Rota do Sol nas escolas da região
02/12/2017 - Governo reforça Polícia Civil com mais 112 inspetores e escrivães
02/12/2017 - Parceria entre Saúde e Novartis beneficia mais de 23 mil pacientes
02/12/2017 - Governo do Estado e Famurs discutem repasses para a Saúde
02/12/2017 - Sartori sanciona lei que cria o Polo Carboquímico do RS em evento internacional
02/12/2017 - Operação Blindado combate negociação de armas e drogas pela internet
02/12/2017 - Butiá lança o Programa “Nota Fiscal Legal
02/12/2017 - Secretaria de Agricultura da destinação correta às pilhas, baterias e lâmpadas, em Butiá
02/12/2017 - Dezembro Laranja aborda doenças de pele e comportamento suicida
02/12/2017 - Você sabe o que são doenças oportunistas e porque elas atacam o imunodeprimido?
02/12/2017 - 5 passos para prevenir o Alzheimer
02/12/2017 - Justa reconhecimento à dedicação no trabalho
02/12/2017 - Agricultores dos Assentamentos do Parque Eldorado são auxiliados pela Prefeitura de Eldorado do Sul e Emater
01/12/2017 - Lavagem automotiva
01/12/2017 - Mercado e Açougue
01/12/2017 - Artesanato João das Cuias
01/12/2017 - Farmácia do Noel
01/12/2017 - Estalagem Bom Samaritano
01/12/2017 - Serviços de Contabilidade
01/12/2017 - Playgrounds de madeira
01/12/2017 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/12/2017 - Padaria e Confeitaria
01/12/2017 - Mecânica e Retífica de Motores
01/12/2017 - Barbearia Roque



Edição n° 174 - Dezembro 2017

Selecionar Edição
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173
  • Edição n° 172













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821