Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 11 de Dezembro de 2017. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
8842860


Edicão n° 174 de Dezembro 2017


Sistema japonês é destaque no Seminário Internacional de Policia Comunitária
03/10/2017

O destaque da terceira edição do Seminário Internacional de Polícia Comunitária,
promovido pela Brigada Millitar, que terminou nesta terça-feira (3), foi a experiência
japonesa de policiamento comunitário. A perita policial Hisami Ohashi contou como o
Japão reduziu os índices de criminalidade com ações de prevenção.

Com uma população entre 120 a 130 milhões de habitantes o Japão registrou apenas mil
homicídios em 2016. Segundo Hisami Ohashi, o Sistema Koban, policiamento
comunitário japonês, existe há 130 anos e abrange todas as 47 províncias, com bases
de segurança comunitária e bases de segurança comunitária distrital, onde os policiais
residem.

Segundo Ohashi, 80% da força policial japonesa está voltada à
prevenção."Operacionalizamos a Segurança Pública através da integração de todos os
atores sociais, governo, polícia e comunidade. São vários agentes trabalhando em
parceria no enfrentamento ao crime", explicou.

O comandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal'Lago, observou que no Rio Grande
do Sul a lógica ainda é inversa, apenas 5% são investidos em prevenção. "Mas
queremos reverter essa lógica até conseguir chegar a esse patamar. Evidentemente que
levando em conta as diferenças na questão cultural do povo japonês e do povo
brasileiro. Mas a técnica de proximidade, os mecanismos que eles têm usado para
informar a comunidade do que é o policiamento comunitário, a metodologia utilizada no
treinamento dos seus policiais para uma aproximação adequada com a comunidade, em
especial no combate aos pequenos delitos, isso é perfeitamente aplicável ao Rio Grande
do Sul e ao Brasil", afirmou.

Segundo Dal'Lago, esse é um trabalho de médio e longo prazo. "A repressão qualificada
deve permanecer, mas precisamos investir na prevenção para conseguir, através da
mudança de comportamento do policial e da comunidade, chegar aos patamares dos
indicadores de criminalidade semelhantes ao modelo japonês", disse.

Atualmente, o policiamento comunitário da corporação possui três modelos de atuação.
Um deles é o núcleo de polícia militar onde o brigadiano mora no bairro em que atua, o
segundo são as bases móveis comunitárias e o terceiro são as bases fixas, com
companhias presentes dentro das comunidades. Desde 2015, o Rio Grande do Sul tem
enviado oficiais ao Japão para realizar esse intercâmbio, em que oficiais gaúchos voltam
como multiplicadores do conhecimento e da experiência adquiridos.

Além da perita japonesa, também participaram do painel 'Boas práticas no Policiamento
Comunitário no Brasil e as ações no Acordo de Cooperação Brasil-Japão', o
representante da Policia Militar de São Paulo, capitão Luciano Quemello Borges; da
Policia Militar de Minas Gerais, tenente-coronel Alexandre Magno de Oliveira; e o major
André Marcelo Ribeiro, da Brigada Militar. O mestre em Administração, Flávio Abreu,
falou sobre 'A gestão pública na atualidade'.






Edicão n° 174 de Dezembro 2017
08/12/2017 - Como a saúde mental afeta o corpo
07/12/2017 - Impactos da gravidez cada vez mais tarde
07/12/2017 - Prefeitura de Guaíba instala Wi-Fi gratuito e qualifica sistema de telefonia em escola no morro Santana
07/12/2017 - Entenda a relação do glúten com a sua saúde
07/12/2017 - Prefeitura dialoga com comunidade sobre escola da vila Primavera
07/12/2017 - Conta da CEEE Distribuição está adequada a Lei Estadual 48.118
07/12/2017 - Projeto “Verão Vivo” iniciou nesta quarta-feira em Butiá
07/12/2017 - Secretaria Municipal de Saúde recebe reforço de novos profissionais
07/12/2017 - Governo prorroga prazo para o MEI se regularizar
07/12/2017 - Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata
07/12/2017 - Tripolina: a cadeira que te acompanha
07/12/2017 - Movimentos entregam petição da transparência para Gilmar Mendes
07/12/2017 - Corsan participa de seminário de saneamento promovido pela Famurs em Guaíba
07/12/2017 - "Imprima o conteúdo"CEEE reforça sistema de energia para qualificar atendimento aos clientes no verão
02/12/2017 - Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) terá salas de videoaudiência
02/12/2017 - Fepam promove operação de fiscalização em empreendimentos da Serra
02/12/2017 - Curso sobre poda de árvores ocorre no Parque de Itapuã
02/12/2017 - Eldorado do Sul fará obra de R$ 2,8 milhões com recursos do Badesul
02/12/2017 - Junta Digital é o foco do 2º Seminário Brasil Mais Simples/RS
02/12/2017 - Daer está distribuindo cartilha sobre conservação ambiental da Rota do Sol nas escolas da região
02/12/2017 - Governo reforça Polícia Civil com mais 112 inspetores e escrivães
02/12/2017 - Parceria entre Saúde e Novartis beneficia mais de 23 mil pacientes
02/12/2017 - Governo do Estado e Famurs discutem repasses para a Saúde
02/12/2017 - Sartori sanciona lei que cria o Polo Carboquímico do RS em evento internacional
02/12/2017 - Operação Blindado combate negociação de armas e drogas pela internet
02/12/2017 - Butiá lança o Programa “Nota Fiscal Legal
02/12/2017 - Secretaria de Agricultura da destinação correta às pilhas, baterias e lâmpadas, em Butiá
02/12/2017 - Dezembro Laranja aborda doenças de pele e comportamento suicida
02/12/2017 - Você sabe o que são doenças oportunistas e porque elas atacam o imunodeprimido?
02/12/2017 - 5 passos para prevenir o Alzheimer
02/12/2017 - Justa reconhecimento à dedicação no trabalho
02/12/2017 - Agricultores dos Assentamentos do Parque Eldorado são auxiliados pela Prefeitura de Eldorado do Sul e Emater
01/12/2017 - Lavagem automotiva
01/12/2017 - Mercado e Açougue
01/12/2017 - Artesanato João das Cuias
01/12/2017 - Farmácia do Noel
01/12/2017 - Estalagem Bom Samaritano
01/12/2017 - Serviços de Contabilidade
01/12/2017 - Playgrounds de madeira
01/12/2017 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/12/2017 - Padaria e Confeitaria
01/12/2017 - Mecânica e Retífica de Motores
01/12/2017 - Barbearia Roque



Edição n° 174 - Dezembro 2017

Selecionar Edição
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173
  • Edição n° 172













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821