Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 11 de Dezembro de 2017. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
8842859


Edicão n° 174 de Dezembro 2017


5 fatos que você não sabia sobre os efeitos da radiação solar na pele
03/10/2017

Pode parecer um assunto restrito ao verão, mas a verdade é que não existe tempo ruim
para a radiação solar causar efeitos imediatos e prolongados na pele. Seja no frio, seja
no calor, ela não deixa de afetar o ser humano nem por um segundo. O profissional de
saúde, particularmente o dermatologista, deve promover e identificar as medidas
adequadas aos seus pacientes, com o objetivo de reduzir a exposição ao sol e prevenir o
desenvolvimento do dano cutâneo agudo e crônico. José Pelino, diretor de Engajamento
Científico da Johnson & Johnson para América Latina, reuniu alguns fatos que você
precisar saber sobre essa energia onipresente, que tem efeito cumulativo no corpo.
Confira!


1. Existe um filtro natural, mas não é suficiente

O sol emite radiação eletromagnética desde ondas de rádio até ondas gama, mas a
maior parte dessa radiação é filtrada pela atmosfera antes de chegar à superfície da
Terra, possibilitando nossa sobrevivência. A radiação que chega à crosta terrestre é
composta principalmente pelo infravermelho (IV), principal responsável pela sensação
de calor; pela luz visível, que nos permite enxergar objetos, distingui-los e diferenciar
suas cores; e por fim, pela radiação ultravioleta (UV), responsável por importantes
efeitos danosos à pele.


2. Diferentes radiações causam danos distintos

De toda radiação UV que chega à Terra, mais de 90% atravessa as nuvens. A radiação
UV se divide em UVB e UVA, e ambas resultam em danos a pele. Os raios UVB (5%)
atuam através de dano direto ao DNA, eles são os mais perigosos à saúde, atingem as
camadas mais superficiais da pele e estão muito associados ao surgimento da
vermelhidão. Já os raios UVA (95%) atuam através da formação de radicais livres na
pele, eles penetram mais profundamente e estão associados ao surgimento de manchas
com o passar dos anos. Tanto a radiação UVB quanto a UVA estão associadas à
incidência de cânceres de pele. ¹²³â´

1. WHO/EHG/95.16

2. ISO 17166/CIE S007/E.

3. de Gruijl FR, Van der Leun JC. Health Phys. 1994;67(4):319-325.

4. Kligman LH, Sayre RM. Photochem Photobiol. 1991;53(2):237-242.


3. Temperatura versus Radiação

O índice de ultravioleta (IUV) não tem relação direta com a temperatura que medimos e
sentimos na superfície da Terra. A sensação de calor é causada pela radiação IV e não
pela radiação UV. É importante observar que mesmo com temperaturas baixas ou em
dias nublados, existe a incidência dos raios UV e, por isso, é fundamental usar protetor
solar mesmo nos dias nublados ou chuvosos. ⁵

5. Corrêa MP. A divulgação do IUV como prevenção ao excesso de exposição ao sol: uma
contribuição da meteorologia para o desenvolvimento de políticas públicas para a saúde
no País. In: XIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2004, Fortaleza. Anais. Disponível
em:
http://mtc16b.sid.inpe.br/col/cptec.inpe.br/walmeida/2004/07.26.14.15/doc/Corrrea_A
%20divulgacao.pdf

4. A água não protege contra a radiação UV

A água é capaz de filtrar a radiação infravermelho aliviando a sensação de calor, mas
não é eficiente em filtrar a radiação UV. Mesmo tomando um mergulho a meio metro de
profundidade, a intensidade da radiação UV é ainda 40% da intensidade apresentada na
superfície da água. Outra curiosidade é que a espuma do mar, reflete de 10 a 30% da
radiação solar.

5. No supermercado, você não compra "bloqueadores" solares

O protetor solar não funciona como "bloqueador" de radiação, e sim, como um filtro,
atenuando a intensidade do UV principalmente através do mecanismo conhecido como
absorção. Os outros mecanismos envolvidos são a reflexão e o espalhamento 6. Assim,
quando a radiação UV entra em contato com o protetor aplicado na pele, a intensidade
desses raios é reduzida pelo produto e o potencial de dano é minimizado. Quanto maior
o valor de FPS, maior a atenuação da intensidade da radiação UV e maior a proteção.






Edicão n° 174 de Dezembro 2017
08/12/2017 - Como a saúde mental afeta o corpo
07/12/2017 - Impactos da gravidez cada vez mais tarde
07/12/2017 - Prefeitura de Guaíba instala Wi-Fi gratuito e qualifica sistema de telefonia em escola no morro Santana
07/12/2017 - Entenda a relação do glúten com a sua saúde
07/12/2017 - Prefeitura dialoga com comunidade sobre escola da vila Primavera
07/12/2017 - Conta da CEEE Distribuição está adequada a Lei Estadual 48.118
07/12/2017 - Projeto “Verão Vivo” iniciou nesta quarta-feira em Butiá
07/12/2017 - Secretaria Municipal de Saúde recebe reforço de novos profissionais
07/12/2017 - Governo prorroga prazo para o MEI se regularizar
07/12/2017 - Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata
07/12/2017 - Tripolina: a cadeira que te acompanha
07/12/2017 - Movimentos entregam petição da transparência para Gilmar Mendes
07/12/2017 - Corsan participa de seminário de saneamento promovido pela Famurs em Guaíba
07/12/2017 - "Imprima o conteúdo"CEEE reforça sistema de energia para qualificar atendimento aos clientes no verão
02/12/2017 - Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) terá salas de videoaudiência
02/12/2017 - Fepam promove operação de fiscalização em empreendimentos da Serra
02/12/2017 - Curso sobre poda de árvores ocorre no Parque de Itapuã
02/12/2017 - Eldorado do Sul fará obra de R$ 2,8 milhões com recursos do Badesul
02/12/2017 - Junta Digital é o foco do 2º Seminário Brasil Mais Simples/RS
02/12/2017 - Daer está distribuindo cartilha sobre conservação ambiental da Rota do Sol nas escolas da região
02/12/2017 - Governo reforça Polícia Civil com mais 112 inspetores e escrivães
02/12/2017 - Parceria entre Saúde e Novartis beneficia mais de 23 mil pacientes
02/12/2017 - Governo do Estado e Famurs discutem repasses para a Saúde
02/12/2017 - Sartori sanciona lei que cria o Polo Carboquímico do RS em evento internacional
02/12/2017 - Operação Blindado combate negociação de armas e drogas pela internet
02/12/2017 - Butiá lança o Programa “Nota Fiscal Legal
02/12/2017 - Secretaria de Agricultura da destinação correta às pilhas, baterias e lâmpadas, em Butiá
02/12/2017 - Dezembro Laranja aborda doenças de pele e comportamento suicida
02/12/2017 - Você sabe o que são doenças oportunistas e porque elas atacam o imunodeprimido?
02/12/2017 - 5 passos para prevenir o Alzheimer
02/12/2017 - Justa reconhecimento à dedicação no trabalho
02/12/2017 - Agricultores dos Assentamentos do Parque Eldorado são auxiliados pela Prefeitura de Eldorado do Sul e Emater
01/12/2017 - Lavagem automotiva
01/12/2017 - Mercado e Açougue
01/12/2017 - Artesanato João das Cuias
01/12/2017 - Farmácia do Noel
01/12/2017 - Estalagem Bom Samaritano
01/12/2017 - Serviços de Contabilidade
01/12/2017 - Playgrounds de madeira
01/12/2017 - Anuncie no Jornal ECO do Jacuí
01/12/2017 - Padaria e Confeitaria
01/12/2017 - Mecânica e Retífica de Motores
01/12/2017 - Barbearia Roque



Edição n° 174 - Dezembro 2017

Selecionar Edição
  • Edição n° 174
  • Edição n° 173
  • Edição n° 172













  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821